‘Blogueiro’ Articles at Defenda Seu Dinheiro

Browsing Tag: Blogueiro

    Geral

    Mr Crazy Kicks: Homem que passou por dificuldades financeiras conta como conseguiu se aposentar aos 34

    6 de julho de 2017

    Blogueiro que passou por dificuldades financeiras conta como conseguiu se aposentar aos 34, sendo que o seu irmão mais novo o fez perceber que não havia necessidade de ganhar mais, mas sim de gastar menos!!!

    Hábitos que atrapalham sua vida na hora de construir riqueza

    Com pseudônimo Mr Crazy Kicks, o blogueiro de viagens que se aposentou aos 34 anos após ter uma conversa muito esclarecedora com seu irmão mais novo. Conforme conta em texto, a grande virada da sua vida aconteceu ao perceber que o parente, que trabalhava como garçom, conseguiu juntar US$ 60 mil durante a faculdade sem fazer nenhum investimento, mas sim com uma atitude muito simples: economizar.

    Mr Journey Kicks, Homem que passou por dificuldades financeiras conta como conseguiu se aposentar aos 34, Aposentadoria, Previdência, Independência Financeira, Blogueiro, Blogueiro de sucesso, Blogueiro Rico, Blog de viagem,Rico, Riqueza

    De família de classe média-baixa, ele conta que passava dificuldades e não tinha dinheiro para comprar roupas e outros itens básicos durante os diversos períodos de desemprego de seus pais na infância. “O pior que sofri foi a vergonha de precisar usar as roupas da minha irmã mais nova para ir à escola”, descreve.

    Aos 14 anos, Kicks conseguiu seu primeiro emprego em uma cafeteria, ganhando US$ 30 por dia. Com economias deste trabalho, passou a investir em títulos bancários CD (Certificate of Deposit) com retorno de 5% ao ano, e percebeu que era possível fazer seu dinheiro render. “Como eu preferia jogar videogames a trabalhar em uma cafeteria, eu realmente gostava da ideia de fazer dinheiro sem trabalhar”.

    O WalMart foi o segundo trabalho do blogueiro que, recebendo US$ 10 por hora, conseguiu pagar por seus estudos cortando grama nas lojas do supermercado. Posteriormente, continuou trabalhando enquanto cursava a faculdade de engenharia da computação.

    O erro: gastos

    Após a formatura, passou a trabalhar na área que cursou. “Conseguir um emprego de verdade foi um verdadeiro alívio para mim. Celebrei meu sucesso saindo para comer fora, comprando brinquedos e passando noites em bares quando quisesse. Após alguns anos, comprei uma casa e um novo carro”, conta o blogueiro. “Tinha 23 anos e estava vivendo”, relata.

    Enquanto gastava todo o seu dinheiro assim que recebia, não pensava no futuro. Foi nessa época que veio o que chama de “momento eureca”.

    Virada

    Ao saber do dinheiro que seu irmão mais novo havia juntado US$ 60 mil – muito mais do que o próprio tinha em sua época de faculdade – sem investir em nada extraordinário e com um emprego que pagava pouco. “Eu não precisava ganhar mais, eu precisava gastar menos – muito menos”, escreveu.

    Neste ponto, seu salário era de US$ 60 mil ao ano, os quais gastava quase que completamente. “Na universidade, vivia com uma fração disso”, relembra. Foi aí que veio a verdadeira virada.

    Seu casamento custou US$ 20 na prefeitura da cidade; ele vendeu o carro chique e substituiu por um popular; continuou comendo e bebendo o que gostava, mas dentro de casa. A partir daí, as economias começaram a “empilhar dinheiro em suas contas bancárias”, conta.

    Após tomar as providências para gastar menos, ele e a esposa decidiram investir essas sobras. Três fundos de investimento atrelados a taxas prefixadas fizeram parte do portfólio de longo prazo escolhido pelo casal para impulsionar os ganhos. “Eram muito mais simples e livres de stress”.

    Liberdade

    No trabalho, passou a recusar projetos estressantes, usar jeans no escritório e buscar projetos em pesquisa – área pela qual se interessava mais. “Conforme você cresce na engenharia, você também para de fazer o trabalho divertido”, diz.

    Tanto o blogueiro como sua esposa usaram investimentos simples e cortes nos gastos para largarem os empregos em corporações tradicionais. A meta era que se aposentassem em 2020, mas eles conseguiram em 2016 e 2017.
    mrcrazykicks.com/my-journey-to-financial-independence

    Até o próximo post.

    Geral

    Formas de ganhar dinheiro online

    23 de fevereiro de 2016

    Em mais um podcast espetacular, os Irmãos Prezia, criadores do Canadá para Brasileiros, explicam de forma muito elucidativa diversas formas para você faturar aquela grana online.

    Entre os tópicos abordados estão estes a seguir:

  • ADS / Anúncios:
    Não deixem de conferir também: Qual o melhor programa de associados para o seu site?
  • Você pode ter uma renda regular com seu site / blog / canal no Youtube utilizando do popular recurso do Google Adds / Youtube adds.
    Vantagem: baixo custo / investimento.
    Desvantagem: faturamento limitado.

  • Venda de anúncios
  • Nós contamos um pouco de nossa experiência de quase uma década vendemos anúncios para empresas no Canadá e Estados Unidos.
    Vantagem: baixo custo / investimento / dá para faturar mais do que os Ads do Google.
    Desvantagem: Dá muito trabalho, fazendo prospecções, reuniões e visitas a potenciais anunciantes.

  • Afiliados
  • Você pode ganhar dinheiro vendendo produtos e serviços de terceiros.
    Comentamos sobre o caso do empreendedor norte-americano Pat Flynn, que fatura centenas de milhares de dólares / ano indicando e recomendando produtos na internet.
    Vantagem: baixo custo / investimento / possibilidade de ótimo faturamento.
    Desvantagem: o produto não é seu – ou seja, a qualidade e garantia do produto que você está vendendo não está sobre seu controle.

  • Comercio online
  • Contamos um pouco sobre nossa experiência de 9 anos com uma empresa de comércio online.
    Vantagem: possibilidade de bom faturamento.
    Desvantagem: muito trabalho, principalmente com “customer service”.

  • Prestar Consultoria Online
  • Se você é especialista numa determinada área ou assunto, você pode prestar consultoria sem sair de casa.
    Exemplo citado no podcast: site de advogados em que você paga para ter um parecer jurídico.
    Vantagem: baixo custo / investimento.
    Desvantagem: consumo horas de trabalho, o que deixa mais difícil de você conseguir multiplicar o faturamento.

  • Venda de conteúdo
  • Contamos um pouco porque nós consideramos essa categoria de negócio online como uma das mais atraentes.
    Vantagem: possibilidade de ALTO Faturamento
    Desvantagem: exige maior investimento de tempo e dinheiro.

  • Software
  • Vantagem: possibilidade de ALTISSIMO Faturamento (uma vez que é um modelo que possibilita facilmente você de multiplicar as vendas).
    Desvantagem: exige um investimento mais elevado e qualificado / serviço de suporte.

    Aqui é empreendedorismo diretamente na veia. Não deixem de conferir:

    Audio Bônus: as 7 formas de ganhar dinheiro online
    Logotipo dos Irmãos Prezia, criadores do Canadá para Brasileiros

    Veja também:

    http://mentalidadeempreendedora.com.br/empreendedorismo-digital/como-ganhar-dinheiro-na-internet

    Até mais.

    Geral

    As vantagens dos guest posts

    27 de agosto de 2015

    Para quem não sabe, um guest post nada mais é do que um post(artigo) criado por um autor externo ao blog onde é publicado.
    É uma espécia de parceria entre os proprietários dos blogs e os autores. Uma relação ganha-ganha, ou seja, o autor divulga o seu texto, serviço e produto de graça, em contrapartida acaba gerando visitas para o blog onde o post é realizado.

    Conforme os blogs vão crescendo em determinado momento é necessário tomar atitudes e mudar o rumo das coisas.
    Quando se começa um blog a maior dificuldade que existe é seguramente angariar leitores. Por melhores que sejam os seus conteúdos, se ninguém os ler, não terão muita valia.
    Ainda assim, há quem tente outras estratégias, como as redes sociais e outras formas de angariação de tráfego, que infelizmente necessitam de tempo e paciência para que delas se possa retirar os melhores dividendos possíveis. No entanto, se abriu o seu blog há 15 dias, certamente que as redes sociais serão um veículo com pouca atratividade para si, porque exigem a criação e manutenção de um perfil, durante semanas a fio, e você simplesmente ainda nem começou.

    Aqui no DefendaSeuDinheiro, assim como no PaiDePrimeiraViagem, aceita-se guest posts.
    Basta o interessado entrar em contato pela seção Contato deste blog informando o objetivo e conteúdo do post. Em seguida será feito um retorno por e-mail o mais rápido possível explicando o restante do procedimento. Se ambas partes estiverem de acordo o artigo do convidado será publicado.

    Vejam alguns destes artigos na seção Convidados.

    Leia também:
    GUEST POSTS: O QUE SÃO, QUAIS SUAS VANTAGENS
    Guest Post

    Até o próximo post.

    Geral

    Qual o melhor programa de associados para o seu site?

    11 de fevereiro de 2013

    Afinal de contas qual o melhor programa de associados para o seu site, blog ou vídeo?
    Qual o melhor programa de afiliados para o seu site?
    Qual a melhor forma de gerar renda para o seu site?

    Todas essas perguntas esperam somente uma resposta: qual a solução mais rentável para seu site.
    Não importa se o mesmo é pessoal, blog, portal, e-commerce, vídeos, etc., falamos aqui daquela geração de renda passiva com banners, textos, popups, etc..

    Existem muitos tipos de programas de afiliados diferentes para se obter esse tipo de renda com anúncios em seu site. Alguns pagam por clique simples, outros por clique duplo, outros por cadastro, outros por exibição, outros por aquisição, relacionados aos anúncios em seu site.
    É preciso testar vários deles para ver qual gera maior receita e menos incômodo para os visitantes do seu site. Pesquisar antes de fazer os testes também é recomendável. Certos sites darão mais problemas para obter o pagamento que outros, alguns tem um pagamento mais justo que outros.

    Recomendo os artigos abaixo, eles trazem um bom levantamento sobre os programas de afiliados existentes, os tipos de anúncios, formas de pagamentos, quais são os mais honestos, etc., tudo calcado em experiências pessoais dos usuários destes serviços.

    Até o próximo post.