‘Seu Dinheiro’ Articles at Defenda Seu Dinheiro

Browsing Tag: Seu Dinheiro

    Convidados

    Seu Dinheiro: Saiba reconhecer o golpe da pirâmide financeira

    16 de agosto de 2017

    Pirâmide financeira baiana: D9 Clube

    Aprenda a reconhecer o golpe da pirâmide financeira. Várias estão disfarçadas de marketing multinível (MMN).

    >Empresas fictícias prometem ganho de dinheiro fácil e rápido com a venda de produtos e serviços. Veja como não cair nesse golpe” width=”864″ height=”400″ class=”alignnone size-full wp-image-7233″ /></p>
<p><a href=Apostando no zero – documentário 2016

    A promessa é sempre a mesma: ganhar dinheiro fácil e rápido com a venda de um produto ou serviço. Quanto mais pessoas você levar ao grupo, mais dinheiro ganhará – mas, para isso, deve pagar uma taxa de adesão e uma mensalidade.

    Cuidado com pirâmide financeira Revolutyon TagPoint

    Foi o que ouviu um consultor de seguros de São Paulo quando recebeu uma proposta de amigos para vender rastreadores de veículos. “A rede fazia saltar os olhos. Via todos eles ganhando dinheiro e até carro. Entrei e levei dez amigos comigo”, conta.

    Cuidado com pirâmide financeira Mandala da Prosperidade

    Na esperança de ganhar uma renda extra sem muito esforço, o consultor investiu 3 mil reais, até que o Ministério Público interrompeu a operação da empresa fictícia por crimes de estelionato e fraude – e ele saiu sem nem sequer reaver o valor investido. “Não adianta se iludir. Não existe dinheiro fácil”, diz.

    Golpe antigo, as pirâmides financeiras são falsas empresas que nem sempre vendem produtos ou prestam serviços. O que movimenta seus negócios é a adesão de participantes a um grupo, cuja única finalidade é arrecadar dinheiro para seus líderes.

    Esse tipo de operação é ilegal e pode fazer você ficar no prejuízo, mas ainda é comum e faz brilhar os olhos de muita gente em tempos de desemprego alto.

    Sistema de ajuda mútua é golpe?

    “É muito difícil combater essas pirâmides, porque elas se reinventam a todo momento. Durante a crise, é ainda mais fácil acreditar na falsa promessa de ter uma renda extra informal de um jeito fácil e rápido”, explica o pesquisador Renato Araújo, da associação de consumidores Proteste.

    Como funciona

    Tudo começa com um convite para fazer parte de uma rede que vende produtos ou serviços, para ganhar uma remuneração alta. Muitas vezes, a apresentação desse grupo acontece por meio do boca a boca, em eventos fechados, onde os líderes da rede captam novos integrantes de forma insistente.

    MMN Speed Dólar é golpe?

    Para fazer parte do grupo, você deve pagar uma taxa de adesão e uma mensalidade. Quanto mais pessoas levar, mais dinheiro receberá em troca. Você recebe por cada integrante que que conseguir captar e pelos convidados dele, daí o conceito de pirâmide. Quem está na parte de baixo trabalha para aumentar os ganhos de quem está no topo.

    MMN Aliança Online é golpe?

    “As pirâmides envolvem produtos ou serviços de baixo valor e de difícil entendimento, sem regras claras de remuneração, e exigem que você invista dinheiro antecipadamente. Elas não se sustentam a longo prazo, porque, para isso, precisariam envolver todas as pessoas do planeta”, explica a economista Ione Amorim, do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec).

    Pirâmides financeiras X Marketing multinível

    Muitas pirâmides financeiras ilegais se apresentam como empresas de marketing multinível. No entanto, esses grupos reais e legalizados vendem produtos com grande demanda no mercado e efetivamente úteis. Os vendedores são remunerados, sobretudo com base nas vendas, embora também possam receber uma comissão sobre a entrada de novos integrantes.

    Questão para reflexão: Hinode é pirâmide financeira?

    Já as pirâmides garantem rendimentos rápidos e acima da média para vendedores de produtos baratos ou serviços de pouca utilidade. Além disso, cobram taxa de adesão e mensalidade para fazer parte da rede.

    MMN Timol é pirâmide financeira?

    Por isso, desconfie de negócios tentadores, mas que exigem algum pagamento antecipado. Suspeite da insistência exagerada para fazer parte de uma “equipe” e de encontros de empresas que não têm uma atividade muito clara. Vale também fazer uma busca na internet para conferir se a empresa tem Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

    Questão para reflexão: Akmos é uma pirâmide financeira?

    “Desconfie de tudo que oferece um ganho muito vantajoso além dos ativos do mercado tradicional”, orienta Ione. É muito difícil recuperar o dinheiro que você pagou para o grupo, pois a Justiça pode considerar você cúmplice do negócio.

    Bandidos no mercado financeiro

    Até o próximo post.

    Geral

    Seu Dinheiro: “Tinder dos carros” quer facilitar compra e venda de veículos

    1 de julho de 2017

    Tinder dos carros

    App do Automóvel conecta vendedores e compradores de carros sem a intermediação de revendedoras, por meio de likes e matches, como o Tinder.

    Este app do Automóvel tem anúncio no aplicativo, é gratuito no primeiro mês e, a partir do segundo, custa R$ 4,99.

    Este novo aplicativo quer ser o Tinder da venda de carros. O App do Automóvel conecta proprietários e compradores de veículos sem a intermediação de concessionárias, de graça, por meio de likes e matches, como o app de paqueras.

    Assim, quem vende o carro por meio do app não sofre com a desvalorização de cerca de 20% ao deixar o veículo na revendedora. A diferença do app para outros sites de classificados é que ele cruza informações de vendedores e compradores, e só conecta um ao outro quando há interesse mútuo, o que pode facilitar a negociação.

    Ao se cadastrar no app, o usuário preenche informações como modelo, cor, quilometragem, preço e localização do veículo que deseja vender ou comprar. A partir daí, vendedores e compradores podem dar like em quem se interessam.

    Como no Tinder, se o outro retribui a curtida, ambos recebem uma notificação, o chamado match. Então, um pode ligar ou mandar e-mail para o outro sem ser inconveniente.

    A diferença do app para o Tinder é que os anunciantes ficam sabendo quem deu like no carro, mesmo sem dar match. Concessionárias também podem anunciar carros, mas não podem dar ou receber likes.

    Disponível para sistemas Android e iOS, o aplicativo não tem custo pelo primeiro mês. A partir do segundo mês, o usuário que quiser manter o anúncio de venda do carro precisa pagar R$ 4,99 por mês.

    O app foi lançado no começo de junho e, até agora, tem 4.200 usuários e 2.000 carros cadastrados, a maioria de São Paulo. O fundador do app, Felipe Jacinto, espera ter mais de 50 mil usuários cadastrados até o final do ano.

    Filmes

    Seu Dinheiro: 10 dicas de ouro para quem quer ter dinheiro

    23 de junho de 2017

    Antes de alguém pensar em ficar rico, se faz necessário preciso organizar-se financeiramente para conseguir pelo menos fechar o mês no azul. Neste post será possível ver dicas de como fazer isso. Quem consegue se organizar financeiramente sabe que é possível pelo menos fechar o mês no azul. É um processo difícil para muitas pessoas, mas está longe de ser impossível.

    Os 10 direitos do consumidor que você provavelmente não conhece

    Saiba o que fazer para deixar o descontrole financeiro para trás

    A maioria das pessoas peca na falta de planejamento: escolhem a data errada de vencimento das contas, fazem dívidas parceladas ou compram bens de alto valor em um momento ruim. E aí, se desesperam quando veem que já atingiram determinada idade e não possuem patrimônio. Perdeu o controle do orçamento? Saiba com o Just Online o que é consolidação de dívidas e como ela ajuda na organização financeira Patrocinado 

    Mas, calma, para tudo há uma solução. A Exame separou 10 vídeos de finanças pessoais que dão dicas de ouro para quem quer deixar o descontrole financeiro para trás e ter dinheiro.  Confira.

    1) Como escolher a melhor data de vencimento das contas?

    2) O que eu preciso fazer para renegociar minhas dívidas?

    3) Não tenho patrimônio. O que será dos meus filhos?

    4) Vou me casar. Como ficam minhas finanças?

    5) Como investir com o salário de um estagiário?

    6) Vale a pena reinvestir os lucros da minha aplicação?

    7) Compro uma casa ou invisto no Tesouro Direto?

    8) Devo me desesperar se não financiei um imóvel até os 30 anos?

    9) Qual a melhor forma de me planejar para comprar um carro?

    10) Quando vale a pena parcelar a compra?

    fonte de consulta: exame.abril.com.br/seu-dinheiro/10-dicas-de-ouro-para-quem-quer-ter-dinheiro

    Até o próximo post.

    Geral

    Dividir a compra em dois cartões de crédito é uma cilada

    13 de Janeiro de 2017

    Afinal de contas, por que dividir a compra em dois cartões de crédito é uma cilada? Conforme a Exame apurou, sites de grandes redes varejistas permitem realizar uma compra com dois cartões de crédito. Entenda a operação e veja quais cuidados deve tomar.

    Veja 5 coisas que você deveria comprar com cartão de crédito

    Por que dividir a compra em dois cartões de crédito é uma cilada

    5 produtos que mais geram pontos em programas de fidelidade

    Em busca de uma flexibilidade de pagamento que já existe em lojas físicas, grandes sites como Walmart, Ponto Frio, Netshoes e Ricardo Eletro permitem dividir o valor de uma compra em dois cartões de crédito diferentes.

    A opção geralmente é feita ao final da transação. Basta apontar qual o valor que deseja colocar no primeiro cartão para que o sistema do site coloque o restante no outro. Dessa forma, também é possível parcelar a compra. Cada parcela será dividida proporcionalmente entre os dois cartões ao longo do tempo, conforme o desejo do consumidor.

    Na prática, a forma de pagamento permite que o consumidor aumente o seu limite de crédito e consiga fazer compras de maior valor. Mas o problema, de acordo com consultores financeiros, é que o risco de superendividamento aumenta.

    Isso porque cada banco concede limites de crédito proporcionais à renda do consumidor. Se uma pessoa tem diversos cartões de crédito, é como se sua renda se multiplicasse quando, logicamente, isso não acontece.

    Atualmente não há qualquer norma que faça com que os bancos concedam crédito com base no histórico de valores que já foram disponibilizados a um cliente por outras instituições financeiras. Também não há norma sobre a prática de permitir o pagamento com dois cartões, segundo o Banco Central.

    “Muito se fala em uso consciente do crédito. Mas deveríamos também falar sobre responsabilidade na concessão, ainda mais em um momento no qual o cartão de crédito é alvo de medidas como a que deve reduzir os juros pagos no crédito rotativo, cobrados quando o consumidor atrasa ou não quita o valor da fatura”, diz Ione Amorim, economista do Instituto de Defesa do Consumidor (Idec).

    Portanto, não é recomendável utilizar dois cartões no pagamento. “Como o consumidor está comprometendo mais do que 30% da sua renda, qualquer imprevisto pode provocar um grande descontrole no orçamento. Ainda que não haja imprevistos, é necessária muita disciplina para acompanhar gastos em mais de um cartão, ainda mais se forem parcelados”.

    Quem deixa de pagar o valor total da fatura, alerta a economista, contrai uma dívida que cresce rapidamente e, portanto, pode ficar além da capacidade de pagamento pessoal.

    O mais indicado é quitar as compras já existentes no cartão para aumentar o limite de crédito disponível até que o valor seja suficiente para realizar a aquisição, diz Ione.

    Em situações de emergência e em casos nos quais o trabalhador tenha um limite de crédito em determinado banco que é inferior a 30% da sua renda, a economista indica negociar um aumento do crédito disponível com a administradora do cartão ao invés de lançar mão desta modalidade de pagamento.
    exame.abril.com.br/seu-dinheiro/por-que-dividir-a-compra-em-dois-cartoes-de-credito-e-uma-cilada

    Cuidado! É uma cilada Bino

    Até mais.

    Geral

    Coisas que você precisa fazer ao contratar seguro de celular

    15 de dezembro de 2016

    O seguro de smartphone costuma cobrir o sumiço do aparelho, mas e a quebra da tela? Acabe com estas e outras dúvidas para não ser surpreendido na hora do aperto.

    Não importa onde a pessoa esteja, é bem provável que ela vá ler esta matéria no celular, irá olhá-lo nos próximos segundos, para ver a hora ou o WhatsApp. O mercado de seguros para celulares surfa nessa onda e cresce 15% ao ano, mas ainda gera surpresas entre consumidores.

    Na hora do aperto, muita gente descobre que a cobertura das seguradoras não inclui furtos simples ou queda na piscina, por exemplo, como aponta o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec). Abaixo seguem 10 coisas que você precisa fazer ao contratar seguro de celular, as quais são dicas para não ser pego de surpresa ao contratar esse seguro:

    1. Pesquise a reputação da seguradora por trás da oferta na loja

    2. Prefira contratar o seguro se o aparelho for novo

    3. Compare os preços entre seguradoras e apólices

    4. Confira o valor da franquia e o período de carência

    5. Saiba se o seguro cobre roubo e furto qualificado, danos acidentais ou os dois

    6. Avalie se você prefere receber um aparelho ou dinheiro como indenização

    7. Pesquise alternativas ao seguro

    8. Faça boletim de ocorrência, se o celular foi roubado ou furtado

    9. Guarde a nota fiscal do aparelho

    10. Seja honesto ao acionar o seguro

    Maiores sobre cada detalhe, acesse:

    10 coisas que você precisa fazer ao contratar seguro de celular
    aparelho de celular com tela quebrada

    Até mais.

    Convidados

    5 dicas para cuidar melhor do seu dinheiro

    20 de julho de 2016

    O atual cenário econômico tem sido uma grande preocupação na vida dos brasileiros. A taxa de inflação e de juros estão altíssimas. Isso faz com que a taxa de inadimplência aumente a cada dia. Nessa conjuntura, manter o controle financeiro é importante para não passar aperto.

    Com disciplina é possível equilibrar as finanças evitando grandes prejuízos e maximizando lucros, até mesmo durante esse período de grande instabilidade.

    Quer aprender a cuidar melhor do seu dinheiro? Então continue lendo e confira dicas imperdíveis para gerenciar seu capital!

    1. Controle suas finanças

    Se tornar financeiramente estável é o primeiro passo para defender o seu dinheiro. Para isso, é interessante que você saiba seus gastos mensais e se planeje para conseguir poupar algo no fim do mês.

    Ter um controle de gastos permitirá inclusive enxugar seu orçamento. Ficará mais fácil identificar quais são seus gastos supérfluos, já que eles muitas vezes passam despercebidos.

    Todo mundo sabe, mas nunca é demais repetir: não faça despesas que excedam o que você tem para gastar e se organize com antecedência para poder pagar suas contas em dia.

    Implementar um ótimo controle financeiro vai te ajudar a perceber mais claramente para onde vai o seu dinheiro e quais serão as melhores formas de lidar com ele.

    1. Defina sua estratégia

    Traçar objetivos claros e mantê-los em mente te possibilitará definir um plano para atingir o que almeja. Para isso, você precisa definir seu perfil de investidor – se mais arrojado ou mais conservador, por exemplo.

    Isso é importante para que suas metas sejam palpáveis e estejam sempre de acordo com o seus objetivos .

    Ter visão estratégica é determinante para não perder dinheiro e fazer investimentos de maneira inteligente.

    1. Conheça o mercado financeiro

    Aplicar o seu dinheiro em um bom investimento pode ser muito vantajoso. Mas, para saber aproveitar as melhores oportunidades de negócio, você precisa entender o mercado financeiro.

    Conhecer todas as possibilidades que o mercado de ações oferece é necessário para fazer a melhor escolha na hora de investir.

    Portanto, é crucial se informar sobre o mercado, estudar sua dinâmica e quais são as melhores oportunidades de investimento. Deste modo, você poderá decidir qual é a modalidade mais adequada para trazer os resultados desejados.

    1. Diversifique seus investimentos

    Não deixe todo o seu dinheiro aplicado no mesmo lugar, dessa forma, a queda de algum ativo não será tão impactante, uma vez que será limitada a apenas parte dos seus investimentos.

    Além de evitar grandes prejuízos, você também aumenta sua possibilidade de lucros, já que seu dinheiro estará investido em vários tipos de ativos. Para que isso seja possível escolha investir em empresas de diversos setores.

    Ao montar a sua carteira de ações considere o capital que pretende investir. Se você segmentar demais, os seus lucros também podem ficar diluídos, enquanto a não segmentação poderá te trazer prejuízos.

    Além disso, você deve considerar o seu perfil, para entender quais fatores deverão ser considerados na hora de escolher onde investir.

    1. Invista na bolsa de valores

    Se o seu objetivo é a valorização do seu capital, investir na bolsa de valores pode ser uma ótima opção. Muitas pessoas consideram que investir na bolsa é um jogo de azar e preferem deixar o seu dinheiro aplicado na poupança.

    Contudo, o que essas pessoas não sabem é que hoje em dia existem inúmeras ferramentas e indicadores que permitem grande assertividade em se tratando de investimentos na bolsa de valores.

    A análise técnica trabalha com padrões gráficos para conseguir identificar tendências do mercado. Essas tendências podem ser de grande auxilio para escolher qual é a melhor hora de comprar ou vender um ativo.

    Na bolsa de valores é possível, inclusive, utilizar as adversidades do cenário econômico a seu favor para potencializar ganhos! Você pode investir tanto na alta quanto na baixa da VALE5, por exemplo.

    A grande gama de produtos oferecidos permite ótima rentabilidade para todos os perfis de investidor, e não apenas investimentos de alto risco como muitos pensam.

    Além disso, com a alta da inflação, o rendimento da poupança poderá levar à desvalorização do seu capital. Hoje em dia, até mesmo os investidores mais conservadores já estão abandonando a ideia de que a poupança é uma boa opção.

    Para garantir seu futuro financeiro você só precisa de um pouco de planejamento e dedicação. Independentemente de quais sejam seus objetivos, perfil e capital disponível, você pode sempre melhorar a relação com o seu dinheiro!

    5-dicas-para-cuidar-melhor-do-seu-dinheiro

    Geral

    Maneiras para eliminar gastos desnecessários com seu dinheiro

    6 de Maio de 2016

    As pessoas que conseguem deixar de gastar com coisas fúteis tem um dos principais caminhos para uma vida financeira mais tranquila. É algo retórico, mas as pessoas costumam saber que é importante poupar para a aposentadoria. Guardar recursos para investir para o futuro envolve sacrifícios e tomar decisões responsáveis. Desta forma o site Business Insider, através do artigo How to stop spending money mindlessly da colunista Amanda Dixon, listou 7 maneiras para não gastar mais o dinheiro de maneira irresponsável. Confira a seguir:

    – Pague com dinheiro;
    – Descubra onde está desperdiçando dinheiro;
    – Peça para alguém ajudar na contabilidade;
    – Não compre tudo pela quantidade;
    – Não vá às compras sem uma lista;
    – Planeje suas refeições;
    – Pense bem sobre grandes compras;

    Outros detalhes a seguir:

    Infomoney: Veja 7 maneiras para eliminar gastos desnecessários com seu dinheiro agora
    Veja 7 maneiras para eliminar gastos desnecessários com seu dinheiro agora

    Até mais.

    Geral

    O confisco da poupança pode acontecer novamente?

    15 de Abril de 2016

    Para quem viveu na década de 1990, com certeza lembra do confisco feito no governo do então presidente Fernando Collor de Mello. Aquele confisco da poupança foi muito traumático para o povo brasileiro, muitos ainda temem a possibilidade do governo implementar essa medida como forma de combater a inflação e a crise na economia. Boatos de novo confisco da poupança são recorrentes nas redes sociais, assim como em programas de troca de mensagens instantâneas como WhatsApp e Telegram. Existem mensagens insistentes sobre o confisco das contas da poupança e do FGTS desde que a presidente Dilma Rousseff assumiu o segundo mandato.

    Agora que possivelmente teremos um novo presidente, se tudo der certo para o Vice Michel Temer nas próximas semanas, os boatos podem reacender, pois a esquerda teme fortemente a entrada de um governo neoliberal, conservador e direita. Caso você tenha medo disso, especialistas ouvidos pelo UOL dizem que, na democracia, isso não é possível. Depois de Collor, a Constituição foi mudada por Emenda, confira:

    Boatos sobre economia o assustam? Constituição proíbe confisco de poupança!
    mulher chora na frente do banco central em sao paulo por ter ficado com o dinheiro retido apos vender a casa com a intencao de comprar outra no episodio de confisco das cadernetas de poupança

    É aquilo, como diz o ditado: “cão mordido por cobra, tem medo de linguiça”.

    Veja também:

    14/04/2016 15:00 – O confisco da poupança poderia acontecer novamente?

    Até mais.

    Geral

    Seu dinheiro: Alternativas ao Fies

    6 de Maio de 2015

    Agora que o governo da Dilma 2.0 está secando o crédito do mercado, após anos de fartura e irresponsabilidade fiscal com sua política desenvolvimentista equivocada, o cidadão está sofrendo para buscar alternativas para pagar a faculdade.
    O financiamento estudantil oferecido por instituições podem ter taxas de até 28,68% ao ano.

    Na Exame saiu um artigo sobre alternativas para financiar o seu estudo. Veja a seguir:

    As alternativas ao Fies para financiar a faculdade
    http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/as-alternativas-ao-fies-para-financiar-a-faculdade

    Financiamento de estudo

    Até o próximo post.

    Convidados, Geral

    IPTU – Deixe o pagamento em dia em 2015

    30 de Janeiro de 2015

    Já publicamos, anteriormente aqui no site, o texto IPTU e IPVA, melhor parcelar, financiar ou pagar à vista? Aproveitando o início de um novo ano, vamos dar dicas práticas para evitar atrasos no IPTU, que são mais normais do que você imagina!

    O ano começa e, junto com ele, as contas aparecem. Apesar de certas contas, como os impostos, serem comuns todos os anos, algumas pessoas ainda se confundem e acabam tendo dificuldades de se organizarem e realizarem o pagamento corretamente. O Imposto Predial Territorial Urbano, ou simplesmente IPTU, é um bom exemplo para essa situação. Por ser dividido em parcelas, grande parte das pessoas acaba esquecendo de pagar o IPTU antes da data de vencimento e não sabem se isso poderá resultar em algum tipo de multa ou juros. Isso acontece por não ser tão simples encontrar informações a respeito do assunto.

    A falta de informação é um dos principais motivos que leva as pessoas a se desesperarem quando esquecem de pagar determinada fatura na data estipulada. Segundo dados levantados pela Agente Imóvel, além da falta de informação, o atraso acontece principalmente em caso de novas aquisições, que também são mais comuns acontecerem entre o fim de um ano e o começo de outro.

    IPTU 2015

    Para evitar o esquecimento, o ideal é deixar sempre as suas contas em um mesmo lugar. Se você tem costume de espalhar suas faturas pela casa, certamente irá esquecer de pagar alguma.  Procure fazer uma planilha com o que você deve pagar ao longo do ano e quanto da sua remuneração será investida em cada uma das suas dívidas. Isso irá te ajudar a manter seu orçamento em dia.

    Se você esqueceu de pagar o IPTU e encontrou um débito atrasado ou se você não se lembra se está com o pagamento em dia, você pode fazer uma consulta a esse débito através do site da prefeitura da sua cidade. Alguns sites permitem que você faça consulta através do número de inscrição, do endereço do seu imóvel ou através do número do CPF ou CNPJ.

    Depois de fazer a consulta do seu débito, você deve imprimir a segunda via e realizar o pagamento. O ideal é pagar os atrasados o mais rápido que você conseguir. Normalmente, o valor dos atrasados a serem pagos não recebem nenhuma taxa extra sobre o vencimento, mas em alguns casos pode ser cobrado juros de 1% ao mês. Além disso, algumas prefeituras oferecem prazos para quitação da dívida com desconto. Vale a pena conferir!