Bolha imobiliária SP – usados: queda de vendas e preços em Jan/14
Convidados, Geral

Bolha imobiliária SP – usados: queda de vendas e preços em Jan/14

10 de abril de 2014

Post mais recente sobre a bolha imobiliária no Brasil: http://defendaseudinheiro.com.br/a-bolha-imobiliaria-no-brasil-e-a-economia

Bolha imobiliária SP – usados: queda de vendas e preços em Jan/14:

Segue abaixo a pesquisa do CRECI SP, realizada com mais de 400 imobiliárias, referente a vendas de imóveis usados em São Paulo no mês de Janeiro/2014 (última pesquisa divulgada):

http://www.crecisp.gov.br/arquivos/pesquisas/capital/2014/pesquisa_capital_janeiro_2014.pdf

Resumo aqui as informações principais, que extrai deste relatório e comparei com anteriores do CRECI SP:

O preço médio do M2 em São Paulo teve queda de 2,74%.

Este mês de Janeiro/2014 foi o segundo pior desde 2.008 quanto a vendas, vejam abaixo:

Vendas de usados em São Paulo de Jan2008 a Jan2014 Para quem acha que a situação acima foi um caso isolado, em que o mês de Janeiro casualmente teve um desempenho pior ao longo dos anos, vamos rever os resultados anuais:

Vendas de usados em São Paulo de 2008 a 2013 MelhoradoPelo que podemos observar, as vendas de 2.012 e 2.013 já foram muito inferiores a de anos anteriores e começamos o ano de 2.014 com resultado ainda pior…

Como o segmento imobiliário esconde a realidade?

No próprio relatório do CRECI SP, fazem a comparação entre meses seguidos, sem respeitar sazonalidade. Além disto, nunca fazem comparações entre os anos, para evitar que as pessoas percebam que as vendas caíram muito nos últimos anos e não permitem que as quedas nos preços médios do M2 sejam divulgadas, só divulgam quando preço médio sobe. Por fim, mas não menos importante, ignoram por completo a super-oferta de imóveis novos mais usados na cidade (em São Paulo, a oferta de 3 e 4 dormitórios em apenas 1 site é o suficiente para mais de 10 anos de vendas).

Pelo que podemos observar, o esforço de desinformação do segmento imobiliário para esconder a bolha imobiliária em São Paulo é enorme! Vamos ver até quando conseguirão esconder o óbvio e como irão se justificar quando a verdade aparecer…

Até o próximo post!

5 Comments

  • Reply Vilmar 14 de abril de 2014 at 17:59

    Brookfield caindo fora da bolsa:

    15h09- Reuters
    Acionistas da Brookfield aprovam OPA e saída do Novo Mercado
    A oferta pública de aquisição já havia sido anunciada em fevereiro, e, na ocasião, a companhia informou que o preço máximo a ser pago aos minoritários é de R$ 1,60 por ação
    RIO DE JANEIRO – Assembleia de acionistas da Brookfield Incorporações (BISA3) aprovou a saída da companhia do Novo Mercado, com a realização de oferta pública de aquisição (OPA) de ações, em reunião realizada nesta segunda-feira.

    Além disso, o banco Santander Brasil (SANB11) foi escolhido como empresa responsável pela elaboração do laudo de avaliação da companhia. Entres as empresas indicadas também estavam o HSBC Brasil e o BES Investimentos.

    Na semana passada, a companhia divulgou um novo prejuízo trimestral, e o balanço considerado muito fraco tornava mais provável a aceitação da oferta proposta pela controladora da empresa, Brookfield Brasil Participações (BRB), segundo analistas do Espírito Santo Investiment Bank.

    A BRB anunciou a OPA em fevereiro e na ocasião informou que o preço máximo a ser pago aos minoritários é de até 1,60 real por ação, prêmio de 29 por cento sobre o valor de fechamento do papel da companhia em 14 de fevereiro.

    Às 14h49, os papéis da Brookfield caíam 0,70 por cento, a 1,42 real, enquanto o Ibovespa recuava 0,63 por cento.

  • Reply Pedro 11 de abril de 2014 at 09:36

    Sem turismo de negócio, São Paulo derruba preço para não ficar vazia

    Hotel de luxo dá desconto de 40% por falta de eventos corporativos

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/sem-turismo-de-negocio-sao-paulo-derruba-preco-para-nao-ficar-vazia-12161140#ixzz2ya43sXHS
    © 1996 – 2014. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

  • Reply Pedro 11 de abril de 2014 at 09:02

    CA, quando tiver um tempo, faça uma pequena compilação dos resultados das construtoras. A gente já sabe do fiasco, mas é bom tornar público com dados oficiais.

    • Reply CA 11 de abril de 2014 at 09:51

      Pedro,

      É exatamente isto que estou fazendo neste momento. Ontem saiu o último relatório trimestral de construtoras que utilizo, que foi o da Brookfield, devo terminar este trabalho neste final de semana e nele apresentarei gráficos sobre distrato, endividamento e estoques de 7 construtoras que apresentam números ANORMAIS quanto a isto, além de dados sobre vendas, lançamentos e estoques consolidados de 12 construtoras e resumo dos resultados e tendências para as 7 construtoras, tudo demonstrando claramente e com números, o que o segmento imobiliário tenta esconder… Ideia é divulgar este trabalho na 2a feira, aguarde…

  • Reply Pedro 11 de abril de 2014 at 09:02

    Brookfield Incorporações registra 5º prejuízo seguido no 4º trimestre – InfoMoney
    Veja mais em: http://www.infomoney.com.br/brookfield/noticia/3285123/brookfield-incorporacoes-registra-prejuizo-seguido-trimestre

  • Leave a Reply

    CAPTCHA *