• 3 coisas que você pode fazer em seu Home Broker e não sabia

    O Home Broker  é uma interface entre o investidor e o mercado financeiro. Quem já opera sabe que através dele é possível comprar e vender ações, controlar sua carteira de investimentos e conferir o extrato da conta. Mas, o que pouca gente sabe é que é possível ir além dessas atividades básicas. Existe uma série de coisas que você pode fazer no seu Home Broker que vão muito além dessas atividades primárias. Pensando nisso, preparamos um artigo completo para elevar sua maneira de investir a um novo patamar! Continue lendo e lembre-se de deixar um comentário em caso de dúvida!

    [Leia mais...]
  • Você ainda não conhece os Fundos D.I?

    Os Fundos DI, conhecidos como Fundos de Renda Fixa Referenciado DI fazem a aplicação de 95%  do patrimônio em títulos privados de pouco risco ou Títulos Públicos do Governo, como no Tesouro Direto. Estes títulos são pós-fixados e seguem a variação da Taxa Selic. Os 5% restantes da sua aplicação tendem a ser investidos em títulos que fazem uso das regras dos Fundos de Curto Prazo, mas é importante fazer a ressalva de que essa não é uma das aplicações mais indicadas diante do cenário econômico que temos vivido. Vantagens  e Desvantagens dos Fundos DI Para investidores que têm a

    [Leia mais...]
  • Venda a descoberto – Aproveite a queda das ações

    O investidor pode lucrar caso seus ativos venham a cair, se fizer uso de uma estratégia denominada venda a descoberto. Ao lidarmos com o mercado financeiro sabemos do risco corrido, mas além deste, a economia tem se mostrado ainda mais instável, principalmente diante dos fatos que vimos nesse começo de 2016: queda da Bolsa da China, nova alta do dólar e outros que interferem diretamente e indiretamente na compra e venda de ações. Diante de tamanha inconstância, através da venda a descoberto é possível ganhar mesmo com a queda das ações. Essa estratégia também é denominada short e ela permite

    [Leia mais...]
  • Minicontratos Futuros: Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças

    Por Marcos Souza (criador do site O Mapa da Mina do Mercado Financeiro) Está na moda hoje em dia, entre os day traders brasileiros, as operações com minicontratos futuros, especialmente os popularmente chamados de mini-índice e mini-dolar.  Pensando na atividade de trader enquanto negócio como qualquer outro, vou apresentar, nessas breves e objetivas linhas, uma análise baseada em um instrumento clássico da Administração: a Análise SWOT.  Esta análise consiste em se identificar forças, fraquezas, oportunidades e desafios do negócio em estudo, e, no caso dos minicontratos futuros, quero focar nas operações especulativas de day trade com este instrumento financeiro, uma

    [Leia mais...]
  • Vale a pena operar com Trade Systems?

    Para quem não sabe, Trade Systems são regras de operação programadas com softwares que dizem o que fazer em cada momento do trade (operação) do começo ao fim. São automatizações do processo de decisão de compra/venda de ações, opções entre outros derivativos e produtos do mercado financeiro relacionados a investimentos. As regras não precisam ser complexas e a maioria dos sistemas que geram bons resultados não vão além de alguns poucos indicadores que certamente quem acompanha o mercado já deve ter ouvido falar, levando em conta que já tenha estudado um pouco de análise técnica. O Trade System serve também

    [Leia mais...]
  • Vídeo: Cemitério dos Malandros – Recuperar Prejuízo

    Existem vários “filmes” (vídeos) sobre o cemitério dos malandros* em operações daytrade, opções a seco, mercado a termo, mercado futuro, micos e operações fortemente alavancadas na bolsa de valores, onde arrisca-se muito para tentar ganhar-se muito. No geral, a grande maioria que corre um risco desmensurado, ou seja, sem o devido controle de risco e estratégia vai parar no cemitério do malandro. Principalmente ao se tentar recuperar prejuízo, onde a cada perda forte, dobram-se as apostas na expectativa de recuperar-se o mais rápido possível. Enfim, quem sofre muito disto são os que tratam a bolsa de valores como um jogo,

    [Leia mais...]