‘Conta’ Articles at Defenda Seu Dinheiro

Browsing Tag: conta

    Convidados

    Passo a passo para realizar uma análise de contas telefônicas

    15 de outubro de 2018

    mesa-escritorio-notebook-maos

    Aprenda todos os procedimentos necessários para analisar a fundo as informações de uma conta de telefonia

    As faturas de telefonia são despesas fixas presentes em praticamente todas as empresas, já que são fundamentais para sua subsistência, devido à importância do contato com clientes, potenciais clientes, parceiros, fornecedores e colaboradores.

    Por estarem presentes todos os meses, independentemente da quantidade de vendas ou serviços oferecidos, ela nem sempre é estudada a fundo para concluir se foi cobrada adequadamente ou não, o que pode causar sérios problemas financeiros.

    De acordo com uma pesquisa da Oxford Economics, em uma empresa com 500 funcionários, na média, os custos com telefonia móvel são de US$ 1.817 por um contrato de 2 anos, o que representa uma despesa de US$ 908,50 por ano e de US$ 75,71 por mês por funcionário, sem contar as linhas fixas.

    Isso mostra que as contas de telefonia possuem uma importância bem grande no orçamento e que, consequentemente, deve-se saber como analisar as faturas em busca de erros. Por isso, é essencial entender como proceder quando estiver diante dessa situação!

    Como analisar uma conta de telefonia?

    O processo possui alguns detalhes e minúcias, mas ao se atentar a todos eles, sua empresa será capaz de identificar se a cobrança das operadoras de telefonia foi feita da maneira correta e, com isso, até conseguir economizar uma boa quantia.

    1 – Analise as condições dos planos contratados

    O primeiro passo é saber o que o plano contratado para cada linha de telefonia oferece. Com isso, será possível saber se há cobranças adicionais ou se elas estão dentro do esperado.

    É importante se lembrar que cada linha telefônica pode ter um plano diferente. Por isso, é de suma importância analisar cada plano individualmente para não ter informações incorretas.

    2 – Analise as cobranças da fatura

    Depois de saber o que cada plano oferece, você deve analisar as faturas em busca de cobranças adicionais, que podem ser feitas quando os usuários ultrapassam o limite de ligações ou o consumo de internet móvel.

    Para isso, deve-se saber o que querem dizer as informações da fatura. Geralmente, aparece o nome do plano com o seu valor em seguida, que deve ser o mesmo acordado no momento da contratação (com exceção dos reajustes anuais do IGP-M [Índice Geral de Preços do Mercado]).

    Tudo o que exceder esse valor deve ser discriminado na fatura, como a contratação de planos de internet adicionais e minutos que tenham excedido o total do plano, com seus respectivos valores logo em seguida.

    3 – Confira a cobrança de linhas canceladas

    A escalabilidade telefônica nas empresas é uma constante, já que é preciso acrescentar e remover linhas de acordo com a necessidade, como em períodos sazonais ou quando o mercado está desacelerado.

    Porém, por erros de sistema, pode ser que algumas dessas linhas canceladas continuem sendo consideradas pela operadora de telefonia, o que acarreterá em uma cobrança indevida.

    Para evitar que sua empresa seja prejudicada por isso, a análise das faturas deve ser feita com muito cuidado, em cada uma das linhas contratadas. Compare o número de linhas utilizado atualmente com o que aparece na fatura e veja se os valores batem ou não.

    4 – Reúna todos os dados possíveis

    Ao encontrar irregularidades, a primeira ideia que vem à mente é entrar em contato com a operadora de telefonia e reclamar sobre a cobrança indevida. Porém, é de praxe que elas se defendam deste argumento, principalmente se não houver provas.

    Logo, antes de ligar para a operadora de telefonia, você deve reunir todos os dados possíveis para conseguir fundamentar sua reclamação. Tenha o contrato em mãos, o número de protocolo dos atendimentos para o acréscimo e a redução de linhas e outras evidências que possam ajudar.

    Dessa forma, não se tratará de uma reclamação apenas verbal, mas sim documentada, o que aumenta muito as chances de sucesso.

    5 – Entre em contato com a operadora de telefonia

    Agora que você tem informações em mãos, contate a operadora, explique o que aconteceu e tente negociar a melhor maneira possível de ser restituído pelo valor cobrado indevidamente, já que esse é um direito da sua empresa.

    Na maior parte das vezes, isso não acontecerá com o primeiro atendente com que você conversar, já que eles tendem a ter informações limitadas pelo sistema. Para conseguir solucionar seu problema, é provável que tenha que falar com funcionários que estejam em uma posição hierárquica mais alta.

    Isso pode levar um pouco de tempo, mas é fundamental para conseguir solucionar os problemas de cobrança. Quando conseguir conversar com alguém que possa resolver a solicitação, exponha todos os dados que tiver e aguarde pela resposta da empresa.

    Além disso, aproveite a situação para negociar planos que se encaixem melhor nas necessidades dos colaboradores da sua empresa. Assim, é possível cortar custos sem interferir nos serviços disponíveis.

    Existe uma maneira mais simples de analisar as contas telefônicas?

    Sim. Esse passo a passo explica o procedimento feito manualmente, onde as faturas precisam ser analisadas uma por uma, assim como o levantamento das informações e o contato com a operadora, mas é possível facilitar o trabalho.

    Para isso, é fundamental contar com uma empresa de telecom especializada, que seja capaz de oferecer um tarifador telefônico que se adeque às necessidades do seu negócio.

    Com um tarifador telefônico, todas as linhas serão analisadas automaticamente. Cada ligação terá todos os seus detalhes monitorados, como quem efetuou a ligação, de qual setor é aquele colaborador, qual número a recebeu e quanto tempo ela durou, entre outros.

    Assim, será muito mais simples confrontar o que aparece na conta de telefonia, já que o tarifador trará as informações necessárias para agilizar o serviço. Inclusive, o sistema de tarifação também pode analisar automaticamente as faturas e contratos e apontar eventuais divergências.

    As empresas de telecom também podem ajudar com a contestação de eventuais valores cobrados indevidamente. As chances de solução do problema tendem a ser muito maiores, já que o contato será feito por profissionais capacitados e que já lidaram várias vezes com esse tipo de situação.

    Para que a análise das contas telefônicas seja mais rápida, prática e segura e que as cobranças sejam feitas de acordo com o que realmente foi gasto, conte com um sistema de tarifação telefônica eficiente e contrate um bom serviço de auditoria de contas. Dessa forma, a gestão de telecom da sua empresa será impecável!

    Geral

    Gastos bancários desnecessários que prejudicam o seu orçamento

    25 de agosto de 2016

    Os gráficos explicam por que os bancos lucram tanto e existem muitas maneiras de se perder dinheiro quando não se dá a devida atenção para os gastos realizados no seu cotidiano.

    Os pequenos gastos, quando somados, podem virar uma verdadeira bola de neve de contas. Acontece que as pessoas acabam gastando dinheiro com coisas que nem percebem e fim das contas, fazem total diferença no orçamento.
    Desta forma a InfoMoney fez um resumo para você saber quais gastos financeiros podem ser cortados ou reduzidos de forma a poupar e investir melhor:

    5 gastos bancários desnecessários que são verdadeiros vilões em seu orçamento

    Cheque especial “sem juros”
    Para o cliente ter acesso ao cheque especial sem juros por um curto prazo de tempo, ele precisa pagar uma taxa de manutenção de conta maior para o banco. Se o cliente colocar na ponta do lápis, essa taxa maior sai até mais caro do que pagar os juros pelo período do cheque especial.

    Conta Bancária
    É possível fazer contas digitais no banco de forma gratuita. Essas contas não contam com cobrança de taxas de manutenção, mensalidade e ainda possibilitam fazer algumas transferências gratuitamente. Esse tipo de conta se limita a serviços que possam ser utilizados pela internet, celular, autoatendimento eletrônico e caixas eletrônicos, sem interação com funcionários no banco.

    Cartão de Crédito
    É muito comum o banco oferecer cartões de crédito adicionais para seus clientes, mesmo que eles já tenham um cartão que atende a todas suas necessidades. Este é um gasto completamente desnecessário e que essa anuidade extra pode pesar quando todas as despesas forem somadas.

    Taxa de Carregamento
    A previdência é um excelente investimento para quem quer se planejar para a aposentadoria, contudo, a taxa de carregamento e a taxa de saída podem ser problemas sérios para o investidor. A taxa de carregamento é, basicamente, uma cobrança feita antes mesmo da pessoa aplicar seu dinheiro no fundo de previdência e por isso atrapalha muito a rentabilidade da aplicação.

    Operar ações
    Não costuma ser uma alternativa vantajosa operar ações com a corretora do banco de varejo. Em uma instituição financeira independente o investidor consegue taxas de custódia muito mais atrativas e isso faz diferença no longo prazo.

    infomoney.com.br/onde-investir/renda-fixa/noticia/5468098/gastos-bancarios-desnecessarios-que-sao-verdadeiros-viloes-seu-orcamento

    Até mais.

    Geral

    Formas de ganhar uma renda extra no fim do mês

    5 de junho de 2016

    Vivemos numa forte crise financeira causada por um governo que está prestes a acabar. Isto fez com que a inflação atinge níveis altos, o desemprego subisse, negócios fechassem e as famílias ficassem com menor orçamento para pagar as contas. Para ajudar estas pessoas um artigo da Exame sugere que você identifique seus talentos para descobrir formas de ganhar uma renda extra, ou seja, tenha ideias para ganhar dinheiro. Caso suas contas insistem em não fechar no azul no fim do mês e já tentou seguir todas as dicas de economia possíveis para cortar gastos, sua saída pode estar na ampliação das receitas. Se as estratégias para conseguir um aumento no trabalho também já se esgotaram, que tal abrir a mente e pensar em conseguir rendas extras de outras fontes?

    O post da Exae observa que um talento que chama atenção de outras pessoas pode ser uma boa forma de descobrir o tipo de atividade que você poderia desempenhar naturalmente, sem prejuízos na sua ocupação principal, o qual pode trazer alguma renda extra.

    Homem pensa em ideias para ganhar dinheiro

    Atualmente vivemos na a febre da economia colaborativa, diversos sites, como Uber e Airbnb, facilitam a obtenção de renda extra. Eles conectam pessoas que buscam oferecer serviços e compartilhar bens em troca de uma remuneração a outras que estão dispostas a pagá-las por isso e até preferem, já que os valores cobrados podem ser mais atrativos.

    Como será exemplificado em seguida, estes sites não inventaram a roda, eles apenas deixaram mais fácil a busca de alguém interessado em pagar por algo que já poderia ser convertido em renda extra muito antes de a internet surgir, como cuidar de um cachorro. A parte ruim é que para fazer isso, os sites cobram taxas que não existiriam caso você oferecesse seus serviços à moda antiga, no boca-a-boca. Além do mais, para conseguir uma boa grana em alguns deles, antes o interessado precisa batalhar para conseguir boas avaliações, para só depois aumentar seus preços e clientes.

    Confira abaixo algumas sugestões sobre como obter renda extra e os sites que contribuem para que isto ocorra:

    1) Alugue seu imóvel, ou parte dele;

    2) Transporte pessoas;

    3) Alugue seu carro;

    4) Dê uma carona;

    5) Alugue qualquer objeto (até uma baleia inflável);

    6) Cobre por encomendas de viagem;

    7) Alugue sua bike ou prancha;

    8) Seja goleiro;

    9) Cuide de um cachorro;

    10) Alugue sua vaga de garagem;

    11) Faça um aplicativo para alguém;

    12) Faça qualquer tipo de trabalho;

    13) Encontre um bug;

    14) Teste aplicativos e sites;

    15) Seja um guia turístico;

    16) Cozinhe para um turista;

    17) Faça listas de músicas sob encomenda;

    18) Organize festas;

    19) Venda produtos feitos com suas próprias mãos;

    20) Abra uma franquia.

    Para ver com mais detalhes cada uma destas opções, acesse:

    20 formas de ganhar uma renda extra no fim do mês

    Até o próximo post.