‘ELET3’ Articles at Defenda Seu Dinheiro

Browsing Tag: ELET3

    Geral

    A Eletrobras vai falir?

    18 de Maio de 2016

    Em 22/11/2012, o então presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim, dizia:
    – “Ninguém vai deixar a Eletrobras falir”.
    Já estamos em 2016, será possível evitar isto? Vai ter “privataria”? Será a primeira do presidente interino Michel Temer?

    Hoje, 18/05/2016, a negociação dos papéis da Eletrobras na bolsa de NY é suspensa devido à empresa não ter enviado balanço auditado de 2014 às autoridades americanas. Tal balanço não mensura dano por irregularidades referentes à Lava Jato.

    Este impasse existe graças à KPMG, empresa de auditoria que precisa aprovar o balanço financeiro da estatal antes de ele ser enviado, recusar a assinatura do documento porque ele não mensura o dano causado à estatal por irregularidades investigadas pela Operação Lava Jato.

    Em 3 dias a Eletrobras desaba 20% na bolsa de valores de São Paulo.
    Eletrobras

    Vale destacar do link acima que ainda não existe um valor definitivo que deverá ser pago caso a Eletrobras acabe saindo da Bolsa de Nova York, mas uma coisa é certa: as contas públicas serão bastante prejudicadas. O ministro do planejamento, o senador Romero Jucá, afirmou nesta semana que o passivo da companhia pode acabar tendo que ser incluído no resultado fiscal, aumentando o rombo previsto para o ano de 2016.

    Segundo ele, no cenário mais pessimista, o impacto seria de R$ 40 bilhões, mas os técnicos da área econômica acreditam que o número mais provável seja em torno de R$ 15 bilhões. Caso isso ocorra, o déficit primário do governo central (que abrange os números do Tesouro, da Previdência e do Banco Central) vai superar as previsões mais pessimistas até agora, que apontam um rombo de R$ 125 bilhões.

    Até mais e boa sorte aos acionistas desta estatal.

    Geral

    Mais dividendos em 2016

    30 de janeiro de 2016

    Conforme um estudo que foi publicado recentemente no portal Exame, o investidor pode conferir algumas estimativas de empresas que devem pagar bons dividendos neste novo ano de recessão brasileira.

    Não custa nada conferir a lista. Segue abaixo:

    homem-passando-em-frente-agencia-bb

    – Banco do Brasil (BBAS3);
    – Petrobras (PETR4);
    – Vale (VALE5);
    – Gerdau Metalúrgica (GOAU4);
    – Bradespar (BRAP4);
    – Eletrobras (ELET3);
    – Mills (MILS3);
    – Banco Banrisul (BRSR6);
    – Alupar (ALUP11);
    – Taesa (TAEE11);
    – Cesp (CESP6);
    – Direcional (DIRR3);
    – Eletrobras (ELET6);
    – Cemig (CMIG4);
    – AES Tietê (GETI4);
    – CSN (CSNA3);
    – Via Varejo (VVAR11);
    – Ecorodovias (ECOR3);
    – Vale (VALE3);
    – Copel (CPLE6);

    Leia mais:

    As ações que vão pagar mais dividendos em 2016
    As maiores fatias do bolo

    Até mais.

    Geral

    Eletrobrás x Eletropaulo, qual o melhor investimento elétrico?

    23 de Maio de 2013

    Eletrobrás x Eletropaulo, qual seria o melhor investimento no setor elétrico comparando as ações destas empresas? Dispensando as ordinárias e comparando as preferenciais que tem melhor DY*.
    Ambas empresas sofreram com últimas mudanças no setor, principalmente as inerentes à revisão tarifária, feitas pela Sra. Presidenta Dilma e sua equipe de governo.
    *Dividend Yield: Dividendo pago por ação dividido pelo preço da ação. É o rendimento gerado para o dono da ação pelo pagamento de dividendos.

    Olhando para alguns quesitos como Tipo de Gestão, Lucro, Endividamento e Preço da Ação, temos:

    ELET6
    Gestão Pública e Presença Nacional

    Lucro Líquido
    -35.800.000

    Dív. Líquida
    11.996.700.000

    Cotação
    10,85

     

    ELPL4
    Gestão Privada e Presença no Estado de São Paulo

    Lucro Líquido
    -818.000

    Dív. Líquida
    1.876.290.000

    Cotação
    8,32

    Dados do site http://www.fundamentus.com.br

     

    Deixando o preconceito de lado onde se pensa muitas vezes “Se hay gobierno, soy contra”, pois gestões boas e ruins existem tanto no público como no privado, mesmo assim fica difícil decidir qual seria a melhor de ambas ou até se não seria melhor ficar com um pé lá e outro cá, ou seja, diversificar investimentos no setor elétrico em ambas empresas e até em outras mais conforme a área de atuação das mesmas.
    As “promoções elétricas” estão aí, claro, não podemos nos esquecer: “Não existe nada barato hoje que não possa estar mais barato amanhã!”.

    E a Eletrobrás ainda tem a vantagem de ter maior simpatia do nosso governo com viés socialista que prima o público ao privado.

    Veja também:

     

    Até o próximo post.