Petrolão, o mensalão da Petrobras, vai acabar em pizza?

As CPIs da Petrobras no senado e mista(senado e câmara) parece que já viraram pizza.
A pergunta que não quer calar: o Petrolão segue o mesmo destino, já que quem desgoverna o país ganhou as eleições?

O candidato derrotado na disputa presidencial deste ano disse nesta última quarta-feira que o roteiro previsto para reforçar seu papel como líder da oposição onde o mesmo condicionou o diálogo com a presidente Dilma à apresentação de propostas e ao compromisso do governo com a investigação completa dos desvios na petroleira do governo, digo, Petrobras:
– “Agora os que foram intolerantes durante doze anos falam em diálogo. Pois bem: qualquer diálogo estará condicionado ao envio de propostas que atendam aos interesses dos brasileiros e, principalmente, tem que estar condicionado especialmente ao aprofundamento das investigações e exemplares punições àqueles que protagonizaram o maior escândalo de corrupção da história do país, já conhecido como Petrolão.”

Leia também:
– 05/11/2014 às 20:09 – Da tribuna, Aécio condiciona diálogo à investigação sobre petrolão

– CPI da Petrobrás? CPI da Pizza?

T+.

There are 42 comments left Go To Comment

  1. Vilmar / Post Author

    Operação Lava Jato não tem pizza: Odebrecht puxará 19 ANOS http://direitacentroesquerda.blogspot.com/2016/03/operacao-lava-jato-nao-tem-pizza.html?spref=tw

    1. Vilmar / Post Author

      Lopes Filho

      10h42 : JBS alvo da Operação Lava Jato

      O noticiário da manhã afirmou que os ex-diretores da Hypermarcas e da Caixa envolveram a JBS em mais um episódio da Lavo Jato, mas a empresa se apressou a comunicar ao mercado que ?em relação às notícias veiculadas na data de hoje pela imprensa, a Companhia, bem como seus executivos, não é alvo e não está relacionada com a operação da Polícia Federal ocorrida na manhã de hoje?. É possível que hoje as ações da JBS respondam ao noticiário de forma desfavorável.

    2. Vilmar / Post Author

      Operação Lava Jato
      A Polícia Federal cumpre na manhã desta quarta-feira (6) 10 mandados de prisão no Rio de Janeiro e em Porto Alegre em uma operação relacionada à Operação Lava Jato. A investigação apura irregularidades na Eletronuclear. O alvo principal é o ex-diretor-presidente da Eletronuclear Othon Luiz Pinheiro da Silva, que já cumpre prisão domiciliar. Além dos mandados de prisão, também estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão e condução coercitiva.

      Ações em destaque
      A Petrobras (PETR3, R$ 11,71, +3,26%; PETR4, R$ 9,50, +2,26%) vira para alta em meio ao movimento do petróleo, que passou a subir no mercado internacional. Neste momento, o contrato Brent registra alta de 1,48%, a US$ 47,30 o barril, enquanto o WTI sobe 1,44%, a US$ 48,65 o barril.

      No radar da Petrobras, a estatal informou que concluiu esta semana as investigações da comissão interna de apuração sobre desvios em contratos de fornecimento de mão de obra e prestação de serviços das empresas Hope e Personal e sobre o Benefício Farmácia, que verificaram desvios de normas e procedimentos internos que constituem violações passíveis de punições. As investigações apuraram o envolvimento de 26 pessoas e recomendaram sanções a 20 delas. A Petrobras conduz, regularmente, apurações internas de denúncias, além de encaminhar os relatórios finais às autoridades competentes.
      infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/5281329/olho-ata-fomc-ibovespa-zera-perdas-dolar-vai-maxima-dia

    3. Vilmar / Post Author

      OPERAÇÃO LAVA JATO
      MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL DEVOLVE A PETROBRAS R$ 204 MILHÕES RECUPERADOS NA LAVA JATO
      ESSA É A MAIOR DEVOLUÇÃO DE RECURSOS PARA A PETROLEIRA

      Publicado: 18 de novembro de 2016 às 15:48 – Atualizado às 16:21

      http://www.diariodopoder.com.br/noticia.php?i=68997938008

  2. Vilmar / Post Author

    Acordo de leniência com CGU prevê que SBM devolva R$ 1 bi à Petrobras
    Com acordo, SBM pode receber redução de pena ou isenção de multa. Empresa holandesa admitiu irregularidades em contratos com a Petrobras.

    http://g1.globo.com/politica/operacao-lava-jato/noticia/2015/10/acordo-com-cgu-preve-que-sbm-devolva-r-1-bilhao-petrobras.html

  3. Vilmar / Post Author

    17h40
    Dez condenados na Lava Jato terão que devolver R$ 66 milhões à Petrobras
    http://www.infomoney.com.br/petrobras/noticia/4301592/dez-condenados-lava-jato-terao-que-devolver-milhoes-petrobras

  4. Vilmar / Post Author

    Delator deverá esclarecer propina a senador tucano para barrar CPI, diz PF – 15/09/2015 – Poder – Folha de S.Paulo
    folha.uol.com.br/poder/2015/09/1681894-delator-devera-esclarecer-propina-a-senador-tucano-para-barrar-cpi-diz-pf.shtml

  5. Vilmar / Post Author

    off

    ALOOOUUU ANTI GOVERNOS, AGORA OUTRA EMPRESA PRIVADA NO ANTRO DE CORRUPÇÃO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    ….

    Mas o principal destaque de queda do Ibovespa foi a Qualicorp (QUAL3, R$ 19,00, -19,66%), que despencou 20% depois de depois de notícia de que a Polícia Federal deflagrou a Operação Acrônimo, que tem como alvos empresários que doaram para partidos políticos na campanha de 2014. A polícia deteve Marcier Trombiere Moreira, ex-funcionário do Ministério das Cidades que atuava na campanha do candidato eleito ao governo de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT). Marcier Trombiere está na lista dos alvos das buscas e apreensões, que inclui ainda o dono da Qualicorp, José Seripieri Filho.

    As maiores baixas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

    Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano
    QUAL3 QUALICORP ON 19,00 -19,66 -30,46
    ECOR3 ECORODOVIAS ON 7,25 -7,17 -28,46
    CSNA3 SID NACIONAL ON 6,16 -6,24 +19,20
    JBSS3 JBS ON 15,60 -6,08 +40,80
    ELET6 ELETROBRAS PNB 9,32 -5,38 +15,26

    http://m.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/3916352/petrobras-cai-mais-marcopolo-dispara-com-antt-gol-despenca

  6. Vilmar / Post Author

    Sub-relator quer depoimento de Eike Batista à CPI da Petrobras
    Por: Berenice Seara em 26/05/15 13:30

    O empresário Eike Batista

    O deputado federal Altineu Côrtes, sub-relator da CPI da Petrobras, enviou requerimento convocando o empresário Eike Batista para depor na CPI. O motivo é uma joint venture formada entre a OSX e a Mendes Júnior, chamada Íntegra, que tem um contrato de fornecimento de módulos e integração de plataformas no valor de US$ 1,8 bilhão.
    Com o surgimento de denúncias envolvendo também o pré-sal no esquema da Lava Jato, Altineu desconfia que, de Íntegra, o consórcio não tem nada.
    extra.globo.com/noticias/extra-extra/sub-relator-quer-depoimento-de-eike-batista-cpi-da-petrobras-16264651.html

  7. Vilmar / Post Author

    BENDINE DEFENDE ACORDOS DE LENIÊNCIA NA LAVA JATO
    http://www.brasil247.com/pt/247/economia/180500/Bendine-defende-acordos-de-leni%C3%AAncia-na-Lava-Jato.htm

    Eu também defendo!
    Esta grana entrará como nos próximos balanços??? Provisão de lucros??? rsrsr

  8. Vilmar / Post Author

    Recebimento de R$ 157 milhões recuperados pela Operação Lava Jato

    Rio de Janeiro, 12 de maio de 2015 – Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras informa que foram disponibilizados à Companhia R$ 157 milhões referentes a valores repatriados pelo Ministério Público Federal na Operação Lava Jato. Este é o primeiro ressarcimento de valores para a Petrobras.

    Os valores foram repatriados a partir do trabalho integrado do Ministério Público Federal, da Polícia Federal, da Receita Federal e da Justiça Federal.

    Este é um importante marco no conjunto de medidas que estão sendo adotadas para garantir o ressarcimento dos prejuízos sofridos pela companhia.

  9. Vilmar / Post Author

    Esclarecimento sobre divulgação do Plano de Negócios e Gestão – PNG

    Rio de Janeiro, 11 de maio de 2015 – Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras, em relação a notícias veiculadas na imprensa, esclarece que o Plano de Negócios e Gestão 2015-2019 ainda está em elaboração e, portanto, não há data marcada para sua divulgação.

    Adicionalmente, a Companhia não confirma os valores de investimento divulgados pela mídia.

    Após a conclusão dos estudos em andamento, o Plano será submetido à avaliação da Diretoria Executiva e, posteriormente, levado para apreciação do Conselho de Administração.

    Fatos julgados relevantes serão oportunamente comunicados ao mercado.

  10. Vilmar / Post Author

    Fizeram pizza com os dividendos obrigatórios 🙁 !!

    Sem pagamento de dividendos, União arrisca perder controle de voto na Petrobras
    09/05/15 – 13h00 – Reuters

    No entendimento de advogados e de um jurista o direito das ações preferenciais passarem a ter os direitos das ordinárias sem o pagamento de dividendos é imediato no caso da Petrobras

    SÃO PAULO – A decisão da Petrobras (PETR3;PETR4) de não declarar dividendos sobre o exercício de 2014 aos acionistas detentores de ações preferenciais pode colocar em risco o controle de voto da União na estatal.

    Em abril, quando divulgou com meses de atraso seu balanço auditado do ano passado com prejuízo de 21,6 bilhões de reais, a Petrobras informou que não pagaria dividendos para preservar o caixa, apesar de ter cerca de 100 bilhões de reais em reservas de lucro.

    A Lei das Sociedades por Ações (Lei 6004/76) diz, em seu parágrafo 1º do artigo 111, que “as ações preferenciais sem direito de voto adquirirão o exercício desse direito se a companhia, pelo prazo previsto no estatuto, não superior a três exercícios consecutivos, deixar de pagar os dividendos fixos ou mínimos a que fizerem jus”. Esse direito, segundo a lei, será mantido “até o pagamento, se tais dividendos não forem cumulativos, ou até que sejam pagos os cumulativos em atraso.”

    No entendimento de advogados e de um jurista consultados pela Reuters, no caso do estatuto da empresa não especificar o prazo, como é o caso da Petrobras, esse direito seria imediato.

    “O entendimento que prevalece é o de que, nesses casos, a aquisição do direito de voto é imediata”, afirmou à Reuters o advogado Joaquim Simões Barbosa, sócio do escritório Lobo & Ibeas Advogados, à Reuters na sexta-feira.

    A Petrobras informa em seu estatuto social apenas que as ações preferenciais terão prioridade no caso de reembolso do capital e no recebimento dos dividendos, no mínimo, de 5 por cento calculado sobre a parte do capital representada por essa espécie de ações, ou de 3 por cento do valor do patrimônio líquido da ação, prevalecendo sempre o maior ( http://bit.ly/1F4IFLG ).

    Procurada, a Comissão de Valores Mobiliários disse que acompanha e analisa as informações envolvendo companhias abertas, mas “não comenta casos específicos em andamento, inclusive para não afetar negativamente trabalho de análise ou apuração que entenda cabíveis”.

    “A empresa não pagar o dividendo é direito dela, mas o custo disso é o direito de voto para as PNs”, reforçou o gestor de um fundo no Rio de Janeiro, que pediu para não ter o nome citado.

    De acordo com dados disponíveis no site da BM&FBovespa sobre a composição do capital da Petrobras, se todas as ações preferenciais não pertencentes à União ou a entes ligados ao governo federal como BNDES, BNDES Participações e Previ ganhassem direito a voto, o percentual alcançaria 51,23 por cento, deixando na mão desse grupo a maioria dos votos em assembleias da companhia.

    Procurada, a assessoria de imprensa da Petrobras disse que não comentaria o tema.

    Mas uma fonte próxima à empresa consultada pela Reuters disse que não há o menor risco de os preferencialistas adquirirem direito de voto.

    “O não pagamento de dividendos foi algo totalmente atípico e que não há a menor perspectiva de voltar a se repetir”, disse a fonte que pediu anonimato, argumentando que esse direito só ocorreria se a empresa apresentasse resultados consecutivos negativos por três anos.

    “E isso não tem chance nenhuma de se repetir”, disse a fonte, afirmando que o balanço do primeiro trimestre previsto para o próximo dia 15 será “superavitário” e a Petrobras vai voltar à rotina de pagamentos de dividendos normalmente. “Aí cai por terra a tese e o prognóstico de quem diz que (preferencialista) poderia requerer direito a voto.”

    Barbosa, contudo, compara a situação da Petrobras à da Eletrobras, que concedeu em abril direito de voto aos detentores de preferenciais nas próximas assembleias de acionistas, até que consiga retomar o pagamento de dividendo mínimo prioritário.

    “Ainda que possa existir uma corrente minoritária que diga diferente, a CVM já se posicionou, o próprio governo se posicionou no caso da Eletrobras…não há dúvida de que as ações PN devem ganhar direito de voto”, reforçou o advogado.

    A assembleia de acionistas da Petrobras para votar o balanço de 2014 e o não pagamento de dividendos referentes ao ano passado está marcada para o próximo dia 25 deste mês. Após a ratificação em assembleia do não pagamento de dividendos, os preferencialistas poderiam requerer poder de voto, segundo entendimento do advogado.

    Em nota a clientes, comentando o esclarecimento da estatal do segmento de energia elétrica, o UBS destacou que os estatutos da Petrobras e da Eletrobras parecem bastante similares, e questionou se a Petrobras também dará direito aos preferencialistas à exemplo da Eletrobras, que pagou dividendo abaixo do mínimo.

    “Nós gostaríamos de saber se investidores acionistas das preferenciais da Petrobras também podem obter direitos de voto nas próximas reuniões dada a decisão da direção da Petrobras de não pagar seu dividendo mínimo prioritário devido a perdas contábeis e apesar das elevadas reservas de lucros”, escreveu o UBS.

    No caso da Eletrobras, contudo, a União (incluindo outras instituições controladas pela mesma) não corre o risco de perder o controle, uma vez que ainda teria 66,57 por cento do direito de voto.

    (Reportagem adicional de Rodrigo Viga Gaier, no Rio de Janeiro)
    http://www.infomoney.com.br/petrobras/noticia/4032253/sem-pagamento-dividendos-uniao-arrisca-perder-controle-voto-petrobras

  11. Vilmar / Post Author

    Ingresso como coautora do Ministério Público Federal em ações da Operação Lava Jato

    Rio de Janeiro, 08 de maio de 2015 – Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras informa que entrou como coautora do Ministério Público Federal nas ações de improbidade administrativa contra as empreiteiras e os executivos apontados como responsáveis por irregularidades no âmbito da Operação Lava Jato.

    A Petrobras protocolou duas ações, uma no dia 30 de abril e outra no dia 08 de maio, referentes a pagamentos indevidos relacionados a contratos das empresas Engevix e Mendes Júnior. O valor total é de cerca de R$ 452 milhões, considerando reparos por danos materiais e multa, além de pedido de indenização por danos morais, cujos valores serão quantificados no decorrer do processo.

    Nas próximas semanas, a Petrobras ingressará, também como coautora, em outras três ações, envolvendo contratos com as empresas Camargo Corrêa, OAS e Galvão Engenharia, totalizando pedido de reembolso de aproximadamente R$ 826 milhões.

    Essas ações se somam a um conjunto de medidas que estão sendo adotadas para garantir o ressarcimento integral dos prejuízos sofridos pela companhia, inclusive aqueles relacionados à sua reputação, e reforçam o compromisso da Companhia em cooperar com as investigações.

  12. Vilmar / Post Author


    Sérgio Moro determina que Petrobras receberá R$ 157 milhões desviados por ex-gerente
    http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/petrobras-recebera-r-157-milhoes-desviados-por-ex-gerente-decide-sergio-moro/

    clap
    show de bola, agora já dará para pagar 0,00001 de proventos, né naum??!!
    rsrsrsr

  13. Vilmar / Post Author

    24/4/2015 às 09h16

    Lava Jato: Petrobras vai processar empreiteiras para diminuir prejuízo
    Estatal afirma que pode entrar com ações cíveis contra membros do cartel por danos morais

    http://noticias.r7.com/economia/lava-jato-petrobras-vai-processar-empreiteiras-para-diminuir-prejuizo-24042015

  14. Vilmar / Post Author

    Prejuízo da Petrobras em 2014 foi o maior do Brasil em quase 30 anos; veja ranking

    http://m.infomoney.com.br/petrobras/noticia/3996033/prejuizo-petrobras-2014-foi-maior-brasil-quase-anos-veja-ranking

  15. Vilmar / Post Author

    Relacionamento com Investidores
    Caso não consiga visualizar, acesse este link
    Facebook Compartilhe Twitter Tweet E-mail Encaminhar

    Petrobras www.petrobras.com.br/ri

    DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS DE 2014

    Rio de Janeiro, 22 de Abril de 2015 – Petrobras divulga seus resultados consolidados do 4T-2014 e do exercício de 2014 auditados pelos auditores independentes, expressos em milhões de reais, de acordo com os padrões internacionais de contabilidade (International Financial Reporting Standards – IFRS). Adicionalmente, a Companhia divulga seus resultados consolidados do 3T-2014 e do período findo em 30 de setembro de 2014 revisados pelos auditores independentes, em substituição aos resultados consolidados não revisados pelos auditores independentes divulgados em 28 de janeiro de 2015.

    Prejuízo de R$ 21.587 milhões no exercício de 2014 devido à perda de R$ 44.636 milhões por desvalorização de ativos (impairment). O valor da baixa de gastos adicionais capitalizados indevidamente no ativo imobilizado oriundos do esquema de pagamentos indevidos descoberto pelas investigações da Operação Lava Jato (baixa de gastos adicionais capitalizados indevidamente) foi de R$ 6.194 milhões.

    Destaques

    R$ milhões
    Exercício

    2014
    2013
    2014 x 2013 (%)

    4T-2014
    3T-2014
    4T14 X 3T14 (%)
    4T-2013

    (21.587)
    23.570
    (192)
    Lucro líquido (prejuízo) consolidado atribuível aos acionistas da Petrobras
    (26.600)
    (5.339)
    (398)
    6.281
    2.669
    2.539
    5
    Produção total de óleo e gás natural (mil bbl/dia)
    2.799
    2.746
    2
    2.534
    59.140
    62.967
    (6)
    EBITDA ajustado
    20.057
    8.488
    136
    15.553

    A Companhia apurou prejuízo de R$ 26.600 milhões no 4T-2014, principalmente como resultado dos seguintes fatores:

    · Impairment de R$ 44.345 milhões (R$ 32.089 milhões, líquidos de impostos), principalmente em ativos de:
    i) refino no país (R$ 30.976 milhões), devido à avaliação dos projetos do 2º trem da Refinaria Abreu e Lima (RNEST) e do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (COMPERJ) separadamente da unidade geradora de caixa do refino, tendo em vista a postergação desses projetos por extenso período, motivada por medidas de preservação do caixa e problemas na cadeia de fornecedores oriundos das investigações da Operação Lava Jato. As perdas resultaram de problemas no planejamento dos projetos, utilização de taxa de desconto com maior prêmio de risco, postergação da expectativa de entrada de caixa e menor crescimento econômico;
    ii) exploração e produção de petróleo e gás natural (R$ 10.002 milhões), reflexo do declínio nos preços do petróleo; e
    iii) petroquímica (R$ 2.978 milhões), em decorrência do cenário de redução na demanda e nas margens.

    Adicionalmente, a Companhia apresentou os seguintes destaques no 4T-2014:

    · Reajuste de 5% no preço do diesel e de 3% no preço da gasolina em 7 de novembro de 2014.
    · Maior produção de petróleo e LGN no país (3%, 60 mil barris/dia) devido ao ramp-up das plataformas P-55, P-62 e P-58 e dos FPSOs Cidade de São Paulo e Cidade de Paraty, além da entrada em operação dos FPSOs Cidade de Mangaratiba e Cidade de Ilhabela. Em dezembro, a Companhia atingiu recorde na produção mensal de petróleo de 666 mil barris por dia no pré-sal.
    · Ganho de R$ 3.286 milhões obtido com a venda da participação total na empresa Petrobras Energia Peru S/A, com aumento de R$ 6.691 milhões no caixa da Companhia.

    O prejuízo de R$ 5.339 milhões apurado no 3T-2014 refletiu, principalmente, a baixa de gastos adicionais capitalizados indevidamente (R$ 6.194 milhões) e o complemento de provisão para perdas com recebíveis do setor elétrico (R$ 1.602 milhões, líquidos de impostos) em relação ao lucro líquido de R$ 3.087 milhões divulgado em 28 de janeiro de 2015. O detalhamento do resultado do 3T-2014, assim como do período findo em 30 de setembro de 2014, está apresentado como Informações Adicionais do 3T-2014.

  16. Vilmar / Post Author

    18h11- Agência Estado
    MP pede ao TCU suspensão de empréstimos de bancos públicos à Sete Brasil
    No pedido, que será analisado pelo ministro Raimundo Carreiro, o procurador argumenta que os negócios da Sete Brasil estão fortemente atrelados à Petrobras e aos planos dela para o pré-sal

    O Ministério Público de Contas (MPC), que atua junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), pediu à corte que suspenda empréstimos da Caixa e do Banco do Brasil à Sete Brasil, empresa criada para construir navios sonda para a Petrobras (PETR3; PETR4) explorar o pré-sal. Em representação apresentada nesta quarta-feira, 22, o procurador Júlio Marcelo de Oliveira sustenta que, por causa das dificuldades econômicas da companhia, há risco de as duas instituições financeiras sofrerem prejuízos vultosos em caso de calote.

    O Palácio do Planalto estimula uma operação para salvar a Sete Brasil, mediante financiamento dos bancos públicos. A fornecedora da Petrobras negocia créditos de US$ 3,7 bilhões com a Caixa e o Banco do Brasil. Para o procurador, no cenário atual, financiamentos e aportes de quaisquer natureza só devem ser feitos após análise técnica rigorosa dos riscos de crédito. Ele alega que quaisquer tentativas de ingerência política para socorrer a companhia são “inaceitáveis” e “ilegais”.

    “O cenário econômico apontado, que evidencia grave risco à Caixa e ao Banco do Brasil se forem realizadas as operações de crédito indicadas, conjugado com as notícias de que estaria havendo ingerência política indevida por parte do governo federal no processo de tomada de decisão dos bancos, demonstra a necessidade de o tribunal atuar preventivamente para evitar que prejuízos extremamente vultosos ocorram em decorrência de novas operações de crédito”, justifica Oliveira.

    No pedido, que será analisado pelo ministro Raimundo Carreiro, o procurador argumenta que os negócios da Sete Brasil estão fortemente atrelados à Petrobras e aos planos dela para o pré-sal. Contudo, desde o ano passado, a capacidade de investimento da estatal foi substancialmente reduzida, o que deve impactar a exploração.

    Um das razões da crise é que a Petrobras teve o rating (avaliação e classificação de risco) rebaixado para o grau “especulativo”, o que aumenta seus custos para emitir títulos e captar empréstimos no mercado. A situação surge num momento em que a estatal já carrega alto endividamento e não tem caixa para executar seus projetos na integralidade.

    A redução nos preços do petróleo, avalia o procurador, também é uma ameaça “inequívoca”. A Petrobras esperava que o barril fosse negociado, entre 2015 e 2017, a US$ 100. Contudo, na semana passada a cotação estava a US$ 42,85, a menor desde 2009. Isso reduz substancialmente as receitas e, em consequência, a capacidade de bancar os investimentos no pré-sal.

    Além da Operação Lava Jato, que fez a estatal suspender obras e contratações, outro problema é a alta do dólar, que impõe mais perdas. A Petrobras importa petróleo e tem dívida alta, da ordem de US$ 100 bilhões, na moeda norte-americana.

    O ministro Raimundo Carreiro pode conceder medida cautelar para suspender os empréstimos de forma monocrática ou mesmo submeter a decisão ao plenário da corte. No pedido, o procurador requer a suspensão até que o tribunal verifique se há “adequada análise de risco pelos bancos”. Além disso, pede que a corte faça auditoria nos aportes já feitos pelas duas instituições na companhia.

    Oliveira justifica que os riscos de inadimplência por operações malsucedidas poderão levar o contribuinte a injetar, via Tesouro Nacional, mais recursos nos bancos públicos. Ele alega que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) já recusou crédito à fornecedora da Petrobras, o que seria “indicador claro da necessidade de criteriosa reanálise de toda a viabilidade econômico-financeira da Sete Brasil”.

  17. Vilmar / Post Author

    Lava Jato
    Cunhada de Vaccari, ex-tesoureiro do PT, se entrega à polícia no PR

    http://click.uol.com.br/?rf=m_home-uol-manchete-1_destaque&u=http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/folha-online/brasil/2015/04/17/cunhada-de-joao-vaccari-neto-se-entrega-a-policia-federal.htm

  18. Vilmar / Post Author

    PIZZA COM RATOS, KKKKK, CHEGA DE CIRCO NESTE PAÍS!!!!!

    CPI TUMULTUADA
    Ratos na CPI fazem Cunha demitir servidor; veja o que aconteceu na Comissão com Vaccari
    http://www.infomoney.com.br/petrobras/noticia/3970165/ratos-cpi-fazem-cunha-demitir-servidor-veja-que-aconteceu-comissao
    ratos na cpi da petrobras

    1. Vilmar / Post Author

      CPI DA PETROBRAS
      Viúva desconfia que Janene esteja vivo e CPI da Petrobras pode pedir exumação, diz Veja

      exumação de adibe jatene
      http://www.infomoney.com.br/petrobras/noticia/4054228/viuva-desconfia-que-janene-esteja-vivo-cpi-petrobras-pode-pedir

  19. Vilmar / Post Author

    JOÃO VACARI NETO DANDO SHOW NA CPI, PIZZA RULES!!

    PALHAÇADA, FINANCIAMENTO PÚBLICO JÁ, MESMA VERBA PARA TODO MUNDO, EXTINÇÃO DE 90% DOS PARTIDOS!!

  20. Vilmar / Post Author

    OAS é terceira empreiteira a pedir recuperação judicial após Lava Jato – Economia – Estadão
    http://economia.estadao.com.br/noticias/negocios,oas-e-terceira-empreiteira-a-pedir-recuperacao-judicial-apos-lava-jato,1661499

  21. Vilmar / Post Author

    Contratação de empresa de auditoria independente para os exercícios sociais de 2015 e 2016

    Rio de Janeiro, 2 de março de 2015 – Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras informa que seu Conselho de Administração, em reunião realizada no dia 27 de fevereiro, aprovou a contratação da PricewaterhouseCoopers Auditores Independentes para prestação de serviços de auditoria contábil nos exercícios sociais de 2015 e 2016.

  22. Vilmar / Post Author

    Pobre governo PT/PMDB/PP, ahuauhauhauh: Governo teme contágio de corte da Petrobras; veja mais 9 notícias no radar – InfoMoney
    Veja mais em: http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/3884688/governo-teme-contagio-corte-petrobras-veja-mais-noticias-radar

  23. Vilmar / Post Author

    pizza à vista ..
    PRESIDENTE DA CÂMARA
    CPI da Petrobras será instalada na próxima quinta, segundo Cunha
    http://www.infomoney.com.br/petrobras/noticia/3876516/cpi-petrobras-sera-instalada-proxima-quinta-feira-segundo-eduardo-cunha

  24. Vilmar / Post Author

    + pizza à vista:
    Eduardo Cunha anuncia criação da nova CPI da Petrobras – InfoMoney
    Veja mais em: http://www.infomoney.com.br/petrobras/noticia/3848781/eduardo-cunha-anuncia-criacao-nova-cpi-petrobras

  25. Kennedy Barbosa Maquine /

    São quase 200 bilhões, a justiça não vai recuperar nem 50 bilhões, corremos o risco do PT comprar nossa Petrobrás, outro numero os companeiros do PT estão querendo alcançar 51 % com as bolsas ai então que eles sempre vão ganhar as eleições. E, sem esquecer estão impondo junto com a mídia vendida uma nova ordem social onde as instituições estão assim como a moral, a ética e valores tradicionais são desmerecidos. O que vale são os paradigmas dos homosexuais, dos negros, das mulheres pobres, dos jovens ou seja de todos q.ue estão recebendo alguma bolsa para votar no PT. Para finalizar a Comissão da verdade serviu para muitas coisas principalmente para colocar os comunistas como heróis. Imaginem comunistas lutaram pela democracia, que ironia só no Brasil

    1. Vilmar / Post Author

      Ironia pura. Mais ironia ainda foi o povo, na sua maioria de acéfalos, dar carta branca pra comuna mor e seus tralhas amestrados desgovernar o país por mais quatro anos.

  26. Vilmar / Post Author

    DILMA 2.0 DESMORALIZADA, FORA FOSTER!!!
    Manutenção de Foster na Petrobras pode ser insustentável
    Presidente da estatal é envolvida em novas denúncias que a ligam ao esquema de corrupção. Oposição cobra demissão dela e aliados acreditam ser esse o melhor caminho para o Planalto
    http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2014/12/13/interna_politica,599171/manutencao-de-foster-na-petrobras-pode-ser-insustentavel.shtml

  27. vilmar /

    Refinaria Pasadena, da Petrobras, pode ter sido alvo de suborno !
    infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/3743652/refinaria-pasadena-petrobras-pode-ter-sido-alvo-suborno-veja-mais

  28. Vilmar / Post Author

    Petrobras é alvo de processo nos EUA e corre o risco de ter ADRs suspensos
    infomoney.com.br/petrobras/noticia/3737997/petrobras-alvo-processo-nos-eua-corre-risco-ter-adrs-suspensos

    1. Vilmar / Post Author

      Ação Judicial nos Estados Unidos

      Rio de Janeiro, 09 de dezembro de 2014, Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras informa que recebeu hoje citação relativa à ação coletiva (class action) movida pelo Sr. Peter Kaltman perante corte nos Estados Unidos (United States District Court, Southern District of New York).

      O autor afirma ser titular de American Depositary Shares (ADSs) da Petrobras e pede para representar todas as pessoas que adquiriram ADSs na Bolsa de Nova Iorque entre 20 de maio de 2010 e 21 de novembro de 2014, alegadamente prejudicadas uma vez que o preço das ADSs da Petrobras teria sofrido desvalorização a partir das recentes denúncias de casos de corrupção. Segundo o autor, a Petrobras teria feito declarações enganosas ao mercado. Com base nessas alegações, requer a condenação da Petrobras ao pagamento de indenização pelas perdas supostamente sofridas.

      A Companhia realizará sua defesa através de escritório de advocacia americano especializado.

      A Petrobras reitera que está colaborando com as investigações conduzidas pelas autoridades públicas.

      Atenciosamente,

      Relacionamento com Investidores.

  29. Vilmar / Post Author

    NYT alerta: crise na Petrobras pode gerar debandada de capitais do Brasil
    infomoney.com.br/petrobras/noticia/3697698/nyt-alerta-crise-petrobras-pode-gerar-debandada-capitais-brasil

    1. Vilmar / Post Author

      Petrobras está fazedo a limpa, dever de casa:

      petrobras

      Petrobras demite altos executivos de Engenharia após escândalos, diz Folha
      infomoney.com.br/petrobras/noticia/3704130/petrobras-demite-altos-executivos-engenharia-apos-escandalos-diz-folha

  30. Vilmar / Post Author

    BREAKING NEWS:
    Graça Foster destaca 60 medidas para melhorar governança da Petrobras

    http://www.infomoney.com.br/petrobras/noticia/3698544/graca-foster-destaca-medidas-para-melhorar-governanca-petrobras-acompanhe

  31. Vilmar / Post Author

    NEWS FROM PETROLÃO:

    Petrobras confirma que não divulgará resultado amanhã e estipula novo prazo
    infomoney.com.br/petrobras/noticia/3694384/petrobras-confirma-que-nao-divulgara-resultado-amanha-estipula-novo-prazo

  32. vilmar /

    Caso Petrobras »
    CGU determina abertura de processo contra SBM Offshore
    http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/politica/2014/11/12/interna_politica,542468/cgu-determina-abertura-de-processo-contra-sbm-offshore.shtml

  33. Vilmar / Post Author

    Os escândalos da esquerda: o mensalão e o petrolão

    http://direitacentroesquerda.blogspot.com.br/2014/11/os-escandalos-da-esquerda-o-mensalao-e.html

    1. Vilmar / Post Author

      11h31: Petrobras (PETR3, R$ 13,63, -1,02%; PETR4, R$ 14,10, -1,19%)
      As ações da Petrobras caem hoje em meio à notícia publicada no Financial Times de que o Departamento de Justiça dos Estados Unidos e a SEC (Securities and Exchange Commission), que regula o mercado de capitais americano, investigam a empresa e seus funcionários sobre o suposto esquema de pagamento de propinas.
      m.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/3685106/petrobras-cai-mais-gafisa-sobe-apos-prejuizo-osx-dispara-quase

      1. Vilmar / Post Author

        MICHEL TEMER 2018, EU ACREDITO!
        VOLTA CENTRO PRO PODER!!

        http://direitacentroesquerda.blogspot.com.br/2014/11/michel-temer-2018-eu-acredito.html

Leave a Reply

CAPTCHA *