‘Micos’ Articles at Defenda Seu Dinheiro, Page 2

Browsing Tag: Micos

    A lenda dos macacos e a Oi

    12 de janeiro de 2015

    Qualquer semelhança entre Oi (Brasil Telecom + Telemar + Portugal Telecom + dinheiro do BNDES) ou qualquer outra empresa de grupos como EBX com a “A lenda dos macacos e o mercado de ações” não será mera coincidência.

    Vale a pena relembrar:

    Num vilarejo, apareceu um homem anunciando aos aldeões que compraria macacos por $10 cada. Os aldeões sabendo que haviam muitos macacos na região foram à floresta e iniciaram a caça aos macacos.

    O homem comprou centenas de macacos a $10 e então os aldeões diminuíram seu esforço na caça. Aí, o homem anunciou que agora pagaria $20 por cada macaco e os aldeões renovaram seus esforços e foram novamente à caça.

    Logo, os macacos foram escasseando cada vez mais e os aldeões foram desistindo da busca. A oferta aumentou para $25 e a quantidade de macacos ficou tão pequena que já não havia mais interesse na caça.

    O homem então anunciou que agora compraria cada macaco por $50!
    Entretanto, como iria à cidade grande, deixaria seu assistente cuidando da compra dos macacos.

    Na ausência do homem, seu assistente disse aos aldeões:
    – Olhe todos estes macacos na jaula que o homem comprou. Eu posso vender por $35 a vocês e quando o homem retornar da cidade, vocês podem vender-lhe por $50 cada.

    Os aldeões, espertos, pegaram todas as suas economias e compraram todos os macacos do assistente. E desse dia em diante, eles nunca mais viram o homem ou seu assistente, somente macacos por todos os lados. *

    *Eis como uma lenda de macacos explica o funcionamento do mercado de ações !!!
    forum.infomoney.com.br/viewtopic.php?f=4&t=10572

    macaco_prego_g

    Veja também:

  • Oi: Brasil Telecom, Telemar e Portugal Telecom, das fusões ao pó?
  • A armadilha dos micos
  • Piada do dia: Oi, Tim, Vivo e Claro
  •  

    Até o próximo post.

    Vídeo: Cemitério dos Malandros – Recuperar Prejuízo

    27 de outubro de 2013

    Existem vários “filmes” (vídeos) sobre o cemitério dos malandros* em operações daytrade, opções a seco, mercado a termo, mercado futuro, micos e operações fortemente alavancadas na bolsa de valores, onde arrisca-se muito para tentar ganhar-se muito.

    No geral, a grande maioria que corre um risco desmensurado, ou seja, sem o devido controle de risco e estratégia vai parar no cemitério do malandro. Principalmente ao se tentar recuperar prejuízo, onde a cada perda forte, dobram-se as apostas na expectativa de recuperar-se o mais rápido possível. Enfim, quem sofre muito disto são os que tratam a bolsa de valores como um jogo, como um cassino, um lugar para se tentar a sorte e ficar rico da noite para o dia de forma simples e fácil. Este comportamento não se aplica somente à bolsa de valores, mas também a outras modalidades investimentos no mercado financeiro.

    Segue um vídeo interessante do irmão do Bastter, o Predador, que costuma falar muito sobre esse assunto:

    .*Cemitério do malandro é o local fictício para onde vão aqueles que correm riscos no mercado financeiro de forma errônea. Ao perderem muito dinheiro, começam a correr ainda mais riscos para recuperar o prejuízo, onde muitos acabam quebrando

    caveira no cemitério dos malandros das opções a seco

    Veja também:

    Controle emocional no mercado financeiro

    Até o próximo post.

    O que são ações Small Caps?

    24 de junho de 2013

    Para quem nunca ouviu falar das ações small caps, deve ler com atenção:
    – Quem investe na bolsa de valores, ou mesmo quem apenas acompanha, já deve ter notado que as ações de empresas grandes, como Petrobras (PETR4) e Vale (VALE5) costumam ser escolhas comuns entre os investidores e especuladores. Afinal de contas são empresas grandes, financeiramente estáveis e robustas, o que faz com que seja menor o risco de uma queda muito grande nos preços de suas ações, mas a probabilidade de um rápido e alto ganho também é remota.
    E quanto as empresas pequenas?
    No lado oposto das grandes empresas (Large Caps) estão as pequenas do mercado, as empresas Small Caps.
    Estas empresas podem ter um futuro brilhante pela frente: com alto crescimento e ótimo retorno aos seus acionistas. Desta forma, investir em suas ações seria uma boa estratégia se for aliado a muito potencial de crescimento, o que daria muito espaço para se ganhar bastante dinheiro.

    Suponha que a companhia escolhida não corresponda às expectativas de crescimento? E se as ações caírem drasticamente?
    Nesse caso você perderia dinheiro…
    Para evitar que isso aconteça, compensa entender melhor os riscos associados à uma ação Small Cap antes de realizar seu investimento ou mesmo especulação.

    Veja os riscos inerentes a tal tipo de investimento no artigo abaixo:
    5 Riscos das Ações Small Caps

    Confira também:

    Até o próximo post.

    Exame: Vale a pena comprar ações que custam centavos?

    26 de maio de 2013

    A resposta para esta pergunta é simples e fácil: NÃO!
    Exceto se o investidor souber especular, aí tanto faz o tipo de ativo que ele vai operar.
    “Jogo é chance cega enquanto especular (do latin speculari) é ponderar; examinar com atenção; averiguar; observar; indagar, pesquisar; raciocinar; refletir.”
    José Ulpiano de Almeida Prado
    http://defendaseudinheiro.com.br/frases-e-pensamentos-parte-7

    Quem especula deve traçar um plano de trade, pontos de entrada e saída, de acordo com a estratégia e controle de risco.
    Agora se entrou no ativo de centavinhos com base na “dica quente”, viu o seu capital diminuir cada vez mais por que não sabia o que estava fazendo, foi levado pela ganância do lucro fácil e aí resolveu “deixar para LP (Longo Prazo)”, o negócio é fazer como diz o Bastter e seu vídeo Vamos Parar de Palhaçada!!!, vai escrever 5.000 vezes que nem no colégio: – Eu errei, eu errei, eu errei…..; e bola pra frente. Recuperar o prejuízo em outros ativos, quiçá outros mercados.
    Quem não sabe brincar, não desce pro play!

    Vale a pena conferir a matéria:

    Ações | 26/05/2013 09:00
    Vale a pena comprar ações que custam centavos?
    Internauta quer saber se, para quem não tem grande volume para investir todo mês, vale mais a pena se voltar para as empresas cujas ações custam alguns centavos

    PERGUNTA:
    Empresas cujas ações custam centavos podem estar em dificuldade financeira, diz especialista
    Dúvida do internauta: Disponho de cerca de 200 reais por mês para aplicar. Vale a pena comprar ações de empresas que, no momento, custam centavos? Ou é melhor recorrer a um fundo de investimentos?

    RESPOSTA:
    Empresas que custam centavos normalmente estão em dificuldades financeiras. Você até pode fazer isso mas o risco é muito grande. Pode ser que essa empresa se recupere e você venha ter um belo de um ganho. Eu só aconselho a entrar quem tem muito sangue frio. O ideal é que você guarde todo mês esses 200 reais e, quando tiver um montante de pelo menos 1.500 reais, que você faça a sua primeira compra no mercado de renda variável.
    exame.abril.com.br/seu-dinheiro/dicas-de-especialista-para-seu-dinheiro/noticias/vale-a-pena-comprar-acoes-que-custam-centavos

    Confira também:

    Até o próximo post.

    Vídeo: A Tara por Ações de Empresas Falidas

    4 de abril de 2013

    Mais um ótimo vídeo do Bastter onde é mostrado de forma clara o descompasso do investidor para buscar empresas “baratinhas” na bolsa de valores, olhando só o preço, esquecendo-se de verificar o valor. Muitas destas empresas “baratas” são falidas ou estão em processo falimentar.

    Para especulação vale qualquer ativo, basta ter ponto de entrada e saída, no lucro ou no prejuízo, pronto e acabou. Não vai casar com o ativo. Para o especulador é essencial: usar stop sempre!!!

    Leia também:

    Assista ao vídeo:

    Até o próximo post.

    Vídeo: MILK11 – Vamos Parar de Palhaçada!!!

    7 de março de 2013

    Mais um belo vídeo do Bastter onde é mostrado com muita lucidez o que é um bad looser (mal perdedor) no mercado, no caso, “investidores” da empresa Laep. Pior que tem muito looser no meio que tentou ludibriar outros investidores, assim como os controladores desta péssima empresa, fundamentos ruins, que só dá prejuízo, problemas jurídicos, um típico mico na bolsa de valores, e pior, BDR(Brazilian Depositary Receipts), está em outro país sua sede, não está sob as regras exatas de outras empresas listadas e sediadas no Brasil como Vale, Petrobrás, Banco do Brasil, Eletrobrás, Itaú, etc… Eles se deram mal. Infelizmente teve incauto ganancioso neste meio que se deu mal também, logo, que isto lhe sirva de lição para não entrar em outras frias(investimento ruim) como esta.

    Perdeu e está perdido, ora de sacudir a poeira e dar a volta por cima. Montem estratégias e controles de risco para entrar e sair destes tipos de ativos na hora certa. Se o stop falhou, venda a mercado. O ser humano realiza um lucro pequeno, mas tem muita dificuldade em realizar um prejuízo pequeno, e quanto mais adia, ele só vai aumentando mais e mais.

    Muitos outros micos pregaram destas peças em seus “investidores” (especuladores com estratégia ruim) como MNDL3/MDNL4(não é mais listada), TELB3/TELB4, GAZO4, AGEN11, VAGV3/VAGV4, etc., a lista é enorme. Consulte outras:
    Critérios de classificação das ações de 5ª linha (micos)

    Consultem também:

    Assisti ao vídeo:

    Até o próximo post.

    A armadilha dos micos

    1 de março de 2013

    Qual a explicação para tantas pessoas caírem nesta armadilha dos micos (ativos de empresas ruins, em má situação financeira, jurídica, que não dão lucros, só dão prejuízos, estão falidas ou a beira da falência, liquidez pífia, etc…) ?
    Não se vê outra resposta que não seja ganância desenfreada aliada à desinformação. Os incautos na sede de fazer dinheiro rápido são vítimas fáceis para alimentar este ciclo vicioso. Compram ativos ruins na base da “dica quente”, de vez em quando dão sorte e saem com bom lucro antes da festa acabar, mas na maioria das vezes ficam agarrados ao mico na ilusão de que um dia voltará naquele preço absurdo, alto, surreal, que pagaram após valorizações estratosféricas.

    A dor seria muito menor se operassem ativos com data de vencimento prévia como contratos futuros, opções, commodities, termo, etc..

    E não só na bolsa de valores vemos estes casos de investidores sendo lesados. Vários golpes/fraudes já ocorreram como por exemplo boi gordo, avestruz master, bolsa do rio, Enrol, Encol, pirâmides diversas (Madoff, “Madoff Mineiro”, etc…).
    A tática dos fraudadores sempre é a mesma, eles te fazem pensar que está tendo vantagem, que você vai ganhar e ele vai perder.
    Quem assistiu o seriado Lost, personagem Sawyer, cansou de ver isto em seus flashbacks.

    Tem um ditado que diz: “Todo dia saem de casa um trouxa e um esperto. Fatalmente eles vão se encontrar e farão negócio”. Se não era exatamente estes os dizeres, era algo por aí, fica parafraseado então.

    Alguns casos de micos na bolsa de valores são emblemáticos como o da Laep (MILK11) e Mundial (MNDL3, na época da armadilha tinha também o ativo MNDL4).

    A Laep foi “matando” aos poucos a esperança dos investidores de que um dia o ativo voltaria ao preço pago ou até mesmo venderiam com lucro. E teve vários agrupamentos desta ação, na tentativa do controlador diminuir a liquidez do ativo, assim reduzir as quedas na cotação e diminuir o ataque especulativo na venda.
    Até associação de minoritários lesados pelas perdas com a ação criaram.

    A Mundial teve até gente grande sendo investigada, como corretora de valores, saiu muita reportagem na época e até hoje saem algumas. Virou caso de polícia. Assim como na Laep e em outros ativos com características de mico, este ativo subiu muito em curto espaço de tempo.
    Só que a Mundial não deixou os pequenos investidores sofrendo muito tempo, a queda foi vertiginosa, de alguns reais que subiu em meses, ela voltou em poucos dias para casa de centavos. Inclusive faltou ativo para alugar e operar vendido, tamanho foi o ataque especulativo na venda.
    Na época saiu até vídeos sobre o assunto no youtube feitos pelo Bastter. Será citado links para ver vídeos no final deste post.

    Sempre vale lembrar, ninguém obriga você a apertar a boleta de compra e/ou de venda. O único e exclusivo responsável pelo seu sucesso é você mesmo.

    Enfim, este é assunto muito debatido, principalmente na internet, onde você encontrá muita informação útil para não cair nesta cilada.
    Quem for especular nestes ativos tem que saber o que está fazendo. Os pontos de entrada e saída tem que ser muito claro. A estratégia e controle de risco tem que ser apurados para que depois não fiquem chorando o leite derramado, fazendo protesto, colocando a culpa em Deus e no mundo por que você se equivocou e perdeu dinheiro.
    Os órgãos competentes do Brasil e de outros países até investigam e tentam coibir estes tipos de fraudes para proteger os investidores, mas os fraudadores estão sempre inovando, criando novos métodos e buscando sair um passo a frente deles.

    macaco_prego_g

    Recomenda-se ver também:

    Até o próximo post.