Qual a diferença entre LCI e LCA?

As duas siglas LCI e LCA estão muito presentes no mundo dos investimentos e provavelmente você já ouviu falar delas. Além de todas as vantagens, elas são muito conhecidas por serem isentas de uma tributação que está sempre no radar dos investidores: o Imposto de Renda.

Quando se fala em renda fixa, as LCIs LCAs muitas vezes aparecem juntas. Mas, você sabe o que elas significam? Sabe que tipo de investimento é esse e como eles ajudam a movimentar a economia?

Para te ajudar a sanar essas e outras dúvidas, leia esse post até o fim e entenda de uma vez por todas a diferença entre LCI e LCA.

O que é LCI?

A sigla LCI significa Letra de Crédito Imobiliário. Esta modalidade funciona de maneira muito semelhante a outros investimentos em renda fixa. É uma espécie de empréstimo que o investidor faz à instituição financeira e recebe de volta o valor corrigido depois de determinado período. Enquanto isso, a instituição pode oferecer financiamentos para o setor imobiliário.

É possível dizer que a Letra de Crédito Imobiliário tem risco relativamente baixo. A instituição tem a responsabilidade de te ressarcir o dinheiro. Caso ela declare falência, você não fica na mão pois pode contar com a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). O órgão garante investimentos de até R$250 mil por instituição e por CPF.

Uma característica que faz brilhar os olhos dos investidores, é que as LCIs são isentas de Imposto de Renda. O benefício fiscal é cedido pelo governo com o intuito de incentivar os investimentos no setor que é tão importante para a economia do país. A vantagem da isenção não se limita às LCIs, pois também se estende às LCAs.

Investimentos em LCA

As Letras de Crédito do Agronegócio (LCAs) são investimentos muito semelhantes às LCIs que também não sofrem dedução de IR. A diferença entre as duas é que os recursos das LCAs são utilizados para financiar atividades relacionadas ao agronegócio, como a produção agrícola, compra de máquinas e insumos.

Da mesma forma que as LCIs, o investidor empresta dinheiro a uma instituição a financeira, pública ou privada, por determinado período e depois o recebe de volta acrescido de juros. Enquanto estiver investido, esse dinheiro poderá ser usado para oferecer financiamentos e crédito nas compras a prazo de produtos rurais.

Dessa forma, investir nas Letras de Crédito do Agronegócio traz benefícios em vários âmbitos. O produtor consegue realizar suas atividades, as instituições lucram com as transações e o investidor recebe uma remuneração sobre seu capital.

As LCAs, assim como as LCIs, também são asseguradas pelo FGC, o que contribui para a segurança do investimento.

A grande diferença entre os dois tipos de Letra de Crédito está basicamente no setor que elas ajudam a financiar: agronegócio e setor imobiliário, ambos, muito importantes para a economia do país.

O fator que vai te ajudar a decidir entre elas, tem a ver com o rendimento que o investimento vai te proporcionar, ou seja, quanto você vai ganhar ao final do período da aplicação.

Mesmo com a grande vantagem de serem isentas de Imposto de Renda, antes de fazer qualquer investimento, seja em LCI ou LCA, é importante que avaliar as taxas oferecidas e as oportunidades disponíveis no mercado. Pode ser que você encontre outros tipos de investimentos que, mesmo sendo tributados, podem oferecer rentabilidades bem mais atraentes.

Por isso, é sempre bom pesquisar bastante e colocar as contas na ponta do lápis. Dessa forma, você poderá fazer investimentos inteligentes que te ajudarão a potencializar seus rendimentos.

qual-a-diferenca-entre-lci-e-lca

Leave a Reply

CAPTCHA *