Previdência privada (IR) ou LCI (isenção)?
Geral

Previdência privada (IR) ou LCI (isenção)?

24 de novembro de 2014

Sempre que chega-se ao fim do ano muitos investidores fazem esta pergunta a si próprios: vale a pena investir em previdência privada, modalidade PGBL, para obter a restituição de IR no ano seguinte?

Esta pergunta nunca foi fácil. Atualmente está ainda mais difícil com a quantidade de ativos ofertados isentos de imposto de renda no mercado.
De fato, o PGBL sempre foi a aplicação “queridinha” dos clientes para o final do ano, visando a restituição de IR no ano seguinte.
O PGBL trata-se apenas de um diferimento de imposto de renda, desta forma no fim da aplicação, o investidor pagará imposto sobre o valor total resgatado, tanto rendimento quanto principal. Ele obtém vantagem está justamente na postergação do pagamento desse imposto. Logo se torna possível capitalizar esse IR postergado.
No caso dos instrumentos isentos, os recursos investidos já forma tributados, o que implica em não existir restituição.

Neste artigo PGBL ou LCI? Qual o melhor investimento para esse fim de ano? a TAG Investimentos fez a conta e chegou a uma conclusão bem prática para o prazo de 10 anos de investimento.
Eles consideraram o IPCA em 6,5% e a taxa de juros em 11,25%. Confiram a seguir:

– Se a opção (ao PGBL) for uma LCI/LCA a uma taxa de 97% do CDI, o PGBL é melhor desde que ele rode acima de 86% do CDI.
– Se a opção (ao PGBL) for uma debênture incentivada AAA com prêmio de 5% acima da inflação, o PGBL é melhor desde que ele rode acima de 92% do CDI.
– Se a opção (ao PGBL) for uma debênture incentivada A com prêmio de 7,5% acima da inflação, o PGBL é melhor desde que ele rode acima de 114% do CDI.

Ressalta-se que na análise acima não foram levados em conta a questão sucessória (ausência de inventário), onde a previdência sempre leva vantagem.
Leia também:

  1. Previdência privada vale a pena?
  2. Aposentadoria e o rei dos dividendos
  3. Luiz Barsi: O Rei dos dividendos na BM&FBOVESPA
  4. Viver de renda e independência financeira
  5. como se aposentar

  6. Quando se aposentar?
  7. Principais aplicações de Renda Fixa

Até o próximo post.

3 Comments

  • Reply Vilmar 23 de julho de 2015 at 19:26

    O que vale mais a pena: LCI ou Tesouro Direto? Planejador responde dúvidas – InfoMoney

    http://www.infomoney.com.br/onde-investir/renda-fixa/noticia/4175589/que-vale-mais-pena-lci-tesouro-direto-planejador-responde-duvidas

  • Reply Rodrigo 4 de dezembro de 2014 at 22:30

    Olá Vilmar.
    Além da vantagem da postergação do pagamento do IR sobre os 12% investidos no PGBL, também não é vantagem o fato de que o imposto do PGBL depois de 10 anos, no caso da tabela regressiva, será menor?

    Imagine uma pessoa que ganhe um bom salário. Investindo em PGBL ela deixará de pagar o imposto de 27,5% nessa parcela investida e pagará só 10% la na frente, quando resgatar.

    • Reply Vilmar 4 de dezembro de 2014 at 23:33

      O grande problema é que a maioria dos brasileiros não tem toda esta paciência e acabam usando o dinheiro antes, então acabam pagando mais imposto. Povo imediatista e sem disciplina financeira.
      Para quem tem toda esta disciplina, valeria a pena sim.

    Leave a Reply

    *

    code