Expedia: 7 dicas para economizar em suas viagens

dicas-para-economizar-na-disney
Muitas pessoas possuem uma dificuldade enorme de organizar as próprias viagens viagens, seja para o exterior ou para diferentes regiões do Brasil, é organizar-se financeiramente para conseguir arcar com todas as despesas envolvidas.
No caso de viagens para o exterior, isso fica ainda mais difícil no atual cenário de flutuação cambial, o que faz com que muitos preços fiquem mais altos que o normal e, eventualmente, dificultar o planejamento financeiro para a viagem. Passagens aéreas, hospedagem, passeio e todos os demais custos em viagens para outro país podem ficar mais caros.

Erros que fazem você pagar mais caro em passagens aéreas

De acordo com Carolina Piber, diretora executiva da Expedia para América Latina, o segredo é economizar para a viagem e procurar sempre preços mais acessíveis. Ela separou sete dicas que facilitam essa economia.

Veja a seguir:

Faça parte de programas de fidelidade

Sejam programas de fidelidade do cartão de crédito, de marcas hoteleiras ou de companhias aéreas, todos são vantajosos para viajar. Através deles é possível ter descontos em restaurantes, em hotéis, em passagens e ter direito a benefício exclusivos. Um exemplo é o programa da própria Expedia, o Expedia +, que dá aos participantes hotéis VIPs e cortesias, além de descontos.

Reserve voo e hotel juntos

De acordo com Carolina, reservando algum pacote ao invés de somente hotel ou somente passagens aéreas, o preço final pago sai menor do que reservando separadamente. Isso acontece por conta de negociações que são feitas entre os parceiros e a intermediadora da compra – no caso, o site onde é comprado e os hotéis ou companhias aéreas.

Fique atento ao período da viagem

Saber se o período em que viajará é alta ou baixa temporada no seu destino é importante, pois, em casos de alta temporada, os preços ficam muito mais altos. Reservando para meses de baixa temporada, o preço é mais baixo.

Preço varia de acordo com dia do voo

De acordo com um levantamento da Expedia, as viagens realizadas entre sábado a quinta têm tarifas mais baixas do que as feitas entre domingo e segunda. Além disso, normalmente durante a semana os voos ficam mais vazios, o que, segundo Carolina, facilita o upgrade de classe.

Fique atento às compras no exterior

O ideal é viajar com o maior número de contratações e compras já feitas, incluindo passeios e diárias em hotéis. Isso evita surpresas com a cotação do dólar, que pode estar mais alta durante a viagem. Prevenir-se de uma alta do dólar é a melhor estratégia.

Também é importante evitar usar cartão de crédito no exterior, já que o IOF cobrado sobre a cotação aumenta o preço pago.

Tenha apps no celular

Baixar o aplicativo da agência de viagem onde você reservou seu pacote, da aérea com a qual você viajou e até mesmo hotel onde vai se hospedar pode ser uma forma de manter-se informado sobre suas reservas, além de poder ser notificado sobre qualquer imprevisto.

Prefira destinos menos conhecidos

Por conta da demanda, os destinos mais populares entre os turistas normalmente também são os mais caros. Por isso, considerar viajar para cidades menos populares é uma forma de pagar menos.

Outra recomendação da Expedia é sobre a hospedagem em “cidades satélite”: por exemplo, ao invés de hospedar-se em Campos do Jordão para passear na cidade, sai mais barato hospedar-se em Santo Antônio do Pinhal, cidade que fica há menos de 30 km e tem preços mais baixos.

Até o próximo post.

There are 2 comments left Go To Comment

  1. Osvaldo /

    Com certeza, fazer economia faz toda a diferença quando for colocar isso no papel.

  2. zika /

    20 JUL, 2017 16H38
    5 coisas que as pessoas bem-sucedidas fazem quando viajam
    Seja em viagens a lazer ou a trabalho, pessoas com carreiras bem-sucedidas possuem rituais em comum antes de pegar as malas e cair na estrada

    Seja em viagens a lazer ou a trabalho, pessoas com carreiras bem-sucedidas possuem rituais em comum antes de pegar as malas e cair na estrada. A startup Viajala.com.br, metabuscador de voos e hotéis, enviou ao InfoMoney uma pesquisa realizada com diretores, CEOs e CMOs para saber o que as pessoas bem-sucedidas sempre fazem durante uma viagem ou antes dela.

    1. Calcular economia de tempo e espaço

    Checar as condições do trânsito ou as opções de transporte público até o aeroporto com antecedência, aproveitar todas as oportunidades de adiantar um voo e usar aplicativos que facilitem o controle dos horários são algumas das formas de se planejar sem dor de cabeça.
    Outra diretriz dos grandes executivos em viagens de negócios é nunca despachar bagagem. Fazer uma mala de mão pequena, levando apenas o essencial, deixa a viagem mais leve e economiza tempo na preparação, no check-in e na saída, evitando as filas quilométricas de despacho e o tempo de espera na esteira. Sempre que possível, opte pela bagagem de mão.

    2. Garantir entrada nas salas VIP dos aeroportos

    Seja com programas de milhagem ou com cartões de crédito especiais, esse “passe livre” não falta na mão dos grandes executivos, de acordo com a startup. As salas VIP dos aeroportos fornecem não só comida e bebida, mas comodidades como internet, tomadas e sofás. Assim, o tempo parado no aeroporto pode ser utilizado com tranquilidade e conforto para trabalhar, carregar os dispositivos eletrônicos, tomar um vinho, ler e até fazer networking, ficando de olho em novos contatos e oportunidades de negócios que possam aparecer por ali.

    3. Manter a rotina, onde quer que esteja

    As viagens podem ser encaradas como “exceções à rotina”, mas a verdade é que quem viaja muito raramente pode se dar ao luxo de dispensar as atividades essenciais. Manter um calendário de atividades similar ao que se mantém em casa (ou seja, continuar com o mesmo plano de alimentação, exercícios físicos, leitura, meditação, etc, que seja seguido no dia-a-dia) é um dos segredos das pessoas bem-sucedidas para não descuidar da saúde, do foco e da disciplina ao viajar.

    4. Pesquisar sobre a cultura e o idioma do destino

    Conhecer costumes e situação econômica do país que vai visitar pode evitar equívocos que afetam a sua segurança ou a sua relação com as pessoas locais: estudar a cultura do destino previne cometer gafes ou ofensas, ainda que sem intenção.

    Em alguns lugares, atitudes simples como beber cerveja na rua podem resultar em multas altas ou até em prisão. É importante saber de antemão quais roupas usar ou se algum gesto ou comportamento é ofensivo ou proibido no país.

    5. Garantir momentos de lazer nas viagens a trabalho

    Planejar a agenda de forma a prever um tempo livre é essencial para estimular a criatividade, evitar o estresse e assegurar uma boa disposição full time nas viagens de negócios. Ou seja: mesmo que o calendário esteja apertado, é melhor não perder o happy hour ou uma visita cultural.
    infomoney.com.br/minhas-financas/turismo/noticia/6812935/coisas-que-pessoas-bem-sucedidas-fazem-quando-viajam

Leave a Reply

CAPTCHA *