Reclamações disparam: Unick Forex suspende resgates por 10 dias
Geral

Reclamações disparam: Unick Forex suspende resgates por 10 dias

9 de agosto de 2019

A CVM faz alerta e determina suspensão de empresa de Forex FX Trading

Empresa oferece investimentos com rentabilidade muito acima do mercado e foi alvo de três alertas da Comissão de Valores Mobiliários

Unick Forex já vinha atrasando pagamentos, o que provocou a disparada das queixas de clientes no site Reclame Aqui!

A Unick Forex, uma empresa que oferece investimentos com rentabilidade muito acima do mercado e que foi alvo de três alertas da CVM – Comissão de Valores Mobiliários, anunciou na semana passada a suspensão dos pagamentos de resgates por dez dias. A empresa, que afirma ter mais de um milhão de clientes e 400 colaboradores, alega que está fazendo uma atualização de seus sistemas e precisa suspender os pagamentos. Depois, haverá um “cronograma para regularizar todos os pedidos de saques já efetuados” e que não foram pagos.

A Unick Forex já vinha atrasando pagamentos, o que provocou a disparada das queixas de clientes no site Reclame Aqui. Conforme o PortaldoBitcoin, a empresa já vinha atrasando os pagamentos desde junho. Em julho, reportagem do site mostrava que a empresa tinha 3.651 reclamações. Hoje, esse número já atinge 6.430, sendo que 5.142 queixas foram nos últimos seis meses. Em meados de julho, a Unick já tinha anunciado que estornaria os pedidos de resgates feitos até 12 de julho por conta de “e-mails hackeados”.

Um dia antes da “manutenção”, 1ª de agosto, a empresa Rede Invictus, ligada à Unick, divulgou comunicado informando que “um problema pontual” havia causado o atraso dos saques para algumas plataformas bancárias. “A previsão é que a normalização dos serviços comece amanhã”, disse a Invictus. No dia seguinte, porém, foi divulgado o comunicado da Unick suspendendo os pagamentos e informando da “atualização do sistema”.

Leia também:

[BIT FRAUDE BREAKINGNEWS] Ministério Público compara InDeal e Unick Forex com esquema de pirâmide da Telexfree

No vídeo divulgado no Youtube, Danter Silva, diretor de Marketing da Unick Forex, diz que a paralisação representa “dores do crescimento”. Outras atualizações também teriam ocorrido em 2017 e em 2018, afirma. “Nossa empresa não parou, passamos por um processo de crescimento gigantesco em 2019, porém passamos das expectativas e sofremos uma dor de crescimento em função da dificuldade na solução de pagamentos”, diz. “Nossa empresa não parou e não vai parar, de maneira alguma, estamos em dois anos mudando a vida de mais de 1 milhão de pessoas em mais de 90 países”, afirmou.

Já Leidimar Lopes diz que a Unick “não vai parar, tem agenda de vários eventos” e anunciou uma entrega de prêmios no dia 17 de agosto. “Estamos passando por uma atualização de sistemas, vamos estar analisando vários pontos… nosso carro está na corrida há dois anos, chega um momento em que precisa parar e fazer um pit stop”, diz, garantindo que as equipes de atendimentos continuarão de plantão em São Leopoldo, onde fica o escritório principal da empresa.

E você, o que pensa a respeito?
Deixe a sua opinião.

Até o próximo post.

1 Comment

Leave a Reply

CAPTCHA *