‘Empreender’ Articles at Defenda Seu Dinheiro

Browsing Tag: empreender

    Convidados

    Quero empreender em 2019: por onde começar?

    16 de janeiro de 2019

    Quero empreender em 2019: por onde começar?

    Confira as principais dicas para iniciar sua jornada empreendedora neste novo ano!

    O empreendedorismo é uma atividade que cresce no Brasil, procurada por pessoas que desejam ser as donas de seus próprios negócios e colocar suas ideias relacionadas a produtos e serviços no mercado. É isso o que diz a pesquisa “Empreendedorismo no Brasil – Relatório Executivo 2017”.

    Feita pelo Global Entrepreneurship Monitor (GEM), com apoio nacional do IBQP, do Sebrae e da FGV, a Taxa Total de Empreendedorismo (TTE) no país ficou em 36,4% entre os adultos, ou seja, havia 49,33 milhões de pessoas envolvidas com atividades empreendedoras em 2017.

    Se você deseja fazer parte deste grupo em 2019, saiba que há um caminho recomendável a se trilhar, bem como dicas e sugestões que podem lhe ajudar durante o processo. Amplie seus conhecimentos sobre o assunto e realize o sonho de se tornar o mais novo empreendedor do mercado!

    Como começar a empreender em 2019?

    O estabelecimento da atividade empreendedora pode levar um certo tempo, é verdade, mas acredite: todos os esforços valem a pena tendo em vista os benefícios que serão obtidos no futuro!

    Crie um plano de negócios

    O primeiro passo que deve ser posto em prática para começar a empreender é a elaboração do plano de negócios, que é praticamente um manual de instruções que te ajudará a alcançar o objetivo proposto.

    No documento, consta cada objetivo da companhia, bem como o que será feito para atingi-lo. Nele, encontram-se as seguintes etapas:

    • Análise de mercado;
    • Plano de marketing;
    • Plano operacional;
    • Plano financeiro;
    • Estimativa dos investimentos fixos;
    • Investimentos pré-operacionais.

    Com esses panoramas do presente e do futuro, guiar a empresa será uma tarefa bem mais fácil e organizada. O Sebrae é um órgão que ajuda muito com essa questão, ensinando como o plano de negócios deve ser montado e prestando o auxílio necessário para os empreendedores.

    Avalie os custos

    Essa é uma etapa compreendida no plano de negócios, mas que vale a pena ser ressaltada. Quando se pensa em uma nova empresa, é comum imaginar os lucros e seu sucesso, mas não se pode esquecer dos custos e investimentos necessários para tal.

    De acordo com o Sebrae, 1 a cada 4 empresas fecha em seus 2 primeiros anos no mercado, estatística que chama a atenção e pode acontecer devido à falta de experiência dos novos empreendedores com as finanças.

    Antes de começar a oferecer produtos e prestar serviços, coloque na ponta do lápis uma estimativa de gastos mensais e considere que os lucros costumam aparecer apenas depois de alguns meses, o que significa que os investimentos terão que ser feitos por um período considerável de tempo.

    Frequente eventos sobre empreendedorismo

    Você pode ter dúvidas sobre como empreender, o que é absolutamente normal, e com certeza não está sozinho nessa. Com a febre de workshops e eventos especializados com que nos deparamos atualmente, é fácil encontrar eventos sobre empreendedorismo.

    Nessas ocasiões, você pode ter contato com outras pessoas que estão no mesmo nível que você, bem como aquelas que já superaram os primeiros desafios e agora estão em um momento diferente, além de poder participar de palestras e seminários com conteúdos valiosos.

    Outra oportunidade de ouro trazida pelos workshops e eventos é a possibilidade do networking, que consiste em estabelecer uma rede de contatos profissionais com outras pessoas. Esse pode ser o berço de parcerias de sucesso.

    Você precisa de um sócio?

    Essa é uma das principais dúvidas no que diz respeito ao empreendedorismo: será que você é capaz de coordenar tudo sozinho, ou é melhor contar com outras pessoas incumbidas no processo? Pois bem, a resposta para essa pergunta é: depende.

    O início de uma empresa costuma ser um período complicado, seja em relação às finanças, gestão de pessoas, relação com fornecedores, captação de clientes e por aí vai, e mesmo se você tiver um sócio, as dificuldades quase que certamente aparecerão.

    Caso já conheça bem uma pessoa que esteja alinhada com seus objetivos e expectativas e que tem grandes chances de resultar em uma parceria frutífera para ambas as partes, então trabalhar no formato de sociedade pode ser uma boa ideia.

    Porém, caso não conheça ninguém que atenda aos critérios citados, pode ser melhor tocar a empresa sozinho em um primeiro momento. Depois que ela já estiver mais estabelecida e você sentir que é o momento de procurar ajuda para que ela cresça, então faça uma seleção criteriosa e contribua para seu sucesso.

    Dicas práticas para empreender

    Outras dicas mais simples e curtas também são de grande valia para que sua atividade empreendedora traga bons frutos.

    Confira:

    • Aproveite as chances diárias. Cada novo dia é uma oportunidade para fazer a diferença. Não se concentre no que poderia ter sido feito ontem, mas sim naquilo que pode ser posto em prática agora.
    • Nunca ache que já é suficiente. Pensar que já está bom é um passo que pode custar muito caro, já que com um mercado cada vez mais competitivo, a concorrência está ávida em busca de melhorias. O sucesso demanda ação constante e poder de inovação para que se mantenha.
    • Não sacrifique sua saúde. O sucesso e o dinheiro não são capazes de comprar sua saúde de volta. Cuide da sua alimentação e do sono, pratique exercícios físicos e separe um tempo para descansar e relaxar. Afinal, até mesmo os maiores empreendedores do mundo precisam disso.
    • Nunca pare de aprender. Invista em conhecimentos sobre empreendedorismo, economia, cultura, tecnologia, novos idiomas e tudo aquilo que pode lhe trazer vantagens competitivas, além de uma boa bagagem para conseguir lidar com o que der e vier.

    Faça de 2019 o ano mais bem-sucedido da sua vida!

    Lao Zi, um filósofo e escritor da China Antiga, disse que uma viagem de mil milhas começa com um único passo, o que se aplica perfeitamente à sua atividade empreendedora. Quem deseja chegar longe precisa primeiro começar para, então, poder crescer.

    Leve essas dicas em consideração e transforme 2019 no ano que pode mudar o seu futuro. Seja uma empresa de tecnologia, bem-estar, gestão de contas ou de qualquer outra área, quem se capacitar, estudar, planejar e ficar firme no propósito planejado conseguirá realizar o sonho de ser o dono de um negócio de sucesso.

    Convidados

    PME: 4 passos para você não errar na hora de investir numa franquia

    26 de junho de 2017

    Aqueles que querem investir numa franquia para ter seu próprio negócio, precisam ver os passos descritos neste post da Exame para não errar nessa decisão importante.

    Sempre pinta aquela dúvida: saber qual a melhor franquia para investir é uma decisão difícil

    Quem tem a intenção de entrar numa franquia eventualmente vai se deparar com a dúvida: qual a melhor rede para investir?

    “As pessoas sempre me perguntam: ‘Qual a marca boa do momento?’ Mas não é assim que funciona, não existe receita de bolo”, responde Juarez Leão, diretor institucional da ABF (Associação Brasileira de Franchising).

    Mas, se a resposta não é assim tão simples, é possível seguir algumas dicas de ouro para encontrar a franqueadora que mais combina com cada empreendedor. E a 26ª edição da ABF Franchising Expo, que acontece esta semana, é uma ótima oportunidade para começar a sua busca pela franquia ideal.

    Veja a seguir algumas dicas para escolher a franquia certa para você:

    1 – Descubra do que você gosta

    Seja qual for o negócio em que você pretende investir, ele só vai dar certo se você gostar do que faz. Sendo assim, o primeiro passo para escolher a sua franquia é examinar o que você gosta de fazer.

    “É preciso fazer uma reflexão para identificar a sua vocação. Feito isso, sugerimos que a pessoa analise as empresas que atuam naquele segmento. É preciso considerar que dentro do mesmo segmento existem possibilidades muito distintas. Se a pessoa quer trabalhar com alimentação, por exemplo, tem opções de franquias de fast food a restaurantes mais sofisticados”, afirma o diretor da ABF.

    2 – Verifique quanto você pode investir

    Depois de identificar o que você gosta de fazer, é preciso levar em conta a sua realidade financeira. Afinal, não basta ter afinidade com um negócio, é preciso poder pagar por ele.

    Para isso não basta considerar só o investimento inicial da franquia. Você deve levar em consideração também o capital de giro – aquele dinheiro que vai manter seu negócio funcionando enquanto ele ainda não dá retorno financeiro.

    “O empreendedor tem que ter claro quanto ele tem pra investir, e com base nisso ir atrás de negócios que caibam no seu bolso. E não é só pensar no investimento inicial. Ele também precisa de capital de giro pra sustentar o negócio no início”, explica a consultora Cláudia Bittencourt.

    3 – Seja realista em relação ao retorno

    Muita gente tem a ilusão de que ter o próprio negócio é sinônimo de muito dinheiro no bolso. Mas não é bem assim que acontece, e na hora de definir a sua franquia você precisa de uma boa dose de realismo. Atente-se aos detalhes:A TOTVS explica por que uma franquia de sucesso pede olhar afiado Patrocinado 

    “Na sede de se tornar empresário, tem muito executivo que não faz uma conta simples: quanto eu ganho agora X quanto vou tirar com um negócio. Muitas vezes é preciso estar preparado para ganhar menos”, explica Juarez Leão, da ABF.

    Portanto, antes de escolher a sua franquia analise com cuidado os números apresentados pela franqueadora e faça um exame de como ficará sua situação financeira.

    4 – Investigue as marcas

    Para não se frustrar ao investir numa franquia, é importantíssimo investigar como as marcas do seu interesse funcionam. Uma estratégia fundamental é conversar com franqueados que já fazem parte da rede. Você pode conseguir o contato deles na COF (Circular de Oferta de Franquia), documento que toda rede deve fornecer.

    Outro ponto é ficar atento ao suporte que a franqueadora oferece para sua rede. “É importante que o futuro franqueado não fique numa posição passiva durante o processo de seleção. Ele deve questionar, buscar se informar sobre treinamentos e sobre o suporte que receberá, principalmente nos pontos que tem mais dificuldade, como a gestão”, explica Cláudia Bittencourt.

    Você pode pesquisar também se as redes do seu interesse estão associadas à ABF.

    Seguindo essas orientações, a chance de você fechar um negócio promissor é maior, afirma Leão. “A chance de dar certo é bem maior porque o franqueado entra com a expectativa mais alinhada à realidade, e fica menos sujeito a se frustrar no caminho”.

    Quer conhecer centenas de marcas de franquias? A ABF Franchising Expo acontece até sábado (24/06) no Expo Center Norte em São Paulo.
    fonte de consulta: exame.abril.com.br/pme/4-passos-para-voce-nao-errar-na-hora-de-investir-numa-franquia

    Até o próximo post.

    Convidados

    Mulheres se destacam na hora de empreender

    10 de março de 2017

    Mulheres se destacam na hora de empreender

    O século XXI trouxe consigo muitas conquistas. As mulheres estão cada vez mais presentes no mercado de trabalho. Ocupam cargos de confiança, lideram grandes equipes e ocupam altos cargos em organizações renomadas.

    Elas também estão cada vez mais confiantes para explorar o mundo dos negócios. O empreendedorismo, tão em voga hoje em dia, tem sido mais um espaço que as mulheres estão conquistando.

    Mulheres no mercado de startups

    Aos poucos as mulheres têm conquistado também o mundo das startups. Elas aparecem como fundadoras e investidoras. Segundo pesquisa da Catalyst, afirmou que a startup que têm uma mulher como fundadora tem 50% de chance a mais de dar certo.

    Um exemplo muito conhecido no Brasil é a startup Love Mondays. O que muita gente não sabe é que ela foi fundada por uma mulher, a brasileira Luciana Caletti. A startup possui uma plataforma onde os funcionários podem avaliar a empresa que trabalham de forma anônima, divulgar seu salário e deixar seus comentários.

    Atualmente, a plataforma serve de fonte de pesquisa para muitas pessoas que querem saber a opinão dos atuais e dos ex-funcionários de uma organização.

    Outra startup que deu certo foi a Casar Casar, também fundada por uma brasileira, Tatiana Goldstein, que ajuda na organização de casamentos em todo o país.

    Número de mulheres empreendedoras é expressivo

    Mas não é só nas startups que elas estão presentes. Segundo dados divulgados pelo Sebrae, 52% dos novos empreendedores com menos de três anos e meio de atividade são mulheres. Além disso, as mulheres são maioria nessa área em quatro das cinco regiões brasileiras.

    A atuação feminina apesar de expressiva em algumas áreas, em outras ainda tem muito o que melhorar. A proporção de mulheres brasileiras em altos cargos corporativos no ano passado era de apenas 24%.

    No ranking mundial de participação feminina em cargos sênior, o Brasil não está bem colocado. Em relação aos países com menor igualdade de oportunidade, nós estamos em sétimo lugar. O país com a pior colocação da lista é o Japão, com apenas 7% de participação feminina em altos cargos, seguido por Alemanha, Índia e Argentina.

    Desigualdade salarial

    O Brasil não tem motivos para se orgulhar quando o assunto é igualdade salarial entre homens e mulheres. Uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) afirmou que as mulheres recebem em média 76% do salário dos homens para desempenhar as mesmas tarefas.

    Mas não é só no Brasil que as mulheres relatam essa desigualdade. A grande lutadora de UFC, Ronda Rousey, ganha apenas um terço do que um campeão do UFC só que da categoria masculina recebe.

    Outro exemplo é o da famosa atriz de Hollywood, Meryl Streep, recordista de indicações ao Oscar. Ela ganha menos da metade do que os atores mais bem pagos do ramo. Além de ganharem menos, as mulheres também costumam trabalhar mais que os homens.

    Segundo levantamento do IBGE, elas se dedicam duas vezes mais nas tarefas domésticas do que os homens. Dessa forma, elas acabam trabalhando 5 horas a mais que eles, somando as atividades fora e dentro de casa.

    O mundo dos investimentos também é delas

    Além de estarem se tornando grandes empreendedoras, as mulheres também têm se destacado no mundo dos investimentos.

    Com atuação cada dia maior na Bolsa de Valores, as mulheres possuem características muito importantes para quem quer obter sucesso na área. Existem alguns traços presentes no perfil feminino que ajudam muito na hora de escolher onde e como fazer aplicações.

    Características como a noção de risco aguçada, habilidade de montar um planejamento e o fato de ter os pés no chão, contribuem para que as mulheres façam escolhas inteligentes.

    Realizar lucros através de bons investimentos pode ajudar as mulheres a alcançarem sua liberdade financeira. Dando espaço para que ela trabalhe com o que gosta, sem preocupações com o salário que vai cair na conta no fim do mês ou servindo como um complemento de renda.

    Seja qual for o motivo que leve a mulher a empreender ou investir, o importante é encontrar um caminho com o qual ela se identifique. Afinal, sua jornada precisa fazer sentido. Nesse sentido, inspirar-se em exemplos de mulheres poderosas no mundo das finanças é um bom começo para que elas se sintam mais confiantes para trilhar um caminho de sucesso.

    Geral

    6 estratégias para ganhar dinheiro a partir do zero

    14 de junho de 2016

    Para quem quer chegar no milhão, alguns conselhos podem ser fundamentais e conseguem fazer toda a diferença. Poupar dinheiro é fundamental para aumentar o patrimônio, porém antes de pensar em guardar dinheiro é necessário primeiro ganhar, lembra o milionário Steve Siebold, segundo artigo do Business Insider. Steve já entrevistou 1.200 das personalidades mais ricas do mundo. “As pessoas estão tão preocupadas em juntar cupons de descontos e viver economicamente que acabam perdendo grandes oportunidades. Os ricos também reconhecem que economizar é importante, mas sabem que ganhar dinheiro é ainda mais relevante”, explica.

    Confiram lista abaixo com as melhores estratégias para aumentar sua riqueza, de acordo com milionários que construíram, do zero, seu caminho para o sucesso:

    Não é preciso ter dinheiro para ganhar dinheiro

    Os ricos querem sempre ser pioneiros e ter as melhores ideias, então eles não têm medo de apostar em seu potencial e de confiar seu futuro ao bolso de outras pessoas. “Os milionários sabem que o dinheiro está sempre disponível, já que as pessoas afortunadas estão constantemente à procura de bons investimentos que lhe proporcionem altas rentabilidades”, escreve Siebold.

    Além disso, você não precisa ter dinheiro para ganhar dinheiro: “A verdade é que você precisa ter boas ideias para resolver seus problemas e aumentar sua renda. Ideias criativas são o ponto chave para ganhar dinheiro, mas a maioria das pessoas está tão focada na origem do dinheiro, que ignora seus pensamentos, mesmo eles sendo os responsáveis por atrair a riqueza”.

    Crie diferentes fluxos de renda

    De acordo com o estudo de Thomas C. Corley sobre milionários, muitos deles buscam desenvolver diversos fluxos de renda, de modo a diversificarem seu portfólio e consequentemente, a entrada de capitais. O relatório mostra que 65% deles têm 3 fluxos distintos, 45% possuem quatro e 29% deles investem em cinco ou mais ativos diferentes.

    Dentre esses fluxos adicionais encontram-se o aluguel de imóveis, os investimentos no mercado de ações e participações em sociedades de negócios. “Três fluxos adicionais é o número mais comum entre os milionários, de acordo com meu estudo, mas quanto mais fluxos você criar em sua vida, mais segura será a sua situação financeira”, escreve.

    Coloque o seu dinheiro para trabalhar

    “O único motivo para guardar dinheiro, é para investi-lo”, escreve Grant Cardone, que estava totalmente endividado e sem dinheiro aos 21 anos de idade e conseguiu dar a volta por cima, alcançando o milhão aos 30. “Coloque o seu dinheiro em uma conta segura e ‘intocável’. Nunca utilize esse capital para nada, nem para uma emergência”, recomenda.

    Apesar de investimentos serem, em teoria, arriscados, é uma das melhores formas de ganhar dinheiro. Segundo Ramit Sethi, autor do best-seller “I Will Teach You to Be Rich” (Vou Te Ensinar a Ser Rico, em tradução livre), os milionários investem, em média, 20% de sua renda todos os anos. Isso acontece, porque o patrimônio deles não é medido pela quantidade de dinheiro que ganham ao final de cada ano, mas pela quantia que conseguem guardar e investir ao longo do tempo.

    Está passando por um problema? Liste 10 soluções para enfrentá-lo

    Quanto maior o problema, mais dinheiro você pode ganhar. Quais são os maiores problemas na sua indústria e na sua área de especialidade? Você consegue encontrar uma forma para resolver esses problemas ou ao menos simplifica-los?

    Pensar de forma criativa para solucionar problemas é a habilidade mais bem paga no mundo. Quanto mais problemas você resolver, mais rico você fica.

    Estabeleça metas e se visualize alcançando-as

    Se você quer ganhar mais dinheiro, é preciso que primeiro você tenha um objetivo definido, para depois, poder criar um plano visando alcançar esse propósito. O dinheiro não vai simplesmente aparecer, e portanto, você precisa trabalhar para isso.

    Um hábito comum às pessoas ricas consiste no compromisso em alcançar a riqueza, mas para isso, é necessário foco, coragem, conhecimento e muito esforço, habilidades que só são possíveis se você tem objetivos bem definidos e uma visão clara de onde quer chegar.

    Faça aquilo que gosta, que será recompensado

    Na opinião de Siebold, se você trabalhar com algo que gosta e tem aptidão, as chances de alcançar o sucesso são maiores: “Uma pessoa comum tem a impressão de que os ricos estão trabalhando o tempo todo, mas uma das estratégias mais inteligentes é fazer aquilo que gosta e encontrar uma forma de ganhar com isso”.

    “Ao invés de procurar um emprego com grande potencial de lucro, foque em um trabalho que forneça maior potencial de realização. Quando encontrar, invista o máximo de paixão e força de vontade no seu trabalho para que você se torne uma das pessoas mais competentes na sua área. Você será recompensado”, completa.

    Milionários ensinam como ganhar dinheiro
    infomoney.com.br/onde-investir/previdencia/noticia/5141181/milionarios-listam-estrategias-para-ganhar-dinheiro-partir-zero

    Frases

    Reflexão: Respostas complicadas X Respostas simples

    4 de março de 2016

    São boas frases para quem tem dificuldade de pensar de forma empreendedora.

    Veja a seguir:

    Como colocar uma girafa numa geladeira?
    R.: Abra a geladeira, coloque a girafa dentro e feche a porta.

    Como colocar um elefante numa geladeira?
    R.: Abra a geladeira, retire a girafa, coloque o elefante dentro e feche a porta.

    O rei Leão dá uma palestra na floresta. Todos os animais estão presentes, menos um. Qual?
    R.: O elefante! Ele está dentro da geladeira, lembra?

    Você deve atravessar um rio, mas sabe que está habitado por crocodilos. Como vai conseguir atravessar o rio?
    R.: Você atravessa a nado. Por que? Porque todos os crocodilos estão na palestra do rei Leão.

    Para quem é ou busca ser empreendedor, encontrar soluções simples significa planejar suas ações. No mundo empresarial planejar significa elaborar um plano de negócio. O empreendedor lança mão daquilo que ele chama de preguiça inteligente: fazer bem feito da primeira vez para não ter de fazer de novo.

    A pessoa que empreende deve considerar as ações anteriores para decidir sobre suas ações posteriores. O plano de negócio é o resultado da construção de uma sequência lógica. As empresas nascem para atender as pessoas. As pessoas tem necessidades e estas, após serem pesquisadas, viram produtos/serviços. Os processos são então concebidos e tudo termina nas projeções financeiras.

    Quem empreende deve considerar as informações já disponíveis antes de tomar uma decisão. A utilização das informações disponíveis pode ser crucial para o sucesso de um negócio.

    Para finalizar, o empreendedor precisa enxergar as coisas de forma ampla como um longo processo composto por diversas fases que juntas formam um grande todo.

    Fonte: ead.sebrae.com.br

    Veja outros textos sobre empreendedorismo clicando aqui.

    versus

    Até o próximo post.

    Livraria

    SEBRAE: Como elaborar um plano de negócios

    12 de fevereiro de 2016

    O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae, é uma entidade que tem por missão promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável das micro e pequenas empresas e fomentar o empreendedorismo no Brasil.

    Foi elaborado este material no EAD da entidade (ead.sebrae.com.br) que vai ajudar o empreendedor evitar que seu negócio venha a falir antes da hora, ou seja, planejar o que virá a ser o seu empreendimento no futuro através de um plano de negócios.

    Clique aqui para fazer o download deste ótimo e-book.

    e-book-como-elaborar-um-plano-de-negocio

    Até o próximo post.

    Convidados, Filmes

    5 Filmes que todo empreendedor deveria assistir

    21 de julho de 2015

    Para ser um empreendedor não basta fazer cursos, ter uma boa ideia, procurar marcas para se focar. É preciso também aprender com os filmes. Toda ficção tem um pouco de realidade. Alguns filmes, nos passam muitas dicas e às vezes os erros que cometem nos mostram o que devemos fazer para não fazer igual.

    O Poderoso Chefão

    Um clássico do cinema que apesar da violência que contém, a mensagem é bem clara no quesito poder, lealdade e os laços familiares que envolvem a trama. O filme de Coppola baseado no livro do Mario Puzo, mostra a complexidade das organizações e as dificuldades políticas que um empreendedor enfrenta.

    Happy Feet

    O filme é uma animação da Warner Bros e mesmo sendo um filme para ‘crianças’ é possível tirar uma lição grandiosa dele. Aqui os pinguins cantam para se acasalar, por estarem felizes, para se divertir, contudo um pinguim é diferente, ele não canta. Sapateia. O que você pode tirar desse filme? O bom empreendedor, aquele que quer se destacar no mercado, precisa nadar contra a maré. Fazer coisas que nenhuma outra empresa faz.

    A Procura Da Felicidade

    Este filme estrelado por Will Smith mostra um pai desempregado precisando cuidar de si e de seu filho pequeno. O enredo pode parecer que não trará nenhuma lição para o empreendedor, mas pense melhor. Quando você abre uma empresa do zero, quais são as suas dificuldades? O que você precisa fazer para que ela sobreviva?

    Cidadão Kane

    Esse filme de Orson Welles mostra um magnata da imprensa que busca poder e fortuna, mas que entende o que é mais importante. Esse filme é interessante para o empreendedor para ele compreender que o sucesso do negócio não é a prioridade de sua vida, existem outros objetivos.

    Robôs

    Mais um desenho. Essa animação tem uma mensagem muito importante para o empreendedor. “Viu a necessidade, atenda!”. Quem diz isso é o Grande Soldador a figura mais empreendedora do filme. Ele abriu uma empresa para criar peças sobressalentes aos robôs obsoletos. A mensagem aqui é a iniciativa, saber escutar o seu cliente, criar soluções inteligentes para as demandas e o trabalho em equipe.

    filmes-que-todo-empreendedor-precisa-assistir

    Até o próximo post.