Como a maioria dos milionários de hoje ficou rica?
Convidados

Como a maioria dos milionários de hoje ficou rica?

10 de janeiro de 2018

Novas pesquisas mostram que a maioria dos milionários atuais é composta por self-made men (uma pessoa que se fez por conta própria pelo esforço e pela qualidade) que não nasceram em berços de ouro.

Um estudo feito pela Fidelity Investments em agosto deste ano descobriu que 86% dos milionários de hoje não se consideravam ricos quando eram crianças e adolescentes. No geral, a pesquisa revelou que os atuais milionários têm, em média, 61 anos de idade e ativos de US$ 3 milhões.

Como a maioria dos milionários de hoje ficou rica?

Enquanto quase três quartos dos milionários afirmaram que já se sentem ricos, há aqueles que disseram que precisariam de uma média de US$ 5 milhões de ativos para começarem a se sentir rico.

Sanjiv Mirchandani, um dos presidentes da Fidelity Investments afirma que “os milionários de hoje são multidimensionais e para compreendê-los realmente, é necessário olhar não só para suas perspectivas, mas também para o seu caminho para a riqueza e seus objetivos financeiros para o futuro”.

Entre os milionários self-made men, o estudo revelou que suas principais fontes de ativos incluem investimentos de capital e participação nos lucros de empresas de outros. Aqueles que nasceram ricos foram mais propensos a citar a herança, o empreendedorismo e a valorização do investimento imobiliário como fonte de ativos.

Quando se trata de estratégias de investimento, os self-made men são mais propensos a investimentos em ações, enquanto aqueles que nasceram ricos geralmente citam mais os investimentos imobiliários.

Se você tem interesse em começar sua trajetória de sucesso, mas ainda não sabe como, uma boa maneira contratar consultores de empresas e investimentos para fazer o seu atual negócio crescer e aprender a também ganhar uma renda passiva.

A pesquisa mostra que, ao considerar seu futuro financeiro, 30% dos milionários de hoje afirmaram que estariam preocupados em preservar suas riquezas, enquanto 20% estariam focados em aumentar sua fortuna.

O estudo deste ano descobriu que a perspectiva dos milionários sobre o futuro ambiente financeiro continua a melhorar, com o otimismo atingindo o nível mais alto desde o início das pesquisas, em 2006.

Michael R. Durbin, outro presidente da Fidelity Investments revela que “uma tendência se manteve verdadeira ao longo da vida deste estudo: a perspectiva do investidor milionário tem sido consistentemente pragmática sobre as atuais condições do mercado e generalizada sobre uma recuperação futura. Em muitas maneiras, o que os milionários têm pensado e fazendo pode ser um forte indicador das tendências financeiras”.

Uma vez que essa tendência é o interesse atual dos milionários no mercado de ações, os milionários pesquisados classificaram as ações domésticas individuais como seu maior investimento adicionado no ano passado, seguido de certificados de contas de depósito, fundos negociados em bolsa de ações, títulos domésticos individuais e fundos mútuos nacionais.

O estudo da Fidelity foi baseado em pesquisas feitas com mais de 1.000 milionários.

No Comments

Leave a Reply

CAPTCHA *