‘Gráfico’ Articles at Defenda Seu Dinheiro

Browsing Tag: gráfico

    TradingView: uma nova forma de interagir no mercado financeiro

    12 de maio de 2017

    Já imaginou a união de uma plataforma de análise técnica com rede social? Você já quis ter acesso a análises gráficas de diversos ativos do mundo todo, incluindo do Brasil, em um só lugar? Conversar sobre ideias de trading, análises de mercado ou mesmo outros assuntos com pessoas igualmente interessadas em mercado financeiro? Não precisa mais imaginar! O TradingView é a maior rede social e plataforma de análise gráfica do mundo, com mais de 1.500.000 usuários no mundo todo!

    O TradingView é Plataforma de Análise Técnica. Possui diversas ferramentas de desenhos que facilitam a análise técnica. Criação de canais, linhas de tendência, garfo (pitchfork) e padrões das abordagens mais populares como análise clássica (padrão cabeça e ombros por exemplo) contagens de ondas de Elliott, padrões Harmônicos, ferramentas de Fibonacci (extensão, retração, arcos, espiral, zonas de tempo e.t.c.) de Gann e muitas outras.

    Gráfico TradingView

    São mais de 10 tipos de gráficos, desde os mais simples como gráficos em linha até os mais avançados como Renko e Kagi. Estão disponíveis mais de 100 tipos de indicadores com possibilidades quase ilimitadas de criação de novos com a ferramenta de Pine Script. Análise dos dados de fundamentos dos ativos é fácil com o rastreador de ações (stock screener) na qual você pode filtrar os ativos de acordo com parâmetros fundamentais.

    Gráfico TradingView

    TradingView também é rede social. Os traders conversam em diversas salas de chat, seguem os perfis uns dos outros, fazem amizades e montam grupos de discussão sobre o mercado. Mas sem dúvida a principal ferramenta de interação social é de publicação de ideias. Os traders do TradingView compartilham ideias através da ferramenta de publicação de ideias. Essas ideias aparecem na página inicial do site e podem ser filtradas por número de likes, visualizações, pela data e por tipo de mercado (índices, forex, comódites e.t.c). Os Principais autores figuram na página principal.

    Gráfico TradingView

    Por sua abordagem inovadora, o TradingView tem crescido no mundo todo. Venha conhecer e fazer parte dessa comunidade que cresce a cada dia! Acesse https://br.tradingview.com/!

    E-book: Como identificar os movimentos explosivos na Bolsa de Valores

    23 de fevereiro de 2017

    Ebook Gratuito sobre como identificar os movimentos explosivos na bolsa de valores.

    Você sabe como utilizar gráficos e outros indicadores técnicos para rastrear tendências no mercado financeiro? Este e-book de 38 páginas vai explicar os indicadores mais usados para identificar os grandes movimentos da bolsa de valores.

    Conteúdo deste e-book:

    1. Introdução

    2. Gráficos
    Gráfico de Barras
    Gráficos de Candlestick
    Gráficos de Linha

    3. Escala dos gráficos
    4. Indexação
    5. Periodicidade
    6. Teoria de Dow e seus princípios

    7. Suportes e Resistências
    Suportes & Resistências e suas propriedades

    8. Tendências
    Tendência de Alta
    Tendência de Baixa
    Tendência lateral (congestão)

    9. As Periodicidades das Tendências Conflitantes

    10. Linha de Tendência
    Propriedades das Linhas de Tendência

    11. Formações Gráficas (Padrões)
    Padrões de Continuação

    12. Padrões de Reversão
    Cabeça e Ombro (OCO ou OCOI)
    Topos e Fundos duplos (M e W)

    13. Candlesticks
    Candles

    14. Figuras de Reversão (Candlestick)
    (Hammer & Hanging Man)
    Shooting Star & Inverted Hammer
    Padrões de Engulfing
    Stars

    15. Indicadores
    Rastreadores de Tendência
    Osciladores

    16. Outros indicadores

    17. RAFI
    História
    O Indicador
    Objetivo
    Sua interpretação
    Como utilizar?

    18. Rotação dos setores – Onde está o fluxo?
    Conceito de Relative Strength (força relativa)
    Rotação dos Setores

    19. Bibliografias importantes
    20. Confiabilidade dos Padrões de Candles

    Baixe agora mesmo o e-book!

    Até mais.

    O que é um mico na bolsa de valores?

    10 de fevereiro de 2017

    Para quem começou a operar na bolsa valores já deve ter ouvido um papo muito, o qual é chamarem ações de micos. Este texto irá explicar melhor o que são micos exatamente, além de alertar ao investidor novato o perigo de se investir nessas ações sem conhecimento prévio da empresa e seus fundamentos. Um mico é uma ação de empresa falida ou em recuperação judicial(antiga concordata) que no geral custa menos de R$ 1,00, ou seja, na grande maioria das vezes os micos valem meros centavinhos. Os gráficos ficam sem movimento durante meses. De repente vem aquele volume atípico.

    Investidores já devem ter escutado que a Kepler é mico, Aracruz virou mico, Varig é mico, OGX é mico e vai por aí a fora. Todos falam e citam micos com muita intimidade, mas você sabe o que é mico? Por que o uso desta denominação?

    O que são micos na bolsa de valores? Micos na BM&FBOVESPA

    Existe um jogo de baralho para crianças cujo objetivo é fugir do mico e é, não raras vezes, a primeira apresentação dos mistérios das probabilidades aos pequerrruchos. O fator sorte que guiará a criança ao longo da vida é mostrada ao infante neste inocente jogo.

    O baralho, diferente dos utilizados pelos adultos, é composto de 49 cartas, 24 casais de bichos e 1 mico que não tem seu par. O carteador, normalmente a mãe ou tia de um dos pentelhinhos, embaralha as cartas e permite ao jogador à sua direita o corte do baralho. O jogador que cortar o baralho deverá retirar uma carta qualquer e colocá-la no centro da mesa, com a face voltada para baixo, distribuindo as demais cartas, uma a uma, entre os jogadores. Depois de distribuídas as cartas, os jogadores verificam os pares possíveis de serem formados, o pato envergando sua gravata formará par com a pata que ostenta colar e brinco, o peru, de gravata borboleta, formará par com a perua com laço na cabeça e assim por diante. Os pares formados serão baixados no centro da mesa e não farão mais parte do jogo. Assim que todos os jogadores tiverem abaixados os pares formados em suas mãos, inicia-se o jogo propriamente dito. O jogador à esquerda do carteador pega uma carta aleatoriamente dentre as presentes no leque de cartas do jogador à sua esquerda. Se um par for formado, o jogador abaixa esse par. O jogo segue dessa forma até que um jogador fique com uma única carta na mão, o mico, pois o o mico não tem sua parceira. Não há a mica. Esse jogador é declarado perdedor. Os pentelhinhos fazem uma grande gritaria e insultam o pobrezinho: “Ficou com o mico, ficou com o mico, ficou com o mico!”.

    Na bolsa de valores, as ações consideradas micos são aquelas com grande potencial de não terem mais compradores a partir de um fato iminente. São ações de alto risco pois o investidor que estiver com ela pode não ter para quem vender, ficar com o mico na mão. Não há qualquer relação com o tamanho da empresa, o Citibank, a GM e alguns outros bancos americanos foram colocados na categoria de micos tão logo tiveram suas entranhas contábeis expostas ao mercado.

    Outras características dos micos é o P/L negativo e o endividamento de CP (Curto Prazo) representando a maior parte, se não 100%, do perfil da dívida. Endividamento maior do que 1/3 do Ativo total no CP e a empresa já está em maus lençóis (bancos fora).

    Veja o caso do ativo PQ HOPI HARI (PQTM4) 1T09 onde o PL ficou invertido e é representado pela cor vermelha do lado esquerdo, a cor vinho representa os direitos e obrigações de CP. A PQTM não está em fase de recuperação judicial, concordatária ou paralisada, mas já tem suas debêntures dadas como investimento perdido pela PREVI.

    Mais algumas características dos micos, estão com a apresentação dos balanços mais de 2 trimestres atrasados, valor médio dos negócios abaixo dos 2.500 reais (ninguém quer arriscar muito dinheiro neles), valorizações e quedas meteóricas, prejuízos recorrentes, receita 12m inferior ao prejuízo anual, boa parte das empresas q ainda negociam suas ações por lote de mil (denotando desleixo).
    Liquidez das ações dos micos pode até ser razoável, mas varia muito conforme o boato.
    Alguns outros bons exemplos de Micos: PRO METALURG (PMET); HERCULES (HETA); COBRASMA (CBMA); CAF BRASILIA (CAFE).
    fonte de consulta: forum.infomoney.com.br/viewtopic.php?f=7&t=10502&start=20

    Confiram também esta relação interessante, critérios de classificação das ações de 5ª linha (micos):

    AGEN11 | CTPC3 | IMBI4 | RPMG4
    ARLA4 | DHBI4 | INET3 | RSUL4
    ATBS3 | DOCA4 | LARK4 | SCLO4
    BGPR3 | DTCY3 | LHER4 | SJOS4
    BIOM4 | |MAPT3 | SNST3 | LUPA3
    BUET4 | ESTR4 | MILK11 | SQRM4
    CAFE4 | FPXE4 | MNPR3 | STLB3
    CALI3 | FTRX4 | NORD4 | STRP4
    CBMA4 | GAFP4 | OSXB4 | TEFC11
    CCHI4 | GAZO4 | PMET6 | TEKA4
    CELM3 | GPCP3 | PQTM4 | TELB4
    CMSA4 | HAGA4 | PSEG4 | TENE5
    CORR4 | HETA4 | RANI3 | TROR4
    CPFG4 | HOOT4 | RCSL4 | TXRX4
    CTAP3 | IGBR3 | RPMG4 | UNCI3
    VOES4 | OGXP3 | CCXC3 | OSXB3

    Critérios utilizados:

    – Não fazer parte do índice da Bovespa – IBOV;
    – Fazer parte de uma das listas abaixo:
    — Relação de empresas com o registro cancelado pela CVM;
    — Lista de empresas com registro suspenso;
    — Lista de companhias inadimplentes há mais de 3 meses;
    – PL negativo;
    – Satisfizer pelo menos dois dos critérios abaixo:
    — Liquidez Corrente + Geral < 1; - DB (Dívida Bruta) / PL > 2 (para bancos pode ser utilizado DB / PL > 8 );
    – Margem líquida 12 meses < -1 (Significando prejuízo > receita líquida; caso receita = 0 empresa não pode apresentar prejuízo).

    Confira também:

    Parâmetros de atratividade de ações

    Até mais.

    Golpes e picaretagens na bolsa de valores: Pump and Dump

    20 de abril de 2016

    Você sabe o que é o golpe de pump and dump na bolsa de valores?
    Esta expressão em inglês quer dizer algo como “inflar e largar”. Geralmente é aplicado em ações de baixa liquidez e com o preço muito baixo, de preferência aquelas ações cotadas em centavos (penny stocks).

    Para realizar esta picaretagem uma pessoa ou um grupo de pessoas compra grandes quantidades de alguma ação de baixo valor e baixa liquidez e espalha boatos para o papel subir, geralmente em fóruns de mercado financeiro, antro de picaretas na internet.

    O golpe é muito conhecido na bolsa de valores, mas assim como as pirâmides, sempre tem um monte de “pato” que ainda cai nele e isto não é exclusividade do Brasil, existe em todo mundo. Quem geralmente ganha nestes tipos de trades são apenas os primeiros a entrar, ou seja, quem começou ou entrou de gaiato bem no começo da inflada do preço dos ativos. Os últimos sempre acabam morrendo com o “mico” na mão e pagam a conta. Como diz o ditado, o último que sair que apague a luz.

    Tome muito cuidado com os boatos e fuja de fontes duvidosas de informação, além de observar gráficos de ações que tenham altas repentinas e ficaram vários períodos sem negociação ou com pouquíssimos negócios. Se mesmo assim você ainda desejar operar com este tipo de ação (mico), é bom montar uma boa estratégia, fazer simulações e nunca entrar com muito dinheiro, ou seja, apenas colocar aquilo que não irá mesmo lhe fazer falta caso a empresa seja bloqueada na bolsa e não possa desfazer sua posição. Alguns exemplos deste último caso citado são:
    Milk – MILK11 (MILK33), Agrenco – AGEN11(AGEN33), Schlosser – SCLO4, etc.

    micos-na-bolsa-de-valores-pump-and-dump-inflar-e-descartar

    Nunca esqueça de verificar a saúde financeira da empresa, se ela ainda produz algo, se dá lucros, se está entregando os balanços em dia, verificar notificações na CVM e na BM&FBOVESPA, verificar se está em recuperação judicial, se já faliu, mas ainda tem um CNPJ e listagem na bolsa de valores ativo, entre outros detalhes.

    Além do mais, sempre é importante desconfiar quando entrar em algum fórum, blog ou rede social e tiver um post/tópico prometendo que determinada ação “vai bombar”.

    Leia também:

    Vale a pena comprar ações que custam centavos?

    Pump and dump: saiba o que é e como evitar esse tipo de “golpe” com ações – InfoMoney

    Critérios de classificação das ações de 5ª linha (micos)

    Por que a corretora Mycap é o melhor custo-benefício?

    29 de fevereiro de 2016

    A MyCap (Icap Corretora) possui uma das corretagens mais baixa do mercado de corretoras para bolsa de valores no Brasil. Além disto, para quem quer pagar só um pouquinho mais, ainda leva para casa outras ótimas ferramentas como IR Fácil, FlexScan, entre outros.

    Logo da Mycap

    A corretora também possui um Homebroker, financeiro e custódia bem estáveis. Nunca houveram problemas que não fossem resolvidos pelos eficientes canais de atendimento que possuem: telefone, chat e e-mail.
    Bem diferente de uma outra corretora que teve liquidação extra-judicial recentemente.

    A ferramenta de análise gráfica/técnica também funciona muito bem, assim como a parte de análises e notícias costuma estar sempre atualizada.

    Enfim, cada um sabe o que pesa no bolso. Caso usem serviços e ferramentas que justifiquem pagar mais do que a Mycap cobra, ou seja, o que gasta lhe dá melhores resultados na bolsa de valores ou na renda fixa, tudo bem, caso contrário, Icap Corretora é a melhor opção. Opinião de quem já passou por várias corretoras e está nesta há muitos anos.

    Veja também:

    Como escolher uma corretora de valores?

    Até mais.

    Vídeo: Gráficos que contam histórias na bolsa de valores…

    20 de junho de 2013

    Mais um ótimo vídeo do Bastter onde é mostrado de forma clara o descompasso do investidor para buscar empresas “baratinhas” na bolsa de valores, olhando só o preço, esquecendo-se de verificar o valor. Muitas destas empresas “baratas” são falidas ou estão em processo falimentar.

    O engraçado é que enquanto estas empresas tinham algum valor, a maioria no mercado nem ligou, quando dava lucro, muitos nem olharam, aí quando começou a despencar, ficou “barato”, começa-se aquele frenesi para entrar no ativo, o qual não para de despencar.

    Para especulação vale qualquer ativo, basta ter ponto de entrada e saída, no lucro ou no prejuízo, pronto e acabou. Não vai casar com o ativo. Para o especulador é essencial: usar stop sempre!!!

    Assista ao vídeo:

    Leia também:

    Até o próximo post.