‘Hábitos’ Articles at Defenda Seu Dinheiro

Browsing Tag: Hábitos

    Geral

    Milionários: As 5 características mais comuns dos empreendedores de sucesso

    23 de Abril de 2018

    investimentos milionários homem bolsa - Tom Corley passou quinze anos desenvolvendo um estudo sobre os hábitos dos ricos
    Top 10 common habits of high achievers

    Tom Corley passou quinze anos desenvolvendo um estudo sobre os hábitos dos ricos, que inclui também entender a mentalidade, rituais, processos e tomadas de decisões de grandes empreendedores que ganharam muito dinheiro. Como parte do estudo, elencou as características mais comuns entre os grandes empreendedores.
    “São pessoas que alcançam algum nível de grandeza na vida. Podem ser empreendedores de sucesso, atletas profissionais, escritores famosos, pintores, engenheiros, cantores, figuras religiosas proeminentes, etc”, explica Corley ao CNBC.

    Ao analisar os hábitos é possível entender por meio de quais ações eles alcançaram a riqueza. E esses grandes empreendedores compartilham certas características.

    Veja a seguir 5 destes hábitos:

    Concentração:

    os grandes empreendedores concentram-se unicamente em seus objetivos, sonhos e rotinas. “Eles bloqueiam todas as distrações, são mestres em tarefas únicas”, ressalta Corley. Segundo ele, a concentração é uma grande qualidade das pessoas que alcançam o primeiro milhão – não perder o foco em meio a turbulências durante o dia a dia é crucial.

    Visão de longo prazo:

    esses empreendedores têm uma visão de longo prazo, um grande projeto. “Muito provavelmente pensam em tudo, têm por escrito e são bem específicos. Eles têm em mente quase um GPS para chegar onde querem porque pensam nas consequências futuras”, diz Corley.

    Persistência:

    eles perseguem seus objetivos e sonhos apesar de tudo. “Eles superam a adversidade, e por vezes são superados por obstáculos. Mas não param de tentar e isso é o que os diferencia de muita gente”, diz o especialista. Quando se pensa como um grande empreendedor, todo problema pode ser superado se pensado sob uma nova perspectiva.

    Tomada de risco calculada:

    os grandes empreendedores sabem a hora de assumir os riscos. Nem sempre ser conservador é resultado de sucesso. “Eles superam o medo do fracasso, o medo de cometer erros e fazem o dever de casa”, diz Corley. Mas pensam para arriscar, não fazem nada por impulso. São ousados para conseguirem resultados.

    Gosto pelo aprendizado:

    as grandes mentes não param de aprender. Se tornam especialistas em suas áreas e estao sempre abertos para conhecer coisas novas. Desde o hábito de leitura, até, cursos e especializações, incluindo vídeos online. Não uma maneira certa, mas o importante é se manter atualizado sobre o campo que você atua.

    Até mais.

    Convidados

    Hábitos que você precisa abandonar antes dos 30 anos

    19 de Abril de 2018

    Hábitos financeiros aos 30 anos

    Supporting fast fashion: Antes de assoprar as velinhas dos 30 anos é preciso colocar na balança algumas atitudes e objetivos

    Constantemente somos lembrados da necessidade de ter uma alimentação equilibrada, dormir um determinado número de horas, se exercitar constantemente e focar em projetos próprios, mas quando que realmente colocamos tudo isso em prática?
    Especialistas chegaram a um consenso de que esses e outros hábitos devem ser adquiridos antes dos 30 anos, já que é uma época que a pessoa deve fazer uma análise de sua vida e pensar no que quer mudar e no que vai manter. Pensando nisso, o Business Insider organizou uma lista de hábitos ruins que devem ser eliminados até os 30 anos, dos quais alguns são listados abaixo:

    1) Não aproveitar os finais de semana

    Durante a semana já é corrido o suficiente, então tente tirar o final de semana para descansar, colocar a leitura em dia, sair e arrumar um hobbie. É bom socializar com os amigos e fazer algo fora do ambiente de trabalho – principalmente que não envolva um computador.

    2) Comprar em fast fashion

    Pesquisas mostram que as pessoas que compram roupas de lojas como Zara e Forever 21 as usam apenas sete vezes, o que significa que a pessoa está perdendo dinheiro. Procure comprar roupas que você possa usar mais de uma vez, mesmo que custe um pouco mais.

    3) Fumar socialmente

    Muitos dos que se consideram “fumantes sociais” acham que se livram dos males do fumo porque “não fumam todos os dias” ou porque “só fumam quando bebem”. Essa desculpa, porém, não engana ninguém – nem a sua saúde. Independentemente de fumar todos os dias ou socialmente, você continua tendo mais chances de ter problemas de saúde.

    4) Manter amizades que já deveriam ter acabado

    É muito difícil manter todas as amizades, principalmente aquelas que não valem a pena. Por isso, não gaste tempo com aquelas pessoas que não fariam o mesmo por você.

    5) Não ter hora para dormir

    Criar uma rotina com horário certo para dormir pode melhorar a qualidade do seu sono e ainda, melhorar o seu desempenho e disposição no trabalho e em suas atividades no dia seguinte.

    6) Não praticar exercícios

    Não adianta confiar no seu metabolismo. Se você quer se manter em forma, o recomendado é se exercitar pelo menos três vezes por semana.

    7) Escolher bebidas de má qualidade

    Estudos mostram que beber uma taça de vinho todos os dias faz bem para a saúde. Mas essa teoria é totalmente derrubada quando a qualidade da bebida é reduzida pela metade.

    8) Fazer coisas só porque acha que deveria

    A vida é muito curta para você gastá-la com o que não quer fazer. Aposte em programas que deem satisfação a você e que possam ser úteis de alguma forma.

    9. Colocar a saúde física antes da saúde mental

    Dietas e exercícios físicos devem servir para você se sentir bem consigo mesmo e não para culpa-lo. Ter uma rotina é ótimo, mas às vezes a forma como você cuida do seu corpo pode afetar o modo como você cuida da sua mente; é preciso um equilíbrio.

    10) Não prestar atenção na alimentação

    Tente abraçar alimentações saudáveis em sua rotina, priorizando pelo menos cinco porções de frutas e legumes por dia.

    11) Não coletar pontos de fidelidade ou milhas

    Seja coletando milhas com o cartão de crédito, fazendo parte de um programa de milhagem em companhias aéreas ou se inscrevendo no programa de fidelidade do supermercado, os benefícios normalmente valem o pequeno esforço necessário – e podem garantir a viagem das suas próximas férias.

    12) Gastar tempo com pessoas que fazem você se sentir insignificante

    Tire da sua vida pessoas que fazem com que você se sinta insignificante. Gaste energia com aqueles que apreciam quem você é e que não exigem que você mude para agradá-los.

    13) Cancelar planos de última hora

    Não é possível dizer “sim” para tudo, então seja realista o quanto antes sobre seus horários ou planos para não adotar o hábito de decepcionar as pessoas no último minuto.

    14) Zerar a conta bancária no final do mês

    Está na hora de começar a traçar o caminho do seu dinheiro e de procurar maneiras para fazê-lo durar mais tempo em sua conta. Para isso, há uma série de aplicativos que podem ajudar com o planejamento financeiro, por exemplo.

    15) Evitar conversas difíceis

    Essa atitude é muito comum entre os jovens, mas quando você vai ficando mais velho é um péssimo hábito para se manter. Tratar de assuntos mais pesados é difícil, mas faz parte. Você vai ver que o sentimento de tirar o peso dos seus ombros será ótimo.

    16) Pensar constantemente no que os outros pensam sobre você

    Quebrar esse hábito é uma das melhores coisas que você pode fazer para ir mais longe em sua vida profissional e, principalmente, na sua vida pessoal. Pare de olhar ao redor para ver o que os outros pensam sobre você e foque em sua opinião própria.

    17) Não ter planos para o longo prazo

    Não dá mais para adiar. Quando você chega aos 30 anos você já deve ter em mente o que quer da vida e ter uma ideia de quando irá se mudar/casar/ter filhos/mudar de emprego etc. É o momento de sentar e colocar no papel os principais aspectos de sua vida, de relacionamentos a carreira, para saber o que quer mudar e o que quer aprimorar em cada área.

    18)Tentar memorizar todos os eventos e datas importantes em sua cabeça

    Não tente guardar todos os eventos e datas importantes em sua cabeça, coloque tudo em um calendário ou agenda para que seja mais fácil de você se lembrar. Seja no formato papel ou eletrônico, procure por um sistema que funcione para você e que faça você se sentir mais organizado.
    fonte de consulta: 30 damaging habits you should break before you turn 30

    Veja também:

    Casal se aposentou em seus 30 anos, agora está viajando o tempo inteiro

    Convidados

    O estudo dos hábitos dos ricos

    3 de outubro de 2017

    After 5 years studying rich people, I isolated an impactful reading habit any of us can adopt

    wealthy reading racegoers - After 5 years studying rich people, I isolated an impactful reading habit any of us can adopt

    O hábito de ler biografias de pessoas bem-sucedidas pode ser uma das melhores maneiras de alcançar o sucesso, segundo um estudo desenvolvido por Thomas Corley. O estudo tem o título de Rich Habits Study, onde foram entrevistados cerca de 360 milionários e identificado que o hábito de ler esse tipo de obra pode fazer toda a diferença.

    Conforme apurou Corley, todos os milionários entrevistados tinham um patrimônio líquido igual ou maior que US$ 3,2 milhões, cerca de R$ 10,1 milhões. Deste grupo, 177 construíram suas próprias fortunas, sem qualquer tipo de herança. “De acordo com os meus resultados, 68% dessas pessoas que ganharam dinheiro por conta própria leram biografias de executivos bem-sucedidos, enquanto 91% das pessoas “pobres” [aquelas com menos de R$ 110 mil em renda bruta anual] não leem biografias de quem já alcançou o sucesso”, explicou o especialista.

    Ao Business Insider, o autor explicou que esse dado é muito importante porque mostra que é crucial aprender a partir dos erros e acertos de quem já chegou onde você quer chegar. “Quando você começa a ler as biografias de pessoas bem-sucedidas, você se torna um estudante de seus erros – e um aprendiz de seus acertos”, afirma Corley.

    Ele destaca esse hábito comum entre os milionários porque a riqueza e o sucesso geralmente são provenientes de uma base de erros e acertos. Quanto mais erros você comete, mais você sabe o que funciona ou não e eventualmente você acerta. Por mais que cometer erros custe caro – tempo e dinheiro – são importantes para você crescer.

    “Esse é um hábito simples, inteligente e que qualquer pessoa pode praticar. Esses milionários entenderam que errar custa caro e por isso decidiram aprender o máximo possível com os erros dos outros, para economizar tempo e dinheiro”, explica Corley. Estudar pessoas bem-sucedidas é um dos “atalhos econômicos” para criar sucesso e construir riqueza.

    “Quando você se torna um aluno de pessoas bem-sucedidas, você pode antecipar erros antes de cometê-los”, diz o especialista. Uma vez que o sucesso demora para chegar, segundo o estudo de Corley cerca de 32 anos para as pessoas que constroem sua própria fortuna – a chave é evitar perder tempo e dinheiro com erros que poderiam ser evitados com as leituras de biografias, por exemplo.

    Até o próximo post.

    Convidados

    Market Watch: 7 hábitos diários de pessoas ricas que você deveria copiar

    14 de agosto de 2017

    Tom Corley, que passou 5 anos estudando o dia a dia de 233 pessoas ricas e de 128 pessoas pobres, ensina
    7 daily habits of rich people that you should copy

    Tom Corley passou 5 anos estudando o dia a dia de 233 pessoas ricas e de 128 pessoas pobres para tentar entender as diferenças fundamentais entre os hábitos dos dois grupos. O Market Watch se baseou no livro do pesquisador e em entrevistas para montar uma lista de alguns desses hábitos que podem facilmente ser reproduzidos no dia a dia de pessoas com salários medianos.

    Hábitos que atrapalham sua vida na hora de construir riqueza

    Chris Peach, autor do texto, garante que a prática desses hábitos teve resultado após alguns anos. Confira os que ele considerou mais eficientes:

    1) Exercícios físicos

    A média de treino de pessoas ricas é de meia hora, quatro vezes na semana. Pouco importa a intensidade do exercício, mas sim manter a consistência. Segundo o autor, os resultados se mostraram efetivos não apenas no corpo, mas também em clareza mental, proatividade e foco.

    2) Construir relacionamentos

    Relacionamentos são um dos bens mais importantes das pessoas ricas, de acordo com o autor do livro. Peach mantém contato sempre que possível com uma lista de influenciadores e percebeu que isso ajudou no ritmo de trabalho, em contratações e entrevistas.

    3) Metas claras

    Visualizar metas, estabelecer prazos e montar planos de ação são a melhor forma de realmente chegar ao destino planejado. Isso deve ser feito, se possível, diariamente e em forma de lista, de acordo com os estudiosos. Fazendo isso, Peach dobrou sua renda em um ano aumentando o tráfego de seu site e o alcance em redes sociais em 10 vezes.

    4) Ler muito

    Leitura é extremamente comum entre os CEOs mais bem-sucedidos e os maiores bilionários do mundo. Em média, eles leem 60 livros ao ano. Para atingir a meta de 2 livros por mês, Peach parou de assistir televisão e começou a ouvir audiobooks no carro. Ele se sente, desde então, mais capaz de fazer mudanças positivas na vida e na carreira.

    5) Praticar a autoafirmação

    Com limites, gostar de si próprio é essencial para o seu bem estar. A construção da autoestima passa pela autoafirmação das áreas mais importantes da sua vida, criando, por exemplo, mantras para as metas que quer alcançar – sempre de forma realista. Isso ajuda as pessoas a acreditarem em si mesmas.

    6) Voluntariado

    Setenta e dois por cento das pessoas ricas praticam algum tipo de atividade voluntária ao menos 5 horas por semana. Isso ajuda a expandir a rede de relacionamentos com pessoas generosas.

    7) Mentoria

    Confie em uma pessoa que esteve no seu lugar e chegou longe. Mesmo as pessoas mais bem sucedidas do mundo tiveram mentores. Mark Zuckerberg aprendeu com Steve Jobs; Bill Gates fala sobre a ajuda que recebeu de Warren Buffett. Dessa maneira, é mais fácil criar planos de carreira e de crescimento.

    Até o próximo post.

    Convidados

    Como acumular dinheiro mudando apenas um hábito?

    17 de julho de 2017

    As pequenas compras do dia a dia que passam despercebidas podem se tornar um verdadeiro ralo no orçamento das pessoas.

    como-ganhar-dinheiro-gastando-menos-dinheiro

    Quando especialistas em educação financeira orientam investidores a cortarem gastos em seu dia a dia para aumentar sua poupança, é comum se atentar aos itens mais caros do orçamento. No entanto, pequenas compras do dia a dia que passam despercebidas podem se tornar um verdadeiro ralo em seu orçamento.
    Uma pesquisa do Barista Magazine Online apontou que o preço médio de um café em uma cafeteria badalada é de US$ 3,50. Com apenas uma xícara dessa por dia, o custo mensal é de US$ 105 e salta para US$ 1.260 se o hábito for mantido por um ano.

    Segundo Francis Kinniry, diretor de estratégias de investimentos na gestora Vanguard, uma das maiores do mundo, calcula que a economia desses valores para investimentos com rentabilidade média de 6% ao ano traria ao investidor US$ 106 mil em 30 anos.

    “Eu não acho que alguém pagaria US$ 106 mil por café! Eu sei que Warren Buffett certamente não faria. Quando jovem, Buffett se perguntou se ele realmente queria gastar US$ 300 mil em um corte de cabelo. Ao ter suas madeixas aparadas a cada cinco semanas em vez de quatro, e gastando US$ 18 em vez de US$ 25, Buffett estimou que ele economizaria cerca de US$ 300 mil ao longo de sua vida”, conta Kinniry.

    Cabe lembrar que as contas feitas pelo especialista com os gastos com café podem ser estendidas para outros “pequenos” gastos do dia a dia que, ao longo dos anos, podem somar um valor elevado que teria proporcionado ganhos relevantes se tivessem sido investidos. “No fundo, pequenas mudanças no comportamento financeiro podem ter grandes consequências ao longo do tempo”, diz Kinniry.

    Claro que nem todos estão dispostos a abrir mão de um café, mas a dica do diretor é observar os pequenos e corriqueiros gastos que podem ser revertidos em investimentos, ajudando na preparação da aposentadoria. “O tempo é a maior vantagem que os jovens investidores têm”, afirma Kinniry.

    Até o próximo post.

    Convidados

    Finanças Pessoais: 4 hábitos que você pode adotar para economizar dinheiro

    23 de Maio de 2017

    4 hábitos que você pode adotar para economizar dinheiro defenda seu dinheiro

    Caso você não saiba o destino do seu dinheiro, considere rever seus hábitos!

    Organizar a própria vida financeira nem sempre é uma tarefa fácil e um planejamento é essencial para não ultrapassar os limites, de acordo com Ricardo Chamon, especialista em tributação e sócio da CSA – Chamon Santana Advogados. Se você não sabe o destino do seu dinheiro, considere rever seus hábitos.

    Segundo ele, o ideal seria montar uma estimativa de ganhos, receitas, gastos, despesas e investimentos. “Essa estimativa deve ser planilhada e projetada mês a mês, para um prazo de 3 anos, por exemplo. Dessa forma é possível enxergar os impactos de curto, médio e longo prazo”, explica.

    A coach financeira Luciana Fiaux explica que é preciso pensar no planejamento financeiro de forma concreta para colocá-lo em prática. “É importante transformar o desejo em uma meta específica, porque isso vai incentivar o cumprimento do planejamento e por consequência você alcança seus objetivos”, explica.

    Certos pequenos hábitos que você mantém podem atrapalhar as finanças e planejar formas de melhorar alguns deles pode fazer com que sobre mais dinheiro no fim do mês.

    Veja a seguir 4 hábitos que os especialistas elencaram que podem ajudar você a economizar dinheiro:

    1) Planeje o seu dia

    Imagine que o dia começa como quem vai para um mercado sem a lista do que comprar. Não refletimos sobre o que vamos fazer e quanto vamos gastar. E quando uma situação inesperada surge você gasta dinheiro. Se você quer economizar, determine no início do dia ou da semana para onde seu dinheiro vai. Faça uma lista e reflita na hora de gastar com algo não planejado, sugere a coach financeira.

    2) Domine o seu cartão de crédito

    Se você quer economizar, precisa controlar de perto seu cartão de crédito. Você deve gastar apenas o que você tem, e os cartões de crédito causam uma espécie de ilusão ao jogar as despesas sempre para a frente.

    Evite gastar no crédito o que pode ser pago no débito. Segundo Fiaux, é uma questão de costume ir diminuindo a quantidade de coisas que você compra com o cartão de crédito, a fim de pagar menos quando a fatura chegar. “Mas em uma tentativa mais drástica é não ter cartão de crédito, caso você não consiga se organizar financeiramente para mantê-lo”, explica.

    3) Peça descontos

    Se você já tem suas metas e já sabe que conseguir economizar é importante para realizar algo que você quer muito, então você já tem a motivação certa para pedir descontos.

    “Os comerciantes normalmente pagam taxas aos bancos e administradoras quando recebem pagamentos em cartões, seja de débito ou crédito. Portanto, eles precisam cobrar em média 5% a mais de você para poderem pagar essa taxa. Se você pagar algo em dinheiro e pedir desconto, provavelmente vai conseguir, e tanto você quanto o dono do estabelecimento ficarão muito felizes”, explica a coach financeira.

    4) Não gaste por impulso

    Comprar coisas que você não precisa, é uma das piores formas de gastar dinheiro. Esse valor poderia ser direcionado para algo mais útil. Quando você estiver tentado a comprar alguma coisa sempre pense duas vezes antes de fechar o negócio.

    Uma dica que pode ajudar é se perguntar: “Eu apenas quero ou é uma necessidade? Eu preciso disso? Vou usar? Quantas vezes?”, e a partir das respostas você avalia se vale comprar ou não o produto.

    O planejamento dos gastos diários também deve ser incluído no “todo”. “Quando eu aprendi a esquiar, o instrutor me disse para ter sempre a imagem da montanha toda em mente mas dividi-la em quadradinhos e lidar com um quadradinho de cada vez. A vida financeira funciona da mesma forma, um passo de cada vez, mas sem esquecer do todo”, explicou Chamon.
    fonte de consulta: infomoney.com.br/minhas-financas/noticia/6448441/habitos-que-voce-pode-adotar-para-economizar-dinheiro

    Geral

    Hábitos para economizar que ajudam a construir sua fortuna

    21 de julho de 2016

    O empreendedor e milionário norte-americano John Rampton fez uma lista com alguns hábitos para economizar que ajudaram-no a construir sua fortuna. Saber economizar é um excelente caminho para poupar e investir mais.

    No mundo existem por volta de 35 milhões de milionários. John Rampton é uma destas pessoas que conseguiram atingir tal marca. Conquanto, para conseguir isso, o empresário precisou adotar um estilo de vida mais frugal. Em uma coluna do site Business Insider, foi publicado decisões que tomou que o ajudaram a ter uma vida com mais sucesso financeiro.

    Confira a seguir:

    Conseguir um trabalho extra
    Existem dois incentivos financeiros para conseguir um trabalho extra. O primeiro, e mais óbvio, é porque você conseguirá mais renda para investir ou cortar suas dívidas. O segundo é porque, quando você está ocupado, você acaba com menos tempo para gastar seu dinheiro. Ao trabalhar no final de semana, por exemplo, você naturalmente sairá menos e gastará menos, consequentemente.

    Nunca pagar o preço cheio
    É um hábito inteligente não pagar o preço cheio em qualquer estabelecimento. Sempre procure por um desconto ou ainda por lojas populares de varejo, ao invés de gastar o dinheiro em marcas de luxo. Tente comprar coisas à vista, pode ser mais fácil de barganhar o desconto nesse caso ao invés de parcelar.

    Viver abaixo de seus ganhos
    Você realmente precisa de uma mansão ou daquele carrão que todo mundo deseja? Enquanto manter status pode ser uma coisa desejável, até as pessoas extremamente ricas sabem que é preciso viver abaixo de seus meios para conseguir aumentar seu patrimônio. O megainvestidor Warren Buffett é um exemplo claro: apesar de ter uma das maiores fortunas do mundo, ele vive na mesma casa há quase seis décadas e é conhecido por comprar veículos populares.

    Cortar despesas desnecessárias
    Existem várias pequenas contas que podem ser extintas do orçamento. Isso vale para aquele café que você decide tomar no fim da tarde, ou então a roupa que está na liquidação e quer comprar. Todas essas aquisições podem se tornar grandes vilãs no final do mês. O primeiro passo é saber para onde seu dinheiro está indo.

    Alugar ou vender suas posses
    Você tem um armário cheio de roupas que quase não usou? Ou então tem um quarto sobrando na sua casa? Você pode fazer dinheiro vendendo seus itens em sites de usados na internet ou alugando o quarto em sites como o Airbnb, por exemplo. É possível alugar muitas coisas: sua vaga de garagem, roupas ou até mesmo eletrônicos, por exemplo.

    Deixar o dinheiro e os cartões em casa
    Se você sair de casa sem seus cartões de crédito ou uma grande quantia de dinheiro, não ficará tentado a comprar itens que não precisa. Essa é uma forma de garantir que você apenas gastará o dinheiro planejado em qualquer ocasião, sem nenhum gasto inesperado e, geralmente, desnecessários.

    Não jogar o dinheiro fora em esquemas ou na sorte
    Não acredite em nenhum tipo de promessa que diz que você ficará rico rapidamente. Isso é algo que os ricos já perceberam: eles apostam em esportes e na loteria em quantidades muito menores do que os mais pobres. Não desperdice seu dinheiro tentando acumular muito dinheiro em um curto prazo de tempo, porque as probabilidades de isso acontecer são próximas de zero.

    Ser ecologicamente correto
    Ter atitudes ecologicamente corretas é excelente para o meio ambiente e também pode ajudar muito a poupar dinheiro. Por exemplo, você pode economizar no ar condicionado ou aquecedor usando por um período de tempo que você realmente esteja em casa, ou ainda economizar mais na conta de energia ou começar a usar transporte público ao invés de carros.

    8 frugal habits that helped me become — and stay — a millionaire
    wealthy man in top hat

    Até mais.