Riscos de se cair no golpe da pirâmide financeira
Geral

Riscos de se cair no golpe da pirâmide financeira

18 de abril de 2017

O Procon ALMG alerta para os riscos de se cair no golpe da pirâmide financeira. O órgão de defesa do consumidor ressalta que é preciso desconfiar quando se trata de dinheiro fácil!

Mandala vira febre em Lagoa da Prata e jovens caem em golpe de pirâmide financeira

O Procon alerta que é preciso ter cuidado ao ser convidado a participar de um desses grupos: pirâmides, mandalas e clubes de ajuda mútua. Você pode ser vítima de um golpe e perder muito dinheiro. Estima-se que, atualmente, há pelo menos 33 “empresas” praticando fraudes desse tipo em todo o Brasil.

Fuja da pirâmide financeira

Dois tipos de pessoas são as “presas” mais vulneráveis desse tipo de golpe: 1) quem está em dificuldade financeira, na ânsia de resolver a situação e acaba iludido pelas promessas fantasiosas; 2) aqueles oportunistas que, mesmo em situação econômica confortável, querem lucrar sem fazer esforço. Em ambos os casos, o resultado é prejuízo praticamente garantido!

O problema é que, ao buscar ajuda dos órgãos de defesa do consumidor, para tentar reaver o valor pago, as vítimas sequer recebem resposta das empresas, que raramente são localizadas. A solução é recorrer ao judiciário e torcer para encontrar os responsáveis pelo golpe.

Vale dizer que as empresas de vendas diretas, que atuam no sistema chamado “marketing multinível”, muitas vezes, são confundidas com “pirâmides financeiras”. Porém, trata-se de uma atividade legal, com efetiva comercialização de produtos. Além disso, os consumidores não necessariamente precisam se associar como cotistas.

Saiba como reconhecer uma pirâmide financeira, conforme o Procon da ALMG:

  • Promessa de altos ganhos em pouco tempo: esse é um dos principais atrativos para as vítimas do golpe. Quando a pessoa está em dificuldade financeira ou quer se dar bem sem esforço, ela acaba se deixando levar pela “conversa mole” do “vendedor de sonhos”. Tenha o pé no chão e lembre-se que a forma mais segura de se ganhar dinheiro é trabalhando honestamente
  • Promessa de recompensa por novos membros: você paga sua cota e recruta um número determinado de pessoas, das quais será o líder. Essas pessoas subordinadas a você também têm a tarefa de recrutar outras e assim por diante, de forma que você, em pouco tempo, segundo a promessa, receberá bônus de todos os que estiverem hierarquicamente abaixo. O problema é que só os que estão no topo da pirâmide realmente ganham dinheiro. A grande maioria não consegue subir de nível e fica no prejuízo
  • Negociação totalmente informal: os investidores (vítimas) são atraídos por promessas de ganhos rápidos, incomuns no mercado formal. Não há assinatura de contratos, recibos de pagamento ou qualquer outra forma de se identificar uma negociação comercial. Até mesmo as cotas de participação são disfarçadas de “presentes” oferecidos pelos níveis inferiores aos superiores
  • Não existe um produto à venda: os ganhos viriam do seu desempenho na tarefa de recrutar pessoas, compartilhar mensagens, assistir vídeos promocionais ou simplesmente “curtir” postagens nas redes sociais
  • Ausência de informações básicas da empresa: a pessoa que recruta não conhece quem está por trás do esquema, mas vai tentar te convencer de que se trata de um grande grupo internacional com muitos anos de mercado, solidez financeira, pois foi isso que ela ouviu de quem a recrutou. Neste caso, não existe endereço físico, nome dos proprietários, CNPJ etc.

fonte: http://www.revistaencontro.com.br/app/noticia/atualidades/2017/04/07/noticia_atualidades,158929/procon-alerta-para-os-riscos-de-se-cair-num-golpe-da-piramide-finance.shtml

Até o próximo post.

16 Comments

  • Reply Vil Bro 4 de junho de 2018 at 19:13

    Dúvida: o site Madbid é confiável?
     
    http://vilmarbro.com.br/duvida-o-site-madbid-e-confiavel/

  • Reply Blacklist Bitcoin Brasil: Lista de sites suspeitos 4 de junho de 2018 at 16:12

    Blacklist Bitcoin Brasil: Lista de sites suspeitos

    Estamos constantemente monitorando sites suspeitos e também recebemos diversas denúncias. Por isso, com o intuito de te orientar e te salvar de um possível prejuízo, reunimos uma lista pública de sites suspeitos que circulam no Brasil, e que possivelmente utilizam o Bitcoin como fachada, não sendo reconhecidos como legítimos pela comunidade de Bitcoin.

    Ultima atualização: 28/05/2018

    Confira a lista abaixo de A a Z:

    3XBIT
    5 Star Mining
    AcessoCoin
    Adscash
    Adsply
    AirBitClub – (antiga Wcm777)
    Alcateia Investimentos
    Amsterdam-coin.com
    Ajuda Bitcoin
    Altminer
    AmazonHash.com
    ATMCoin / ATM Coin
    AWS Mining
    AuroraMine
    Bits2u
    Bit Oportunity
    BitCash One (bitcash1.com)
    Bitclub Advantage
    Bitsblockchain.net
    Bitcoin For You
    Bitcoin Forever Club
    Bitcoin Mais
    BitcoinTask
    Bitconnect
    Bitcosmos.biz
    BiteaCoin.com
    Bitmoedas.org (envolvido com a MMM)
    BitGarden
    Bitiscoin.com
    BitOfertas (MinerWorld – listada abaixo)
    BitShower
    Bitxcube
    Biznet
    BitNewOrder
    Braconsultoria.com
    Brokerbets
    BR Mine
    BTCClock.io
    Btcinvestimentos.co.za
    Btcinvestimentos.com.br
    Btctradefare.org
    CCBBMLM (cryptoinvest.ccbmlm.com)
    CicloBTC
    Circle System
    Cred Club
    Coin-lite.com
    Coingather.com
    ConceptBit
    Cryptoinvest.com.br
    Cryptogold.com
    DavorCoin
    D9 Clube de Empreendedores/D9 Trader Esportivo
    DIGITAL INVESTE
    Doar Online
    DoublerBTC
    DreamDonation
    Dreams Digger
    Dreams Place International
    Eagle Bit Trade
    Ecoinplus
    Ethereum Cash Pro
    Fifty One Investimentos
    Foxbot Club
    Fullomm
    G44 Altcoins Exchange (g44.com.br) – CVM suspendeu por atuação irregular no mercado
    Gettycoin
    GoldCoin (goldcoin1.co)
    Gold Machine
    Gladiacoin
    GlobalCred (globalcred.co)
    Global Trading Club
    Gubits
    HashBrasil (hashbrasil.org)
    HashRev
    Hashperium.com
    HexaMining
    Hoseki Investimentos
    Hibridos.club
    Hot Gold Coin
    iCenter Bot
    INOEX (Exchange da G44 – Acima)
    InvestOn
    Investiremcriptomoedas.com (promove a AWS Mining)
    i7 Group
    Jockey Bit
    Incloude
    iMouvin
    Kit Mine
    King Bitcoins
    Kripta Coin
    LCF Coin
    LucreFree
    Luque Investimentos
    Mercedez Coin
    MinerWorld / Miner.360
    Miner Banks
    Mining Express
    MCash (falsa moeda da MinerWorld)
    Monetize Coin
    MMM Brasil ou MMM Brazil
    minerarbtc.com.br
    MG Mineradora
    mmmajudamutua.com
    MultiBit (multibit.com.br)
    Mize Network
    Monexchan
    My Trader Coin
    Mundial Bit ou Mundialbit.com
    NetsCoin
    Nióbio Cash
    Nossos Bitcoins
    Newcoin Blue
    NewHopeX
    OneCoin
    OnestPay
    Onlinebitz.com
    Opportunity Coins
    Options Cooper
    ONIXBTC / ONIX BTC
    Pllacenet
    ProspertyClube (sob investigação)
    Profitable Morrows
    Rapid Miners
    RendaBitcoin
    Redebitcoin.com (promove a AirbitClub)
    Sistema Super Bit
    SmartCoinClub.com
    Sierra Hash
    Sizawe
    SpaceMining
    SpeedFlow
    STM Investimentos
    STMBit Exchange
    TelexBit
    TIPSClube
    TOOYOO
    The Cricket
    Trade Coin Club
    Trader Clube
    TwiceCoin – Gladiacoin com novo nome
    U.CASH
    USI-TECH
    Velox10
    Virtual Place
    Vozex
    WC3 Club
    W3 Coins
    Webitcoin.com.br (promove a Miner World)
    WalletPlus
    Winnex+
    Winvest
    World Exchange (Worldcoinex.net)
    Yourbitcoinbanker.com
    X-MONEY CLUB
     
    *Não necessariamente o site que não esteja nesta lista significa que não seja suspeito. Desconfie de toda empresa que promete rendimento fixado. Exemplo: “30% em 1 mês, 10% em 10 dias, dobre seu capital”, etc.
     
    Lista de falsas moedas criadas e manipuladas por esquemas de pirâmides:
     
    Kriptacoin = WS Corporate (caiu)
    Mktcoin = Paydiamond
    MCash = MinerWorld
    Netscoin = I7 Group
    Onecoin = OneLife
    Proscoin = Prosperity Clube
    VibbeCoin = Bbom
    Xcoin = Newhopex
     
    fonte:
    https://guiadobitcoin.com.br/blacklist-bitcoin-brasil-lista-de-sites-suspeitos/

     

  • Reply #Chega de Golpes# 4 de junho de 2018 at 11:37

    Criador de esquema de pirâmide com “Mineração” deve enfrentar 20 anos de prisão: clientes perderam $10 milhões de dólares
    O polêmico executivo Josh Garza se declarou culpado de uma conta de fraude por fio.

    Conforme relatado pelo Guia do Bitcoin no início desta semana, Garza foi rumado que estava preparando o pedido, um para acusações que decorrem de sua operação de quatro empresas de criptomoedas, a GAW, GAW Miners, ZenMiner e ZenCloud, que foram suspeitas por atividades fraudulentas há muito tempo.

    No total, a perda atribuída à fraude de Garza foi estimada em US$ 9.182.000. Ele já deve ser condenado em 12 de outubro, momento em que ele enfrentará até 20 anos de prisão.

    Ainda assim, não é provável que seja o último caso contra o executivo. Um caso separado contra Garza por fraude de títulos, trazido pela SEC, ainda está em andamento, com a agência ainda reunindo provas até agosto. Esse caso ainda pode ser resolvido fora do tribunal.

    A apresentação de hoje abordou as especificidades desse caso, com destaque para venda de “planos de mineração” e descrevendo suas operações de forma semelhante a um esquema Ponzi (Pirâmide Financeira).

    O aviso do Departamento de Justiça dos EUA, por exemplo, enfatizou que as empresas da Garza fraudaram os consumidores rotineiramente fazendo afirmações falsas sobre o funcionamento de seus produtos e o estado de seus negócios.

    O negócio da GAW entrou em colapso em 2015 e já não é operacional.
    https://guiadobitcoin.com.br/criador-de-esquema-de-piramide-com-mineracao-deve-enfrentar-20-anos-de-prisao-clientes-perderam-10-milhoes-de-dolares/

    • Reply Golpe vende mineradora de bitcoin no Facebook e rouba dados 4 de junho de 2018 at 16:05

      Golpe vende mineradora de bitcoin no Facebook e rouba dados

      Um novo golpe no Facebook atinge pessoas que estão entrando no mundo dos bitcoins e, principalmente, das máquinas mineradoras de criptomoedas. Em forma de propaganda, o anúncio malicioso oferece a compra de uma mineradora que gera um lucro alto aos consumidores. O golpe acontece no link acompanhante da propaganda.

      Como o QZ nota, para ludibriar pessoas com maior conhecimento sobre o mercado, o golpe utiliza do nome da empresa Bitmain para vender a máquina. E o link engana: shop.bitmain.com, contudo, o “N” do link parece ter “algo errado”.

      O “N” de Bitmain foi substituido por outro caractere do Unicode.
      Ainda não existem informações sobre quantas pessoas caíram nesse golpe, ou mesmo se alguém já caiu. Contudo, a mineradora real oficial da Bitmain tem um preço de US$ 2,3 mil, prometendo reverter esse dinheiro em pouco tempo em bitcoins.

      Outro detalhe que pode ter aumentado os cliques na propaganda fraudulenta? As máquinas da Bitmain vendem muito rápido e, agora, estão fora de estoque. Por isso, se você tiver no Facebook, preste bastante atenção ao clicar em uma propaganda e inserir seus dados em sites de compra. Busque sempre o mesmo anúncio na página oficial da empresa que oferece o produto.
      https://www.tecmundo.com.br/seguranca/126281-golpe-vende-mineradora-bitcoin-facebook-rouba-dados.htm

  • Reply Hiane Oliveira 4 de junho de 2018 at 08:07

    Crediminer não é piramede amigo, desmacare então pois eu pesquisei a empresa e esta tudo dentro da lei…

  • Reply carol 24 de abril de 2018 at 21:17

    A credminer é uma pirâmide financeira?

  • Reply Fabiola 30 de agosto de 2017 at 14:01

    Por que a Velox é piramide?

    • Reply AdminBro 30 de agosto de 2017 at 14:18

      Estuda aí:

      VELOX 10: É pirâmide ou Marketing Multinível ?
      9 de agosto de 2017

      Toda atenção é pouca quando uma empresa não tem produtos; quando o capital e sede ficam fora do Brasil; quando operam com criptomoedas e quando oferecem ganhos financeiros rápidos e volumosos.

      A Velox 10 se enquadra neste perfil.

      O grande problema é identificar empresas sérias que trabalham com criptomoedas das que são fraudulentas, porque todas vendem resultados incríveis.

      Não estamos aqui (e não nos cabe esta missão), de culpar, sentenciar e penalizar empresas. Mas devemos orientar nossos leitores, amigos e seguidores a aprenderem a distinguir o certo do errado.

      A VELOX 10 promete ganhos financeiros bastante expressivos, com os pacotes que oferecem as seguintes vantagens:

      Rentabilidade de até 1,2% ao dia;
      Flexibilidade de operação mundial;
      Trabalhe com Criptomoedas e Bitcoin;
      Bônus diário em carteira Bitcoin;
      Bônus de indicação direta para todos os pacotes;
      Até 60% do binário todos os dias;
      Sem limites de compra de pacotes “Trader” por pessoa.

      A empresa disponibiliza um sistema de franquias para seus parceiros de negócios.

      Quase 100% dos estabelecimentos comerciais utilizam meios eletrônicos como forma de recebimento e a cada segundo, milhões de estabelecimentos comerciais, em todo o planeta, transacionam valores altíssimos. É neste mercado que a VELOX 10 opera.

      Para o franqueado VELOX 10, existem duas formas de trabalhar: a colocação dos produtos VELOX 10 no mercado e a venda direta de novas franquias.

      A empresa garante que em 90 dias dobra o capital investido.

      Com sede em Singapura, a X7 Capital que tem como presidente Ricardo Rocha se uniu ao empreendedorismo brasileiro oferecendo serviços e soluções de pagamento. Ricardo Rocha também é o presidente da Velox 10.

      A empresa está oferecendo uma excursão (ônibus fretado), para quem quiser conhecer a empresa em SP. Detalhe: o ônibus é grátis.

      Estão disponibilizando os documentos da empresa, que conforme vídeo divulgado por eles próprios não representa garantia de absolutamente nada.

      Torcemos por empresas sérias e esperamos que ninguém caia numa cilada.

      Vamos avaliar o andamento da Velox 10. Com cuidado.

      http://www.sucessonetwork.com.br/velox-10-e-piramide-ou-marketing-multinivel/

  • Reply jp 27 de julho de 2017 at 11:50

    Black List Pirâmides Financeiras 2017

    MYNETS CLUB
    GO-LIBERTY
    D9 CLUBE
    ALIANÇA ON LINE
    FUEL AGE
    WOLKEBCLUB
    7BEEGOO
    PRIME SYSTENS
    COOPER PRIME
    DISCOVERY MUNDI
    K1 VIVA O EXTRAORDINÁRIO
    MANDALA
    TELEXBIT
    DIVVEE SOCIAL
    PHONER
    INTINITYBTC
    I7 GROUP
    TIPSCLUB
    FOXBIT
    MINERWORLD
    ON LIFE
    PROSPERITYCLUBE
    NEWHOPEX
    Velox 10
    mmm brasil
    ZURC
    TCC

    • Reply Bino 10 de agosto de 2017 at 10:37

      me explique pq a MMM Brasil é pirâmide?

      • Reply Jão Jão 10 de agosto de 2017 at 15:36

        Esquema que enganou milhões de russos chega ao Brasil
        18 de dezembro de 2015 MARINA OBRAZKOVA, MARINA DARMAROS
        Símbolo da ingenuidade econômica do russo nos anos 1990, empreendimento faz sucesso na China e África do Sul.

        Fundador do esquema, Mavródi ficou preso de 2003 a 2007. Foto:Kommersant
        Nos anos 1990, surgiram na Rússia recém-aberta diversos esquemas em pirâmide, ou seja, modelos comerciais que dependem do recrutamento de outras pessoas a níveis insustentáveis sob a promessa de grandes rendimentos.

        O maior e mais marcante deles na Rússia foi o MMM, de Serguêi Mavródi, registrado ainda em 1989. Em apenas seis meses, a partir do início de suas operações como pirâmide, em 1992, 15 milhões de pessoas investiram nesse esquema – e praticamente todas perderam integralmente seus investimentos.

        Agora, aos 60 anos de idade, 4 deles passados atrás das grades, entre 2003 e 2007, o matemático volta a aplicar o golpe, desta vez, no exterior. Além do Brasil, seu “Fundo Global de ajuda mútua” já foi implementado em 106 países, gozando de particular interesse na África do Sul, China e Índia.

        Em sites de downloads como o Pirate Bay, a página brasileira do esquema aparece em um pop-up indesejável e em mau português.

        “Isso é uma comunidade de pessoas comuns, que se ajudam mutuamente, um Fundo Global de ajuda mútua. É o primeiro broto de algo novo no rude e cruel mundo contemporâneo da ganância e do dinheiro difícil de ganhar”, lê-se na home do site brazil-mmm.net.

        Fugindo da fama

        Após o colapso da MMM na Rússia, em 1997, a figura de Mavródi é reconhecida e causa de aversão em todo o país.

        Assim, seu novo empreendimento, a MMM Global, preferiu entrar em mercados mais distantes: em países africanos, asiáticos e sul-americanos. Já na Europa, suas atividades foram rapidamente detectadas e suspensas.

        O sucesso dos esquemas locais da MMM tem revelado que as populações da China e da África do Sul estão ávidas por dinheiro fácil e um tanto iletradas nos princípios da economia.

        Site brasileiro da MMM abre em pop-up de página de download. Foto: DivulgaçãoSite brasileiro da MMM abre em pop-up de página de download. Foto: Divulgação
        “As pirâmides de Mavródi são muito características: os pagamentos são feitos pelos participantes seguintes. As pirâmides diferem das bolhas especulativas, quando os preços dos ativos são remarcados, como aconteceu nos EUA em 2008. As pirâmides não têm quaisquer ativos, são um esquema puramente criminoso, e Mavródi não esconde que seu empreendimento é uma pirâmide”, explica a professora de sociologia econômica da Escola Superior de Economia, Olga Kúzina.

        “As pessoas são atraídas pelas promessas de grandes porcentagens sobre os lucros, muito superiores a quaisquer outras no mercado. Nem todo mundo percebe que, quanto maior o lucro, maiores os riscos”, completa.

        Chineses e sul-africanos se deixam levar por promessas de até 30% de lucro ao mês; indianos, de 60%; e malásios, de 100%.

        Bitcoins

        Hoje, a empresa tem trabalhado com Bitcoins, ou seja, criptomoedas que compõem um sistema de pagamentos on-line que não é intermediado por qualquer instituição financeira.

        Muamba através dos séculos
        Assim, os chineses passaram a buscar tanto os Bitcoins para depositá-los na MMM, que o preço da moeda virtual aumentou consideravelmente.

        Em uma entrevista ao Financial Times neste ano, Mavródi revelou que a MMM China iniciou as atividades em abril de 2015 e confirmou que o novo esquema aceita Bitcoins, entre outras moedas.

        Mas sua MMM Global trabalha exclusivamente com Bitcoins e, segundo o fundador, rende lucros de 100% ao mês a seus investidores.

        Modernização

        Em pleno século 21, Mavródi também mostra ter modernizado suas técnicas para atrair novos investidores: além dos pop-ups na internet, a publicidade da MMM é feita com declarações em vídeo no YouTube feitas pelos próprios participantes de suas novas pirâmides.

        Os investidores que conseguem receber algum lucro com o esquema antes do colapso da pirâmide (o “restart”, na terminologia de Mavródi) agradecem ao destino e a Mavródi em muitas línguas, que podem ser assistidas em clipes curtos publicados na internet.

        O uso do vídeo em si, porém, não é uma novidade para a MMM e, ainda nos anos 1990, o esquema chegou a proporções tão impensáveis que passou a se valer de comerciais de TV com uma das atrizes mexicanas mais famosas da época, Veronika Castro, que era a paixão nacional russa com seu protagonismo na novela “Simplesmente Maria”, transmitida então no país.

        Fonte: YouTube/Peter Forster
        A genialidade – ou sorte – de Mavródi naqueles anos ficou provada até durante sua primeira detenção relacionada às pirâmides, em 1994 – ele já havia passado dez dias na prisão em 1983 por “atividade empresarial ilegal”, quando foi pego produzindo cópias piratas de fitas VHS.

        Em agosto de 1994, porém, de dentro da prisão, o matemático russo registrou-se como candidato a deputado. Quando obteve o registro de candidato, em setembro, foi automaticamente solto.

        Em outubro, foi eleito e abriu mão do salário e de todos os privilégios, deixando claro que buscou o posto apenas para obter imunidade parlamentar. Não compareceu a uma única plenária durante o período de um ano em que ocupou o cargo.
        fonte: https://gazetarussa.com.br/bilateral/2015/12/18/esquema-em-piramide-que-enganou-milhoes-de-russos-chega-ao-brasil_552291

    • Reply itacir 30 de outubro de 2017 at 15:10

      Não entendi porque na black list está o nome da FOXBIT ?
      é a maior corretora de bitcoins do País.

  • Reply Cleiton Oliveira 25 de abril de 2017 at 20:03

    Ouvi falar do Mandala há algum tempo atrás. É impressionante o número de pessoas que caem nesse golpe.

  • Reply Vou-me Já 20 de abril de 2017 at 03:36

    Tem golpe tipo pirâmide no mercado financeiro???
    Conta pá NÓIS!!!
    S2

  • Leave a Reply

    CAPTCHA *