‘Pai Pobre’ Articles at Defenda Seu Dinheiro

Browsing Tag: Pai Pobre

    Geral

    11 sinais que você terá sucesso, mesmo que não pareça

    10 de abril de 2019

    11 sinais de que você será uma pessoa bem-sucedida - ainda que não pareça

    11 signs you’re going to be successful, even if it doesn’t feel like it

    Existem certas ações, pequenos comportamentos e outras formas de pensar, as quais podem ser indicadores de que uma pessoa alcançará o sucesso, embora nem ela mesmo acredite nisso.

    Parte desses indicadores são “estar aberto ao fracasso”, “ter tempo para aprender” e até “perseguir paixões”.

    Tendo isto como base em pesquisas e em opiniões de especialistas, o portal de finanças Business Insider fez uma lista que contém uma série de sinais de que uma pessoa está seguindo o caminho do sucesso, ainda que isso não esteja relacionado a dinheiro ou fama, e sim ao desenvolvimento de grandes ideias e realização pessoal.

    Veja a seguir:

    1. Ter em mente o tipo de vida que se deseja
    2. Nathaniel Koloc, ex-CEO da ReWork, em entrevista ao Harvard Business Review, disse que é necessário se perguntar mais “que vida eu quero?” e menos “que trabalho eu quero?”.

      Claro que a concepção de vida perfeita muda conforme os anos passam, mas é importante sempre ter em mente qual o “ideal” buscado e não aceitar algum emprego ou oportunidade exclusivamente pelos benefícios oferecidos no curto prazo.

    3. Saber utilizar seus pontos fortes
    4. Os pontos fortes de uma pessoa são compostos pelas coisas em que ela é excepcionalmente boa fazendo. Saber utilizar essas habilidades é fundamental para o sucesso.

      Segundo o escritor Eric Barker, quanto maior a frequência que uma pessoa utiliza seus pontos fortes, mais ela é feliz, respeitada e realizada em seu trabalho.

    5. Sempre procurar uma forma melhor de fazer as coisas
    6. Em entrevista ao Business Insider, que foi CEO da Apple e presidente da PepsiCo antes de abrir uma empresa de investimentos, John Sculley, disse que ele sempre se pergunta o porquê de estar fazendo as coisas “dessa determinada maneira”.

      Para ele, sucesso tem a ver com vontade de resolver um problema de forma que nunca foi resolvido antes.

      De acordo com Scott Galloway, professor da Universidade de Nova York, ser resistente à mudança pode prejudicar a carreira de uma pessoa e impedir o progresso de grandes empresas.

    7. Estar aberto ao fracasso
    8. De acordo com o professor Scott Galloway, Apple, Google, Facebook e Amazon, quatro gigantes da tecnologia, abrem espaço para fracassos e falhas ocasionais, contanto que isso signifique que estão tentando algo novo.

      Para ser bem-sucedido, é necessário se dar a chance de errar. O professor diz que “se de vez em quando você não acha que sua vida profissional e sua carreira estão acabando, então você não está se esforçando o suficiente”.

    9. Estar disposto a assumir riscos calculados
    10. Todas as pessoas de sucesso assumiram pelo menos algum risco em sua carreira. Jeff Bezos, por exemplo, disse em entrevista que fundar a Amazon foi muito arriscado.

      “Mas eu sabia que, quando eu tivesse 80 anos, não me arrependeria de ter tentado participar dessa coisa chamada Internet. Eu sabia que mesmo se eu falhasse, não me arrependeria. Só se pode arrepender de nunca ter tentado.”

      Hoje, Bezos é a pessoa mais rica do mundo.

    11. Ser gentil com as pessoas, mesmo que elas não sejam seus superiores
    12. Joanna Coles, executiva Hearst Corporation, descreveu a importância de cultivar bons relacionamentos com amigos e colegas.

      Segundo ela, “a única coisa que eu sempre tento dizer aos jovens que estão iniciando é que o grupo de colegas é realmente a influência mais importante na vida, porque é com eles que você vai subir e descer.”

      Ela acrescenta que sempre conseguiu trabalho através de laços de amizade, porque “algum amigo possuía algum amigo que conhecia alguém”.

    13. Possuir uma mente de iniciante
    14. A capacidade de enxergar o mundo como quem não sabe nada sobre ele é uma grande vantagem nos negócios. Steve Jobs, criador da Apple, era um grande defensor desta prática.

      Segundo o colunista do The Wall Street Journal Jeff Yang, uma mente de principiante faz com que as pessoas pensem em novas soluções para antigos problemas difíceis.

    15. Separar todos os dias um tempo para aprender
    16. Uma prática comum entre as pessoas de sucesso é separar diariamente uma parte do tempo para ler, pesquisar, e aprender coisas que ampliem seus horizontes.

      Beth Comstock, ex-vice-presidente da General Electric, recomenda que 10% de cada dia de trabalho seja dedicado a estas atividades. Em entrevista ao LinkedIn, ele disse que gasta esta parcela de seu tempo assistindo a palestras TEDs, estudando, conversando com pessoas e indo a eventos.

    17. Ser autoconsciente
    18. De acordo com a psicóloga organizacional Tasha Eurich, a maioria das pessoas não sabe como os outros realmente as veem. Aqueles que têm uma visão mais clara e precisa de como o mundo os enxerga, tendem a conquistar mais sucesso.

      Ela recomenda que todos deveriam possuir uma ou duas pessoas que atuem como “críticos amorosos”, sendo honestos e fazendo críticas construtivas que impulsionam o desenvolvimento de cada um.

    19. Ter auto-compaixão
    20. A autocompaixão é composta por três pilares: engajamento em um diálogo interno positivo, entendimento de que todos comentem erros e consciência de quais são seus pensamentos e sentimentos, sem sucumbir a eles.

      Emma Seppala, diretora científica do Centro para Pesquisa e Educação de Compaixão e Altruísmo de Stanford, recomenda uma estratégia para praticar a autocompaixão: tratar a si mesmo como se fosse um colega ou amigo que falhou.

    21. Demonstrar gratidão
    22. O CEO da Campbell’s Soup, Doug Conant, considera a gratidão uma estratégia de liderança fundamental. Ao longo de sua carreira na empresa, ele enviou mais de 30.000 notas de agradecimento manuscritas para seus funcionários e clientes.

      E você, o que pensa a respeito?
      Deixe a sua opinião.

      Até o próximo post.

    Geral

    Marvin dos Titãs: Trabalha feito um burro e não paga as contas

    25 de setembro de 2018

    Livro Pai Rico Pai Pobre Robert T. Kiyosaki

    Livro – Pai Rico, Pai Pobre

    Mauro Calil, educador/planejador/blogueiro/*.* financeiro, esteve em um evento onde tocavam Marvin do Titãs e notou algo bem interessante no trecho a seguir:

    Meu pai não tinha educação
    Ainda me lembro era um grande coração
    Ganhava a vida com muito suor
    E mesmo assim não podia ser pior
    Pouco dinheiro pra poder pagar
    Todas as contas e despesas do lar


    N. Johnson – / Nando Reis / Ronald Dunbar

    Onde a grande maioria das pessoas caem naquela armadilha citada no Livro – Pai Rico, Pai Pobre, ou seja, não pagam antes de pagarem os outros, ainda muito pior, nem conseguem pagar tudo o que deve, apesar de trabalharem muito todos os dias.

    Sim, são dignos de pena. Não por não conseguirem pagar suas contas. Aqui na Academia do Dinheiro atendemos pessoas com renda de R$25.000,00 (ou mais), que também não conseguem pagar suas contas.

    São dignos de pena não por terem pouco dinheiro, também acompanhamos estudantes que, com criatividade e um bom plano, conseguem o sonhado intercâmbio sem pedirem um centavo aos pais.

    Os e As Marvins não são dignos(as) de pena por terem que suar muito para ter sua renda. Eu mesmo fiz muito isso e vejo inúmeros suando suas camisas todos os dias, seguindo um plano e progredindo.

    Nossos Marvins são dignos de pena pela falta de educação

    Ninguém discorda que a educação é um fator competitivo para o indivíduo e a nação. Ainda que os números e pesquisas mostrem que a educação formal ajuda em muito a elevar o padrão de vida do “bem educado”, somente a renda alta não é garantia de tranquilidade financeira. Como mencionei acima temos muitos clientes de altíssima renda e, ainda assim, com orçamentos apertados.

    Enriquecer é uma questão de ter e seguir um bom plano. Este plano inclui a educação formal, uso de tecnologias potencializadoras e, claro, a educação financeira que culmina em investimentos e uma boa aposentadoria.

    Só assim Marvin vai poder trabalhar e também se distrair.
    fonte de consulta: exame.abril.com.br/blog/etiqueta-financeira/trabalha-feito-um-burro-e-nao-paga-as-contas-ate-o-marvin-ja-sabia-disto

    Até mais.

    Geral

    Livro – Pai Rico, Pai Pobre

    3 de março de 2016

    O livro Pai Rico, Pai Pobre é obrigatório para quem pretende aprender a poupar e investir. Uma frase célebre da obra de Robert Kiyosaki e Sharon Lechter é esta aqui:

    “Crie bons hábitos, especialmente na área financeira. Pague a você mesmo (em economias ou investimentos), antes de fazer qualquer outra coisa com seu dinheiro.”

    Ótimo livro para você ter na sua estante de livros de finanças pessoais:

    Livro-Pai-Rico-Pai-Pobre-Robert-T-Kiyosaki

    Veja também:

    Qual o melhor investimento?

    Até o próximo post.