Dicas: 6 passos para gastar menos do que ganha, não importa o seu salário

Quando existem metas bem definidas, poupar não se torna um martírio e sim um estilo de vida, o qual levará a muito mais realizações pessoais e conquistas !

CONSUMIR TALVEZ, POUPAR SIM E INVESTIR COM CERTEZA!

Gastar menos do que se ganha parece uma tarefa simples, mas exige mudanças comportamentais imediatas para que não falte dinheiro no decorrer do mês e, ainda, uma parte seja separada para investir.
O presidente da Abefin (Associação Brasileira de Educadores Financeiros), Reinaldo Domingos, dá cinco dicas para começar a organizar o orçamento para gastar menos do que a renda mensal e programar investimentos.

Maneiras para eliminar gastos desnecessários com seu dinheiro

Confira:

1) Analise os pequenos gastos

É importante ficar atento aos pequenos gastos. Despesas e compras feitas de forma desordenada acabam se tornando grandes ralos por onde escoam as economias. Em média, 25% dos gastos mensais são supérfluos e/ou desnecessários, de acordo com o educador financeiro. “As pessoas sempre dizem que não têm mais de onde reduzir os gastos, mas, ao fazer uma boa análise, observam que é possível”, acrescenta.

Dicas: 6 passos para gastar menos do que ganha, não importa o seu salário

2) Reveja seu padrão de vida

Se as contas não estão fechando, é hora de repensar totalmente as suas finanças e repensar o seu padrão de vida. Cortar gastos é uma atitude necessária para ganhar fôlego. “Pode parecer difícil, mas é fundamental observar que não é sustentável viver uma realidade que não é a sua”, afirma Domingos.

3) Faça um diagnóstico financeiro

Para identificar os gastos extras é preciso fazer um diagnóstico da vida financeira por 30 dias, anotando tudo o que gasta, separando por tipo de despesa, incluindo cafezinhos e gorjetas. Assim, verá uma realidade muito diferente da que imagina.

“Ressalto que não se deve virar escravo dessa anotação, pois, quando vira rotina, perde a eficácia”, afirma o educador financeiro.

4) Priorize seus sonhos

Muitas pessoas deixam para poupar para os seus objetivos quando – e se – sobrar algum dinheiro no final do mês. Se estiver fazendo dessa forma, dificilmente conseguirá conquistar seus sonhos no momento planejado.

“Recomendo que, a partir de agora, mude o modelo mental relacionado a forma de fazer um orçamento financeiro. É chegada a hora de priorizar aquilo que realmente importa, os sonhos e as metas pessoais e familiares”, aconselha Domingos. Para colher resultados diferentes é preciso agir diferente, mudar atitudes e hábitos.

5) Pense no curto, médio e longo prazo

É importante que tenha pelo menos três sonhos ao mesmo tempo: um de curto prazo (a ser realizado em 2017 – ou nos próximos 12 meses – para adultos e no próximo mês para crianças), outro de médio prazo (entre um e 10 anos para adultos e entre um e seis meses para crianças) e um de longo prazo (a ser realizado a partir de 10 anos para adultos e a partir de seis meses para crianças).

“Veja que é muito mais uma questão de mudança de comportamento do que saber fazer contas ou ter que se privar de algo. Quando temos metas bem definidas em nossas vidas, poupar não se torna um martírio e sim um estilo de vida, que levará a muito mais realizações e conquistas”, afirma o educador financeiro.

6) Pratique um orçamento diferente

Observe como funciona o seu orçamento hoje. A maioria das pessoas faz a seguinte conta: ganhos (-) gastos = lucro/prejuízo. “Não adianta esperar que, assim, sobre algum dinheiro ao final do mês para poupar”. As pessoas têm a tendência de gastar enquanto tiver dinheiro. É natural, mas é algo que tende a levar à frustração por não conseguir realizar os sonhos.

O especialista apresenta um novo cálculo: ganhos (-) sonhos (-) gastos. Dessa forma, não há lucro ou prejuízo, as contas batem e você estará priorizando seus objetivos e ajustando seu padrão de vida ao valor que sobrar.

Para isso, logo que receber o salário, já se deve retirar a quantia mensal necessária para a realização do sonho, colocando esse dinheiro na melhor opção de investimento de acordo com o prazo desse objetivo.
fonte de consulta: infomoney.com.br/onde-investir/noticia/6787587/passos-para-gastar-menos-que-ganha-nao-importa-seu-salario
Pesquisa Anbima: Existem 5 jeitos de lidar com dinheiro

Até o próximo post.

Bob Carvalho, como é conhecido no Mercado Imobiliário há 19 anos, é formado em Administração de Empresas e com MBA/USP em Relações com Investidores. Larga experiência em Bancos Comerciais atuou na Gerência Comercial Pessoa Física e Jurídica, Division Head na Sears Roebuck e desde 1995 como Consultor Imobiliário. Liderou diversos projetos e equipes tendo como principal case de Sucesso a Superintendência Comercial na Brasil Brokers São Paulo. Outras Empresas como Lopes, Fernandez Mera Negócios Imobiliários, Itaplan e Plazza Brasil também fazem parte do seu cast, desde Consultor até Diretor Geral de Vendas.
Como expertise principal foi um dos pioneiros em Vendas de Imóveis por Internet ( Equipes Ponto Com ), onde ganhou diversos prêmios e prestou Consultoria à diversas Empresas como Noblesse ( Grupo Brasil Brokers ), Abreu Imóveis ( Grupo Brasil Brokers ), Even, Tarjab, etc.
Enxergando as deficiências do Mercado Imobiliário criou um sistema de Treinamento de Novos Corretores, Coordenadores e Gerentes que, além de evitar o grande Turn Over que assola o setor, fideliza e capacita a equipe a todos os desafios e cumprimentos de metas.
Também como Empresário fundou a New Business, onde tem parceria com as principais Construtoras do País, atuando na prospecção de áreas para Incorporação e outros investimentos empresariais pelo País.

Leave a Reply

CAPTCHA *