‘Guest Post’ Articles at Defenda Seu Dinheiro, Page 9

Browsing Tag: Guest Post

    Convidados

    Guest Post: Cupons de descontos e cash back

    12 de agosto de 2014

    Cupons de descontos e “cash back”: nova realidade do e-commerce brasileiro
    por Israel Salmen*

    Uma pessoa se dirige ao caixa de uma loja ou de um supermercado com recortes de jornal e os entrega ao vendedor. Cena comum nos Estados Unidos, esses são os famosos “cupons de descontos” encontrados em veículos de comunicação, como jornais e revistas, que oferecem descontos no ato da compra.

    Os cupons de descontos vêm se fortalecendo no Brasil, por meio do comércio on-line, aliás, nicho importante para o varejo. A expectativa é que, em 2014, o segmento alcance até 50 milhões de usuários ativos (e-bit). Outra novidade para aumentar as vendas é a devolução de parte do dinheiro gasto – ou “cash back” –, que também tem atraído a atenção dos consumidores.

    Nesses modelos, lojistas e consumidores ganham. O dinheiro de volta é uma estratégia para fidelizar o cliente porque ele saberá exatamente o quanto irá receber e economizar, sem que seja necessário acumular ou trocar pontos.

    Já os varejistas investem nessas ferramentas por alguns motivos, um deles é poder participar de uma “grande vitrine virtual” e, com isso, elevar o tráfego de acessos de sua loja online. A possibilidade para as empresas manterem o grande volume de vendas é determinar o valor mínimo para ativar o desconto.

    Evidentemente que, ao utilizar os cupons e notar a economia, os usuários tendem a retornar a esses sites para efetuar novas compras. É fácil encontrar depoimentos de clientes afirmando que não comprariam se não existissem esses códigos promocionais. A satisfação gerada pela economia e a segurança em utilizar o desconto, de certa forma, reforça a fidelização dos consumidores em suas lojas preferidas.

    Por isso, os empresários têm que ver a Internet como grande aliado das vendas. Os hábitos dos consumidores podem ser acompanhados e, com isso em mãos, é possível traçar estratégias para atingir o maior número de pessoas e oferecer boas oportunidades, como economia e melhores produtos. O e-commerce brasileiro não é uma “bolha”, mas sim uma realidade importante, notando-se o aumento no consumo e a satisfação dos clientes, principalmente quando eles economizam.

    * Israel Salmen, economista formado pela UFMG e fundador do Meliuz.com.br, plataforma de cupons de descontos e dinheiro de volta.

    Até o próximo post.

    Convidados

    Guest Post: Softwares Financeiros

    9 de agosto de 2014

    Encontramos no mercado atual muitas empresas que ainda utilizam planilhas do Excel para realizar todo controle financeiro, mas, o que poucas sabem, é que existem ótimos softwares e com preço bastante acessível para empresas de pequeno a grande porte. Além de facilitarem o trabalho, são bem mais completos e seguros.

    Planilhas do Excel precisam ser criadas do zero, suas linhas, fórmulas, é preciso separar contas a pagar de contas a receber, previsão de receitas, fluxo de caixa, e todas as outras funções, enquanto através dos softwares podemos ter todas as funções ligadas uma à outra, são muito mais simples de controlar e manusear, além de facilitarem o trabalho, o que é muito importante para uma empresa.

    Imagem de calculadora

    A maioria dos softwares são pagos, porém, encontramos também alguns que são gratuitos ou possuem versão trial por 30 dias para que o usuário possa aprovar ou não seu uso. Vale a pena pensar em investir, com eles é possível além de uma organização melhor, trazer ótimos resultados.

    Conforme as necessidades da empresa,  os softwares podem ser mais sofisticados e com funções mais avançadas. O que podemos concluir é que cada vez mais as empresas necessitam de um bom planejamento, e através dos softwares, você consegue obter informações que muitas vezes não são possíveis em planilhas do Excel, como despesas de cartão de crédito que podem ser controladas de perto, gerando relatórios mês a mês com as alterações mais relevantes que ocorreram, facilitando as análises para os próximos meses.

    Post por Cenize

    Até o próximo post.