Piada do dia: Faça um bomnegocio.com
Off

Piada do dia: Faça um bomnegocio.com

28 de março de 2014

faça um bom negócio em outubro, não vote na dilma, chega de pt

Sabe de nada inocente…

21 Comments

  • Reply Vilmar 12 de outubro de 2014 at 18:20

    Um dia após Aécio aceitar exigências, Marina declara apoio a tucano

    eleicoes.uol.com.br/2014/noticias/2014/10/12/um-dia-apos-aecio-aceitar-exigencias-marina-declara-apoio-a-tucano.htm

    aécio 45 já ganhou!!!

  • Reply Vilmar 4 de outubro de 2014 at 18:41

    Carteiro denuncia que cartas de clientes podem ser atrasadas, mas panfletagem de Dilma não
    https://www.youtube.com/watch?v=wQh-WC7RpPI

  • Reply VILMAR 21 de setembro de 2014 at 12:32

    Queremos os recursos do Brasil investidos no Brasil. Queremos os recursos do trabalhador brasileiro investidos nos portos brasileiros, não nos portos de outro país. ‪#‎ADComunicação‬

  • Reply vilmar 15 de setembro de 2014 at 00:36

    “@marinaecologia: Opções de esportes radicais pra hoje:
    – surfar no boto
    – andar de capivara
    – apostar corrida de cipó
    – arco e flecha com índios”

  • Reply Vilmar 28 de agosto de 2014 at 14:50

    Dilma Rousseff foi visitar uma escola para conversar com as criancinhas, acompanhada de uma comitiva. Depois de apresentar todas as maravilhosas propostas para seu governo, disse às criancinhas que iria responder perguntas. Uma das crianças levantou a mão e, Dilma perguntou:

    — Qual é o seu nome, meu filho?

    — Paulinho.

    — Qual é a sua pergunta, Paulinho?

    — Eu tenho 3 perguntas para a senhora: “Onde estão os milhões de empregos prometidos na campanha presidencial passada?” , “Quem matou o Prefeito Celso Daniel?” e “A senhora sabia dos escândalos do mensalão ou não?”.

    Dilma fica desnorteada, mas neste momento toca a campainha para o recreio e ela aproveita e diz que continuará a responder depois do recreio. Após o recreio, Dilma diz:

    — OK, onde estávamos? Acho que ia responder perguntas. Quem tem perguntas?
    Um outro garotinho levanta a mão e Dilma aponta para ele.

    — Pode perguntar meu filho. Como é o seu nome?

    — Joãozinho, e tenho 5 perguntas.

    — Quais, Joãozinho?

    — As perguntas são: “Onde estão os milhões de empregos prometidos na campanha presidencial passada?” , “Quem matou o Prefeito Celso Daniel?” , “A senhora sabia dos escândalos do mensalão ou não?” , “Por que o sino tocou meia hora antes? E ” CADE O PAULINHO”?

  • Reply Vilmar 22 de agosto de 2014 at 12:54

    o negócio é o seguinte … dilma e aécio tem que ser espertos… deixar para brigar no segundo turno, se rolar … como no filme tropa de elite… O INIMIGO AGORA É OUTRO !!!

    • Reply Vilmar 22 de agosto de 2014 at 17:50

      6 coisas que não se deve fazer este ano:

      1. Andar de avião
      2. Passar embaixo de viaduto
      3. Acariciar animais no zoológico
      4. Jogar contra a Alemanha
      5. Conversar com o willian bonner
      6. Torcer para o palmeiras.

  • Reply Vilmar 17 de agosto de 2014 at 10:39

    Manifestação de Miriam Leitão sobre a edição de seu perfil no Wikipédia:
    “No princípio, eu me assustei como cidadã. Era difícil acreditar que da Presidência da República foram postados ataques caluniosos a pessoas, porque na democracia o aparato do Estado não pode ser usado pelo governo para atingir seus supostos adversários. A propósito: não sou adversária do governo; sou jornalista e exerço meu ofício de forma independente.

    Só no segundo momento é que pensei no fato de que os ataques eram contra mim e meu colega Carlos Alberto Sardenberg. Ninguém, evidentemente, tem que concordar com o que eu escrevo ou falo no rádio e na televisão. Há, em qualquer democracia, um debate público, e eu gosto de estar nele. Mas postaram mentiras, e isso pertence ao capítulo da calúnia e difamação.

    Tenho 40 anos de vida profissional e um currículo do qual me orgulho por ter lutado por ele, minuto a minuto. Acordo de madrugada, vou dormir tarde, estudo diariamente, falo com pessoas diversas, apuro, confiro dados, para que cada opinião seja baseada em fatos. Alguns temas são áridos, mas gosto de mergulhar neles para traduzi-los para o público.

    Na primeira vez que um amigo me mostrou o perfil cheio de ataques na Wikipedia fiquei convencida de que era coisa de desocupados. Saber que funcionários públicos, computadores do governo, foram usados na Presidência da República para um trabalho sórdido assim foi um espanto. Uma das regras mais caras do Estado de Direito é que o grupo político que está no governo não pode usar os recursos do Estado contra pessoas das quais não gosta.

    O início da minha vida profissional foi tumultuado pela perseguição da ditadura. No Espírito Santo, fui demitida de um jornal por ordem do governador Élcio Álvares. Em Brasília, fui expulsa do gabinete do então ministro Shigeaki Ueki, durante uma coletiva, porque ele não gostava das minhas perguntas e reportagens. O Palácio do Planalto não me dava credencial porque eu havia sido presa e processada pela Lei de Segurança Nacional. Aquele governo usava o Estado contra seus inimigos. E eu era, sim, inimiga do regime.

    Na democracia, em todos os governos, ouvi reclamações de ministros e autoridades que eventualmente não gostaram de comentários ou colunas que fiz. Mas eram reclamações apenas, algumas me ajudaram a entender melhor um tema; outras eram desprovidas de razão. Desta vez, foi bem diferente; a atitude só é comparável com a que acontece em governos autoritários.

    O Planalto afirma que não tem como saber quem foi. É ingenuidade acreditar que uma pessoa isolada, enlouquecida, resolveu, do IP da sede do governo, achincalhar jornalistas. A tese do regime militar de que os excessos eram cometidos pelos “bolsões sinceros, porém radicais” nunca fez sentido. Alguém deu ordem para que isso fosse executado. É uma política. Não é um caso fortuito. E o alvo não sou eu ou o Sardenberg. Este governo desde o princípio não soube lidar com as críticas, não entende e não gosta da imprensa independente. Tentou-se no início do primeiro mandato Lula reprimir os jornalistas através de conselhos e controles. A ideia jamais foi abandonada. Agora querem o “controle social da mídia”, um eufemismo para suprimir a liberdade de imprensa.

    Sim, eu faço críticas à política econômica do governo porque ela tem posto em risco avanços duramente conquistados, tem tirado transparência dos dados fiscais, tem um desempenho lamentável, tem criado passivos a serem pagos nos futuros governos e por toda a sociedade. Isso não me transforma em inimiga. E, ainda que eu fosse, constitucionalmente o governo não tem o direito de fazer o que fez. É ilegal e imoral.”

  • Reply Vilmar 25 de julho de 2014 at 11:52

    11h04- 247 Brasil
    Santander fez campanha aberta contra Dilma em nota a clientes, revela blog

    Instituição distribuiu comunicado aos seus clientes de alta renda, informando que a reeleição da presidente Dilma Rousseff seria prejudicial à economia brasileira
    247 – O banco Santander distribuiu comunicado aos seus clientes de alta renda, informando que a reeleição da presidente Dilma Rousseff seria prejudicial à economia brasileira.

    De acordo com a análise, obtida pelo jornalista Fernando Rodrigues, Dilma provocaria alta dos juros, do dólar e queda das ações na BM&FBovespa.

    Eis a reprodução da carta enviada pelo banco de Emílio Botín, que já foi recebido várias vezes no Palácio do Planalto, aos clientes:
    “A economia brasileira continua apresentando baixo crescimento, inflação alta e déficit em conta-corrente. A quebra de confiança e o pessimismo crescente em relação ao Brasil em derrubar ainda mais a popularidade da presidente, que vem caindo nas últimas pesquisas, e que tem contribuído para a subida do Ibovespa.

    Díficil saber quando vai durar até quando vai durar esse cenário e qual é o desdobramento final de uma queda ainda maior de Dilma nas pesquisas. Se a presidente se estabilizar ou voltar a subir nas pesquisas, um cenário de reversão pode surgir. O câmbio voltaria a se desvalorizar, juros longos retomariam alta e o índice da Bovespa cairia, revertendo parte das altas recentes. Este último cenário estaria mais de acordo com a deterioração de nossos fundamentos econômicos.

    Diante desse cenário, converse com o seu Gerente de Relacionamento Select para alocar os seus investimentos da maneira mais adequada ao seu perfil de investimento.”

    Depois da notícia, o Santander pediu desculpas aos clientes, com a seguinte nota:

    “O Santander esclarece que adota critérios exclusivamente técnicos em todas as análises econômicas, que ficam restritas à discussão de variáveis que possam afetar os investimentos dos correntistas, sem qualquer viés político ou partidário. O texto veiculado na coluna ‘Você e Seu Dinheiro’, no extrato mensal enviado aos clientes do segmento Select, pode permitir interpretações que não são aderentes a essa diretriz. A instituição pede desculpas aos seus clientes e acrescenta que estão sendo tomadas as providências para assegurar que nenhum comunicado dê margem a interpretações diversas dessa orientação.”

    Esta matéria foi publicada originalmente pelo Brasil 247.

  • Reply Vilmar 1 de julho de 2014 at 12:39

    1/7/2014 às 08h58
    PT amplia e PSDB perde tempo eleitoral em relação a 2010
    Internet reduziu o peso da propaganda gratuita nas campanhas
    noticias.r7.com/eleicoes-2014/pt-amplia-e-psdb-perde-tempo-eleitoral-em-relacao-a-2010-01072014

  • Reply Vilmar 30 de maio de 2014 at 15:15

    14h48 Dilma é a Rainha do “Pibinho”, diz líder do DEM na Câmara dos Deputados
    http://www.infomoney.com.br/mercados/politica/noticia/3377795/dilma-rainha-pibinho-diz-lider-dem-camara-dos-deputados

  • Reply Vilmar 29 de maio de 2014 at 14:55

    Eólicas, agora é a piada do brasileiro e não do português!
    engenheiromaestri.com/2012/03/eolicas-agora-e-piada-do-brasileiro-e.html

  • Reply Vilmar 20 de maio de 2014 at 23:54

    Pessoal vai rolar greve da polícia dia 21/05 (amanhã) seguem abaixo alguns telefones que podem ser útil no caso de precisarem de apoio, seguem os telefones de emergência:
    Lista de telefones que podemos precisar a partir de hoje:

    Goku – 8324-7452
    Robocop – 8373-6354
    Tartarugas ninja – 9432-531
    The Flash – 12
    Chapolin : 7646-5790
    Capitão nascimento : 8765-4678
    He-Man : 9753-3578
    Super Man : 4789-5778
    Batman : 1$4$-6$8$
    Thor : 4788-0754
    Capitão America : 4689-2911
    Homem de Ferro : $$$$-$$$$
    Ben 10 : 1010-1010
    Hulk : 9866-4678
    She-ha : 9974-9666
    Homem Aranha : 4796-9654
    Robin hood : 8642-2578
    Quarteto fantástico : 4444-4444

    Central liga da Justiça : 8458-4687

    kkkkk

  • Reply Vilmar 14 de maio de 2014 at 17:04

    TÉQUINFIM

    No pátio da penitenciária no interior de Minas, a diretora pega um megafone e anuncia:

    “Tenção cambadivagabundu, chega di moleza! Quero ocês tudo devassora na mão, limpandesse chiquero, que ocês mora. Quero tudim limpim, modi qui amanhã nóis vamo recebê a Presidenta Dirma e o ex Presidente Lula”

    Um preso comenta com o colega ao lado:

    – TÉQUINFIM, PRENDERO OS DOIS!

  • Reply Vilmar 29 de abril de 2014 at 12:03

    10h49- Lara Rizério
    Dilma cai 6,7 pontos percentuais e tem 37% das intenções de voto, revela pesquisa CNT
    Pesquisa realizada pela CNT registro ainda que a avaliação positiva do governo caiu para 32,9%, ante 36,4% em fevereiro; Aécio e Campos registram crescimento nas intenções de voto

    SÃO PAULO – A CNT (Confederação Nacional do Transporte) divulgou pesquisa eleitoral e de avaliação da presidente Dilma Rousseff e de seu governo, realizada pela MDA. A pesquisa registrou que a avaliação positiva do governo caiu para 32,9%, ante 36,4% em fevereiro, uma queda de 3,5 pontos percentuais.

    Enquanto isso, a avaliação negativa subiu de 28,4% em fevereiro, para 30,6% em abril. A aprovação pessoal de Dilma caiu para 47,9% em abril, ante 55% em fevereiro, enquanto a desaprovação passou de 41% em fevereiro para 46,1% em abril.

    A presidente também apresentou queda nas intenções de voto para a presidência. Sobre as intenções de voto no primeiro turno, na pesquisa estimulada, a preferência por Dilma caiu de 43,7%, em fevereiro, para 37% em abril, uma queda de 6,7 pontos percentuais. Aécio Neves (PSDB) cresceu de 17% para 21,6% e Eduardo Campos (PSB) passou de 9,9% para 11,8%. O percentual dos eleitores que pretendem votar nulo ou em branco passou de 20,4% para 20%. Na pesquisa estimulada, em um segundo turno sem Dilma, Aécio venceria Campos por 31,3% a 20,1%.

    Em relação ao segundo turno, diminuiu a diferença entre a atual presidente e os seus principais oponentes, com uma queda de 7,4 pontos percentuais. Em fevereiro, Dilma tinha 46,6% contra 23,4% de Aécio Neves. No atual cenário, ela caiu para 39,2% e o candidato tucano subiu para 29,3%. A diferença diminuiu, ainda, contra Eduardo Campos. Em fevereiro, Dilma tinha 48,6% das intenções de voto e caiu para 41,3%, enquanto Campos cresceu de 18% para 24%.

    O CNT ressalta ainda que a presidente também piorou o seu desempenho no quesito limite de voto. Segundo a pesquisa, o percentual de entrevistados que votariam apenas na atual presidente diminuiu de 26,7% para 23,2%. E aumentou o número de eleitores que não votariam em Dilma “de jeito nenhum”, de 37,3% para 43,1%. Outros 29,4%, contra 31,4% em fevereiro, disseram que ela é uma candidata em que poderiam votar.

    A percepção sobre a capacidade de Dilma em gerenciar o governo também mostra sinais de deterioração, com 22,3% dos entrevistados considerando a presidente como uma boa gerente e 30,6% avaliando que ela não é uma boa gerente. Cerca de 44,8% avaliam que a presidente é uma gerente regular, que às vezes acerta e às vezes acerta, às vezes erra.

    Para a pesquisa, foram entrevistadas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 24 Unidades Federativas das cinco regiões do país, entre os dias 21 e 25 de abril de 2014.

    Caso Petrobras
    A pesquisa ainda fez perguntas sobre as recentes polêmicas envolvendo a Petrobras (PETR3;PETR4) com a compra da refinaria de Pasadena, além da responsabilidade da atual presidente no caso.

    Cerca de 30,3% dos entrevistados destacaram que vem acompanhando as notícias sobre as denúncias envolvendo a petrolífera, enquanto 19,9% disseram ter ouvido falar, 49,5% não acompanham ou não ouviram falar sobre o assunto. Cerca de 45,9% – 91,4% dos que acompanham ou já ouviram falar – dos entrevistados disseram que são a favor da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar as denúncias envolvendo a companhia e 40,5% dos entrevistados – 80,5% do que acompanham ou já ouviram falar sobre o assunto acreditam que houve irregularidades no caso Pasadena.

    Cerca de 33,4% dos entrevistas – 66,5% dos que acompanham o caso avaliam que a presidente Dilma tem responsabilidade pela compra da refinaria de Pasadena – enquanto 11,2% dos entrevistados, ou 22,3% dos que acompanham o assunto, acreditam que ela não é responsável e que foi mal informada.
    infomoney

    Estudem também:

    http://defendaseudinheiro.com.br/revista-epoca-novas-provas-de-corrupcao-na-petrobras/

  • Reply Vilmar 15 de abril de 2014 at 21:41

  • Reply vilmar 14 de abril de 2014 at 09:01

    I’m a brazilian anda I can’t keep calm!

  • Reply vilmar 10 de abril de 2014 at 01:21

    dilma ordinária

  • Reply Vilmar 2 de abril de 2014 at 19:56

    A Petrobras é inversamente proporcional à Dilma:

    TEMPO REAL: Petrobras dispara 4,5% com rumor de queda de Dilma em pesquisa eleitoral

    http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/3268670/tempo-real-petrobras-dispara-com-rumor-queda-dilma-pesquisa-eleitoral

  • Reply Vilmar 31 de março de 2014 at 15:42

    Retranqueira: Lula diz que “Dilma é que nem o Tite e não deixa o time jogar” – InfoMoney
    http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/3263089/retranqueira-lula-diz-que-dilma-que-nem-tite-nao-deixa

  • Reply Vilmar 31 de março de 2014 at 11:48

    DEFENDA SUA ÁGUA!
    VAMOS VOLTAR ÀS CISTERNAS!
    VIVA O PICOLÉ DE XUXU, GERALDOOOOOO!

    09h40 : Governo de SP amplia programa de desconto em tarifas de água da Sabesp

    SÃO PAULO, 31 Mar (Reuters) – O governo do Estado de São Paulo anunciou nesta segunda-feira a ampliação do programa de bônus que dá desconto nas contas de água de consumidores que reduzem o consumo, em meio ao nível crítico do Sistema Cantareira, que eleva os temores de necessidade de racionamento.

    A ampliação do programa vale agora para todos os municípios atendidos pela Sabesp na região metropolitana de São Paulo, e não mais apenas para as cidades abastecidas pelo Sistema Cantareira, disse a presidente da Sabesp, Dilma Pena, a jornalistas.

    O programa concede um desconto de 30 por cento para os clientes da Sabesp que conseguirem reduzir em 20 por cento seu consumo médio de água.

    Dos 35 municípios da região, 31 estarão aptos a receber o desconto, incluindo toda a cidade de São Paulo, onde o desconto inicial valia apenas para a zona norte e centro, além de Diadema, São Bernardo do Campo, Osasco, Suzano e Taboão da Serra.

    A Sabesp informou estar preocupada com o impacto em suas finanças dos descontos nas contas de quem economizar água, mas que a prioridade é garantir o abastecimento.

    “Obviamente, vai impactar o faturamento da empresa mas a preocupação é garantir o abastecimento. Estamos preocupados com o impacto para a empresa”, disse Dilma Pena.

    Perguntada se o cenário político está interferindo em uma eventual decisão por racionamento, a presidente da Sabesp respondeu: “Todas as medidas para assegurar o abastecimento da região metropolitana de São Paulo estão sendo tomadas”, disse ela, evitando comentar se o racionamento é uma opção avaliada pela companhia.

    O governador Geraldo Alckmin afirmou que a ampliação do programa de bônus vale a partir de terça-feira.

    Segundo ele, com o programa atual, 37 por cento dos consumidores atendidos ganharam o bônus, enquanto 39 por cento economizaram no consumo mas não o suficiente para obter o desconto na conta de água. Já 24 por cento dos clientes aumentaram o consumo de água.

    Alckmin também afirmou que a Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) vai determinar uma redução no prazo médio de reparo de vazamentos na rede da Sabesp.

    O nível de água do Sistema Cantareira, que abastece mais da metade da região metropolitana de São Paulo, recuou neste fim de semana a 13,5 por cento de sua capacidade, segundo dados no site da Sabesp nesta segunda-feira.

    (Por Alberto Alerigi Jr.)

  • Leave a Reply

    CAPTCHA *