Economizar na greve dos Correios: RPost Brasil tem aumento de 22%
Geral

Economizar na greve dos Correios: RPost Brasil tem aumento de 22%

21 de setembro de 2015

Como o Brasil é muito caro e ineficiente, só para variar, os Correios estão em greve outra vez, fato que prejudica milhares de brasileiros.

Neste contexto de Greve dos Correios aumentou a adesão ao e-mail registrado do sistema da empresa RPost Brasil já registrou um aumento de 22% no volume de envios.

O e-mail registrado é aceito em todos os países signatários dos principais tratados internacionais. A RPost registra uma cópia criptografada do documento eletrônico enviado, que fica armazenada em nuvem, podendo ser resgatada a qualquer momento pelo remetente, através de uma senha forte e de um sistema de segurança sofisticado (criptografia). Além de haver a autenticação do conteúdo, as mensagens são eletronicamente carimbadas com todos os dados de origem, destino, caminhos de rede percorridos e horários de expedição e abertura assinalados pelo relógio universal (horário UTC e de Brasília).

Quem sabe não é a hora de mudar a matriz de correspondência no Brasil. A ineficiência e o custo Brasil tem que diminuir, nem que seja na marra. O mercado precisa colocar os pingos nos ís, pois a máquina do Estado é muito ineficaz e lenta.

Confira matéria completa sobre o assunto a seguir:

Greve dos Correios aumenta adesão ao E-mail registrado
Setembro 21, 2015
Publicado por Michele Rios em Tecnologia

imagem-http

Até o próximo post.

1 Comment

  • Reply Vil Bro 18 de maio de 2018 at 13:11

    16 MAI, 2018 16H52 – ATUALIZADA EM 16H54
    Funcionário dos Correios vendia mercadorias “desviadas” na internet
    Funcionário é suspeito de desvio de equipamentos eletrônicos, telefones celulares e outras mercadorias despachadas através do serviço de encomendas

    A Polícia Federal cumpriu nesta quarta-feira (16) mandado de busca e apreensão na residência de funcionário dos Correios suspeito de desvio de equipamentos eletrônicos, telefones celulares e outras mercadorias despachadas através do serviço de encomendas da empresa.
    As investigações apuraram que mercadorias de alto valor, aparentemente extraviadas no âmbito dos Correios, haviam sido desviadas e comercializadas em site e aplicativo de comércio eletrônico.

    A averiguação dos compradores dessas mercadorias revelou possível participação de um funcionário dos Correios nos desvios. Em sua residência, foram apreendidas diversas mercadorias, algumas inclusive dentro de caixas originais lacradas e com notas fiscais em nome dos reais destinatários, cujo valor estimado é superior a R$ 30 mil.

    O investigado será indiciado pela prática do crime de peculato, cuja pena máxima é de 12 anos de prisão, podendo inclusive perder o cargo público que ocupa em caso de condenação.

    infomoney.com.br/minhas-financas/consumo/noticia/7424410/funcionario-dos-correios-vendia-mercadorias-desviadas-internet
     

  • Leave a Reply

    CAPTCHA *