• Minicontratos Futuros: Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças

    Por Marcos Souza (criador do site O Mapa da Mina do Mercado Financeiro) Está na moda hoje em dia, entre os day traders brasileiros, as operações com minicontratos futuros, especialmente os popularmente chamados de mini-índice e mini-dolar.  Pensando na atividade de trader enquanto negócio como qualquer outro, vou apresentar, nessas breves e objetivas linhas, uma análise baseada em um instrumento clássico da Administração: a Análise SWOT.  Esta análise consiste em se identificar forças, fraquezas, oportunidades e desafios do negócio em estudo, e, no caso dos minicontratos futuros, quero focar nas operações especulativas de day trade com este instrumento financeiro, uma

    [Leia mais...]
  • Vale a pena operar com Trade Systems?

    Para quem não sabe, Trade Systems são regras de operação programadas com softwares que dizem o que fazer em cada momento do trade (operação) do começo ao fim. São automatizações do processo de decisão de compra/venda de ações, opções entre outros derivativos e produtos do mercado financeiro relacionados a investimentos. As regras não precisam ser complexas e a maioria dos sistemas que geram bons resultados não vão além de alguns poucos indicadores que certamente quem acompanha o mercado já deve ter ouvido falar, levando em conta que já tenha estudado um pouco de análise técnica. O Trade System serve também

    [Leia mais...]
  • Vídeo: Cemitério dos Malandros – Recuperar Prejuízo

    Existem vários “filmes” (vídeos) sobre o cemitério dos malandros* em operações daytrade, opções a seco, mercado a termo, mercado futuro, micos e operações fortemente alavancadas na bolsa de valores, onde arrisca-se muito para tentar ganhar-se muito. No geral, a grande maioria que corre um risco desmensurado, ou seja, sem o devido controle de risco e estratégia vai parar no cemitério do malandro. Principalmente ao se tentar recuperar prejuízo, onde a cada perda forte, dobram-se as apostas na expectativa de recuperar-se o mais rápido possível. Enfim, quem sofre muito disto são os que tratam a bolsa de valores como um jogo,

    [Leia mais...]