Impeachment influencia no mercado imobiliário

Neste momento o plenário do Senado vota o pedido de impeachment de Dilma Rousseff. Se for aprovado, a presidenta será afastada do cargo por até 180 dias enquanto o processo é julgado. Esta decisão está muito além de ser meramente uma decisão política, pois também é um resultado que influencia de modo direto a economia do Brasil, a qual vem sentido há anos os efeitos da instabilidade política no país. Claro que com o mercado imobiliário não seria diferente.

Não apenas pela forte crise econômica, a economia brasileira também tem oscilado com todo esse processo de instabilidade política. O crédito está escasso, os juros nas alturas, o câmbio balança numa gangorra, idem a Bolsa de Valores. A valorização e desvalorização do Real frente ao dólar, inclusive, tem mostrado a influência das decisões políticas nas questões econômicas do Brasil.

Veja quais são as perspectivas caso o Senado vote negativa ou positivamente em relação ao impeachment:

Se o impeachment acontecer
O mercado imobiliário tem visto, de uma forma geral, o processo de impeachment como uma melhora nas perspectivas, principalmente pelo resgate da confiança de uma retomada das atividades econômicas. “Existe uma perspectiva em relação à agenda econômica de um eventual governo Temer e os investidores estão apostando que tenha uma melhora com o afastamento de Dilma porque existe uma visão que o novo governo teria mais condições de enfrentar as dificuldades”, analisa Danilo Igliori, chairman do DataZAP, área de inteligência imobiliária do ZAP.

Desta forma, existe uma perspectiva de resultados mais positivos ainda neste ano, iniciando de forma lenta e ganhando força com a retomada da confiança. “Existe perspectiva que o dólar se desvalorize, que os juros caiam, que a inflação fique mais segura e o crédito seja ampliado”, reforça. Todos esses indicadores influenciam diretamente no mercado imobiliário, melhorando a economia, passando mais segurança para as incorporadoras e dando melhores perspectivas para quem deseja investir em um imóvel.

Se o impeachment não acontecer
Já caso seja votada a permanência de Dilma Rousseff na presidência, poderia gerar uma incerteza e tirar essa pequena expectativa de melhora. “O mercado perdeu a esperança no atual governo de que ele consiga estancar esses problemas e voltaria ao atual cenário de um governo visto como responsável pela crise econômica e que ganha sobrevida neste processo”, afirma Igliori.

Assim como outros setores a decisão afeta o mercado imobiliário
Fonte: http://revista.zapimoveis.com.br/votacao-do-impeachment-influencia-no-mercado-imobiliario

Veja também:

10 motivos para os imóveis continuarem a ser um investimento ruim

Até mais.

There are 4 comments left Go To Comment

  1. Maurício /

    Eu acredito em um grande melhora no mercado.

    1. Vilmar / Post Author

      CAIXA PRETA
      MINISTRO DECIDE FAZER AUDITORIA NO MINHA CASA MINHA VIDA
      DESDE 2009, 61 MIL CASAS PROMETIDAS, SÓ 7.548 FORAM ENTREGUES
      Publicado: 19 de maio de 2016 às 09:02 – Atualizado às 09:27

      http://www.diariodopoder.com.br/noticia.php?i=56115047500

    2. Vilmar / Post Author

      22/07/2016 18h30 – Atualizado em 22/07/2016 18h40
      Caixa reabre linha para financiar diretamente construtoras de imóveis
      Banco irá liberar R$ 10 bi para linha interrompida desde maio de 2015.
      Crédito só será concedido se 80% da obra já tiver sido executada.

      http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/07/caixa-reabre-linha-para-financiar-diretamente-construtoras-de-imoveis.html

  2. Vilmar / Post Author

    Dilma obriga cartórios a comunicar transações à Receita
    Em provável último dia de governo, a presidente Dilma Rousseff regulamentou o Sistema Nacional de Gestão de Informações Territoriais
    DANIEL HAIDAR
    11/05/2016 – 18h22 – Atualizado 11/05/2016 18h52

    http://epoca.globo.com/tempo/noticia/2016/05/dilma-obriga-cartorios-comunicar-transacoes-receita.html


    Decreto de cunho comunista onde o Estado não admite a propriedade privada, mas admite fazer empréstimos secretos com os ditadores africanos e cubanos.

Leave a Reply

CAPTCHA *