4 motivos que explicam a queda do dólar
Geral

4 motivos que explicam a queda do dólar

31 de janeiro de 2017

Para quem acredita ou quer saber se a queda do dólar veio para ficar com o “Trumpismo” em ação lá pelas bandas dos EUA com efeito cascata pelo resto do mundo, vale a pena conferir:

queda do dólar

O diretor de câmbio da Wagner Investimentos, José Faria Júnior, destaca como primeiro fator para a forte queda da moeda o movimento iniciado ainda na sexta-feira com a divulgação de um PIB (Produto Interno Bruto) mais fraco que o esperado nos Estados Unidos. A maior economia do mundo cresceu 1,9% no quarto trimestre de 2016, contra expectativa de 2,2%. Com isso, começam a aumentar as chances do Federal Reserve não conseguir fazer as três altas de juros previstas para este ano.

Dólar rumo a R$ 2,80 ?

Mas é um segundo fator que leva o dólar a ter um movimento contrário no Brasil em relação ao resto do mundo: expectativas por captações. Na última semana, a Embraer captou US$ 750 milhões, com o volume total captado chegando a US$ 5,95 bilhões. Analistas já esperam por novas captações por parte da Braskem, Cemig, Vale e Gerdau, o que ajuda na entrada de dólares no país e derruba a cotação.

Aliado a isso, o Banco Central deu continuidade a rolagem dos swaps que venciam em fevereiro, com o último lote de 14 mil contratos colocados para leilão nesta segunda. Com isso, a autoridade monetária rolou todos os US$ 6,4 bilhões que venciam em fevereiro. Para Faria, esta agenda de captações e os leilões do BC são dois fortes fatores que pressionam a cotação do dólar contra o real.

Por fim, o quarto motivo é a “briga” mensal dos investidores para a formação da Ptax, que aumenta a volatilidade da moeda todo fim de mês. A Ptax será definida nesta terça-feira (31) e será a taxa usada para a liquidação de contratos de derivativos cambiais que vencem no primeiro dia de fevereiro, por conta disso, comprados e vendidos tentam levar o dólar para um patamar mais favorável para eles, o que costuma trazer volatilidade para o dólar.

Para Faria, após o dólar romper os R$ 3,15 no fim da última semana, o mercado fica de olho no teste dos R$ 3,10. “A expectativa de recuperação do dólar por aqui na manhã de quinta-feira passada não se materializou. Recomendamos o início das vendas a partir do R$ 3,18, sendo que a chance de ver a moeda acima de R$ 3,20 agora se reduziu muito”, explica.
infomoney.com.br/mercados/cambio/noticia/6077957/motivos-que-explicam-queda-dolar-para-mesmo-dia-negativo-bolsa

Até mais.

1 Comment

  • Reply Vilmar 10 de fevereiro de 2017 at 18:53

    Direita, centro e esquerda: Trump provoca explosão em filiações a grupos socialistas

    http://direitacentroesquerda.blogspot.com/2017/02/trump-provoca-explosao-em-filiacoes.html

  • Leave a Reply

    CAPTCHA *