Comprar imóveis em tempos de bolha imobiliária???

Apenas post para redirect ao tópico de assunto principal, pois começou chegar muito link quebrado com este título.
Acesse:

Comprar imóvel em tempos de bolha imobiliária???
http://defendaseudinheiro.com.br/comprar-imovel-em-tempos-de-bolha-imobiliaria

There are 2 comments left Go To Comment

  1. Vilmar / Post Author

    Valor do aluguel na capital paulista cai pelo 2º mês consecutivo
    infomoney.com.br/imoveis/noticia/3590862/valor-aluguel-capital-paulista-cai-pelo-mes-consecutivo

  2. Vilmar / Post Author

    Imóveis: prejudicados por saldo residual devem procurar a Justiça

    SÃO PAULO – As pessoas prejudicadas pelos altos valores do saldo residual no financiamento imobiliário devem procurar a Justiça, segundo alerta a Amspa (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências).

    De acordo com a entidade, o mutuário pode requerer a revisão do resíduo ou entrar com uma ação solicitando a exclusão da cláusula que o responsabiliza, nos contratos que não possuem a cobertura do FCVS (Fundo de Compensação por Variação Salarial) – criado para saldar o resíduo remanescente após o término do financiamento.

    Já quem possui o fundo, instituído na década de 1960 e extinto em 1990, deve exigir a cobertura obrigatória do débito, ao quitar as parcelas do empréstimo.

    “Na maioria das vezes, os valores cobrados estão errados, por isso, é essencial o seu recálculo (…) É importante que o adquirente do imóvel corra atrás dos seus direitos para que a sua propriedade não corra risco de ir a leilão. Isso pode ocorrer após três meses de atraso”, diz o presidente da Associação, Marco Aurélio Luz.

    Saldo residual
    Segundo a Amspa, atualmente, cerca de 5 mil mutuários no estado de São Paulo estão enfrentando problemas decorrentes do saldo residual do imóvel, que, na maior parte das vezes, chega a custar o dobro do valor da propriedade.

    Para quem não possui a cobertura do FCVS, a Associação orienta que utilize o décimo terceiro salário, férias e FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para amortizar o saldo remanescente e escapar do acréscimo no fim do financiamento.
    economia.uol.com.br/ultimas-noticias/infomoney/2011/03/18/imoveis-prejudicados-por-saldo-residual-devem-procurar-a-justica.jhtm

Leave a Reply

CAPTCHA *