‘Como Ganhar Dinheiro’ Articles at Defenda Seu Dinheiro

Browsing Tag: Como Ganhar Dinheiro

    Geral

    Como fazer dinheiro com o método de dropshipping

    26 de novembro de 2018

    Ao iniciar um negócio online, um dos elementos chave é ter produtos para vender. Na verdade, sem produtos… você não tem negócios. Isso é bem óbvio, certo?

    Então, como você obtém produtos? Onde você os encontra? Como você sabe se eles vão vender? Como você os leva até aos clientes?

    No vasto mundo do empreendedorismo na internet, há muitas respostas para todas essas perguntas.

    Você pode criar seus próprios produtos, mas isso pode ser um processo longo e demorado.

    Ou você pode comprar em massa de um fabricante e, em seguida, enviar produtos para seus clientes depois deles comprarem.

    Mas essa é uma solução cara, e você tem que correr o risco de investir esse dinheiro na compra de ações e não ter vendas (todos nós conhecemos alguém com uma garagem cheia de estoque de sua “grande ideia”, certo?)

    Existe uma solução que permite contornar todas essas dificuldades. E isso torna todo o processo de inicialização do seu empreendimento online muito mais fácil. É chamado de dropshipping.

    Perceba de seguida tudo o que necessita ter em conta sobre este tipo de método de venda.

    dropshipping

    Como começar um negócio de dropshipping?

    As estimativas variam. Mas os observadores da indústria descobriram que entre 20% e 30% dos lojistas online usam o este método.

    Então, é um modelo de negócios comprovado e você estará em boa companhia se seguir esse caminho. Mesmo os grandes lojistas, como a Amazon, usam o dropshipping.

    Com dropshipping, você pode vender praticamente qualquer produto em qualquer nicho. E a melhor parte é que você não precisa lidar com as dificuldades das empresas tradicionais, como:

    • Armazenar seus produtos (pode ser muito caro comprar grandes quantidades de estoque, alugar espaço no depósito…)
    • Embalar ou enviar quaisquer produtos (você pode imaginar o incômodo de receber pedidos e encaixá-los várias vezes ao dia… e ir para os correios?) Essa definitivamente não é uma forma escalável de fazer negócios.
    • O mais importante é que você não precisa gastar seu dinheiro antecipadamente para comprar produtos no atacado para revender… que você não tem certeza que vai vender.

    Você vê, quando administra um negócio por meio do dropshipping, você evita todos esses riscos e possíveis perdas de investimento de capital.

    Agora que analisamos os benefícios de um negócio de dropshipping, vamos dar uma olhada em como o modelo de negócios de dropshipping realmente funciona.

    Como é que o dropshipping realmente funciona?

    Com o dropshipping, você trabalha com um atacadista ou distribuidor que oferece esse serviço.

    Você vai cuidar de todo o marketing para o seu negócio, configurar seu site com um carrinho de compras (ou montar uma loja virtual na Amazon), escrever seu blog, fazer mídias sociais e e-mail marketing e contatar os potenciais clientes e clientes.

    Você conta a eles tudo sobre os produtos e como isso melhorará suas vidas. Basicamente, você faz todo o marketing, publicidade e promoção para obter os clientes e fazer a venda.

    Mas quando chega a hora de realmente enviar o produto o remetente do dropshipping assume o controle.

    Eles têm o estoque em seu armazém. Você envia as ordens que entram, pagando o preço de atacado para cada pedido. Isso pode ser feito por e-mail, enviado online ou por meio de um arquivo de planilha – isso depende do remetente. Eles fazem o pedido juntos e enviam para o seu cliente. Feito.

    Claro, eles cobram uma taxa por este serviço. Quanto depende do produto. Mas geralmente, é de R$ 5 a R$ 10 – uma taxa de manuseio. Isso é o preço de atacado do produto em si e o custo do frete. Isso pode parecer muito.

    Mas você ainda pode se manter lucrativo como um negócio de remessa de drops, apesar das margens mais escassas.

    Se você quer aumentar seus lucros, você aumenta seus preços – pelo menos tanto quanto o seu mercado vai suportar. Você também pode vender mais volume.

    E você sempre pode entrar em contato com o remetente para negociar uma taxa de manuseio mais baixa.

    Lembre-se, porém, de que você não está arriscando seu dinheiro antecipadamente. Você está pagando apenas essas taxas se realmente vender um produto.

    Dropshipping é realmente uma das maneiras mais fáceis de fazer negócios online

    Um negócio online de envio direto é uma maneira rápida, fácil e de baixo risco de começar a vender online. Você não precisará colocar um monte de dinheiro adiantado no inventário que talvez não venda. E o seu parceiro de entrega de encomendas vai lidar com a entrega.

    Escolha o nicho de mercado e produto certo, e você pode ter um empreendimento lucrativo em suas mãos. Você pode até mesmo expandir para outros nichos e vender outros produtos também.

    Há muitas pessoas fazendo seis e sete figuras saudáveis ​​estritamente de um negócio de dropshipping… as possibilidades realmente são infinitas com um negócio deste gênero.

    Convidados

    Maneiras de ganhar dinheiro extra na internet

    26 de outubro de 2018

    Saiba quais as oportunidades de ganhar dinheiro que a internet oferece nas suas horas vagas
    Aplicativos para ganhar um dinheiro extra

    A internet não é mais apenas uma ferramenta para conectar as pessoas, levar informação ou entretenimento, pois hoje em dia existe nela um grande leque de maneiras de se ganhar um dinheiro extra.
    Com a demanda por diferentes serviços e produtos crescendo cada vez mais forte e firme, as oportunidades de fazer uma renda extra através dela também aumentam. Abaixo seguem algumas das possibilidades mais comuns de se ganhar dinheiro na internet:

    Monte sua empresa online

    Muitas empresas reconhecidas começaram como startups, com baixos investimentos e que tiveram rápido crescimento. E muitas delas na internet. As empresas que se iniciam online começam como startups e, se sua ideia for inovadora, a chance de faturar milhões é grande.

    Para fazer seu negócio dar certo, você pode usar softwares que gerenciam as vendas, ou até mesmo ter uma equipe para isso, caso seja uma empresa de comércio virtual. Invista sempre em publicidade, principalmente nas redes sociais, e tenha certeza de que seu negócio possui um diferencial que vai atrair potenciais clientes. A tendência é de que a procura por serviços e produtos se concentre na internet cada vez mais, aumentando as chances de seu negócio dar certo.

    Google Adsense

    Um dos sistemas da gigante, o Google Adsense disponibiliza alguns links patrocinados no layout de seu site, geralmente nas laterais e no topo. O dinheiro é calculado a partir do número de cliques que os visitantes de seu blog dão nos anúncios do Google.

    Para utilizar o Adsense, é preciso fazer o cadastro no site e então adicionar os blocos de anúncio em seu site. O valor recebido por cada clique pode variar de centavos até alguns reais. Mas fique esperto: a única maneira de passar a ganhar dinheiro com o Adsense é tendo alguns visitantes fixos em seu site. Caso contrário, os anúncios apenas ocupam espaço em seu layout.

    Crie um vlog no Youtube

    É uma maneira um pouco mais versátil do que um blog: da mesma maneira, você pode falar sobre o assunto que quiser, as diferenças são que o faz forma de vídeo e os assuntos podem ser mais variados.

    Ainda assim, é importante manter um estilo em seus vídeos ou algum fator que faça com que os visitantes continuem voltando para seu canal – e é nessa hora que entra a sua criatividade.

    O YouTube também disponibiliza anúncios para os seus usuários que possuam mais de uma média de 30 mil visualizações em seus vídeos, que funcionará de maneira similar ao Google Adsense (a diferença é que neste caso os anúncios são do próprio YouTube).

    Se você já tem um blog, é interessante manter um canal de vídeos no YouTube como extensão do mesmo. Além dos anúncios do Adsense, você pode lucrar com os dos vídeos. Também é uma maneira de mostrar maior comprometimento e seriedade com o blog.

    Alguns canais do site acabam ficando tão conhecidos que os donos passam a fazer publicidade de certas marcas em seus vídeos e passam a ganhar ainda mais credibilidade – além de dinheiro, claro.

    Criando um blog

    O conteúdo de um blog é seu componente mais importante – e o mais divertido. Você pode escrever sobre o assunto que quiser, seja sobre um hobby seu, sobre entretenimento ou até sobre sua vida pessoal, contanto que ele cative o público.

    É o número de visitantes que vai atrair anunciantes, os principais responsáveis por tornar seu blog uma fonte de renda. Um cuidado importante é para não perder o foco do seu blog e mantê-lo no propósito inicial. Ou seja: trate apenas de um nicho específico. Não deixe de pensar em um layout atrativo e que também corresponda ao assunto do blog, além de atualiza-lo constantemente e ter textos bem escritos.

    Conforme seu blog for crescendo e conseguir estabelecer uma média de visitantes, ele está pronto para outra ferramenta da internet que é rentável, os anúncios.

    Seja freelancer de criação de conteúdo de web

    Conteúdo de redes sociais é uma ferramenta importante de relacionamento com o cliente e divulgação para as marcas e empresas, que na maioria das vezes preferem contratar um freelancer para fazer este trabalho.

    Levando jeito para escrita e sabendo o que os clientes ou consumidores querem ver na página da marca são algumas das aptidões necessárias para as funções, que podem ser feitas até mesmo de casa.

    Montar uma loja virtual

    A internet é uma das maneiras favoritas de se fazer compras atualmente. Muitas empresas, inclusive, lucram mais com sua loja online do que com as físicas.

    Montar uma loja online é mais fácil do que parece; ela demanda apenas um estoque de produtos, um site e saber administrá-la. Caso contrário, a loja pode acabar te trazendo mais prejuízos do que lucro.

    Escolha o modo de pagamento mais conveniente para você (e para os consumidores), uma forma de entrega e invista em uma divulgação pesada de sua loja, seja nas redes sociais, criando parcerias com blogs e sites, fazendo promoções, etc. É uma das maneiras mais bem sucedidas de se ganhar dinheiro na internet.

    Venda em sites de compra e venda

    eBay, OLX e MercadoLivre são sites que possuem grande procura de produtos; eles permitem que você venda todos os tipos de produtos, desde imóveis até roupas, e a melhor parte é que não cobram grande parte do seu lucro pelos seus anúncios.

    A tática para vender nesses sites é apostar em algum produto que seja difícil de encontrar em qualquer loja e que você possa vender por um preço maior do que é vendido, para, assim, sair no lucro. Ou então, vender algum produto que está à venda em diversas lojas e lugares e vendê-lo por um preço menor e em grandes quantidades.

    Compre itens com desconto e venda mais caro

    Geralmente, o preço de produtos a venda na internet é menor – e é isso que motiva muitas pessoas a procurar e compra-los. Há várias formas de comprar e vender produtos com desconto: sites de leilão, importação de produtos do exterior, etc…

    Se você comprou algum produto com desconto, uma boa ideia é revendê-lo por um preço um pouco maior, mas ainda menor do que o geralmente encontrado. Seja vendendo em sua própria loja online ou anunciando nos sites do item anterior, investir nessa ideia em grande quantidade e em longo prazo pode trazer um lucro maior do que você imagina.

    Vendendo fotos

    Se você leva jeito para fotografia e gosta de fazê-lo, pode vender suas fotos para sites como Fotolia, Dreamstime e iStockPhoto.

    Eles possuem programas de parceria que pagam pelas fotos de sua autoria uma porcentagem do valor total da fotografia. O iStockPhoto paga comissões entre 15% e 45%, enquanto o Fotolia paga entre 20% e 65%, dependendo de alguns critérios e requisitos.

    Ter uma boa câmera para fotografar pode ser um investimento mais caro, mas que pode ter um retorno maior com a venda das fotos.

    Aposte no sistema de afiliados

    O programa de afiliados funciona quando o afiliado indica um visitante para o site de um comerciante e, se o visitante realiza a compra, o afiliado recebe uma comissão em sua conta como pagamento pela indicação (que deu certo). Através de um software instalado no carrinho de compras é feito o rastreamento que calcula a comissão a ser recebida e gera relatórios da compra.

    As de participar do programa é que você ter mais de um parceiro comercial, além de precisar apenas de um site – novamente, com boas visitas – para divulgar o link que redireciona para o site do comerciante. Gigantes do e-commerce como Amazon, Booking, Americanas.com e centenas de outras empresas (de dezenas de segmentos) já trabalham assim.

    Você pode escolher parceiros comerciais que tenham a ver com o assunto de seu blog e aumentar ainda mais as chances das compras serem feitas.

    Até o próximo post

    Convidados

    PME: 6 dicas para ganhar dinheiro com um negócio em casa

    5 de outubro de 2017

    O home office tem as suas vantagens, porém pode ser tornar uma dor de cabeça se o empreendedor não souber se organizar. É preciso saber como fazer isto.

    Home office negócio em casa

    Muitas pessoas que iniciam um negócio começam trabalhando de casa. Afinal, em geral o início de um negócio é feito de muito trabalho e pouco dinheiro e o trabalho de casa ajuda na redução de custos e na flexibilidade de horários.

    Mas não se engane. O home office tem as suas vantagens, porém pode ser tornar uma dor de cabeça se o empreendedor não souber se organizar para tirar proveito do que essa modalidade de trabalho tem a oferecer. Para ajudá-lo a ter sucesso no seu negócio em casa, a Exame conversou com especialistas que trouxeram dicas fundamentais sobre o tema. Confira a seguir:

    1 – Considere seus custos

    Uma das grandes vantagens de ter um negócio em casa é que você não precisa gastar com o aluguel de um ponto comercial, além de economizar com água, luz e telefone. No entanto, é aí que mora um dos principais erros de quem inicia seu empreendimento como home office, alerta o consultor do Sebrae Julio Tadeu Alencar.

    Segundo ele, é muito comum o empreendedor começar um negócio em casa e, por não ter gastos fixos com aluguel e luz, ele acaba vendendo o seu produto a um preço muito baixo. “Porém, quando ele cresce e vai sair da garagem de casa, de repente se dá conta de que precisa aumentar os preços e isso tem um impacto negativo no negócio”, afirma.

    “O correto é que o empreendedor desde o início contabilize esses custos. Aquela casa é da pessoa física, então a pessoa jurídica tem que pagar um valor pela área da casa que está usando”, explica.

    Mas e quando a empresa não tem caixa para pagar esse valor à pessoa física? “Não é problema não pagar no início, afinal essa é uma das vantagens de trabalhar de casa. Mas é importante que esse custo esteja contabilizado e que se reflita no preço do produto”, afirma.

    2 – Domine sua área

    Não é porque você vai começar um negócio na garagem de casa que pode fazer as coisas de forma amadora. Alencar lembra que é fundamental para o negócio que o empreendedor entenda do assunto, caso contrário, perderá dinheiro em processos.

    “É muito comum a pessoa começar o empreendimento sem domínio do setor. É um dos problemas que mais aparecem”, afirma Alencar.

    “Se eu começo um negócio de bolos, tenho que saber quais equipamentos vou precisar, mesmo que eu não consiga comprar tudo logo no início. Se não tiver domínio sobre a área, vale a pena investir um curso para aprender”, aconselha.

    3 – Faça um plano de negócio

    Mesmo trabalhando da sua própria casa, é importante que o empreendedor se planeje e faça um plano de negócio. “Ele precisa pensar quem é o seu cliente, quanto vai custar para produzir, qual será o seu preço, quais os seus custos, tudo na ponta do lápis”, afirma Alencar.

    Se a ideia é produzir marmitas em casa, por exemplo, é necessário que o empreendedor considere se é viável vender na porta de casa (será que você mora num local com grande circulação de potenciais clientes?) ou se terá que levar esses produtos até os consumidores. E se for esse o caso, como será feito esse transporte? Quanto isso vai custar?

    Com esse planejamento organizado, o empreendedor saberá se a sua ideia inicial é viável ou não. “Se, ao colocar essas questões no papel, eu percebo que algo não vai dar certo, já mudo antes de começar, sem perder dinheiro”, explica o consultor.

    4 – Tenha um local fixo de trabalho

    Trabalhar da cama, de pijama com o laptop no colo sem dúvida não é uma boa ideia se você quer prosperar com um negócio em casa.

    Para André Brik, criador do site Go Home, que fala sobre empreendimentos home office, é importante que o empreendedor defina um local de trabalho em sua casa. “Um quarto com porta é o ideal, pois fica mais fácil se isolar da rotina da casa”, afirma.

    Porém, se você não tem esse cômodo específico para trabalhar, definir uma mesa, ou um canto da casa como seu local de trabalho já ajuda na organização e na produtividade, garante o especialista.

    5 – Estabeleça um horário de expediente

    Outra dica é estabelecer um horário de expediente para trabalhar, mesmo que seu escritório seja sua sala de estar.

    “É importante ter hora para começar e hora para terminar. E também se vestir para trabalhar. Minha esposa passa inclusive maquiagem”, conta Brik.

    Ele explica que o hábito de se arrumar para o trabalho em casa ajuda o empreendedor a entrar no ritmo e o deixa preparado para ir a uma reunião em cima da hora ou mesmo receber algum cliente em casa.

    “A pessoa tem que estar com a cabeça no trabalho. Quando vai falar ao telefone, se estiver de pijama sua atitude vai ser diferente”, afirma.

    6 – Não confunda presença com disponibilidade

    Se você pretende ter um negócio em casa, é importante explicar para a família que você pode até estar presente, mas não está disponível para comprar pão ou lavar a louça no seu período de trabalho.

    “O problema de trabalhar de casa é que as pessoas confundem a presença com a disponibilidade”, afirma Brik. Segundo ele, a divisão entre vida doméstica e trabalho é o “grande calcanhar de Aquiles” do home office. Por isso, deixe claro que você precisa dar atenção ao trabalho e faça combinados com seus familiares.

    Veja também:

    Como renegociar as dívidas com o banco

    Até mais.

    Convidados

    Como Ganhar Dinheiro trabalhando em Casa?

    6 de julho de 2017

    Hoje em dia muito se fala em trabalhar em casa, ganhar dinheiro pela internet ou até mesmo ter uma renda extra. O que muitas pessoas desconhecem é que isso é totalmente possível, continue lendo este artigo vou lhe mostrar algumas maneiras REAIS de trabalhar em casa e ter um excelente faturamento, podendo até mesmo deixar seu emprego atual ao longo de sua jornada como empreendedor digital.

    Trabalho pela internet a um bom tempo e sei bem dos perrengues que já passei caindo em furadas e propagandas enganosas ao longo de minha jornada, a boa notícia é que fiquei calejado e hoje sei exatamente o que funciona e o que não funciona no mundo dos negócios online.

    como-ganhar-dinheiro-trabalhando-em-casa

    O que não funciona?

    • Sistemas que prometem você ganhar Milhares de Reais em 30 dias, fuja desse tipo de situação. É totalmente possível você ganhar muito dinheiro através da internet, porém isso não acontece da noite para o dia, você precisa estudar muito e principalmente por o que aprendeu em prática, irá errar, irá desanimar, mais se continuar focado, os resultados aparecem.
    • Sistema de mala diretas, isso é furada, você vai perder seu tempo entrando nesse tipo de negócio e talvez essa frustração inicial te impeça de ganhar dinheiro online de verdade.
    • Como ganhar dinheiro na internet fácil, isso é uma MENTIRA, ganhar dinheiro na internet é SIMPLES porém não é fácil. Se você estiver pensando em ficar rico da noite para o dia, lhe aconselho a jogar na mega sena, rsrs é a única forma que conheço de mudar de vida instantaneamente.

    O Que Funciona?

    Como disse anteriormente trabalho com internet a aproximadamente 10 anos ou mais, e neste meio tempo vi muita água rolar, produtos sendo criados, gurus sendo aplaudidos depois vaiados, cursos e mais cursos que prometiam rios de dinheiro em pouco espaço de tempo, do TIPO Ganhe dinheiro enquanto você dorme. Mais também acompanhei grandes profissionais que ainda são pessoas que vendem muito através da internet. Graças a deus não vivenciei apenas coisas ruins, tanto que hoje vivo exclusivamente dos meus ganhos na internet.

    E o que tem funcionado para mim?

    Bom a minha área de atuação hoje é como Afiliado de plataformas como Monetizze, Hotmart , Eduzz entre outras plataformas de venda de infoprodutos pela internet a fora, citei estas 3 por serem as mais conhecidas aqui no Brasil.

    E o que essas plataformas faz exatamente?

    É uma forma de publicidade on-line em que o publisher divulga produtos e serviços dos anunciantes em troca de uma comissão – que pode ser gerada por meio de cliques ou, ainda, por vendas e ações específicas.

    Por ex:

    Suponhamos que você queira vender um Produto X que custe 500 Reais para o Cliente final, e este produto paga 50% de comissão por venda que você fizer. Então a cada venda feita por você, receberá 250 Reais livre na sua mão. Agora digamos que você venda apenas um curso deste por dia 250×30 = 7.500 Reais no mês trabalhando de dentro de sua própria casa.

    É atrativo para você?

    Isso é o que tenho feito e que tem me gerado mais retorno atualmente, caso você tenha alguma expertise também pode desenvolver seus próprios produtos e ter um batalhão de pessoas vendendo na internet para você.

    Meu conselho final para você que realmente esta interessando em ganhar dinheiro na internet é, PESQUISE TUDO QUE PUDER SOBRE ESSE ASSUNTO, e estude e aplique este modelo de negócio na sua vida e você terá uma vida repleta de coisas boas, não apenas financeiramente como também em relação a tempo e liberdade de vida.

    Espero que tenha gostado do artigo!

    Geral

    Riscos de se cair no golpe da pirâmide financeira

    18 de abril de 2017

    O Procon ALMG alerta para os riscos de se cair no golpe da pirâmide financeira. O órgão de defesa do consumidor ressalta que é preciso desconfiar quando se trata de dinheiro fácil!

    Mandala vira febre em Lagoa da Prata e jovens caem em golpe de pirâmide financeira

    O Procon alerta que é preciso ter cuidado ao ser convidado a participar de um desses grupos: pirâmides, mandalas e clubes de ajuda mútua. Você pode ser vítima de um golpe e perder muito dinheiro. Estima-se que, atualmente, há pelo menos 33 “empresas” praticando fraudes desse tipo em todo o Brasil.

    Fuja da pirâmide financeira

    Dois tipos de pessoas são as “presas” mais vulneráveis desse tipo de golpe: 1) quem está em dificuldade financeira, na ânsia de resolver a situação e acaba iludido pelas promessas fantasiosas; 2) aqueles oportunistas que, mesmo em situação econômica confortável, querem lucrar sem fazer esforço. Em ambos os casos, o resultado é prejuízo praticamente garantido!

    O problema é que, ao buscar ajuda dos órgãos de defesa do consumidor, para tentar reaver o valor pago, as vítimas sequer recebem resposta das empresas, que raramente são localizadas. A solução é recorrer ao judiciário e torcer para encontrar os responsáveis pelo golpe.

    Vale dizer que as empresas de vendas diretas, que atuam no sistema chamado “marketing multinível”, muitas vezes, são confundidas com “pirâmides financeiras”. Porém, trata-se de uma atividade legal, com efetiva comercialização de produtos. Além disso, os consumidores não necessariamente precisam se associar como cotistas.

    Saiba como reconhecer uma pirâmide financeira, conforme o Procon da ALMG:

    • Promessa de altos ganhos em pouco tempo: esse é um dos principais atrativos para as vítimas do golpe. Quando a pessoa está em dificuldade financeira ou quer se dar bem sem esforço, ela acaba se deixando levar pela “conversa mole” do “vendedor de sonhos”. Tenha o pé no chão e lembre-se que a forma mais segura de se ganhar dinheiro é trabalhando honestamente
    • Promessa de recompensa por novos membros: você paga sua cota e recruta um número determinado de pessoas, das quais será o líder. Essas pessoas subordinadas a você também têm a tarefa de recrutar outras e assim por diante, de forma que você, em pouco tempo, segundo a promessa, receberá bônus de todos os que estiverem hierarquicamente abaixo. O problema é que só os que estão no topo da pirâmide realmente ganham dinheiro. A grande maioria não consegue subir de nível e fica no prejuízo
    • Negociação totalmente informal: os investidores (vítimas) são atraídos por promessas de ganhos rápidos, incomuns no mercado formal. Não há assinatura de contratos, recibos de pagamento ou qualquer outra forma de se identificar uma negociação comercial. Até mesmo as cotas de participação são disfarçadas de “presentes” oferecidos pelos níveis inferiores aos superiores
    • Não existe um produto à venda: os ganhos viriam do seu desempenho na tarefa de recrutar pessoas, compartilhar mensagens, assistir vídeos promocionais ou simplesmente “curtir” postagens nas redes sociais
    • Ausência de informações básicas da empresa: a pessoa que recruta não conhece quem está por trás do esquema, mas vai tentar te convencer de que se trata de um grande grupo internacional com muitos anos de mercado, solidez financeira, pois foi isso que ela ouviu de quem a recrutou. Neste caso, não existe endereço físico, nome dos proprietários, CNPJ etc.

    fonte: http://www.revistaencontro.com.br/app/noticia/atualidades/2017/04/07/noticia_atualidades,158929/procon-alerta-para-os-riscos-de-se-cair-num-golpe-da-piramide-finance.shtml

    Até o próximo post.

    Geral

    WebGD: Ganhar dinheiro na internet, outra fraude?

    6 de abril de 2016

    Parece que o charlatanismo online não tem mesmo fim. Muitas pessoas desesperadas devido ao alto desemprego criado pelos últimos desgovernos do país, aliado a uma ânsia de conquistar a independência financeira trabalhando no conforto do próprio lar e usando somente o computador para isto, acabou criando uma legião de golpistas em busca do dinheiro fácil destas vítimas cegamente desinformadas ou no mínimo cegas pela ganância do dinheiro fácil. Matéria prima rica para os charlatães da web.

    Os ponzi schemes surgiram antes do nascimento da internet, porém se tornaram uma “epidemia” conforme o acesso à internet cresceu ao redor do planeta. A pirâmide financeira online é o famoso golpe no qual alguém é convidado a trabalhar de casa do próprio computador, ganhando supostas comissões astronômicas pelo simples fato de convidar outras pessoas para dentro da “empresa”. Para ser admitido, porém, é necessário pagar uma taxa de inscrição. Um dos exemplos bem conhecido deste esquema fraudulento aqui no Brasil foi a TelexFREE, que movimentou tanto o Ministério da Justiça quanto o Ministério Público Federal em uma investigação frenética para desmascarar uma das maiores fraudes econômicas da história do país. Existem outros casos semelhantes como a BBOM, Aliança Online, Priples, Multiclick Brasil, NNEX, MultiClik Brasil, Speed Dólar, ZIGMONEY, Money Over Work e muitos outros golpes internet afora. Sempre surge uma nova empresa tentando aplicar o mesmo golpe nos incautos de plantão.

    ganhar-dinheiro-online

    A nova febre é a WebGD, que nasceu na era do compartilhamento e se aproveitou do fervor das redes sociais para rapidamente se promover. Possivelmente você já tenha visto algum internauta falando sobre a companhia nos campos de comentários dos sites que você frequenta. Finalmente, o que vem ser a WebGD? Trata-se de um negócio sério ou só mais uma farsa?

    Veja todos os detalhes a seguir:

    WebGD: desmascarando uma das maiores farsas da internet

    Até mais.