• Comprar imóvel à vista ou financiar e deixar o dinheiro render?

    Comprar imóvel em tempos de bolha imobiliária??? Especialistas apontam que financiar para locar não vale a pena, mas qual a forma mais vantajosa de adquirir um imóvel? Comprar um imóvel à vista, com desconto, é sempre uma vantagem em relação ao financiamento? Depende da rentabilidade de seus investimentos. No momento atual, provavelmente o desconto para a compra à vista é a melhor opção. Para conseguir que os rendimentos de uma aplicação compensem as taxas de financiamento de um imóvel, é preciso cuidado e precisão nos cálculos realizados. “Se estivermos pensando em comprar um imóvel de 500 mil à vista, levando

    [Leia mais...]
  • Como fica o cliente com recuperação judicial da incorporadora PDG ?

    As Ações da PDG e a bolha imobiliária Se você é um daqueles compradores de imóveis em tempos de bolha imobiliária no Brasil e por acaso a sua construtora foi a PDG, talvez você tenha bons motivos para se preocupar. O mesmo vale para os acionistas da empresa (PDGR3 está listada na BM&FBOVESPA). A PDG Realty entrou nesta quarta-feira, 22/02/2017, com um pedido de recuperação judicial, alegando dívidas de cerca de R$ 7,7 bilhões. Do ponto de vista do consumidor que tem contratos relativos a empreendimentos da incorporadora, isso significa, no geral, um sentimento de incerteza, explica Marcelo Tapai, especialista

    [Leia mais...]
  • É hora de financiar imóvel com mudança no Minha Casa Minha Vida?

    O governo deu uma mãozinha para quem pretende comprar imóvel pelo programa MCMV (Minha Casa Minha Vida), o qual no jargão popular é conhecido como Minha Casa Minha Dívida. Após as novas mudanças no programa, quem tem renda mensal familiar de até 9 mil reais vai poder financiar imóvel, mas apesar dos juros baixos, especialistas recomendam cautela. Bolha Imobiliária: Aumenta desemprego na construção civil Antigamente só quem tinha renda familiar de até R$ 6,5 mil podia participar do programa. O especialista em crédito imobiliário Marcelo Prata, fundador dos sites Canal do Crédito e Resale.com.br, alerta para que o consumidor controle

    [Leia mais...]
  • Os bairros de São Paulo onde o preço dos imóveis mais aumentou em 2016

    Em tempo de bolha imobiliária já bem murchinha, tivemos em 2016 vários bairros com valorização, embora em alguns tenha ainda ocorrido queda de preços. O portal de imóveis Imovelweb fez um levantamento recentemente sobre o mercado imobiliário paulistano, o qual desmonstra os bairros onde os preços dos imóveis para venda tiveram as maiores valorizações e quedas ao longo de 2016. “De uma forma geral o mercado imobiliário apresenta estabilidade, o que pode oferecer boas oportunidades para o consumidor”, informou Mateo Cuadras, CEO do Imovelweb. O estudo conta com mais de 450 mil anúncios mensais do portal para base de comparação.

    [Leia mais...]
  • Entrevista: Crédito sustentável ajudou empresa a crescer e enfrentar crise imobiliária

    No caso é uma empresa que oferece equipamentos para obras de construção civil investiu durante boom imobiliário do setor em 2010. Veja também: Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista http://www.desenvolvesp.com.br A Desenvolve SP promove o desenvolvimento sustentável para as pequenas e médias empresas paulistas. Recorde foi a palavra que marcou o ano de 2010 para o setor imobiliário. Mês após mês, as manchetes destacavam a evolução nos lançamentos e nas vendas de novos empreendimentos. No referido ano, o PIB (Produto Interno Bruto) alcançou crescimento de impressionantes 7,5%, o melhor resultado para a economia em quase 25 anos. Foi nesse

    [Leia mais...]
  • Impeachment influencia no mercado imobiliário

    Neste momento o plenário do Senado vota o pedido de impeachment de Dilma Rousseff. Se for aprovado, a presidenta será afastada do cargo por até 180 dias enquanto o processo é julgado. Esta decisão está muito além de ser meramente uma decisão política, pois também é um resultado que influencia de modo direto a economia do Brasil, a qual vem sentido há anos os efeitos da instabilidade política no país. Claro que com o mercado imobiliário não seria diferente. Não apenas pela forte crise econômica, a economia brasileira também tem oscilado com todo esse processo de instabilidade política. O crédito

    [Leia mais...]
  • 10 motivos para os imóveis continuarem a ser um investimento ruim

    10 motivos para os imóveis continuarem a ser o mico da vez é o novo tema de artigo da Infomoney para explicar de forma bem clara por que os imóveis continuam sendo investimentos ruins, principalmente para aqueles que não tem dinheiro em caixa para comprar com desconto à vista e buscam alavancar-se ao dar apenas uma parte do dinheiro como entrada e financiar o resto, porém precisam de alugar o imóvel par pagar as prestações. A bolha imobiliária no Brasil e a economia em frangalhos acabaram com a festa dos especuladores de plantão. O colunista faz um alerta para que

    [Leia mais...]
  • Reformas que podem fazer sua casa valer menos

    Em tempos de bolha imobiliária, nada melhor do que evitar que o seu imóvel perca mais valor do que já perdeu com a crise imobiliária brasileira. Os irmãos gêmeos do programa Irmãos à obra (Jonathan e Drew Scott) mostram o que pode fazer o seu imóvel perder valor na hora da venda. Caso você queira vender uma casa, por exemplo, que tenha um bom preço, precisará convencer os possíveis compradores de que aquela é uma boa opção. Para os apresentadores do reality show norte-americano Property Brothers (Irmãos à obra) as pessoas devem tomar cuidado ao reformar a casa, principalmente por

    [Leia mais...]
  • Bolha Imobiliária: Aumenta desemprego na construção civil

    O milagre da nova classe média da Dilma parece estar indo por água abaixo. Depois do forte boom imobiliário com as medidas anti-cíclicas, onde o mundo se retraía e o Brasil se expandia, ou seja, lá fora gastava-se menos e no Brasil gastava-se mais, o crédito ficou barato e farto, gerou muita riqueza, euforia, aumento de preços dos imóveis, aumento de empregos e renda na construção civil. Como foi tudo mal feito, a consequência foi que o crédito imobiliário secou, muitas construtoras pararam de construir, ficaram diversos imóveis encalhados à venda, a renda caiu e o desemprego aumentou vertiginosamente. Enfim,

    [Leia mais...]
  • A bolha imobiliária secou o crédito imobiliário

    E agora José, os 50% que não votaram na continuidade do desgoverno também serão penalizados juntos com os 50% que permitiram que a “rainha” continuasse no poder com seus súditos? A “nova classe média”, a qual está sendo demitida há anos em massa na construção civil, onde irão trabalhar para continuar consumindo e pagando as prestações dos bens que compraram nos afrouxamentos monetários e excesso de crédito? A Exame encomendou uma pesquisa, Os imóveis que você pode financiar de acordo com a sua renda para o Canal do Crédito. Esta pesquisa demonstrou que o crédito imobiliário está mais caro e

    [Leia mais...]