Comprar imóveis em tempos de bolha imobiliária???
Convidados, Geral

Comprar imóveis em tempos de bolha imobiliária???

30 de abril de 2014

Apenas post para redirect ao tópico de assunto principal, pois começou chegar muito link quebrado com este título.
Acesse:

Comprar imóvel em tempos de bolha imobiliária???
http://defendaseudinheiro.com.br/comprar-imovel-em-tempos-de-bolha-imobiliaria

2 Comments

  • Reply Vilmar 22 de setembro de 2014 at 15:26

    Valor do aluguel na capital paulista cai pelo 2º mês consecutivo
    infomoney.com.br/imoveis/noticia/3590862/valor-aluguel-capital-paulista-cai-pelo-mes-consecutivo

  • Reply Vilmar 22 de setembro de 2014 at 11:17

    Imóveis: prejudicados por saldo residual devem procurar a Justiça

    SÃO PAULO – As pessoas prejudicadas pelos altos valores do saldo residual no financiamento imobiliário devem procurar a Justiça, segundo alerta a Amspa (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências).

    De acordo com a entidade, o mutuário pode requerer a revisão do resíduo ou entrar com uma ação solicitando a exclusão da cláusula que o responsabiliza, nos contratos que não possuem a cobertura do FCVS (Fundo de Compensação por Variação Salarial) – criado para saldar o resíduo remanescente após o término do financiamento.

    Já quem possui o fundo, instituído na década de 1960 e extinto em 1990, deve exigir a cobertura obrigatória do débito, ao quitar as parcelas do empréstimo.

    “Na maioria das vezes, os valores cobrados estão errados, por isso, é essencial o seu recálculo (…) É importante que o adquirente do imóvel corra atrás dos seus direitos para que a sua propriedade não corra risco de ir a leilão. Isso pode ocorrer após três meses de atraso”, diz o presidente da Associação, Marco Aurélio Luz.

    Saldo residual
    Segundo a Amspa, atualmente, cerca de 5 mil mutuários no estado de São Paulo estão enfrentando problemas decorrentes do saldo residual do imóvel, que, na maior parte das vezes, chega a custar o dobro do valor da propriedade.

    Para quem não possui a cobertura do FCVS, a Associação orienta que utilize o décimo terceiro salário, férias e FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para amortizar o saldo remanescente e escapar do acréscimo no fim do financiamento.
    economia.uol.com.br/ultimas-noticias/infomoney/2011/03/18/imoveis-prejudicados-por-saldo-residual-devem-procurar-a-justica.jhtm

  • Leave a Reply

    CAPTCHA *