• Sinais de que você está no emprego certo…

    O cansaço pode ser simplesmente um sinal de que a pessoa precisa de férias, e não necessariamente de um novo emprego! Várias pessoas provavelmente passam de 40 horas ou mais no seu ambiente de trabalho. Isso é sinal de que estar no emprego certo é importante para manter o bom humor, a sanidade e o ímpeto de viver. Então, como saber se esse emprego é o certo para você? Muitas vezes essa não é uma resposta óbvia – principalmente quando se está no início da carreira e há muitas dúvidas pairando sobre as próximas fases da vida. O blog Business

    [Leia mais...]
  • Bolha Imobiliária: Aumenta desemprego na construção civil

    O milagre da nova classe média da Dilma parece estar indo por água abaixo. Depois do forte boom imobiliário com as medidas anti-cíclicas, onde o mundo se retraía e o Brasil se expandia, ou seja, lá fora gastava-se menos e no Brasil gastava-se mais, o crédito ficou barato e farto, gerou muita riqueza, euforia, aumento de preços dos imóveis, aumento de empregos e renda na construção civil. Como foi tudo mal feito, a consequência foi que o crédito imobiliário secou, muitas construtoras pararam de construir, ficaram diversos imóveis encalhados à venda, a renda caiu e o desemprego aumentou vertiginosamente. Enfim,

    [Leia mais...]
  • Piada do dia: Conseguir emprego que ganha pouco

    Eis que novamente saiu outro gooollllll da Alemanha! No país do 7×1 nada muda: Teori Zavascki determina que Moro envie os processos de Lula ao STF Do UOL, em São Paulo e em Brasília 22/03/2016 – 22h06 O filho termina o 2º grau e não tem vontade alguma de fazer uma faculdade. O pai, meio mão de ferro, dá um apertão: – Ahh… não quer estudar? Vadio dentro de casa eu não mantenho, então vai trabalhar… O velho, que tem muitos amigos, fala com um deles que fala com outro, até que ele consegue uma audiência com um político que

    [Leia mais...]
  • A estagflação chegou ou está chegando ao Brasil?

    Para quem não sabe, estagflação é definido como uma situação típica de recessão onde ocorre a diminuição das atividades econômicas e aumenta os índices de desemprego, além da inflação e da falta de instrumentos institucionais que regulem a economia de forma eficiente para retomar o crescimento. No Brasil já estamos há mais de 2 semestres vendo o governo tomar medidas para incentivar o crescimento como redução de impostos, redução da taxa básica de juros da economia (SELIC), redução da taxa de juros de longo prazo (TJLP) entre outros pacotes de incentivos para diversos setores da economia. Muito do que se

    [Leia mais...]