Revista Fortune/Chainalysis: US$ 38 bilhões em bitcoins estão perdidos para sempre

Levantamento mostra que algo entre 2,78 e 3,79 milhões de bitcoins estão perdidos no mundo

Defenda o seu Bitcoin – A verdadeira história do MercadoBitcoin

Um estudo recente realizado pela Chainalysis, e publicado pela revista Fortune, mostra que cerca de 23% dos bitcoins já criados até hoje podem estar perdidos para sempre. Isso porque, quando uma pessoa compra criptomoedas e perde sua chave de segurança, o valor que está na sua carteira nunca mais poderá ser acessado, se perdendo para sempre.

Este estudo é o primeiro que tenta quantificar as moedas que se perderam desde que o bitcoin foi criado. Mesmo assim, é bom deixar claro que é impossível dizer exatamente a quantidade que está realmente sumida e quantos estão apenas guardados sem movimentação recente registrada.

Diante disso, o levantamento mostra uma faixa de resultado, indicando que entre 17% e 23% dos bitcoins se perderam, valor que representa algo entre 2,78 e 3,79 milhões de criptomoedas. Considerando o recente patamar de US$ 10 mil atingido, seriam cerca de US$ 37,9 bilhões perdidos para sempre na rede do blockchain. As moedas “perdidas” são, em sua maioria, parte das primeiras emissões feitas pela rede, quando cada unidade ainda valia apenas centavos.

A companhia não explica como fez o levantamento, mas informou ter considerado cinco premissas para a realização do estudo: bitcoins minerados desde o início de 2017, investimentos estratégicos, compra e venda, o montante de um milhão de moedas iniciais de Satoshi Nakamoto e aquelas moedas que não foram movimentadas entre 2010 a 2015.
fonte de consulta: Exclusive: Nearly 4 Million Bitcoins Lost Forever, New Study Says

Até o próximo post.

Leave a Reply

CAPTCHA *