Vídeo documentário: PROPAGANDA

Este documentário é muito rico e faz abordagem bem afundo e macro do assunto PROPAGANDA.
Demonstra claramente como ela é usada pelas empresas, governos, políticos, igrejas, nas guerras, na música e arte em geral, são muitas visões sobre o tema.
Pode-se ver claramente que ontem, hoje e sempre, PROPAGANDA é a alma do negócio.

O post do vídeo foi sugestão do colega investidor Fábio.
O áudio é em inglês. Eu procurei com áudio ou legenda em português, mas não encontrei. É possível ativar as legendas em inglês.

A propaganda é profundamente desmistificada neste documentário.

Assista o vídeo PROPAGANDA | FULL ENGLISH VERSION (2012) agora:

Até o próximo post.

There are 6 comments left Go To Comment

  1. Vilmar / Post Author

    Nobres leitores, estudem e vejam que as novas gerações pensam menos em consumir e mais em viver. O comércio mundial vem penando com isto, que dó!!
    #SQN

    O estilo de vida da Geração Y quebra o varejo mundial

    http://direitacentroesquerda.blogspot.com/2016/06/o-estilo-de-vida-da-geracao-y-quebra-o.html

  2. Vilmar / Post Author

    O consumismo no dia dos pais | Pai de primeira viagem

    http://www.paideprimeiraviagem.com.br/o-consumismo-no-dia-dos-pais/

  3. Afonso /

    Sem nuncas esquecermos que as propagandas não são apenas nos intervalos da programação e sim inseridas nas mesmas, inclusive nas notícias.

    1. Vilmar /

      Sim, elas sempre estão lá o tempo todo, de forma alternada.
      São muitas mensagens subliminares em tudo que se possa imaginar, e o alvo são os seres humanos, de crianças até idosos.
      Quem faz as propagandas querem o máximo de lucro para as empresas que os contrataram, sempre!!!

  4. Fábio /

    É por aí mesmo o sentido do vídeo. Ele nos remete a pensar mais profundamente sobre o contexto que estamos inseridos. Em quem acreditar, o que assistir, o que consumir, como filtrar as informações (se é que isso é realmente possível). Enfim, um vídeo para se assistir e refletir sobre como as coisas do dia a dia nos são apresentadas e o que fazemos com elas…

    Abraço!

    1. Vilmar /

      Fato verdadeiríssimo!
      Por isto o melhor remédio ao meu ver é desconfiar de tudo, filtrar ao máximo, por que muito não é o que parece ser. Criticar e ser auto-crítico é a chave.
      Tomar todo cuidado é pouco para não ser massa de manobra e sofrer lavagem cerebral.

Leave a Reply

CAPTCHA *