Pirâmide financeira NNEX é condenada condena a indenizar investidor
Geral

Pirâmide financeira NNEX é condenada condena a indenizar investidor

12 de julho de 2016

A casa caiu para mais um ponzi scheme no Brasil. O juiz da Comarca de Tangará, Flávio Ricardo Pires de Amorim, condenou a NNEX (Marketing Digital Eireli) a ter que pagar a um cidadão, a título de dano material, o valor de R$ 4.072,00, bem como pagar, a título de indenização por dano moral, o valor de R$ 5 mil, acrescidos de juros e correção monetária, por ter praticado fraude financeira que causou danos à vítima autora da ação judicial.

piramide-financeira-nnex

Neste processo, o autor disse que atraído pela promessa de alto investimento, investiu na empresa, contudo esta passou a ser investigada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte sob a suspeita de crime contra a economia popular.
Sustentou que caiu drasticamente a remuneração do investimento com mudanças de regras, acarretando, ao final, um prejuízo de R$ 4.072, razão pela qual requereu a condenação da empresa a restituir o valor, além da condenação em danos morais.

Leia mais detalhes a seguir:

11/07/2016 – 08:36 – Pirâmide financeira: Justiça condena NNEX a indenizar investidor em Tangará

Veja também:

O que difere marketing multinível e pirâmide?

Até mais e fujam dos golpistas sempre!!!

1 Comment

  • Reply Vil Bro 12 de março de 2018 at 10:14

    09 MAR, 2018 17H26 – ATUALIZADA EM 19H48
    “Homem mais odiado dos EUA” é condenado a 7 anos de prisão

    Martin Shkreli, conhecido como Pharma Bro, é acusado de fraudes relacionadas a dois fundos de hedge e à farmacêutica

    Foi sentenciado a sete anos de prisão nesta sexta-feira (9) o executivo Martin Shkreli, acusado de fraudes fiscais relacionadas a dois fundos de hedge e à empresa farmacêutica que gerenciava.
    Ele ficou famoso no passado por adquirir os direitos de exploração e, posteriormente, aumentar o preço de um remédio para tratamento da Aids em 5.500% na Turing Pharmaceuticals, ganhando o título de “homem mais odiado dos Estados Unidos”. Sua condenação, porém, não tem relação com esse aumento considerado abusivo à época.

    Ele foi condenado em agosto do ano passado é pela falta de pagamentos de pelo menos US$ 10 milhões a investidores dos fundos MSMB Capital e MSMB Healthcare. Em outro processo, também foi condenado por conspiração para manipular preços das ações da Retrophin, uma segunda farmacêutica, após o colapso de ambos os fundos de hedge.

    No julgamento, evidências mostraram que Shkreli usou ações e dinheiro da Retrophin para pagar prejuízos de ambos os fundos. Testemunhas disseram que o acusado, embora muito inteligente, tem tendências depressivas e de autossabotagem.
    infomoney.com.br/negocios/grandes-empresas/noticia/7325035/homem-mais-odiado-dos-eua-condenado-anos-prisao

  • Leave a Reply

    CAPTCHA *