‘Cemig’ Articles at Defenda Seu Dinheiro

Browsing Tag: Cemig

    Geral

    Mais dividendos em 2016

    30 de janeiro de 2016

    Conforme um estudo que foi publicado recentemente no portal Exame, o investidor pode conferir algumas estimativas de empresas que devem pagar bons dividendos neste novo ano de recessão brasileira.

    Não custa nada conferir a lista. Segue abaixo:

    Banco do Brasil

    – Banco do Brasil (BBAS3);
    – Petrobras (PETR4);
    – Vale (VALE5);
    – Gerdau Metalúrgica (GOAU4);
    – Bradespar (BRAP4);
    – Eletrobras (ELET3);
    – Mills (MILS3);
    – Banco Banrisul (BRSR6);
    – Alupar (ALUP11);
    – Taesa (TAEE11);
    – Cesp (CESP6);
    – Direcional (DIRR3);
    – Eletrobras (ELET6);
    – Cemig (CMIG4);
    – AES Tietê (GETI4);
    – CSN (CSNA3);
    – Via Varejo (VVAR11);
    – Ecorodovias (ECOR3);
    – Vale (VALE3);
    – Copel (CPLE6);

    Leia mais:

    As ações que vão pagar mais dividendos em 2016
    As maiores fatias do bolo

    Até mais.

    Convidados

    Dicas para economizar energia elétrica

    28 de setembro de 2015

    Todos sabemos que ao economizar energia elétrica estamos não só reduzindo o custo da nossa conta elétrica, mas também ajudando o meio ambiente. Então resolvemos separar algumas dicas simples e fáceis para você economizar energia de forma eficiente, e saber quais os vilões da sua conta no final do mês.

    Ar Condicionado

    Esse responsável por cerca de 40% do consumo total de uma residência, um dos principais vilões da sua conta de energia, o mesmo deve ser usado apenas em dias que o mesmo seja extremamente necessário, manter o ambiente fechado bem como suas portas, janelas, cortinas se for o caso, ajudam na economia; Outra dica é regular o termostato do aparelho de forma adequada, e se possível quando instalado o seu ar evite que o mesmo fique exposto diretamente ao sol.

    Geladeira

    Em segundo lugar entre os vilões está a tão inofensiva geladeira, responsável por algo em torno de 30% do consumo de energia elétrica em sua residência, algumas precauções podem ser tomadas para evitar o consumo exagerado por parte do eletrodoméstico, são eles: Evite utilizar a parte traseira do seu refrigerado para secar roupas, pois o mesmo foi feito para dispersar o calor, e não secar roupas, evite abri-la sem necessidades e a todo momento, isso gera uma perda de temperatura interna, e o aparelho tem que funcionar mais para recuperar sua temperatura ideal, evite colocar alimentos ainda quentes dentro da geladeira, verifique o estado das borrachas de vedação, descongele com frequência o aparelho, evite deixá-la em lugares que pegue sol, ou até mesmo perto do fogão, não a deixe colada na parede, e ainda se possível deixar a mesma em lugar ventilado e com corrente de ar.

    Chuveiro

    Pois bem, quem achou que o chuveiro seria o segundo colocado dessa lista, se enganou, pois segundo levantamento da companhia elétrica Coelba, o chuveiro se encontra em terceiro lugar na lista dos vilões da conta de luz, com 25% do consumo da sua conta, e as dicas para economizar energia com o mesmo são muito simples, dentre elas: Limite seu tempo de banho, em dias de calor mantenha o chuveiro na posição verão (segundo fabricantes o chuveiro na posição inverno consome 30% a mais que o mesmo na posição verão).

    Iluminação

    Responsável por cerca de 20% da energia consumida. Acostume-se apagar as lâmpadas que não estão sendo utilizadas no ambiente, utilize de forma mais eficiente a iluminação natural ao menos durante o dia, as lâmpadas fluorescentes gastam menos energia elétrica e durão mais que lâmpadas comuns, e claro, lâmpadas com maior potência consome mais energia elétrica. Saiba mais sobre os tipos de lâmpadas e os seus consumos.

    Televisores e outras telas em geral

    Televisores e outros tipos de telas, como tela de computador, são responsáveis por consumir algo em torno de 5%-15% vai depender muito de residência para residência e da forma de uso que cada uma faz dela, mas algumas dicas podem ser dadas mesmo assim, como, por exemplo, evitar dormir com a televisão ligada, e desligar a mesma ao sair do ambiente.

    Essas são apenas algumas dicas para você começar economizar energia, esses são os maiores vilões da sua conta de energia, evite eles, e sempre de preferência para aparelhos com selo “A” de economia de energética.

    economizar-energia

    Geral

    Luiz Barsi errou ao investir na Forja Taurus?

    8 de maio de 2015

    Será que foi um erro de percurso?

    Segue direto do túnel do tempo:

    Bilionário da Bolsa aproveita queda de Forjas Taurus para comprar mais ações
    Luiz Barsi, que tem mais de R$ 1 bilhão na Bovespa,
    mostrou que segue à risca sua “receita de sucesso” na Bolsa: comprar mais quando o mercado cai; somente hoje, as ações da Forjas Taurus caem mais de 12%
    13h10 | 31-03-2014
    logotipo da forja taurus
    SÃO PAULO – Luiz Barsi Filho, um dos maiores investidores pessoa física da Bovespa e é listado em 120° lugar no ranking de bilionários da revista Forbes em 2013, mostrou que segue à risca sua “receita de sucesso” na Bolsa: comprar mais quando o mercado cai. Em fevereiro, o investidor conhecido por fazer fortuna no mercado de ações, reforçou sua carteira com Forjas Taurus (FJTA4) e comprou mais ações, anunciando que o papel poderia ser próxima bola da vez. Hoje, as ações caem mais de 12%, sendo cotadas a R$ 1,49, depois de divulgar um prejuízo consolidado de R$ 70,2 milhões no quarto trimestre. Barsi, que já possuía posição relevante naquela época, disse que adquiriu ainda mais ações neste pregão, aproveitando a queda do papel.

    “Continuo comprando ações da Forjas Taurus. Ainda hoje comprei um bom lote já que o papel caiu. E como é sabido, eu compro exatamente quando uma ação cai”, disse Barsi via email ao InfoMoney.
    Segundo ele, o prejuízo divulgado pela empresa já era esperado, pois os acertos ajustados nos exercícios de 2012 e 2013 buscaram eliminar todos os esqueletos que a empresa possuía em sua estrutura econômica financeira. Para Barsi, após a divulgação desses resultados, a estrutura operacional, administrativa, econômica e financeira da empresa devem caminhar sob um ótica mais autentica e transparente.

    Além disso, a teleconferência deve esclarecer pontos positivos que podem ocorrer daqui para frente e isso deverá fazer com que o papel volte a ser alvo de compradores, o que pode reconduzir a sua cotação a uma posição de valorização, complementou.

    A Forjas Taurus viu sua receita líquida cair 20,4% entre outubro e dezembro, para R$ 156,1 milhões enquanto que, no ano, houve aumento de 15,2% da receita, para R$ 807,3 milhões. O Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado no trimestre foi negativo em R$ 12,6 milhões, revertendo assim um Ebitda positivo de R$ 11,6 milhões no quarto trimestre de 2012. Em 2013, o Ebitda atingiu R$ 100 milhões.
    Por que Barsi acredita na alta de Forjas Taurus?

    Em fevereiro, Barsi citava sete fatores que poderiam beneficiar os papéis. Para ele, a ação poderia ser capaz de ter seu preço elevado dos R$ 1,65, logo que começasse a apresentar os resultados da sua reestruturação.
    Ele citava ainda o atual desconto do papel, que é negociado abaixo do seu valor patrimonial: a relação preço da ação pelo patrimônio da empresa está em 0,72 vezes, “bastante atrativo para uma empresa que distribui dividendos regulares”. O investidor disse ainda que “com a saída de seu principal acionista da diretoria, é de se esperar que o fluxo de dividendos possa apresentar um intervalo menor entre as distribuições”.
    infomoney.com.br/forjastaurus/noticia/3264003/bilionario-bolsa-aproveita-queda-forjas-taurus-para-comprar-mais-acoes

    A última dica dele que saiu no Infomoney foi de Cemig. Alguém seguiu esta dica também?
    No final das contas, os gurus também erram? Você segue os gurus, mas com STOP LOSS ligado?
    Aliás, quanto tempo é necessário na bolsa brasileira para mensurar um erro, dado que não somos um país de primeiro mundo e nem temos bolsas do porte de EUA, Europa e Japão?
    Conta aqui no defensor a sua estratégia em investimentos de alto risco, como a bolsa de valores.

    Leia também:

    Um dos maiores investidores da Bovespa, Luiz Barsi volta a apostar na Cemig
    http://www.infomoney.com.br/blogs/infomoney-recomenda/post/3981485/dos-maiores-investidores-bovespa-luiz-barsi-volta-apostar-cemig

    Até o próximo post.

    Geral, Livraria

    Eletropaulo, Sabesp, Tim, Oi… A privatização foi boa para você?

    1 de fevereiro de 2015

    Muitas de nossas empresas e setores de prestações de serviços de utilidade pública que deveriam fazer parte de uma política de estado, ou seja, deveriam visar somente o bem estar do cidadão que já paga “toneladas” de impostos e não se importar em dar lucros aos empresários, sofreram um processo de privatização em diversos governos desde a redemocratização do Brasil.
    Embora tenham trazido até algum ganho durante um tempo, há casos onde estagnaram e até pioraram, mas, claro, não deixaram de dar lucro para quem ganhou as concessões e nem de remunerar os seus acionistas.

    O caso mais emblemático de privatização em um governo foi do liberal ex-presidente FHC, porém nos governos seguintes também houve “privatarias”, só que não fizeram alarde. Aeroportos, portos, estradas, concessões para exploração de petróleo e gás, etc., não pararam de acontecer nos governos pós FHC.

    Para quem interessar, vale a pena conferir:
    Livro: A privataria tucana
    A Privataria Tucana é um livro de autoria do jornalista brasileiro Amaury Ribeiro Jr , ex-repórter especial da revista Isto É e do cotidiano O Globo e ganhador de diversos prêmios Esso de jornalismo. O título do livro (“privataria”) é um neologismo que combina privatização a pirataria, criado pelo jornalista Elio Gaspari, e “Tucano” é um apelido comum dado a membros do PSDB, a partir de um dos símbolos do partido, o pássaro tucano.

    Sinopse

    O livro, resultado de 12 anos de investigação sobre as “privatizações no Brasil” , destaca documentos que apresentam indícios e evidências de irregularidades nas privatizações que ocorreram durante a administração do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do PSDB, além de amigos e parentes de seu companheiro de partido, José Serra. Os documentos procuram demonstrar que estes políticos e pessoas ligadas a eles realizaram, entre 1993 e 2003,3 movimentos de milhões de dólares, lavagem de dinheiro através de offshores – empresas de fachada que operam em Paraísos Fiscais – no Caribe.

    Privataria Tucana contém cerca de 140 páginas de documentos fotocopiados que evidenciam que o então Ministro do Planejamento e futuro Ministro da Saúde de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), José Serra, recebeu propina de empresários que participaram dos processos de privatização no Brasil.6

    O autor revela que iniciou as investigações sobre lavagem de dinheiro quando fazia uma reportagem sobre o narcotráfico, a serviço do Correio Braziliense (CB). Depois de sofrer um atentado, foi transferido para o jornal O Estado de Minas, do mesmo grupo do CB, e lá incumbido de investigar uma suposta rede de espionagem mantida por José Serra.

    As denúncias do livro citam uma série de casos em que propinas teriam sido pagas a Ricardo Sérgio de Oliveira e outras pessoas ligadas a José Serra em troca de benefícios pessoais.
    Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/A_Privataria_Tucana

    Nesta época onde temos serviços públicos ruins ao ter problemas com fornecimento de energia elétrica, fornecimento de água, problema na telefonia, problema nos transportes públicos, etc, além de tarifas altas, tudo com preço de primeiro mundo e com qualidade de terceiro mundo, no mínimo deve servir de reflexão este assunto.

    Até o próximo post.