‘Wall Street – O Dinheiro Nunca Dorme’ Articles at Defenda Seu Dinheiro

Browsing Tag: Wall Street – O Dinheiro Nunca Dorme

    Convidados, Filmes

    4 personagens de filmes que todo investidor deve conhecer

    22 de agosto de 2016

    A arte imita a vida e é por isso que conseguimos encontrar em representações artísticas várias associações com o mundo real. No cinema, por exemplo, isso acontece com muita frequência. Tanto é que já estamos acostumados a assistir inúmeras hipérboles do nosso cotidiano.

    Em se tratando de investimentos na Bolsa de Valores, temos uma grande gama de produtos cinematográficos retratando esse universo. Para aqueles investidores que também são grandes apreciadores da sétima arte, construímos uma lista de 4 personagens inseridos no mercado de ações que todo investidor deve conhecer:

    Michael Burry – A Grande Aposta (2015)

    Interpretado por Christian Bale, o personagem Michael Burry é um gestor de fundos que decide investir o dinheiro que coordena apostando que o mercado imobiliário iria quebrar. O filme, que é inspirado em fatos reais, explicita todo o processo que Michael passou desde o momento que decidiu apostar na crise imobiliária, até quando, de fato, ela ocorreu.

    O personagem questiona a segurança do mercado imobiliário e inicia uma investigação para entender a situação das hipotecas presentes nos títulos que os bancos vendiam na época. Dessa forma, ele descobre que o mercado era vendido como estável e seguro, enquanto esses títulos estavam misturados com créditos de alto risco.

    Com isso, ele fez uma aposta: criou os derivativos de crédito dessas hipotecas, o que valia como um se fosse um seguro de inadimplência dos créditos concedidos. Assim, enquanto as pessoas não estavam conseguindo pagar suas hipotecas, ele ganhava dinheiro do banco que concedeu o empréstimo. Portanto, Burry conseguiu antecipar a bolha imobiliária por meio de uma apurada observação do mercado, e conseguiu realizar estrondosos lucros a partir disso.

    Seth Bregman – O Dia Antes do Fim (2011)

    Seth Bregman é um corretor júnior, que trabalha em um grande banco de investimentos em Wall Street. Quando o banco em questão está em apuros e precisando fazer um corte drástico de pessoal, Seth vê seu chefe, Eric Dale, sendo demitido.

    Eric por sua vez, estava trabalhando em um importante arquivo, e consegue entregá-lo em pendrive, minutos antes de deixar o prédio de vez, para Peter, que é amigo de Seth.

    A partir disso, eles descobrem que o arquivo se trata de uma análise de volatilidade da empresa, apontando que o limite de risco havia sido ultrapassado, indicando que a  instituição estava muito próxima da falência. Eles convocam, então, uma reunião de emergência com diversas personalidades importantes da empresa, dentre elas seu dono.

    As decisões que vieram depois disso foram pautadas no entendimento de que a bolha estava prestes a explodir. E, enquanto os executivos tentam pensar em um plano de ação para controlar os danos, durante as 36 horas “antes do fim”  Seth tenta descobrir quanto cada um dos presentes na reunião ganha anualmente. O enredo do filme nos leva a uma reflexão acerca da saturação do mercado com papéis podres, o que acabou lesando o sistema financeiro.

    Jordan Belfort – O Lobo de Wall Street (2013)

    É impossível falar de mercado financeiro no cinema sem citar Jordan Belfort. O personagem, interpretado por Leonardo DiCaprio, que inicia sua jornada em uma grande corretora, mas que após a chamada “segunda-feira negra” se vê sem trabalho em Wall Street.

    Procurando por alternativas para se manter, ele acaba aceitando um emprego para negociar papéis de menor valor, que não estão na bolsa de valores.

    Depois dessa experiência, Belfort acaba decidindo abrir sua própria empresa, Stratton Oakmont, em parceria com um amigo. Em pouco tempo, a dupla consegue tornar a empresa bilionária. A partir daí, o personagem começa a entrar para uma vida de luxo e drogas, financiando grandes eventos particulares, se relacionando com prostitutas e fazendo extravagâncias.

    Contudo, dentro de sua empresa, Belfort conseguia lucrar quantias estratosféricas em questão de segundos, mas nem sempre seguia preceitos éticos e legais. Por isso, sua empresa começa a ser alvo de uma grande investigação e o filme retrata Jordan tentando fugir da situação para preservar seu dinheiro de alguma forma.

    Gordon Gekko – Wall Street (1987)

    investimentos-personagens-filmes-Gordon-Gekko

    Provavelmente você já conhece Gordon Gekko ou alguma de suas famosas frases. Retratado tanto no filme Wall Street, quanto em Wall Street: o Dinheiro Nunca Dorme, Gekko é um milionário cético e ganancioso, que faria qualquer coisa por dinheiro. O magnata, responsável por imortalizar a frase “A ganância é boa”, se tornou um símbolo de falta de escrúpulos no mercado financeiro.

    O primeiro filme, retrata um jovem corretor, Buddy Fox, que idolatra Gordon e sonha em conhecê-lo. Ao passo que Fox vai adquirindo o estilo de vida que tanto admirava e percebendo o alto preço da sua ascensão social, nós espectadores temos a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre Gordon Gekko.

    Apesar de caricatos, as características identificadas nesses personagens estão presentes no mercado financeiro. Desses filmes é possível tirar lições, como a  importância de se manter centrado para conseguir cuidar do seu dinheiro e não se deixar levar pelas circunstâncias.

    E você, já conhecia esses personagens? Tem outras indicações para a lista? Mande sua sugestão nos comentários!

    Filmes

    Dicas de filmes, documentários e vídeos – parte 4

    8 de abril de 2013

    Vamos para a parte 4 desta de série de posts onde compartilharmos dicas de filmes, vídeos e documentários ligados ao mercado financeiro, bolsa de valores, investimentos, finanças pessoais, macroeconomia, contábeis, questões político-econômicas, e assuntos relacionados.

    1. Wall Street – O Dinheiro Nunca Dorme
      (Wall Street 2: Money Never Sleeps – 2010)

      Gostei deste filme. É muito bom e bem diferente do primeiro, outro contexto, filme mais lento, tranquilo, o primeiro foi mais agitado ao meu ver, mas gostei de ambos filmes, cada um com seu foco.
      O melhor deste filme foi ver o FED fazendo a reunião para decidir sobre o bailout (resgate) dos bancos para evitar a quebradeira generalizada nos EUA quando estavam para despejar quase uma “trilha de doletas” no mercado, a estatização dos bancos norte-americanos. Para os capitalistas extremistas, foi quase a morte este momento dark da história estadunidense, o socialismo bateu à porta.
      Vale a pena assistir sem sombra de dúvidas.

      Sinopse:
      Jacob “Jake” Moore (Shia LaBeouf) é um novato corretor da Bolsa de Valores norte-americana, que está namorando Winnie (Carey Mulligan), a filha de Gordon Gekko (Michael Douglas). Jake acredita que seu chefe, Bretton James (Josh Brolin), teve alguma ligação com a morte de seu mentor. Gekko decide, então, ajudar o jovem Jake em seus planos de vingança.
      Fonte: http://www.interfilmes.com/filme_22371_Wall.Street.O.Dinheiro.Nunca.Dorme-(Wall.Street.2.Money.Never.Sleeps).html

    2. Cartas na Mesa
      (Rounders)

      Um amigo me recomentou este filme que não necessariamente é de mercado financeiro, mas assim como o filme “Quebrando a banca” tem como temática o jogo, a ganância, a busca frenética para por fim a um prejuízo e sair no lucro.
      Eu assisti e gostei. Vale a pena conferir!

      Sinopse:
      Mike (Matt Damon) é um talentoso jogador de cartas que perdeu o dinheiro que pagaria seus estudos no jogo. Decide afastar-se das mesas de jogo e arranjar um emprego de verdade. Mas um amigo (Edward Norton) sai da prisão, necessitando de dinheiro, e ele volta à jogatina, tentando uma cartada final contra o oponente que levou seu dinheiro.

      Fonte: http://www.interfilmes.com/filme_12837_cartas.na.mesa.html

    3. Sem sentido

      É um outro filme parecido com o “À Procura da Felicidade” que mostra a virada na vida de uma pessoa comum superando todos os contra-tempos para se tornar um operador de mercado financeiro ganhando muito bem por isto. A maior diferença entre ambos filmes é que o pano de fundo do “À Procura da Felicidade” ser um drama e o “Sem sentido” ser uma comédia.

      Vale a pena verificar a superação do protagonista, e claro, dar muitas risadas, hehehe =D !

      Sinopse:
      Darryl Witherspoon (Marlon Wayans) é um jovem que precisa ao mesmo tempo cursar sua faculdade – e dar um jeito de pagá-la – e ainda cuidar de sua mãe e seus irmãos mais novos. Para conseguir dinheiro Darryl pega todo tipo de serviço possível, que ocupam praticamente todo o seu tempo. Quando Darryl vê um anúncio convocando voluntários para uma experiência científica, que serão pagos por sua participação, ele não pensa duas vezes e se inscreve. Porém o que ele não esperava era que o soro testado nele fizesse com que seus sentidos ficassem superaguçados, causando as mais diversas confusões.
      Título original
      Senseless
      Curiosidades

      Distribuidor

      Bilheterias Brasil

      Ano de produção
      1998
      Orçamento

      Data de lançamento em VOD

      Relançamento

      Lançamento do DVD

      Língua
      Inglês
      Lançamento do Blu-ray

      Formato de produção
      35 mm
      Cor
      Colorido
      Formato de áudio
      SDDS
      Tipo de filme
      longa-metragem
      Formato de projeção
      1.85 : 1

      Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-20325/

    Até o próximo post.