‘Pirâmide Financeira’ Articles at Defenda Seu Dinheiro, Page 2

Browsing Tag: pirâmide financeira

    Convidados

    [BITFRAUDE BREAKINGNEWS] Polícia prende envolvidos em esquema pirâmide financeira Kriptacoin

    21 de setembro de 2017

    chega de fraude bitcoin - Kriptacoin: polícia prende envolvidos em esquema pirâmide financeira com moeda digital

    A Justiça de Defesa do Consumidor do Distrito Federal informou que as fraudes podem gerar prejuízo a 40 mil de pobres incautos gananciosos investidores!!

    A Polícia Civil do Distrito Federal e o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios deflagraram nesta quinta-feira (21) a Operação Patrick, contra a empresa Wall Street Corporate, investigada por suposto esquema de organização criminosa, estelionato, lavagem de dinheiro, uso de documentos falsos e por crime de pirâmide financeira por meio do uso da moeda digital Kriptacoin.

    Nesta manhã forma cumpridos 13 mandados de prisão preventiva e 18 de busca e apreensão no Distrito Federal, Águas Lindas e em Goiânia. Por meio do Twitter, a Polícia Civil informou que o esquema pode ter movimentado R$ 250 milhões. Até às 11h, 11 suspeitos já haviam sido presos em Brasília, além de sete carros de luxo terem sido apreendidos e colocados no estacionamento do Departamento de Polícia Especializada.

    A 1ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor (Prodecon), do MPDFT informou que as fraudes podem gerar prejuízo a 40 mil investidores, que eram convencidos a aplicar dinheiro na moeda digital. A organização criminosa atuava por meio de laranjas, com nomes e documentos falsos.

    Segundo as investigações, o esquema teve início no fim de 2016 e ganhou força a partir de janeiro deste ano. Nele, os integrantes da organização se passavam por executivos e prometiam altos rendimentos com o negócio, com ganho de 1% ao dia sobre uma moeda virtual falsa.

    Quanto mais investidores fossem recrutados para participar do negócio, maior a promessa de ganhos, com bônus de 10% por pessoa cooptada. Assim, o lucro crescia proporcionalmente à quantidade de aplicações feitas na cadeia. O problema é que tudo não se passava de um golpe.

    No programa “Mundo Bitcoin” da última terça-feira (19), o diretor de operações da FoxBit, Guto Schiavon, ao responder perguntas dos leitores, comentou sobre algumas moedas, incluindo a Kriptacoin, já alertando que não era um esquema muito confiável. Além disso, ele falou sobre o que é preciso ficar atento para evitar cair em golpes como esse.

    Leia também:

    Moeda rival da bitcoin passou de US$ 319 para 10 centavos em segundos com ordem de venda multimilionária

    Até o próximo post.

    Convidados

    Seu Dinheiro: Saiba reconhecer o golpe da pirâmide financeira

    16 de agosto de 2017

    Pirâmide financeira baiana: D9 Clube

    Aprenda a reconhecer o golpe da pirâmide financeira. Várias estão disfarçadas de marketing multinível (MMN).

    >Empresas fictícias prometem ganho de dinheiro fácil e rápido com a venda de produtos e serviços. Veja como não cair nesse golpe” width=”864″ height=”400″ class=”alignnone size-full wp-image-7233″ /></p>
<p><a href=Apostando no zero – documentário 2016

    A promessa é sempre a mesma: ganhar dinheiro fácil e rápido com a venda de um produto ou serviço. Quanto mais pessoas você levar ao grupo, mais dinheiro ganhará – mas, para isso, deve pagar uma taxa de adesão e uma mensalidade.

    Cuidado com pirâmide financeira Revolutyon TagPoint

    Foi o que ouviu um consultor de seguros de São Paulo quando recebeu uma proposta de amigos para vender rastreadores de veículos. “A rede fazia saltar os olhos. Via todos eles ganhando dinheiro e até carro. Entrei e levei dez amigos comigo”, conta.

    Cuidado com pirâmide financeira Mandala da Prosperidade

    Na esperança de ganhar uma renda extra sem muito esforço, o consultor investiu 3 mil reais, até que o Ministério Público interrompeu a operação da empresa fictícia por crimes de estelionato e fraude – e ele saiu sem nem sequer reaver o valor investido. “Não adianta se iludir. Não existe dinheiro fácil”, diz.

    Golpe antigo, as pirâmides financeiras são falsas empresas que nem sempre vendem produtos ou prestam serviços. O que movimenta seus negócios é a adesão de participantes a um grupo, cuja única finalidade é arrecadar dinheiro para seus líderes.

    Esse tipo de operação é ilegal e pode fazer você ficar no prejuízo, mas ainda é comum e faz brilhar os olhos de muita gente em tempos de desemprego alto.

    Sistema de ajuda mútua é golpe?

    “É muito difícil combater essas pirâmides, porque elas se reinventam a todo momento. Durante a crise, é ainda mais fácil acreditar na falsa promessa de ter uma renda extra informal de um jeito fácil e rápido”, explica o pesquisador Renato Araújo, da associação de consumidores Proteste.

    Como funciona

    Tudo começa com um convite para fazer parte de uma rede que vende produtos ou serviços, para ganhar uma remuneração alta. Muitas vezes, a apresentação desse grupo acontece por meio do boca a boca, em eventos fechados, onde os líderes da rede captam novos integrantes de forma insistente.

    MMN Speed Dólar é golpe?

    Para fazer parte do grupo, você deve pagar uma taxa de adesão e uma mensalidade. Quanto mais pessoas levar, mais dinheiro receberá em troca. Você recebe por cada integrante que que conseguir captar e pelos convidados dele, daí o conceito de pirâmide. Quem está na parte de baixo trabalha para aumentar os ganhos de quem está no topo.

    MMN Aliança Online é golpe?

    “As pirâmides envolvem produtos ou serviços de baixo valor e de difícil entendimento, sem regras claras de remuneração, e exigem que você invista dinheiro antecipadamente. Elas não se sustentam a longo prazo, porque, para isso, precisariam envolver todas as pessoas do planeta”, explica a economista Ione Amorim, do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec).

    Pirâmides financeiras X Marketing multinível

    Muitas pirâmides financeiras ilegais se apresentam como empresas de marketing multinível. No entanto, esses grupos reais e legalizados vendem produtos com grande demanda no mercado e efetivamente úteis. Os vendedores são remunerados, sobretudo com base nas vendas, embora também possam receber uma comissão sobre a entrada de novos integrantes.

    Questão para reflexão: Hinode é pirâmide financeira?

    Já as pirâmides garantem rendimentos rápidos e acima da média para vendedores de produtos baratos ou serviços de pouca utilidade. Além disso, cobram taxa de adesão e mensalidade para fazer parte da rede.

    MMN Timol é pirâmide financeira?

    Por isso, desconfie de negócios tentadores, mas que exigem algum pagamento antecipado. Suspeite da insistência exagerada para fazer parte de uma “equipe” e de encontros de empresas que não têm uma atividade muito clara. Vale também fazer uma busca na internet para conferir se a empresa tem Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

    Questão para reflexão: Akmos é uma pirâmide financeira?

    “Desconfie de tudo que oferece um ganho muito vantajoso além dos ativos do mercado tradicional”, orienta Ione. É muito difícil recuperar o dinheiro que você pagou para o grupo, pois a Justiça pode considerar você cúmplice do negócio.

    Bandidos no mercado financeiro

    Até o próximo post.

    Convidados

    Pirâmide financeira baiana: D9 Clube

    7 de agosto de 2017

    D9 e MinerWorld: suspeita de operar um esquema de pirâmide financeira

    Na ação, bens como moto aquática e uma Harley Davidson foram apreendidos - Foto: Divulgação | Polícia Civil

    Crime de pirâmide financeira é desmontado em Itabuna

    Um esquema fraudulento que lesou milhares de pessoas e rendeu mais de R$ 200 milhões aos suspeitos foi desmontado no município de Itabuna (a 435 quilômetros de Salvador). A ação conjunta foi realizada pelos departamentos de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) e de Polícia do Interior (Depin). As informações foram divulgadas nesta sexta-feira, 4, pela Polícia Civil.

    Segundo o órgão, uma das ações ocorreu nesta quinta, 3, na sede da empresa conhecida como D9 Clube, na avenida Ruffo Galvão, no Centro de Itabuna. No local, foram apreendidos carros, uma moto aquática, uma motocicleta Harley Davidson, um servidor de internet e um drone.

    A investigação – que teve início na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de Itabuna, com o delegado Humberto Matos – revelou que a quadrilha aplicava um golpe classificado como de cooptação progressiva de pessoas, também conhecido como pirâmide financeira.

    A empresa de fachada D9 Clube era utilizada para comercializar o serviço de treinamento de pessoas em apostas esportivas.

    Conforme a Polícia Civil, para atrair as vítimas, a empresa informava no site oficial e em redes sociais abertas que o percentual de lucro obtido com as realizações das apostas de seus clientes seria de 33% sobre o valor investido, com pagamento semanal durante um ano, e ao final, o valor principal investido seria devolvido.

    Os integrantes da quadrilha vão responder pelos crimes de estelionato, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, pichardismo (que é o crime contra a economia popular), exploração fraudulenta de credulidade pública. Este último crime se diferencia do estelionato porque o número de pessoas é indeterminado.
    fonte de consulta: atarde.uol.com.br/bahia/noticias/1883301-crime-de-piramide-financeira-e-desmontado-em-itabuna

    Vejam também:

    Sistema de ajuda mútua é golpe?

    28/07/17 06:00
    Internautas usam aplicativo PicPay para criar esquemas de pirâmide financeira e aplicar golpes

    04/08/2017 às 20:47
    Jogo para ganhar dinheiro no WhatsApp viraliza e polícia alerta perigo
    Chamado de Giro Solidário, o jogo, que adere a um tipo de ‘pirâmide financeira’, tem atraído adeptos nas redes sociais. Prática pode ser considerada uma contravenção penal, segundo a polícia

    Até o próximo post.

    Filmes

    Netflix: Apostando no zero – documentário 2016

    19 de junho de 2017

    Cuidado com pirâmide financeira Mandala da Prosperidade

    Bill Alckman: aposta contra sucesso da Herbalife. Foto: Netflix/Divulgação

    A garantia de enriquecimento rápido e seguro, as promessas de ascensão social a partir do próprio trabalho e a sensação de pertencimento a um clube de empreendedores bem-sucedidos são ideias vendidas pela Herbalife e rapidamente fulminadas no documentário Betting on zero (em português, Apostando no zero, de 2016), dirigido por Ted Braun (Darfur agora).

    O longa disponibilizado na Netflix desmonta os princípios da multinacional de produtos de nutrição e retrata a empresa como um esquema de pirâmide financeira montado para beneficiar os executivos em detrimento dos funcionários – em especial, os da base, flagrados em situação de vulnerabilidade social.

    O recorte na forma de atuação da empresa permite perceber o ideal de prosperidade vigente na arena financeira de Wall Street, onde a ausência de regulação e a busca por lucro podem extorquir o trabalhador e privilegiar os especuladores do mercado de ações. O panorama é apresentado sob a ótica mercadológica da atuação de um investidor, mas desliza, com boa dose de sinceridade, para as implicações sociais do funcionamento nocivo da Herbalife.

    O bilionário Bill Ackman é o fio condutor do filme. Ele gerencia um fundo de investimentos (Pershing Square Capital) especializado em apostar na falência de empresas em situação duvidosa, prática conhecida como betting on zero, e decide investir contra a multinacional alimentícia. A cruzada para convencer executivos inclui sessões de perguntas e estudos ao lado de uma jornalista com quem escreveu um livro.

    O material de pesquisa sobre a Herbalife constitui o principal ativo do filme. Bill detalha, com base em gráficos, entrevistas, vídeos institucionais e de treinamentos, como a empresa concentra o lucro no recrutamento de supervisores e na transferência direta de dinheiro para os superiores em vez de obter recursos com a venda dos produtos – até três vezes mais caros na comparação com similares do mercado. Os shakes e vitaminas são apresentados como meros instrumentos para viabilizar o repasse, e o modelo se repete entre novos funcionários até se mostrar insustentável.

    Leia mais clicando aqui.

    Questão para reflexão: Hinode é pirâmide financeira?

    Até o próximo post.

    Filmes

    O mago das mentiras – filme 2017

    24 de maio de 2017

    O mago das mentiras, muito bom. Dramalhaço sobre o Bernie Madoff produzido pela HBO.

    Bota os ponzi schemes brasileiros no chinelo. Era esquema de pirâmide bilionário.

    Vale a pena conferir.

    The Wizard of lies

    SINOPSE E DETALHES

    O enredo gira em torno de Bernard Madoff, um ex-consultor financeiro norte-americano que criou uma das maiores empresas de investimentos de Wall Street. Condenado por fraude, ele foi responsável por uma sofisticada operação, nomeada Esquema Ponzi, que é considerada a maior fraude financeira da história dos EUA.
    Título original The Wizard Of Lies
    Distribuidor HBO
    Ano de produção 2017

    Geral

    Riscos de se cair no golpe da pirâmide financeira

    18 de abril de 2017

    O Procon ALMG alerta para os riscos de se cair no golpe da pirâmide financeira. O órgão de defesa do consumidor ressalta que é preciso desconfiar quando se trata de dinheiro fácil!

    Mandala vira febre em Lagoa da Prata e jovens caem em golpe de pirâmide financeira

    O Procon alerta que é preciso ter cuidado ao ser convidado a participar de um desses grupos: pirâmides, mandalas e clubes de ajuda mútua. Você pode ser vítima de um golpe e perder muito dinheiro. Estima-se que, atualmente, há pelo menos 33 “empresas” praticando fraudes desse tipo em todo o Brasil.

    Fuja da pirâmide financeira

    Dois tipos de pessoas são as “presas” mais vulneráveis desse tipo de golpe: 1) quem está em dificuldade financeira, na ânsia de resolver a situação e acaba iludido pelas promessas fantasiosas; 2) aqueles oportunistas que, mesmo em situação econômica confortável, querem lucrar sem fazer esforço. Em ambos os casos, o resultado é prejuízo praticamente garantido!

    O problema é que, ao buscar ajuda dos órgãos de defesa do consumidor, para tentar reaver o valor pago, as vítimas sequer recebem resposta das empresas, que raramente são localizadas. A solução é recorrer ao judiciário e torcer para encontrar os responsáveis pelo golpe.

    Vale dizer que as empresas de vendas diretas, que atuam no sistema chamado “marketing multinível”, muitas vezes, são confundidas com “pirâmides financeiras”. Porém, trata-se de uma atividade legal, com efetiva comercialização de produtos. Além disso, os consumidores não necessariamente precisam se associar como cotistas.

    Saiba como reconhecer uma pirâmide financeira, conforme o Procon da ALMG:

    • Promessa de altos ganhos em pouco tempo: esse é um dos principais atrativos para as vítimas do golpe. Quando a pessoa está em dificuldade financeira ou quer se dar bem sem esforço, ela acaba se deixando levar pela “conversa mole” do “vendedor de sonhos”. Tenha o pé no chão e lembre-se que a forma mais segura de se ganhar dinheiro é trabalhando honestamente
    • Promessa de recompensa por novos membros: você paga sua cota e recruta um número determinado de pessoas, das quais será o líder. Essas pessoas subordinadas a você também têm a tarefa de recrutar outras e assim por diante, de forma que você, em pouco tempo, segundo a promessa, receberá bônus de todos os que estiverem hierarquicamente abaixo. O problema é que só os que estão no topo da pirâmide realmente ganham dinheiro. A grande maioria não consegue subir de nível e fica no prejuízo
    • Negociação totalmente informal: os investidores (vítimas) são atraídos por promessas de ganhos rápidos, incomuns no mercado formal. Não há assinatura de contratos, recibos de pagamento ou qualquer outra forma de se identificar uma negociação comercial. Até mesmo as cotas de participação são disfarçadas de “presentes” oferecidos pelos níveis inferiores aos superiores
    • Não existe um produto à venda: os ganhos viriam do seu desempenho na tarefa de recrutar pessoas, compartilhar mensagens, assistir vídeos promocionais ou simplesmente “curtir” postagens nas redes sociais
    • Ausência de informações básicas da empresa: a pessoa que recruta não conhece quem está por trás do esquema, mas vai tentar te convencer de que se trata de um grande grupo internacional com muitos anos de mercado, solidez financeira, pois foi isso que ela ouviu de quem a recrutou. Neste caso, não existe endereço físico, nome dos proprietários, CNPJ etc.

    fonte: http://www.revistaencontro.com.br/app/noticia/atualidades/2017/04/07/noticia_atualidades,158929/procon-alerta-para-os-riscos-de-se-cair-num-golpe-da-piramide-finance.shtml

    Até o próximo post.

    Geral

    Chip Livre: outro suposto esquema de pirâmide financeira

    29 de março de 2017

    O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) investiga empresa suspeita de praticar pirâmide financeira, Chip Livre.

    O MPPE abriu inquérito para investigar a suspeita desta nova pirâmide financeira que está recrutando cada vez mais pernambucanos e pessoas de outros Estados. De acordo com as investigações preliminares, a empresa Chip Livre, que atua na internet, consiste na captação de recursos financeiros por meio de formação de pirâmide. Também vai encaminhar ofício ao Procon para abertura de procedimento administrativo e fiscalização das reuniões realizadas pela empresa investigada.

    Veja também:

    MPPE abre inquérito contra Chip Livre, suspeita de pirâmide financeira
    De acordo com o promotor de justiça Maviael de Souza Silva, investigações contra a empresa Chip Livre ainda são iniciais
    Publicado em 06/03/2017, às 17:18

    Não caia no golpe da pirâmide: Com promessas de ganhar muito dinheiro sem nenhum esforço e em pouco tempo é a estratégia usada por aqueles que querem conseguir novos adeptos para entrar em uma “rede”, muitos casos de pessoas que venderam carros, casas e até apartamento são inúmeras, o desejo de se conseguir dinheiro fácil é o desejo de muitos, e os mal intencionados criadores das tais pirâmides sabe exatamente disso!!!

    Como nascem, crescem e desabam as pirâmides financeiras
    Fonte: Golpe Da Pirâmide Engana Quase Uma Cidade Inteira

    Até o próximo post.

    Geral

    Cuidado com pirâmide financeira Revolutyon TagPoint

    2 de março de 2017

    A Polícia apreendeu material usado em esquema de pirâmide em Porto Alegre onde tal esquema de pirâmide financeira recrutou 12 mil pessoas e algumas gastaram R$ 18 mil. Vitor Loreto alega só importar aparelho; já Maikon Santos negou ganho fácil.

    Fonte: http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2017/02/policia-aprende-material-usado-em-esquema-de-piramide-em-porto-alegre.html
    Material foi apreendido em duas casas em Porto Alegre

    Leia também o artigo do site Tenho Dívidas, o qual tem reportado diversos esquemas fraudulentos Brasil afora, principalmente aqueles que são pirâmides financeiras disfarçadas de MMN(Marketing Multi Nível):

    POLÍCIA NO BRASIL EXPÕE ESQUEMA EM PIRÂMIDE REVOLUTYON TAGPOINT
    Esquema em Pirâmide REVOLUTYON TAGPOINT

    Até mais.

    Geral

    Tem como saber se um negócio é uma franquia ou uma pirâmide?

    3 de janeiro de 2017

    Afinal de contas, como saber se um negócio é uma franquia ou uma pirâmide?

    mulher-na-duvida-ponto-de-interrogacao

    Se você está em dúvida se o negócio é na verdade uma pirâmide financeira, continue lendo este post para saber a diferença.

    Embora seja uma dúvida difícil de responder, especialmente nos últimos tempos em que alguns negócios montados como pirâmides financeiras ou mesmo como marketing multinível estão se utilizando do modelo franquias como disfarce para expandirem seus negócios, é possível saber diferença.

    Cuidado com pirâmide financeira Mandala da Prosperidade

    Esse disfarce de franquias, ou mesmo master franquias, foi utilizado por algumas operações famosas. Inicialmente, houve um rápido e lucrativo crescimento e, logo depois, um enorme rombo, como a Nipomed, Fazendas Reunidas Boi Gordo, Avestruz Master, TelexFree e BBom.

    Primeiro vamos qualificar pirâmides financeiras: o esquema compreende o recrutamento progressivo de muitas pessoas que deverão realizar investimentos em múltiplos pacotes com produtos e/ou negócios.

    Em dado momento o negócio se torna insustentável, pois é impossível garantir novos recrutados com a mesma motivação para realizarem os investimentos sem parar. A pirâmide começa a ruir pela base e fica de pé somente o seu cume, ou seja, o chefe iniciante.

    Vou passar algumas dicas que no seu conjunto podem ajudar a identificar se é uma pirâmide, ou melhor ainda, se poderá virar uma pirâmide disfarçada de franquia. Mas há uma dica inicial, que é comum a todas as pirâmides: a declaração do proprietário ou mesmo vendedor do “negócio”, que categoricamente afirma: “Não é pirâmide!”.

    O perfil do dono

    Veja agora algumas outras características comuns entre os construtores de pirâmides que são facilmente percebidas. Em geral, eles se apresentam como:

    1 – Empreendedores, milionários, bilionários bem sucedidos e dispostos a lhe passar todos os segredos do seu sucesso;

    2 – Sempre alinhados, fazem apresentações dentro de seus carrões, mansões e até aviões, onde sutilmente são mostrados relógios, celebridades e acompanhantes, como símbolos de suas conquistas;

    3 – Inicialmente encantam a mídia, viram capas de revistas, palestrantes e, sempre muito envolventes, conseguem estimular seguidores;

    4 – Todo esse ambiente é utilizado de forma intimista e direta para você, mostrando que se ele conseguiu você também conseguirá, desde que siga cada passo que ele lhe demonstrará, sempre em etapas ou capítulos que estimulam seus sonhos e como conquistá-los.

    É imbatível, sensacional!

    O perfil do negócio

    Mas vamos aos negócios, as franquias, e alguns sinais de como identificá-las como atuais ou potenciais pirâmides:

    1 – Negócios sempre pequenos, ao seu alcance – vem daí o meu temor com as microfranquias e agora as nanofranquias!

    2 – Sempre lhe serão oferecidos ou você será convidado, mesmo que nunca tenha procurado – ao contrário de franquias onde a lógica é você procurar e buscar um negócio com o qual se identifique fortemente;

    3 – Franqueador ou representantes ansiosos por receberem a Taxa de Franquia e, para isso, forçam sua decisão, mostrando quantas foram vendidas e que esta será sua única oportunidade;

    4 – Franqueador mostra pouco interesse em receber os royalties, pois terá que dar suporte em contrapartida e foca sua ação em vender mais e mais franquias, recebendo a Taxa de Franquia exponencialmente;

    5 – O momento crucial: montam a Master Franquia dividindo a Taxa de Franquia obtida com seus Master Franqueados que obtém o direito de revender franquias, assim espalhando e ampliando a pirâmide;

    E para finalizar, a sua dúvida é uma certeza: é pirâmide! Como se precaver? Simples, fuja dela!
    Fonte: exame.abril.com.br/pme/como-saber-se-um-negocio-e-uma-franquia-ou-uma-piramide

    Até mais.

    Geral

    Cuidado com pirâmide financeira Mandala da Prosperidade

    19 de dezembro de 2016

    Como não cair em uma pirâmide financeira

    Tomem muito cuidado, o esquema de pirâmide financeira de nome “Mandala da Prosperidade” está a cada dia ganhando mais adeptos, principalmente no estado do Rio Grande do Norte. O esquema está chamando a atenção das autoridades que já começaram a investigar através do Ministério Público potiguar.

    O promotor Leonardo Cartaxo confirmou na última quarta-feira (14) o encaminhamento das apurações ao MP, o que deverá ocorrer também nos outros estados do país. Na opinião de Leonardo o esquema é sim uma pirâmide financeira. “Pelo que se tem informação, é pirâmide e é crime contra a ordem econômica”, resumiu o promotor.
    http://www.1news.com.br/noticia/2263/nellysson-silva/noticias/mandala-da-prosperidade-envolvidos-poderao-ser-punidos-entenda

    Para quem não sabe, o esquema Mandala da Prosperidade é um sistema que funciona em grupos do WhatsApp, que promete ganhos de até R$800,00 com investimento de apenas R$100,00.
    http://www.1news.com.br/noticia/2033/nellysson-silva/noticias/conheca-mandala-a-piramide-financeira-que-virou-febre-na-internet
    Cuidado com golpe Mandala da Prosperidade

    Fujam do golpe!!!