‘Golpes’ Articles at Defenda Seu Dinheiro

Browsing Tag: golpes

    Convidados

    Golpes em nome da Receita Federal para você fugir

    16 de julho de 2018

    Corretora de câmbio é alvo de investigação de lavagem de dinheiro e crimes financeiros

    Susto: Golpistas querem obter dados cadastrais e financeiros dos contribuintes

    Constantemente a RF, Receita Federal, faz alertas sobre golpes aplicados em seu nome para obter dados cadastrais e financeiros. Com a marca oficial da Receita, os e-mails ou cartas podem parecer convincentes. Com base nisto, vale ressaltar que o fisco não manda e-mails sem sua autorização, nem envia cartas pelos Correios pedindo que você acesse sites ou deposite dinheiro. Para se proteger, conheça a seguir alguns dos principais golpes aplicados em nome da Receita Federal:

    Cartas para regularizar dados cadastrais

    A Receita Federal alerta para um golpe de regularização de dados cadastrais por correspondência.

    O contribuinte recebe em casa uma carta com a marca da Receita, que contém um site para acessar e atualizar os dados bancários. Ao acessar esse site, o contribuinte está sujeito a vírus e códigos maliciosos que podem roubar seus dados pessoais, bancários e fiscais.

    Se você receber essa correspondência, a Receita orienta destruir a carta e jamais acessar o site indicado. O único site da Receita para fazer consultas, baixar programas ou alterar informações junto ao fisco é o idg.receita.fazenda.gov.br.

    Além disso, você só deve informar seus dados bancários na declaração do Imposto de Renda ou alterá-los por meio do extrato da Dirpf no portal e-CAC.

    Cartas que cobram IOF de tomadores de empréstimos

    Outro golpe aplicado em nome da Receita é uma carta falsa enviada a quem tomou ou está negociando um empréstimo. A correspondência exige o pagamento de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para desbloquear o valor emprestado.

    Na carta, atribuída ao auditor-fiscal da Receita, há dados bancários para depósito, além de uma assinatura falsa.

    A Receita informa que não fornece dados bancários para recolher tributos federais via depósito ou transferência. A cobrança e o recolhimento do IOF são efetuados pela instituição que conceder o crédito.

    Para identificar que a correspondência é falsa, o fisco recomenda ficar atento a erros de português, informações confusas ou incorretas e orientações desencontradas.

    E-mails falsos – inclusive para avisar sobre erros no Imposto de Renda

    A Receita Federal alerta para e-mails falsos em nome da instituição, com mensagens que tentam obter ilegalmente informações cadastrais e financeiras. Algumas avisam sobre possíveis erros na declaração do Imposto de Renda ou cobram débitos que não existem.

    Com timbres oficiais da Receita, os e-mails misturam instruções verdadeiras e falsas e contêm links que são a porta de entrada para vírus e códigos maliciosos no computador.

    A Receita esclarece que não envia mensagens via e-mail sem a autorização do contribuinte, nem autoriza terceiros a enviarem mensagens em seu nome. Sua única forma de comunicação eletrônica é por meio do portal e-CAC.

    Se você receber uma dessas mensagens, a Receita aconselha não abrir arquivos anexados, normalmente programas que podem causar danos ao computador ou capturar informações confidenciais. O fisco também recomenda não clicar em links e excluir imediatamente a mensagem.

    Até mais.

    Geral

    [BIT FRAUDE BREAKINGNEWS] Esquema de pirâmide com Bitcoin rouba US$ 115 milhões de mais de 10 mil investidores

    16 de fevereiro de 2018

    Crime ocorreu na Áustria e, segundo as autoridades, envolveu cerca de 12 mil bitcoins

    A polícia da Áustria está investigando um caso de pirâmide financeira envolvendo bitcoins na plataforma Optioment, que supostamente tem sede na Costa Rica. A empresa oferecia uma rentabilidade de até 4% por semana, mas de repente sumiu com todo o dinheiro, causando perdas a mais de 10 mil pessoas.
    A imprensa local afirma que este esquema foi responsável pelo roubo de cerca de 12 mil bitcoins (que na cotação atual vale cerca de US$ 115 milhões).

    A empresa dizia em seu site ser um “produto de investimento global de bitcoins de primeira qualidade” originado de um “fundo de bitcoins localizado na Costa Rica”. Além disso, eles diziam ter uma plataforma de “investimento” financiada por ativos avaliados em mais de 35 mil bitcoins. Além da rentabilidade semanal prometida, os investidores também seriam recompensados por atraírem novos usuários para a plataforma.

    Nas últimas semanas, a Optioment realizou um grande evento em Viena e teve a participação de mais de 700 pessoas. Além da Áustria, investidores na Polônia e Romênia também foram afetados pelo golpe. Dois dos três responsáveis pelo esquema, um da Letônia e um da Dinamarca, teriam sido identificados, segundo a imprensa local. Porém, autoridades disseram à Bloomberg que ninguém foi detido até o momento.

    Até o próximo post.

    Convidados

    Pirâmide financeira baiana: D9 Clube

    7 de agosto de 2017

    D9 e MinerWorld: suspeita de operar um esquema de pirâmide financeira

    Na ação, bens como moto aquática e uma Harley Davidson foram apreendidos - Foto: Divulgação | Polícia Civil

    Crime de pirâmide financeira é desmontado em Itabuna

    Um esquema fraudulento que lesou milhares de pessoas e rendeu mais de R$ 200 milhões aos suspeitos foi desmontado no município de Itabuna (a 435 quilômetros de Salvador). A ação conjunta foi realizada pelos departamentos de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) e de Polícia do Interior (Depin). As informações foram divulgadas nesta sexta-feira, 4, pela Polícia Civil.

    Segundo o órgão, uma das ações ocorreu nesta quinta, 3, na sede da empresa conhecida como D9 Clube, na avenida Ruffo Galvão, no Centro de Itabuna. No local, foram apreendidos carros, uma moto aquática, uma motocicleta Harley Davidson, um servidor de internet e um drone.

    A investigação – que teve início na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de Itabuna, com o delegado Humberto Matos – revelou que a quadrilha aplicava um golpe classificado como de cooptação progressiva de pessoas, também conhecido como pirâmide financeira.

    A empresa de fachada D9 Clube era utilizada para comercializar o serviço de treinamento de pessoas em apostas esportivas.

    Conforme a Polícia Civil, para atrair as vítimas, a empresa informava no site oficial e em redes sociais abertas que o percentual de lucro obtido com as realizações das apostas de seus clientes seria de 33% sobre o valor investido, com pagamento semanal durante um ano, e ao final, o valor principal investido seria devolvido.

    Os integrantes da quadrilha vão responder pelos crimes de estelionato, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, pichardismo (que é o crime contra a economia popular), exploração fraudulenta de credulidade pública. Este último crime se diferencia do estelionato porque o número de pessoas é indeterminado.
    fonte de consulta: atarde.uol.com.br/bahia/noticias/1883301-crime-de-piramide-financeira-e-desmontado-em-itabuna

    Vejam também:

    Sistema de ajuda mútua é golpe?

    28/07/17 06:00
    Internautas usam aplicativo PicPay para criar esquemas de pirâmide financeira e aplicar golpes

    04/08/2017 às 20:47
    Jogo para ganhar dinheiro no WhatsApp viraliza e polícia alerta perigo
    Chamado de Giro Solidário, o jogo, que adere a um tipo de ‘pirâmide financeira’, tem atraído adeptos nas redes sociais. Prática pode ser considerada uma contravenção penal, segundo a polícia

    Até o próximo post.

    Geral

    Rei do Mico

    3 de agosto de 2016

    Tem algumas ações sendo “bombadas” recentemente pelos “reis do mico” recentemente em comunidades de mercado financeiro, como BPHA3, LUPA3, INEP4, PDGR3 (PDGR11 – subscrição), OGXP3, CTAX3, CTAX4, OIBR3, OIBR4, entre outras…

    Não custa nada relembrar como funciona esta “pegadinha” na bolsa de valores, a qual pode levar todo suado dinheiro de uma “sardinha” incauta e deslumbrada com o conto do vigário:

    A armadilha dos micos
    macaco_prego_g

    Veja também:

    Até o próximo post.

    Geral

    Golpes e picaretagens na bolsa de valores: Pump and Dump

    20 de abril de 2016

    Você sabe o que é o golpe de pump and dump na bolsa de valores?
    Esta expressão em inglês quer dizer algo como “inflar e largar”. Geralmente é aplicado em ações de baixa liquidez e com o preço muito baixo, de preferência aquelas ações cotadas em centavos (penny stocks).

    Para realizar esta picaretagem uma pessoa ou um grupo de pessoas compra grandes quantidades de alguma ação de baixo valor e baixa liquidez e espalha boatos para o papel subir, geralmente em fóruns de mercado financeiro, antro de picaretas na internet.

    O golpe é muito conhecido na bolsa de valores, mas assim como as pirâmides, sempre tem um monte de “pato” que ainda cai nele e isto não é exclusividade do Brasil, existe em todo mundo. Quem geralmente ganha nestes tipos de trades são apenas os primeiros a entrar, ou seja, quem começou ou entrou de gaiato bem no começo da inflada do preço dos ativos. Os últimos sempre acabam morrendo com o “mico” na mão e pagam a conta. Como diz o ditado, o último que sair que apague a luz.

    Tome muito cuidado com os boatos e fuja de fontes duvidosas de informação, além de observar gráficos de ações que tenham altas repentinas e ficaram vários períodos sem negociação ou com pouquíssimos negócios. Se mesmo assim você ainda desejar operar com este tipo de ação (mico), é bom montar uma boa estratégia, fazer simulações e nunca entrar com muito dinheiro, ou seja, apenas colocar aquilo que não irá mesmo lhe fazer falta caso a empresa seja bloqueada na bolsa e não possa desfazer sua posição. Alguns exemplos deste último caso citado são:
    Milk – MILK11 (MILK33), Agrenco – AGEN11(AGEN33), Schlosser – SCLO4, etc.

    micos-na-bolsa-de-valores-pump-and-dump-inflar-e-descartar

    Nunca esqueça de verificar a saúde financeira da empresa, se ela ainda produz algo, se dá lucros, se está entregando os balanços em dia, verificar notificações na CVM e na BM&FBOVESPA, verificar se está em recuperação judicial, se já faliu, mas ainda tem um CNPJ e listagem na bolsa de valores ativo, entre outros detalhes.

    Além do mais, sempre é importante desconfiar quando entrar em algum fórum, blog ou rede social e tiver um post/tópico prometendo que determinada ação “vai bombar”.

    Leia também:

    Vale a pena comprar ações que custam centavos?

    Pump and dump: saiba o que é e como evitar esse tipo de “golpe” com ações – InfoMoney

    Critérios de classificação das ações de 5ª linha (micos)

    Filmes

    Jogada de Mestre – filme 2015

    19 de abril de 2016

    Ótimo filme que demonstra em qual ponto empresários falidos e sem crédito na praça podem chegar.

    História baseada em fatos reais. A trama é situada em 1983 e adapta a obra de não ficção do repórter Peter R. de Vries, que acompanha os bastidores do sequestro do magnata da Heineken.

    Filme Jogada de Mestre Netflix - jogadademestre-kidnapping-mr-heineken

    O filme Jogada de Mestre está disponível no Netflix. Aproveite para assistir enquanto as operadoras não limitam a quantidade de dados no seu plano internet de banda larga fixa. choro - cry

    Sinopse:

    Um dos homens mais ricos da Europa, dono de uma das cervejarias mais famosas do mundo, vive de forma pacata na tranquila Amsterdã. Enquanto isso na mesma cidade, um grupo amigos que vive de pequenos golpes decide arriscar tudo em um plano aparentemente perfeito. Jogada de Mestre conta a história real do planejamento, execução e o surpreendente desfecho do sequestro de Alfred “Freddy” Heineken (Anthony Hopkins), que resultou na maior quantia já paga por um resgate até então. O filme traz ainda no elenco Sam Worthington (Avatar), Jim Sturgess (A Viagem) e Ryan Kwanten (True Blood).
    cinepop.com.br/jogada-de-mestre-90387

    Até mais.

    Geral

    Brasil: Os maiores golpes dos últimos tempos

    23 de outubro de 2015

    Na história recente do Brasil tivemos vários golpes. Os fraudadores usaram as mais diversas técnicas para tirar dinheiros dos gananciosos e incautos.

    Confira alguns posts sobre o assunto a seguir:

    Leia também:

    Os 10 maiores golpes da história
    http://ogatoninja.blogspot.com.br/2013/03/os-10-maiores-golpes-da-historia.html
    Charles Ponzi, Carlo Ponzi, Esquema Ponzi

    Até o próximo post.

    Geral

    Alerta: Cuidado com golpes na internet!

    8 de outubro de 2015

    Na edição de hoje do Jornal Bom Dia Brasil foi ao ar uma pesquisa que revela existir na internet uma tentativa de golpe a cada 15 segundos. Só em julho de 2015 foram quase 175 mil tentativas de golpes em nosso país. O principal alvo dos golpistas é justamente quem não deve nada.

    Confira:

    Pesquisa revela que internet tem uma tentativa de golpe a cada 15 segundos
    (atualizado em 09/09/2015 08h26)

    http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2015/09/pesquisa-revela-que-internet-tem-uma-tentativa-de-golpe-cada-15-segundos.html

    Veja também – I:

    Golpes da internet: Confira a lista dos principais e saiba como evitar de cair na armadilha
    Neste artigo, elaboramos uma série das principais formas de golpes praticados na internet, além de dicas para evitar de cair nas armadilhas e também, em caso de ser uma vítima de crime virtual, o que fazer.

    https://www.oficinadanet.com.br/post/12727-golpes-da-internet-confira-a-lista-dos-principais-e-saiba-como-evitar-de-cair-na-armadilha
    golpes na internet

    A matéria acima aborda os golpes mais comuns na internet:

    – Boleto de registro de domínio;
    – Faturas de registro de marcas;
    – Falsos emails de instituições financeiras;
    – Oportunidades de emprego falsas;
    – Furto de identidade;
    – Phishing;
    – Sites maliciosos;
    – Romances pela internet;
    No! I will not ship do Nigeria!

    Nunca se esqueça: Não existe dinheiro fácil e sequer emprego dos sonhos na internet.

    Veja também – II:

    Até o próximo post.

    Geral

    Infinity Line, nova pirâmide na praça?

    20 de abril de 2015

    Conheça Black List MMN e confira as 164 supostas Pirâmides Financeiras em atuação e bloqueadas no Brasil e no Mundo. Fiquem Atentos ao risco de novos golpes, enquanto não se define uma legislação específica para tratar sobre o tema, acrealerta iniciou um levantamento acerca das supostas fraudes e lança a Black List das supostas pirâmides financeiras promovidas no Brasil e no mundo.

    Esta lista permanecerá on line e será constantemente atualizada, como forma de orientar possíveis investidores sobre os riscos. Veja no link a seguir:

    – Black List MMN

    Desde o momento que alguém aprende matemática, ela saberá o que é uma pirâmide financeira. Depois muitos vão aparecer aqui como os sujeitos do Telexfree, Bbom etc., os quais perderam MUITO dinheiro, chorando procurando justiça e a justiça não pode fazer nada (porque vocês entraram nessa de livre e espontânea vontade, oras!), etc..

    A pessoa ganhou ALGUM dinheiro, para continuar no esquema, colocar mais dinheiro e cada vez mais, na esperança de receber o mesmo lucro que conseguiu no começo, assim segue até e nunca mais ver seu dinheiro de volta.
    br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20130818150918AAb6TDF

    O que caracteriza uma pirâmide financeira
    http://exame.abril.com.br/topicos/piramides-financeiras

    Até o próximo post.

    Geral

    Programa de afiliados Boo box é golpe?

    19 de fevereiro de 2015

    Depois de tantas arapucas recentes como o “Império X” (OGX, MMX, OSX, etc..) do midas invertido Eike, Telexfree, BBOM, Bitcoin, Boi Gordo, Avestruz Master, Pirâmides, Madoff, “Madoff Mineiro” entre outras tantas, agora surge outra novidade: Boo Box. Afinal de contas, por que a Boo box recebe tantas reclamações como podemos ver no ReclameAqui?

    Programas de associados existem aos montes pela internet. Eles podem ajudar a ganhar dinheiro na internet, porém quando as coisas não funcionam, também me sinto no dever de informar. Por este motivo que hoje vamos falar um pouco sobre a Boo-box que nada mais é do que um programa de afiliados.

    Conforme o site deles informa:
    – É a primeira empresa brasileira de tecnologia, publicidade e mídias sociais, definida pelo TechCrunch como “o Ad Network Brasileiro da Web 2.0”.
    Na realidade, opera como um programa de afiliados (porém o proprietário negue isto), no qual você blogueiro ou webmaster coloca os banners deles, onde são veiculadas campanhas e você recebe por elas no modelo CPC, CPM ou CPA. Eles até começaram bem, mas de repente as coisas ficaram um tanto quanto nebulosas, assim como ficam todos os “ponzi schemes” e afins, desde que o mundo é mundo. A reclamação dos afiliados do Boo box é quanto ao prazo de pagamento, ao passo que afiliados como Adsense, Hotwords, Uol Afiliados, Submarino, etc., costumam pagar sempre no próximo mês ao fechamento dos ganhos, a Boo-box leva no mínimo 60 dias, às vezes chegando a muito mais. Claro que isso é avisado ao afiliado e usa quem quer, porém são frequentes os relatos de saldos que somem, e de pessoas não recebem mesmo tendo enviado os recibos.

    O objetivo deste assunto não é falar mal da Boo-box nem dos proprietários ou funcionários da empresa. Aqui neste blog não usa-se tal programa de afiliados, mas tenho certeza que eles deveriam pagar aos que devem, já que o contrato diz que as campanhas são pagas em até 90 dias, deveriam pagar nesse prazo.
    Os programas de afiliados devem sempre mostrar seriedade e cumprir o que está em contrato, sempre agindo com transparência com os seus associados.

    Leia também:

    Programas de afiliados: por que a Boo box recebe tantas críticas?
    programa de afiliados boo box é golpe?