Como gastar pouco e fazer uma grande festa de casamento?

Em plena crise financeira que assola o país há vários anos, um noivo ainda não consegue realizar o seu maior sonho que é o de casar e gastar pouco, se possível, gastar nada 🙂 ! Porém a Exame fez um excelente artigo onde explica de forma bem clara que dá para os noivos terem um casamento feliz e barato, ou seja, consegue-se casar na crise econômica com trocas simples.

Fazer uma festa de casamento que comesse no pôr do sol e siga até de madrugada é bonito, porém é bem mais caro. É possível economizar mais do que com os chinelinhos para as convidadas e o pipoqueiro na frente da igreja. Noivos, podem ficar tranquilos por que o sonho de casar deve continuar de pé, mesmo na maior crise financeira da história do Brasil.

No artigo é sugerido que comecem reduzindo o número de convidados e tentem negociar com os fornecedores, os quais estão mais abertos à negociações em momentos como o que vivemos atualmente. Como todos deveriam saber, o quanto antes a organização da festa começar, mais barata ela pode ficar. Um ano é o tempo ideal para pesquisar preços, de preferência chegar na festa com tudo pago. Começar a vida conjugal com dívidas é problemático não só para o bolso, mas para a relação do casal.

No tópico ainda é dito que o primeiro passo para enxugar os custos rumo ao altar é alinhar as expectativas dos noivos para o grande dia e planejar o valor que se pretende gastar. Vai ser uma festa badalada ou uma cerimônia mais intimista? Em um salão luxuoso ou na casa de amigos? Esta é uma parte bem difícil. Depois disto, planejar o orçamento fica simples.

Veja seis dicas para baratear o casamento sem sacrifícios:

  1. Dê prioridade ao que você se lembrará no futuro;
  2. Comece o planejamento financeiro calculando o número de convidados;
  3. Segure os gastos com decoração, bufê e bebida, os itens mais caros da festa;
  4. Considere dispensar bandas, doces caros e lanches na madrugada;
  5. Considere a contratação de cerimonialistas;
  6. Invista no convite e no site, que mostram a cara da festa;

Confira todos os detalhes dos itens acima no post completo a seguir:

Noivos felizes em bicicleta na praia
Exame – SEU DINHEIRO – 06/05/2016 05:00
Como gastar pouco e fazer uma grande festa de casamento

Até o próximo post e sejam felizes para sempre $$$.

There are 4 comments left Go To Comment

  1. AdminBro / Post Author

    Ela gastou R$ 10 mil em seu casamento e conta como conseguiu
    A publicitária Camilla Horizonte quase desistiu da tão sonhada festa de casamento, mas acabou conseguindo fazer com que ela coubesse no bolso. Veja como
    11 set 2017, 10h10 – Publicado em 11 set 2017, 05h00

    A publicitária Camilla Fernandes Horizonte, 32 anos, e seu noivo, Wesley Horizonte, em seu casamento em um restaurante em São Paulo

    A publicitária Camilla Fernandes Horizonte, 32 anos, e seu noivo, Wesley Horizonte, em seu casamento em um restaurante em São Paulo

    São Paulo – Quando decidiu planejar a sua festa de casamento, a publicitária Camilla Fernandes Horizonte, 32 anos, só tinha como referência amigas que se casaram no modelo tradicional, definido por ela como “igreja, limusine, vestido caro e festa para mais de 100 convidados”. Seu caso era diferente: precisava fazer algo financeiramente mais acessível, pois ela e seu noivo bancariam a festa sozinhos.

    Mas ela não imaginava como a missão seria árdua. “Nos deparamos com preços muito altos. Já estávamos pensando em fazer um jantar no salão de festas do prédio, um bolo com champanhe na igreja ou casar na Itália, mas a cotação do euro não ajudou. Não chegávamos a nenhuma conclusão. Pensamos em desistir”.

    Mas Camilla persistiu e acabou fazendo uma cerimônia com festa para 50 convidados em um restaurante de São Paulo. O resultado? Gastou, no total, 10 mil reais, incluindo o vestido de noiva. “O que fez diferença, no meu caso, foi o conjunto. Além do espaço acessível, o meu vestido foi muito barato, e a decoração da festa também. Isso faz muita diferença”.

    Ela ressalta que encontrou outras opções acessíveis na busca. Viu que, por exemplo, para usar o salão de festas de um prédio ou uma casa espaçosa de um amigo e contratar um chef ou bufê de churrasco, era possível pagar entre 1.500 e 5 mil reais. “Porém, a decisão sempre vai depender do que os noivos estão sonhando para este dia. A nossa tinha o melhor custo-benefício para a gente”.

    O maior conselho que a publicitária dá, ainda mais em tempos de crise, no qual os fornecedores costumam realizar mais promoções, é pesquisar. “Eu recomendo conversar com pessoas que já se casaram e analisar o feedback de pessoas que já se casaram em espaços mais acessíveis, pois o barato pode sair caro”.

    Abaixo, Camilla lista dicas do que fez a diferença para ter uma festa de casamento que coubesse no seu bolso.
    Mini casamento com preço de festão

    Camilla começou pesquisando preços de festas tradicionais e buscou o conceito de mini wedding. A publicitária imaginou que, por ser uma festa para um menor número de convidados, teria, naturalmente, um preço mais acessível. Mas levou um susto. “Vi que os valores eram altos e bem próximos aos de festas tradicionais”, conta.

    Enquanto viu preços que partiam de 20 mil reais em salões de festas, espaços para festas mais intimistas, geralmente realizadas em casas pequenas e rústicas, com vários ambientes, o valor girava em torno de 40 mil reais. Uma das razões, analisa Camilla, é que essas festas menores estão fazendo sucesso. “Vi que a disputa por esses espaços já não é mais uma questão de escolha acessível, mas, sim, de busca por um local diferente”.

    Dependendo do número de convidados, conta, pode sair mais barato fazer a festa em bufês tradicionais, que fazem promoções quando o casamento é para mais de 200 pessoas. “Vi casos em que uma festa completa, que inclua decoração de flores artificiais, mas não ofereça bebidas alcoólicas, pode sair por 8 mil reais”.
    Restaurantes são mais acessíveis, mas cobram aluguel

    Na busca por alternativas aos altos preços encontrados, Camilla e seu noivo encontraram alguns restaurantes que realizam cerimônias. “Eles cobram um valor interessante por pessoa, entre 60 reais e 120 reais. No entanto, era necessário pagar o aluguel do local, que na minha busca vi que varia de 8 mil a 15 mil reais. O preço não inclui bebidas, traje do noivo e noiva, fotos, DJ, lembrancinhas, entre outros itens básicos”.
    exame.abril.com.br/seu-dinheiro/ela-gastou-10-mil-em-seu-casamento-e-conta-como-conseguiu

  2. Vilmar / Post Author

    27/05/2016 07h29 – Atualizado em 27/05/2016 13h59
    Em ano de crise, noivos cortam listas de convidados e adiam casamentos
    G1 ouviu casais na feira Expo Noivas & Festas, em São Paulo.
    Noivos contam que muitos preços são bem mais altos do que imaginavam.

    http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/05/em-ano-de-crise-noivos-cortam-listas-de-convidados-e-adiam-casamentos.html

  3. Vilmar /

    É MELHOR FALAR SOBRE ISSO

    5 coisas que recém-casados precisam saber sobre investimentos

    http://www.infomoney.com.br/onde-investir/acoes/noticia/4784170/coisas-que-recem-casados-precisam-saber-sobre-investimentos

  4. Vilmar / Post Author

Leave a Reply

CAPTCHA *