‘Infomoney’ Articles at Defenda Seu Dinheiro

Browsing Tag: infomoney

    Geral

    O verdadeiro motivo que mantém mulheres longe dos investimentos

    9 de março de 2018

    Menos acesso a renda significa menos disponibilidade para aplicar; mas existem outras nuances

    Fayga Czerniakowski Delbem é gestora de investimento, tirou o certificado CFA, entre os mais difíceis da categoria mundialmente, diretamente após se formar na faculdade e completou um mestrado em Economia e Finanças pela FGV que a garantiu o prêmio Prêmio CFA society Brazil de Inovação Financeira pela monografia “Impacto do benefício fiscal no apreçamento das debêntures de infraestrutura”. Isabela Guarino é economista-chefe da XP Gestão, parte do grupo XP, detentor da maior corretora de investimentos do Brasil. Graduada e mestre pela PUC, trabalha desde cedo na área que mais a encanta: economia pura.
    Em comum, ambas têm o que pouquíssimas mulheres, no Brasil e no mundo, dividem: uma carreira dentro do universo dos investimentos e, até mesmo, uma carteira de investimentos para chamar de “minha”. As duas também sabem os motivos que as mantêm como exceções – e as potenciais soluções.

    Dados mais recentes do Tesouro brasileiro mostram que apenas 25,2% das pessoas que investem em Tesouro Direto atualmente são mulheres. Na bolsa de valores, a B3, o número é ainda menor: 11,08%. Segundo o IBGE, a população feminina é maior que a masculina no país, quase 52%.Os motivos que levam a essa discrepância não são segredo, embora ainda sejam tabu: mulheres ainda possuem menos acesso ao dinheiro que os homens.

    Segundo pesquisa da Catho publicada em 2 de março, os salários de mulheres chegam a ser 38% menores ocupando exatamente as mesmas funções que colegas homens. Mulheres com o mesmo nível de escolaridade podem receber até 43,5% a menos – e, em todos os níveis de escolaridade pesquisados, o salário das pessoas do gênero masculino são maiores. Resumidamente: investe mais quem tem maior disponibilidade de recursos. Mas não só.

    “A mulher demorou mais para entrar no mercado de trabalho, então ainda tem menos acesso ao dinheiro”, aponta Isabela. Ela acredita que, a partir do momento que as mulheres passem a receber salários mais altos e ocupar mais cargos no topo da hierarquia, investir melhor deve ser um caminho natural.

    Fayga, por sua vez, vislumbra outros agravantes. “Acho que somos a segunda ou a terceira geração de mulheres trabalhando. Nossas avós não trabalhavam”, concorda com Isabela, mas complementa: “trabalhando com investimentos e olhando as pesquisas a gente vê que mulheres associam riqueza a segurança, e homens a sucesso e poder. Acho que esse é um comportamento cultural, onde a mulher é um pouco mais insegura que o homem”.

    Essa insegurança pode impedir o desprendimento necessário para aplicar o dinheiro em produtos mais rentáveis ou de mais longo prazo – ou apenas atrasar esses investimentos. “Elas estudam muito mais antes de investir de fato”.

    Por outro lado, a ausência de profissionais mulheres em empresas de investimento também pode afastar. “A maioria dos gestores no mercado são homens. Talvez uma forma de estimular [a participação feminina] seria colocar uma interação mais equilibrada. Mulher oferecendo produto para outra mulher, identificação gera fidelização”, associa.

    Otimismo

    Apesar de parecer uma realidade distante, a participação relevante da mulher no universo do investimento é uma esperança compartilhada pelas duas profissionais da área. Isabela acredita que, cada vez mais, a única coisa que separa mulheres de cargos em bancos e corretoras é o interesse pela área. “Nunca senti preconceito, sempre me vi em um ambiente em que me sinto confortável”, diz.

    Para Fayga, o passado e o presente estão começando a escrever um futuro mais equilibrado. “Em 10 anos, o número de mulheres na bolsa passou de 16% para mais de 20%”, exemplifica. “Quando a gente olha número de empresas administradas por mulheres, e percebe que estão gerando mais resultado e mais emprego, isso também contribui”, diz a CFA, relembrando pesquisas que demonstram resultados, inclusive financeiros, para empresas com quadros de liderança mais diversos.

    De uma coisa, ambas estão seguras: não há porque temer um investimento acompanhado por profissionais confiáveis. “O importante é ter ajuda para identificar seu perfil e aplicar”, dizem. “Seja homem ou mulher.
    fonte de consulta: infomoney.com.br/minhas-financas/planeje-suas-financas/noticia/7324215/verdadeiro-motivo-que-mantem-mulheres-longe-dos-investimentos-segundo-profissionais

    Até mais.

    Convidados

    Quanto poupar por mês para aposentar milionário?

    29 de agosto de 2017

    A quantia pode ser inferior a R$ 300 se a pessoa começar desde cedo.

    Quanto poupar por mês para aposentar milionário?

    Ter uma conta milionária é, sem dúvida, o sonho de muitas pessoas. Seja para viver de renda e largar o emprego, viajar ou só curtir a vida. Melhor ainda seria se aposentar com uma conta bancária dessas, principalmente por se tratar de um período em que as pessoas já trabalharam e querem descansar em grande estilo. A pergunta, porém, é como fazer para conseguir isso?

    Segundo matéria do Infomoney dá para saber quanto e onde aplicar para atingir esta meta, isto é, quanto mais tempo a pessoa tiver até a data da aposentadoria, menos ela terá que poupar por mês – graças à ajuda dos juros compostos. Para isso foi elaborado uma tabela com os prazos de 45, 25 e 15 anos até a aposentadoria, a economia mensal necessária para alcançar o milhão e a taxa real de 7% a.a. e de 5% a.a.

    Além disso, por ser impossível prever a inflação daqui a 45 anos, foi calculado os valores de forma que o poder de compra seja mantido, ou seja, desconsiderando os efeitos da inflação. Desta forma, os valores da tabela consideram somente a taxa de retorno real, ou seja, o cenário em que R$ 1 milhão daqui a 45, 25 ou 15 anos equivale ao mesmo R$ 1 milhão de hoje.

    De acordo com a tabela, uma pessoa que ainda tem muito tempo para se aposentar (45 anos), pode economizar uma quantia mínima de R$ 280 ao aplicar em investimentos com taxa real de 7% a.a. Por outro lado, o valor mensal sobe para R$ 3.200 quando a pessoa só tem 15 anos até a aposentadoria. Já no meio termo, ou seja, com 25 anos até a aposentadoria, o valor é de R$ 1.250.

    Com relação às melhores aplicações para atingir R$ 1 milhão, Zamboni recomenda títulos do Tesouro Direto que atualmente pagam o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) mais 5% ao ano, como é o caso do “Tesouro IPCA+ com juros semestrais e vencimento em 2035” (antiga NTN-B), que neste momento paga uma taxa de 5,12% a.a.- valor que varia diariamente. Tais títulos são garantidos pelo Tesouro Nacional e preservam o poder de compra, pois pagam a inflação (IPCA) acrescida de uma taxa real.

    Para quem aceita um pouco menos de segurança, mas ainda assim quer uma aplicação em renda fixa, o assessor recomenda debêntures de infraestrutura emitidas por algumas empresas de energia, que chegam a pagar taxas entre 6% a.a. e 7% a.a. e são isentas de Imposto de Renda. Este tipo de título tem mais risco de crédito do que o Tesouro Direto, por isso, é importante avaliar a qualidade da empresa antes de comprá-lo.

    Já para quem pode abrir mão um pouco mais da segurança em troca de uma maior rentabilidade, Zamboni indica a exposição ao mercado de renda variável ou aos fundos multimercados.

    Veja abaixo as tabelas elaboradas:

    Prazo até R$ 1 milhão (anos) Economia mensal Taxa Real (a.a.)
    45 R$ 280 7%
    25 R$ 1.250 7%
    15 R$ 3.200 7%
    45 R$ 500 5%
    25 R$ 1.700 5%
    15 R$ 3.750 5%
    Livraria

    Ebook gratuito: Bitcoin – A Moeda na Era Digital

    22 de agosto de 2017

    The Ascent of Money – A Financial History of the World (“A ascensão do dinheiro – Uma história financeira do mundo”, numa tradução livre)

    bitcoin-a-moeda-na-era-digital

    O bitcoin é uma moeda com a mesma utilidade do real ou do dólar, mas com algumas diferenças importantes:

    1. É uma moeda puramente digital;
    2. Não é emitida por nenhum governo (ainda…);
    3. Tem aceitação mais restrita.

    Seu valor é determinado livremente pela oferta e pela demanda. Mais recentemente o bitcoin ganhou notoriedade por sua incrível valorização. Desde a primeira transação com bitcoin que se tem notícia, realizada em 2010, a moeda já subiu mais de 100.000.000%.

    D9 e MinerWorld: suspeita de operar um esquema de pirâmide financeira

    Se você quer saber tudo sobre bitcoin, baixe agora gratuitamente o ebook de 123 páginas “Bitcoin – A Moeda na Era Digital”, escrito por Fernando Ulrich, um dos maiores especialistas do Brasil em criptomoedas.

    E-moeda é fraude?

    Baixe agora mesmo o E-book clicando aqui.

    E não deixe de ler:

    Livro – Crash!: Uma Breve História da Economia – Da Grécia Antiga ao Século XXI (Alexandre Versignassi)

    Até o próximo post.

    Convidados

    Seu Dinheiro: Saiba reconhecer o golpe da pirâmide financeira

    16 de agosto de 2017

    Pirâmide financeira baiana: D9 Clube

    Aprenda a reconhecer o golpe da pirâmide financeira. Várias estão disfarçadas de marketing multinível (MMN).

    >Empresas fictícias prometem ganho de dinheiro fácil e rápido com a venda de produtos e serviços. Veja como não cair nesse golpe” width=”864″ height=”400″ class=”alignnone size-full wp-image-7233″ /></p>
<p><a href=Apostando no zero – documentário 2016

    A promessa é sempre a mesma: ganhar dinheiro fácil e rápido com a venda de um produto ou serviço. Quanto mais pessoas você levar ao grupo, mais dinheiro ganhará – mas, para isso, deve pagar uma taxa de adesão e uma mensalidade.

    Cuidado com pirâmide financeira Revolutyon TagPoint

    Foi o que ouviu um consultor de seguros de São Paulo quando recebeu uma proposta de amigos para vender rastreadores de veículos. “A rede fazia saltar os olhos. Via todos eles ganhando dinheiro e até carro. Entrei e levei dez amigos comigo”, conta.

    Cuidado com pirâmide financeira Mandala da Prosperidade

    Na esperança de ganhar uma renda extra sem muito esforço, o consultor investiu 3 mil reais, até que o Ministério Público interrompeu a operação da empresa fictícia por crimes de estelionato e fraude – e ele saiu sem nem sequer reaver o valor investido. “Não adianta se iludir. Não existe dinheiro fácil”, diz.

    Golpe antigo, as pirâmides financeiras são falsas empresas que nem sempre vendem produtos ou prestam serviços. O que movimenta seus negócios é a adesão de participantes a um grupo, cuja única finalidade é arrecadar dinheiro para seus líderes.

    Esse tipo de operação é ilegal e pode fazer você ficar no prejuízo, mas ainda é comum e faz brilhar os olhos de muita gente em tempos de desemprego alto.

    Sistema de ajuda mútua é golpe?

    “É muito difícil combater essas pirâmides, porque elas se reinventam a todo momento. Durante a crise, é ainda mais fácil acreditar na falsa promessa de ter uma renda extra informal de um jeito fácil e rápido”, explica o pesquisador Renato Araújo, da associação de consumidores Proteste.

    Como funciona

    Tudo começa com um convite para fazer parte de uma rede que vende produtos ou serviços, para ganhar uma remuneração alta. Muitas vezes, a apresentação desse grupo acontece por meio do boca a boca, em eventos fechados, onde os líderes da rede captam novos integrantes de forma insistente.

    MMN Speed Dólar é golpe?

    Para fazer parte do grupo, você deve pagar uma taxa de adesão e uma mensalidade. Quanto mais pessoas levar, mais dinheiro receberá em troca. Você recebe por cada integrante que que conseguir captar e pelos convidados dele, daí o conceito de pirâmide. Quem está na parte de baixo trabalha para aumentar os ganhos de quem está no topo.

    MMN Aliança Online é golpe?

    “As pirâmides envolvem produtos ou serviços de baixo valor e de difícil entendimento, sem regras claras de remuneração, e exigem que você invista dinheiro antecipadamente. Elas não se sustentam a longo prazo, porque, para isso, precisariam envolver todas as pessoas do planeta”, explica a economista Ione Amorim, do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec).

    Pirâmides financeiras X Marketing multinível

    Muitas pirâmides financeiras ilegais se apresentam como empresas de marketing multinível. No entanto, esses grupos reais e legalizados vendem produtos com grande demanda no mercado e efetivamente úteis. Os vendedores são remunerados, sobretudo com base nas vendas, embora também possam receber uma comissão sobre a entrada de novos integrantes.

    Questão para reflexão: Hinode é pirâmide financeira?

    Já as pirâmides garantem rendimentos rápidos e acima da média para vendedores de produtos baratos ou serviços de pouca utilidade. Além disso, cobram taxa de adesão e mensalidade para fazer parte da rede.

    MMN Timol é pirâmide financeira?

    Por isso, desconfie de negócios tentadores, mas que exigem algum pagamento antecipado. Suspeite da insistência exagerada para fazer parte de uma “equipe” e de encontros de empresas que não têm uma atividade muito clara. Vale também fazer uma busca na internet para conferir se a empresa tem Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

    Questão para reflexão: Akmos é uma pirâmide financeira?

    “Desconfie de tudo que oferece um ganho muito vantajoso além dos ativos do mercado tradicional”, orienta Ione. É muito difícil recuperar o dinheiro que você pagou para o grupo, pois a Justiça pode considerar você cúmplice do negócio.

    Bandidos no mercado financeiro

    Até o próximo post.

    Convidados

    Exame: A pirâmide do marketing em rede

    3 de agosto de 2017

    Pirâmide do marketing em rede

    Questão para reflexão: Hinode é pirâmide financeira?

    Em épocas de desemprego em massa os vendedores de cursos mirabolantes para ficar rico da noite para o dia pipocam na internet! A vida ensina a aprender mesmo com quem não se tenha simpatia. A eles se dá assim alguma utilidade para terem cruzado o seu caminho. E foi de um destes que ouve-se a frase: “o problema do mundo de hoje é que está começando a faltar bobo pra tanto malandro”. No que diz respeito ao tão falado “marketing de rede”, mais uma das milhares roupagens dadas à tradicional “pirâmide”, a frase é perfeita.

    Cuidado com pirâmide financeira Mandala da Prosperidade

    Basta abrir seu facebook e as propagandas começarão: “Descubra como eu ganhei milhões sem sair de casa trabalhando somente duas horas por dia”, “Conquiste milhões de seguidores e potencialize o seu negócio”, “Os segredos do marketing de rede revelados como nunca antes”, e por ai vai. Todos se propondo a mostrar algo diferente, revelador, bombástico, que irá tornar sua jornada até os milhões rápida e certa. Na prática, todos absolutamente iguais, uma repetição de uma formuleta criada em cima dos princípios de psicologia social tão bem descritos nos livros de Robert Cialdini.

    Depois de fazer os cursos, gastarem milhares de reais, e darem com os burros n’água, as pessoas percebem que só existe uma opção para recuperar o dinheiro que perderam nos tais cursos. Reforçar sua crença em seus gurus-carrascos-charlatões de estimação e tornarem-se também vendedores de fórmulas milagrosas (este também um fenômeno muito bem explicado por outro gênio da psicologia social, Elliot Aronson). Da noite pro dia viram “coaches”, “mentores” ou professores de “marketing de rede”. E a brincadeira toda vira ser dar um curso para bobos que vão se tornar professores de bobos que por sua vez ensinarão a fórmula milagrosa a outros… bobos.

    Nesta altura do campeonato, alguns dos “malandros” de plantão que leem o artigo estão se coçando na cadeira prontos para rebater: “Ele fala sem saber! Não conhece o meu caso! Eu consegui realmente ganhar dinheiro com o marketing em rede!”. É verdade, existem os casos dos que ganham dinheiro fazendo isso lá do topo da pirâmide, e alguns raríssimos que ganham aplicando em seus negócios. Como existem os que melhoram seus negócios mudando uma letra do nome da empresa, fazendo estudos energéticos do escritório com parapsicólogos ou colorindo as paredes das salas utilizando a cromoterapia. A verdade é que mesmo sem fazer nada um percentual das coisas que vão mal passa a ir bem e isto se chama estatística. Mérito dos malandros do marketing em rede que sabem se utilizar dela para convencer seus bobos-alunos.

    As pessoas estão começando a acordar. O dinheiro livre para cursos está cada vez mais escasso e as informações sobre seus resultados mais disseminadas, fazendo com que cada vez menos estejam caindo no conto do vigário de enriquecer rapidamente ou multiplicar os negócios de suas empresas em semanas através de formulas e cursos milagrosos. Ainda sobrarão malandros, é claro, mas serão menos em quantidade. Afinal, foi Einstein que dizia que só existem duas coisas infinitas: o universo e a estupidez humana. Einstein, porém, fazia sempre uma ressalva que em relação à primeira não tinha certeza…

    Querem fazer um curso para mudar suas vidas? Busquem algo que aplicarão em vocês mesmo e não algo que ensinarão aos outros. Algo como uma reeducação alimentar, um maior conhecimento técnico de sua profissão ou mesmo um curso que te ensine uma profissão nova. Desde que a profissão não seja a de “enganador de bobos”.
    fonte de consulta: exame.abril.com.br/blog/eduardo-moreira/a-piramide-do-marketing-em-rede

    D9 e MinerWorld: suspeita de operar um esquema de pirâmide financeira

    Até o próximo post.

    Geral

    E-book: Como Encontrar as Barganhas da Bolsa

    6 de fevereiro de 2017

    Como Encontrar as Barganhas da Bolsa é um bom e-book para quem pretende investir na bolsa de valores BM&FBOVESPA através do mercado de ações.

    É preciso ir contra nossos instintos mais primitivos para vencer na Bolsa

    Conteúdo do livro:

    – Introdução
    – O que é análise fundamentalista?
    – Duas abordagens no Processo de Análise
    – O início de tudo – Demonstrações Financeiras
    – Múltiplos
    – Sobre o autor

    barganhas-da-bolsa-de-valores

    Um dos principais erros de quem investe na BM&FBOVESPA é levar em conta apenas a cotação para definir se uma ação está barata ou cara. Esse equívoco faz, por exemplo, com que muita gente compre ações que já custaram R$ 20 quando elas caem para R$ 15. Só que nem sempre essa queda é uma oportunidade – em alguns casos, como da OGX, a antiga petroleira de Eike Batista, isso é na verdade uma grande armadilha. Se você quer entender as fórmulas que os profissionais de finanças usam para encontrar ações realmente baratas, baixe agora mesmo o e-book!

    Até mais.

    Geral

    Bandidos no mercado financeiro

    15 de dezembro de 2016

    Todo mundo sabe que o mercado financeiro está repleto de 171s e que raramente algum vai para cadeia, mas felizmente as coisas estão mudando, vide a Operação Lava Jato e suas ramificações levando muito colarinho branco pro xinlindró!
    No mercado mobiliário não tem sido diferente!

    Revista Exame: Crime na bolsa

    É preciso tomar muito cuidado com comunidades de mercado financeiro na internet, pois ali é um antro de picaretas/m2 virtual!

    Esta semana nos Estados Unidos dois traders são presos acusados de manipularem preços de mais de 2 mil ações. Órgãos reguladores e forças judiciais verificaram diversos casos de controle de preços, que ocorreram mais de 23 mil vezes e que duraram apenas poucos minutos.

    E dias atrás prenderam outro aqui no Brasil também:

    CVM condena Rafael Ferri por manipulação de ações da Mundial
    Em novembro a Justiça Federal sentenciou Ferri em 3 anos e 9 meses de reclusão por uso de informação privilegiada e manipulação de mercado
    Por Estadão Conteúdo / 8 dez 2016, 20h14 – Atualizado em 8 dez 2016, 20h59
    chat_bubble_outlinemore_horiz

    Muito cuidado ao encontrar e escolher as suas oportunidades de investimentos e negócios!
    Os charlatões estão sempre de olho no seu rico dinheirinho.

    Até mais.

    Geral

    Sinais de que você não é tão bom com dinheiro quanto pensa

    4 de novembro de 2016

    Hoje em dia existem muitas maneiras de saber se o orçamento e os investimentos são adequados ao seu perfil. As pessoas tem que lidar com seu próprio dinheiro e, desta forma, alguns são melhores que os outros. Quem se acha um mestre no orçamento, talvez devesse olhar os pontos levantados por Libby Kane e Mike Nudelman, colunistas do site Business Insider. Eles levantaram vários pontos sobre dinheiro, sendo que abaixo seguem alguns deles para você conferir:

    – Você não sabe o quanto ganha ou gasta
    Se você não sabe o quanto entra ou sai da sua conta todo mês, você pode acabar entrando em um verdadeiro bolo de dívidas no final das contas. A solução para esse problema é começar a registrar suas receitas e despesas. É possível fazer isso usando aplicativos, uma planilha no computador, ou então no papel mesmo. Saber o quanto você precisa para sustentar seu estilo de vida é a chave.

    – Você tem dívida no cartão de crédito
    Diferentemente de algumas dívidas que são necessárias para investir em seu futuro, as dividas ruins normalmente são acompanhadas de altas taxas de juros e não ajudam a construir patrimônio. Assim, a solução é priorizar o pagamento de seu cartão de crédito, o que pode poupar muitos gastos no futuro. Além disso, usar o cartão apenas quando necessário também é essencial nesse sentido.

    – Você é surpreendido por suas contas todo mês
    Se você vive de salário em salário, o que vai fazer se aparecer um gasto emergencial inesperado? Para cuidar de seu fluxo de caixa adequadamente, duas soluções são necessárias: ganhar mais e cortar menos. Existe como fazer algum bico extra para ganhar mais dinheiro, mas também é possível cortar os gastos para conseguir investir mais o seu dinheiro e estar preparado para situações inesperadas.

    – Você se assusta com a ideia de investir
    Pode parecer muito complicado, mas investir seu dinheiro é o melhor caminho para potencializar seus ganhos – e você não precisa se arriscar demais para fazer isso. O bilionário Warren Buffett, por exemplo, sugere o investimento em fundos de índice que acompanhem o mercado financeiro. No longo prazo, a tendência é que o mercado de ações sempre suba, mesmo com flutuações no curto e médio prazo.

    – Você decidiu investir para a aposentadoria há pouco tempo (ou nem começou ainda)
    Apesar de a aposentadoria parecer um futuro muito distante, o poder dos juros compostos significa que quanto mais cedo você começar a investir, mais tranquilo você chegará na sua aposentadoria. Assim, se você começou tarde demais, é importante conseguir poupar mais dinheiro e procurar alternativas que tragam mais rentabilidade, como um plano de previdência com custos mais baixos, por exemplo, que permitam que você lucre mais.

    5 sinais de que você não é tão bom com dinheiro quanto pensa
    7 signs you aren’t as good with money as you think you are
    Libby Kane and Mike Nudelman Nov. 1, 2016, 10:55 AM
    businessinsider.com/signs-you-are-bad-with-money-2016-11/#you-dont-know-how-much-you-earn-or-spend-1

    Até mais.

    Geral

    Coisas para se fazer imediatamente se você quer viver de renda

    25 de outubro de 2016

    É possível viver de renda investindo bem o seu dinheiro, além de ter um bom planejamento e disciplina.
    Sem sombra de dúvidas que viver de renda, é o sonho de muita gente. Afinal de contas, quem não gostaria de ter uma vida sem se preocupar se terá fôlego financeiro para os próximos anos ou então sem ter que lidar com o stress relacionado ao trabalho. Conquanto, quais são os principais passos e medidas que são necessários tomar para conseguir alcançar essa meta? O portal InfoMoney conversou com assessores de investimento para entender melhor como as pessoas podem fazer para viver de renda. Confira a seguir:

    – Trace metas
    A meta final já está definida: viver de renda. No entanto, e as metas de curto e médio prazo? Quanto dinheiro acumular para conseguir viver o resto da vida de renda? O assessor de investimentos da XCare Investimentos Antonio Brown comenta que o investidor não pode esquecer de traçar metas realistas para atingir seu último objetivo.

    – Tenha disciplina sempre
    “Para o investidor que tem a intenção de viver de renda, é necessário ter muita disciplina. Criar o hábito de investir regularmente, definir o quanto precisa poupar por mês e ser fiel a essa estratégia”, comenta Carollyne Mariano, assessora de investimentos da Atlas Invest.

    – Invista bem
    “Tão ou mais importante do que a disciplina, escolher bons produtos é essencial na construção de uma carteira, qualquer aumento de rentabilidade que o investidor consiga, ao longo do tempo, fará muita diferença. Pensando no longo prazo, busque sempre investimentos que tragam rentabilidade real, ou seja, que tragam retornos acima da inflação, um bom exemplo são os títulos do Tesouro Direto chamados IPCA + e até mesmo as ações”, aponta Carollyne.

    – Deixe a ansiedade de lado
    Se planejar financeiramente para viver de renda é uma meta de longo prazo que não é simples de ser alcançada. Assim, certamente, você enfrentará subidas e descidas do mercado financeiro no caminho e precisa estar preparado. “Ter paciência para o investidor de longo prazo é fundamental, deixar a ansiedade de lado e almejar a colheita dos frutos lá na frente”, comenta Carollyne.

    – Procure assessoria profissional
    “O planejador financeiro ajudará no posicionamento do investidor quanto ao seu momento de vida, ajudará na seleção dos produtos financeiros além de traçar metas que deverão ser alcançadas em determinado período”, aponta Antonio Brown.

    5 coisas para se fazer imediatamente se você quer viver de renda
    infomoney.com.br/onde-investir/renda-fixa/noticia/5662545/coisas-para-fazer-imediatamente-voce-quer-viver-renda

    Até mais.

    Geral

    Rei do Mico

    3 de agosto de 2016

    Tem algumas ações sendo “bombadas” recentemente pelos “reis do mico” recentemente em comunidades de mercado financeiro, como BPHA3, LUPA3, INEP4, PDGR3 (PDGR11 – subscrição), OGXP3, CTAX3, CTAX4, OIBR3, OIBR4, entre outras…

    Não custa nada relembrar como funciona esta “pegadinha” na bolsa de valores, a qual pode levar todo suado dinheiro de uma “sardinha” incauta e deslumbrada com o conto do vigário:

    A armadilha dos micos
    macaco_prego_g

    Veja também:

    Até o próximo post.