Dicas de filmes, documentários e vídeos – parte 19
Filmes

Dicas de filmes, documentários e vídeos – parte 19

22 de janeiro de 2014

Vamos para a parte 19 desta de série de posts onde compartilharmos dicas de filmes, vídeos e documentários ligados ao mercado financeiro, bolsa de valores, investimentos, finanças pessoais, macroeconomia, contábeis, questões político-econômicas, e assuntos relacionados.

  1. Série: O Negócio
    De cara o seriado começa com o crash dos mercados financeiros em 2008. Só por aí já vale a pena assistir e tem muito mais.
    Totalmente focado em negócios, o resto é mero coadjuvante

    São apenas 13 episódios, é rapidinho para assistir!
    “Di grátis” no HBO On Demand.
    Vale a pena conferir.

    Sinopse:
    Atração mostra garotas de programa investindo em uma guinada profissional, unindo sexo a estratégias de mercado

    É com a fórmula “sexo + marketing” que o canal pago HBO Brasil espera atrair espectadores este domingo (18) para assistir à estreia de sua nova produção original “O Negócio”. A série, filmada em quase 200 locações em São Paulo, conta a história de três garotas de programa de alto padrão que se unem para dar uma guinada na vida profissional quando a crise dos trinta bate à porta e meninas mais novas começam a tomar os seus lugares.

    Seria um golpe baixo fazer um programa sobre o mercado do sexo com um elenco de atrizes deslumbrantes, mas as personagens, logo no primeiro episódio, mostram que são mais inteligentes do que isso.

    Lideradas por Karin, interpretada pela ex-rede Record Rafaela Mandelli, elas aplicam táticas de marketing em seu business para atrair novos clientes. Elas oferecem descontos, por exemplo, quando o índice da Bovespa cai. Juliana Schalch e Michelle Batista completam o “dream team” do seriado.
    Michelle Batista é Magali, a mais jovem e impulsiva das três prostitutas de luxo. Foto: Reprodução
    1/8

    “Elas são garotas de programa com o pacote Google Drive”, brinca Luca Paiva Mello, criador da atração, que terá treze episódios de uma hora de duração cada. O autor conta que teve a ideia inicial de “O Negócio” a partir dos livros de marketing do pai e da vontade de escrever uma história sobre sexo. “São dois potentes motores do mundo”, avalia.

    Mais do que prostitutas, no entanto, as garotas são apresentadas como empreendedoras e até por isso a série está longe de querer discutir questões como moral ou ética, e menos ainda policial. “A gente trabalhou a personalidade daquelas personagens como pessoas e como profissionais ambiciosas, e não como garotas de programa”, diz o diretor Michel Tikhomiroff.

    Veja entrevista com as atrizes de “O Negócio”:

    Para ambientar a série neste universo, então, nada de levar as atrizes à rua Augusta ou a casas de prostituição. “A gente não fez o caminho mais natural”, conta Tikhomiroff. “A gente saía pra jantar em restaurantes bacanas e as incentivava a explorar a cidade”, explica.

    O piloto mostra as personagens circulando por ambientes, digamos, “coxinhas” de São Paulo, como a região da Berrini, conhecida por seus inúmeros prédios comerciais e alta concentração de engravatados.

    Em uma das cenas do piloto, Karin tenta convencer o dono de uma boate a fazer uma parceria alegando que, por maior que seja a crise financeira, o produto que ela tem a oferecer sempre terá procura. “Quão pior é a realidade, mais as pessoas precisam de fantasia”, justifica a personagem.
    ultimosegundo.ig.com.br/cultura/2013-08-18/hbo-aposta-em-prostitutas-marketeiras-para-alavancar-serie-original-o-negocio.html

  2. O Super Lobista
    Para quem gosta de filmes ligados ao mercado financeiro, política, economia e afins, assistam este que é outro filmaço. Baseado em fatos reais. É muito bom!

    Vale a pena conferir. Nos EUA, para quem não sabe, a profissão de lobista é legalizada e não é ilegal como na nossa democracia de araque ainda é.

    Foi mais uma atuação estonteante do Kevin Spacey!

    Sinopse:
    Um lobista muito famoso de Washington tem que jogar duro para vencer, já que é o responsável por cuidar de cassinos e influenciar a política dos Estados Unidos em prol do jogo. Acontece que ele acaba aproveitando sua íntima ligação com altos escalões do governo para fugir das acusações de assassinato e corrupção.
    cinema10.com.br/filme/o-super-lobista

  3. Bastter: A Confusão com Eletropaulo – ELPL
    O investidor de fato, não o trader feliz (especulador que sempre compra e vende na hora errada) tem que se desvencilhar mesmo destes ruídos de CP/MP(curto e médio prazo) para não fazer besteira com seus investimentos.

    Outros comentários e link para assistir este vídeo:
    http://forum.infomoney.com.br/viewtopic.php?p=1773502#1773502

    http://www.youtube.com/watch?v=ZyQoH4T4TY4

Até o próximo post.

3 Comments

  • Reply Vilmar 15 de abril de 2016 at 17:59

    O Negócio, temporada 3 vem aí:

    Estreia dia 24/4/2016.

    Ano de produção: 2016
    País de origem Brasil/
    Duração: 60
    Gênero: Comédia/Drama/
    Censura: 18
    Direção: Júlia Jordão, Michel Tikhomiroff ,
    Elenco: Rafaela Mandelli, Juliana Schalch, Michelle Batista, Guilherme Weber, Gabriel Godoy, Aline Jones,

    http://www.hbomax.tv/o-negocio-3/?mtc=300404

  • Reply Vilmar 21 de junho de 2014 at 16:16

    Caça aos gângsteres,muito bom,elenco estelar,pausa pra copa;):)
    A economia do crime continua movimentando milhões mundo afora,quiçá bilhões.

  • Reply Vilmar 3 de fevereiro de 2014 at 00:54

    Hitcock: bacana, gostei e é um excelente filme sobre o mundo dos negócios da indústria do cinema, de antigamente, no mínimo.

    Sinopse e detalhes
    Não recomendado para menores de 12 anos
    Baseado no livro “Alfred Hitchcock And The Making Of Psycho”, este filme revela os bastidores do clássico Psicose (1960). Na época, mesmo estando no auge de sua carreira, Hitchcock não conseguiu apoio para realizar a obra, porque os estúdios não queriam investir em um pequeno filme de terror. O resultado foi uma produção independente, de baixo orçamento, que encontrou grandes dificuldades para driblar a censura e para ser distribuída nos Estados Unidos, em função das cenas de violência e nudez. Além disso, diversos obstáculos surgiram durante as filmagens, como as brigas constantes entre Hitchcock e sua esposa, Alma (Helen Mirren), os problemas de saúde do diretor e seus desentendimentos com o elenco. Contrariando todas as expectativas, “Psicose” se tornou uma referência no cinema mundial, e um dos maiores sucessos na carreira do cineasta.
    adorocinema.com/filmes/filme-189691/

  • Leave a Reply

    CAPTCHA *