Viciados em apostas
Geral

Viciados em apostas

23 de abril de 2013

No Brasil mesmo sendo ilegais, os jogos de azar(cassino, bicho, bingo, etc.) atraem muitos adeptos.
Fica a pergunta:
– Por que o governo não libera estes jogos e traz este dinheiro que está na economia do submundo para economia formal e assim capta mais dinheiro de impostos que podem ser usados para área de saúde e desta forma poder tratar melhor os eventuais viciados em jogos de azar?
Com este dinheiro o governo também poderia investir em educação, a qual é a base para ensinar as pessoas a usarem o dinheiro e a própria vida de forma responsável, além, claro, de usar estes recursos em muito mais outras áreas.

Se as apostas nas loterias da Caixa(do governo federal) são liberadas, apostas em cavalos também, por que não liberam os outros tipos de jogos?
A desculpa de que seriam usados para lavagem de dinheiro é papo furado, pois criminosos financeiros lavam dinheiro em tudo que se pode imaginar neste país quando a fiscalização NÃO é feita de forma efetiva. Inclusive lavam dinheiro até em instituições públicas. A criatividade dos fora da lei é imensa.

Liberando todos os jogos, teria mais dinheiro até para se criar novos órgãos de fiscalização, contratar mais fiscais, treiná-los e criar sistemas mais eficientes anti-fraude.

Infelizmente a hipocrisia ainda reina neste país e parece que a falta de conhecimento de números também. Se não me engando apenas no Brasil, Cuba e Afeganistão são proibidos os cassinos.
Como não existe arrecadação de impostos destas atividades ilegais e informais, se faz necessário tirar dinheiro de outras áreas para tratar os viciados em jogos pela rede de saúde pública.
Acorda Brasil!!!

Vejam também:

 

Até o próximo post.

8 Comments

  • Reply AdminBro 15 de agosto de 2017 at 14:38

    Novas vítimas denunciam esquema de pirâmide financeira surgida na BA; suspeitos têm bens bloqueados
    Segundo polícia, criminosos atraíam as vítimas com a promessa de ganhar dinheiro com apostas em jogos de futebol.
    Por G1 BA
    14/08/2017 22h01 Atualizado há 16 horas

    http://g1.globo.com/bahia/noticia/novas-vitimas-denunciam-esquema-de-piramide-financeira-surgida-na-ba-suspeitos-tem-bens-bloqueados.ghtml

  • Reply Vilmar 18 de agosto de 2016 at 16:26

    Jogos de azar geram histórias de compulsão, vício e superação
    Criado em 17/08/16 15h11 e atualizado em 18/08/16 15h25

    A tramitação no Congresso Nacional de projetos de lei que tratam da legalização dos jogos de azar levanta a discussão na sociedade sobre o problema do jogo compulsivo chamada cientificamente de ludopatia. O problema atinge cerca de 2,3% da população brasileira, segundo levantamento feito por Hermano Tavares, psiquiatra e professor do departamento de psiquiatria da Universidade de São Paulo (USP).

    Essa porcentagem é formada por aqueles que já tiveram um episódio de jogo compulsivo na vida (1%) e aqueles considerados jogadores problemáticos (1,3%). Considerando as pessoas atingidas de forma secundária pelo jogo, os familiares ou pessoas que vivem com jogadores compulsivos, o total de atingidos pelo problema pode chegar a 10% da população brasileira.

    http://www.ebc.com.br/noticias/saude/2016/08/entenda-o-risco-dos-jogos-de-azar-para-jogadores-compulsivos

  • Reply Vilmar 25 de março de 2016 at 22:01

    Privataria das loterias da Caixa

    http://chegadeperderdinheiro.com.br/jogatina-sera-privatizada/

  • Reply Vilmar 23 de novembro de 2015 at 13:11

    Como escolher um site seguro para apostas online

    http://chegadeperderdinheiro.com.br/como-escolher-um-site-seguro-para-apostas-online/

  • Reply Vilmar 19 de novembro de 2015 at 16:58

    O fim da hipocrisia e aumento de arrecadação de impostos, por conseguinte, retirar dinheiro do crime organizado, é totalmente excelente!

    Mas boa parte desta verba deveria ir para saúde, o ponto negativo disto será o aumento de viciados em apostas, os quais precisarão de tratamento no SUS!

    Nasce um projeto com chances reais de legalizar os jogos de azar no país

    O relatório do senador Blairo Maggi prevê que estados vão fiscalizar jogo do bicho e a videoloteria. Já os cassinos serão fiscalizados pela União. A concessão será por 20 anos, podendo ser renovada por igual período

    http://www.fatoonline.com.br/conteudo/12608/nasce-um-projeto-com-chances-reais-de-legalizar-os-jogos-de-azar-no-pais?or=he-pol&p=lei&i=2&v=0

  • Reply Vilmar 11 de agosto de 2014 at 13:48

    Plano de Tratamento

    Muitas pessoas têm como passatempo os jogos de azar. A emoção durante as apostas tornam o jogo atraente para quem pratica. No entanto, o que parece uma diversão simples, às vezes torna-se um problema de saúde. Isso ocorre porque a pessoa fica dependente de jogar. É o jogador compulsivo.

    Quem não consegue resistir aos impulsos de jogar pode sofrer problemas financeiros e familiares no decorrer da dependência, graças às dívidas acarretadas durante as partidas.

    No entanto, a doença pode ser tratada e um jogador compulsivo pode ter uma vida normal a partir de um tratamento adequado. A Clínica Viva possui o plano Personal Care, onde o paciente tem um acompanhamento especializado para tratar a compulsão por jogos de azar.

    http://www.ctviva.com.br/especialidades/jogador-compulsivo

    Saiba mais sobre Jogador Compulsivo

    Reunir amigos e familiares para jogar é uma atividade prazerosa para muita gente. Porém, para alguns só é divertido se houver aposta financeira. No caso do jogador patológico, esses jogos ultrapassam a diversão e as apostas ficam cada vez mais altas, causando endividamento e sofrimento para ele e para a família.

    Principais sintomas
    O jogo patológico pode afetar todos os gêneros e classes sociais. Os principais sintomas são:
    Passar horas em casas de jogos ou sites com essa temática;
    Sempre aumentar as apostas, mesmo que tenha perdido alta quantidade de dinheiro;
    Retomar as apostas, acreditando que vai recuperar o dinheiro perdido anteriormente;
    Esconder da família e dos amigos;
    Mentir o tempo e o dinheiro gasto com os jogos;
    Situação financeira crítica;
    Não resistir aos impulsos de jogar.

    Causas
    Por trás do jogador compulsivo pode estar vários fatores, especialmente a condição social e a personalidade. Para alguns, jogos de azar é uma forma de ganhar dinheiro fácil, pois não conseguem enxergar que, na verdade, há mais gastos do que prêmios. Há jogadores compulsivos que começam como forma de distração, alívio do estresse ou ansiedade.

    Consequências
    O jogador compulsivo tem a vida financeira muito prejudicada, sendo que muitos vendem os bens para pagar as dívidas ou para jogar novamente. O relacionamento familiar e social também é afetado, pois as pessoas não entendem que a dependência em jogos de azar é um transtorno comportamental. Muitos jogadores compulsivos podem apresentar quadros depressivos e ter pensamentos suicidas.

    Tratamento
    Quando diagnosticado, o jogador patológico deve ter um tratamento especializado pois, por tratar-se de uma dependência comportamental, é importante ter ferramentas e auxílio profissional para mudar o comportamento.
    http://www.ctviva.com.br/especialidades/jogador-compulsivo/saiba-mais

  • Reply Vilmar 8 de julho de 2013 at 19:51

    Mutrega no UFC, será????

    08/07/2013 14h45 – Atualizado em 08/07/2013 15h04
    Aposta suspeita de US$ 1 milhão em Chris Weidman é investigada, diz site
    Nome do apostador ainda não foi revelado, mas valor é incomum no MMA

    http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2013/07/aposta-suspeita-de-us-1-milhao-em-chris-weidman-e-investigada-diz-site.html

  • Reply Vilmar 27 de maio de 2013 at 22:41

    Canal do Otário: Loterias da Caixa

  • Leave a Reply

    CAPTCHA *