Piada do dia: Eike e o PowerPoint
Off

Piada do dia: Eike e o PowerPoint

11 de abril de 2013

Uma piada bem humorada sobre Eike Batista e o PowerPoint. Software que foi muito usado nas apresentações dos seus projetos “X”.
De midas a motivo constante de piada nas rodas de mercado financeiro. Como diria o poeta: “que fase!!”.

Reunião na sede da OGX

Até o próximo post.

4 Comments

  • Reply Vilmar 20 de agosto de 2014 at 10:42

    Eike
    O julgamento pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) de mais de uma dezena de processos contra o empresário Eike Batista, atuais e ex-executivos do Grupo EBX tendem a ficar para 2015, em momento de provável quórum reduzido de diretores na autarquia.

    No momento, há 11 processos administrativos instaurados e com julgamento pendente, disse à Reuters o presidente da CVM, Leonardo Pereira. Mas o número tende a aumentar, já que ainda estão em andamento outras 11 investigações.

    Nos dois principais processos, Eike é acusado de uso de informação privilegiada, um envolvendo a petroleira Óleo e Gás Participações (OGXP3), ex-OGX, e outro o estaleiro OSX (OSXB3). Nesses dois casos, o empresário também pode ser punido na esfera criminal, segundo documentos vistos pela Reuters anteriormente.
    m.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/3528261/vale-eike-recomendacoes-mais-noticias-agitam-esta-quarta-feira

  • Reply Vilmar 19 de agosto de 2014 at 19:59

    Mestre do Power Point: empresário levanta US$ 2 milhões com não-empresa

    infomoney.com.br/negocios/investimento-anjo/noticia/3527012/mestre-power-point-empresario-levanta-milhoes-com-nao-empresa

  • Reply Vilmar 17 de abril de 2013 at 19:01

    17:49 OGX SE ASSEMELHA A BANCO SEM CONFIABILIDADE, DIZ ECONOMISTA

    Rio, 17/04/2013 – O momento que atinge a petroleira OGX, do empresário Eike Batista, é muito similar ao de bancos que perdem a
    confiabilidade do correntista, afirmou há pouco o economista Edmar de Almeida, especialista em energia e professor do Instituto de
    Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

    “Hoje a OGX vive um fenômeno parecido àquele que provoca uma corrida bancária. A empresa está no olho de um furacão financeiro. Não
    há mais confiança do mercado sobre a capacidade do grupo e de Eike”, afirmou Almeida.

    Para o professor da UFRJ, a OGX se lançou com uma “arrojada e arriscada demais” campanha de marketing, e agora paga por isso, já
    que os resultados da produção são bem mais baixos do que o anunciado.

    “A companhia diz que está tendo problemas técnicos, que são problemas normais. Poço, às vezes, entope. Só que no caso da OGX isso
    acontece em um contexto em que já deu muita coisa errada. Repercute muito mais. Para sair disso, a empresa tem que surpreender o
    mercado”, afirmou Almeida.(Sergio Torres – sergio.torres@estadao.com)

  • Reply Vilmar 11 de abril de 2013 at 12:14

    Da série relembrar é viver, capa da revista Veja em 13/06/2008:

    Nasce o maior bilionário brasileiro: Eike Batista em 13/06/2008

  • Leave a Reply

    *

    code