Empiricus Research e o Fim do Brasil
Geral

Empiricus Research e o Fim do Brasil

3 de setembro de 2015

A nobre Empiricus Research, renovada, casa independente de análise e consultoria de investimentos, baseada em São Paulo, parece que finalmente acertou uma previsão: a cotação do dólar está bem perto dos R$ 4,00 que eles previram algum tempo atrás.

A recessão, sim, vai muito bem obrigado. Estamos no primeiro ano oficial da mesma. Teremos mais nove anos para completar os dez da previsão deles?

Ruim será para o país se eles estiverem certos.

Acompanhemos…

o-fim-do-brasil
http://www.empiricus.com.br/o-fim-do-brasil/

Veja também:

Até o próximo post.

5 Comments

  • Reply Vilmar 6 de maio de 2016 at 18:23

    Lopes Filho – 10h48 : Papo de Mercado

    Fomos rebaixados, mais uma vez, agora pela Fitch, a segunda em menos de seis meses. Já havíamos perdido o grau de investimento por esta agência em dezembro de 2015. Agora, passamos de BB+ para BB, mantidos em perspectiva negativa. Ou seja, novos rebaixamentos nos esperam.

    Dentre os motivos, a contração econômica acima do esperado, a situação delicada das contas públicas, as mudanças da meta fiscal, o impasse crescente no Legislativo, dentre outros.

    Agora é aguardar o mesmo movimento por parte de outras agências.

    Com este rebaixamento a Fitch nos colocou a dois degraus do “invesment grade”. Não será nada fácil retornar. Teremos que refazer todo o dever de casa de novo, qual seja, buscar um equilíbrio sustentável e de longo prazo para as contas públicas.

  • Reply Vilmar 18 de dezembro de 2015 at 19:41

    Será que o fim do Brasil agora está mais próximo??

    http://direitacentroesquerda.blogspot.com.br/2015/12/a-nova-dupla-economica-de-dilma-vai.html

  • Reply Vilmar 22 de setembro de 2015 at 11:31

    dolar-a-4-reais-o-fim-do-brasil-por-empiricus

  • Reply Vilmar 10 de setembro de 2015 at 11:47

    cade-o-telefone-do-advogado-do-fluminense

  • Reply vilmar 9 de setembro de 2015 at 19:31

    caros amiguinhos, que não aprenderam a votar ainda, estudem para próxima eleição!!!!

    kkkkkkk

    o desemprego vai aumentar, viva o caos, show de bola!!

    #ForaLevy

    18h54- Rodrigo Tolotti Umpieres
    S&P corta rating e tira grau de investimento do Brasil

    SÃO PAULO – A agência de classificação de risco Standard & Poor’s cortou o rating do Brasil de “BBB-” para “BB+”, tirando assim o grau de investimento do País, que entra assim na categoria “junk” (lixo na tradução literal). A perspectiva de nota da agência é negativa.

    Em relatório, a S&P diz que a perspectiva negativa reflete o que acredita ser um risco maior do que um para três de um rebaixamento adicional devido a uma maior deterioração da posição fiscal do Brasil. A agência vê uma contração da economia em 2,5% este ano e 0,5% em 2016. Para 2017 a expectativa é de um crescimento modesto.

    Além disso, a S&P espera um déficit primário em torno de 8% do PIB (Produto Interno Bruto) neste ano e no próximo, para só em 2017 recuar para 5,9%.

    No dia 28 de julho, a S&P já havia cortado sua perspectiva sobre a nota para negativa, indicando que o corte viria logo. O país ainda mantém o “grau de investimento” de acordo com as outras duas principais agências de classificação de risco do mundo: Fitch e Moody’s.

    Na época em que sinalizou o corte, a S&P ressaltou que o Brasil enfrentava desafios políticos e circunstâncias econômicas complicadas, apesar das mudanças feitas pela presidente Dilma Rousseff em seu segundo mandato. O Congresso mais hostil também estaria dificultando a condução da política econômica, avaliou a analista da instituição responsável por Brasil na época, Lisa Schineller.

    infomoney.com.br/mercados/noticia/4275719/corta-rating-tira-grau-investimento-brasil

  • Leave a Reply

    CAPTCHA *